sexta-feira, 20 de setembro de 2019

Mulher moradora de Posse/GO é o 4º caso de sarampo registrado em Goiás em 2019



Uma mulher adulta, moradora de Posse, no nordeste goiano, é a 4ª moradora do Estado diagnosticada com Sarampo em 2019. O caso foi divulgado nesta quinta-feira (19), pela Secretaria de Estado de Saúde de Goiás (SES-GO) após três semanas da confirmação de dois casos em Goiânia.

O primeiro registro havia sido em 22 de agosto, de um morador de Alto Paraíso, que teria se infectado em São Paulo e apresentado os sintomas em Santa Catarina. Desde então, o estado foi considerado em surto ativo pelo Ministério da Saúde (MS).

O último boletim divulgado pelo órgão estadual aponta para 44 casos sob investigação em Goiás sendo a maioria, 18, em Goiânia. No caso de Posse, a mulher teria sido contaminada em São Paulo, mas passou o período de transição em Goiás. Apesar disso, a SES afirma houve atuação da Vigilância em Saúde de Posse que realizou as ações de bloqueio.

Os outros municípios que ainda estão sob análise são: Abadia de Goiás, Águas Lindas, Anápolis, Aparecida de Goiânia, Bela Vista, Goiatuba, Guapó, Inhumas, Jussara, Novo Gama, Nova Crixás, Planaltina, Rio Verde, Uruaçu, Senador Canedo, Trindade e Valparaíso de Goiás. De 102 casos notificados, 54 já foram descartados.

O Brasil possuía o certificado de país livre do sarampo desde 2016. Acontece que as coberturas vacinais caíram em mais de 20%, houve aumento na imigração de países como Venezuela onde o vírus ainda circulava. Os surtos da doença começaram no país e resultaram na perda do título. Em 2018 foram registrados mais de 10 mil contaminados.

Vacinas estão sendo repostas

Na última quarta-feira (18), a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) de Goiânia confirmou o fim das doses de vacina contra sarampo na capital. Na quinta-feira (19), a SES-GO anunciou que o Ministério da Saúde está enviando 150 mil doses de vacina contra sarampo para Goiás, para vacinação de rotina. Parte das doses já foi entregue e as demais devem chegar ainda nesta sexta-feira (19).

A distribuição para as 18 regionais de saúde tem início na segunda-feira (23) e ao longo da próxima semana, todos os municípios do Estado já terão recebido mais doses. No período de 7 a 25 de outubro será realizada a Campanha Nacional de Vacinação contra o Sarampo para vacinação de todas as crianças não vacinadas de seis meses a menores de cinco anos de idade. Um dia "D", de mobilização nacional, será realizado em 19 de outubro.

Programa Nacional de Imunizações

No Brasil, a responsabilidade do Programa Nacional de Imunizações, que trata da vacinação dos cidadãos, é compartilhada entre o Governo Federal (por meio do Ministério da Saúde), os Estados e os Municípios, por meio das respectivas Secretarias de Saúde. O responsável pela produção ou compra e distribuição das vacinas utilizadas no Programa Nacional de Imunizações para todos os Estados do País é o Ministério da Saúde.

Os Estados, ao receberem as doses do Ministério da Saúde, se encarregam de distribuir proporcionalmente as vacinas pelos municípios. Por fim, as prefeituras se encarregam de vacinar a população nos postos de saúde. O objetivo é uma atuação conjunta para que a população fique protegida contra doenças.

Fonte: O Popular

Governo de Goiás vai liberar licenças de plantio de pequenas roças para comunidades kalunga, em Cavalcante/GO



O Governo de Goiás, por meio da Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (Semad), estuda os requisitos para liberação de licenças para plantio mecanizado de pequenas roças na tradicional comunidade quilombola kalunga, em Cavalcante.

A secretária Andréa Vulcanis esteve na região, ao lado do governador Ronaldo Caiado, para prestigiar a Romaria do Vão do Moleque, festejo popular-religioso que ocorre todos os anos, em Goiás, em setembro.

Durante encontro com membros da comunidade, a secretária ouviu demandas para que permissões sejam emitidas para o preparo do solo para pequenas roças com uso de máquinas, evitando-se, assim, possíveis problemas com órgãos ambientais e de fiscalização. Atualmente, os quilombolas utilizam a técnica tradicional de coivara, predominantemente manual.

“Nós fizemos uma orientação para a comunidade no sentido de que não é preciso licença para o cultivo da roça em áreas abertas e que não necessitam suprimir vegetação nativa mas eles querem se sentir seguros com a licença da Secretario”, afirma a secretária. “Então, a proposta envolve editar uma norma durante esta semana contendo os requisitos e em seguida apoiar a comunidade com a emissão das licenças, permitindo assim, com agilidade, que as famílias recebam as autorizações e possam dar início aos plantios logo quando o período chuvoso chegar”, afirma Andréa Vulcanis.

Turismo

Em Cavalcante, o governador Ronaldo Caiado e a secretária Andréa Vulcanis receberam um pedido para que a Semad negocie com o Ministério do Meio Ambiente a liberação de um portal de entrada no Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros no município de Cavalcante visando incrementar a economia local.

“O objetivo é incentivar o turismo e garantir que haja um desenvolvimento econômico na região de Cavalcante a partir deste ponto de acesso ao parque”, explica a titular da Semad. Criado em 1961 pelo presidente Juscelino Kubitschek, o Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros tem cerca de 60% de sua extensão dentro do município de Cavalcante e atualmente somente tem entrada de acesso na região de São Jorge, em Alto Paraíso.

Fonte: Jornal Hora Extra

Programa Justiça Itinerante 2019 realiza 2ª edição em Campos Belos/GO entre os dias 23 e 27 de setembro



A cidade de Campos Belos, no nordeste de Goiás, recebe entre os dias 23 e 27 de setembro, a 2ª edição do programa Justiça Itinerante este ano. Estão agendadas 7 audiências que serão presididas pelo juiz Whatmann Iglesias, titular da Vara do Trabalho de Posse.

As audiências serão realizadas no Fórum da Comarca de Campos Belos, situado na rua 9, quadra 18-A, lote 1, Setor Tomazinho.

O Justiça Itinerante contempla regiões distantes de uma vara do trabalho com o objetivo de facilitar o acesso da população ao judiciário. Nesta edição serão contemplados os municípios de Campos Belos, Cavalcante, Divinópolis, Monte Alegre de Goiás, São Domingos e Teresina de Goiás.

Fonte: TRT-18

Temperatura chega a 38ºC no Nordeste Goiano; umidade vai a 15%



Além da umidade que está abaixo daquelas registradas em desertos, o calor também parece não dar trégua em cidades do Nordeste Goiano.

Nesta quinta-feira (20), o clima em Alvorada do Norte, Campos Belos, Posse, São Domingos, Divinópolis, Iaciara e Monte Alegre chegou a 38°C, representando a maior temperatura para o mês de setembro no registro histórico, que começou a ser feito em 1937.

A cada ano os termômetros vêm batendo recordes de altas temperaturas. A umidade relativa do ar segue baixa e pode ir à casa dos 15% à tarde.

O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) alerta que com a baixa umidade há risco de incêndios florestais e à saúde. Ressecamento da pele, desconforto nos olhos, boca e nariz podem ser sentidos.

quinta-feira, 19 de setembro de 2019

Em nota, prefeitura diz que decreto não impede promotor e MP de fazer diligências na prefeitura de Posse/GO



A Prefeitura de Posse, por meio da sua assessoria jurídica, vem a público esclarecer que o Decreto nº 154, de 03 de janeiro de 2018, não proibiu o Ministério Público de Goiás, por meio de seus Promotores de Justiça em geral ou do Dr. Douglas Chegury em específico, de realizar qualquer investigação na Prefeitura de Posse, conforme veiculado no site eletrônico do Blog Antônio Carlos.

O ato foi baixado, conforme o seu próprio título esclarece, para dispor sobre a forma de apresentação de informações e de documentação por parte do Poder Executivo.

A medida foi tomada, em razão do que o próprio Promotor confirmou na matéria publicada, de que ele em pessoa, sem qualquer Ofício formalizador de requerimento ou mandado judicial, foi à sede da Prefeitura por algumas vezes e solicitou de voz e não mediante ofício, informações e cópias de documentos, bem como, que servidores da Administração ficassem à sua disposição.

Não se desconhece que o Ministério Público tem atribuição e pode atuar na fiscalização de atos administrativos, solicitando documentos e informações às Autoridades Públicas, mas, considerando a presunção de legalidade dos atos públicos, e em homenagem aos princípios da legalidade, do formalismo e da instrumentalidade das formas, que garantem a transparência, essa solicitação deve ser feita por escrito, via Ofício, protocolizado na Prefeitura ou notificado via Oficial da Promotoria, para que, no prazo nunca inferior a 10 (dez) dias, seja providenciada a resposta, conforme estabelecido na Lei Federal nº 7.347/85, o que foi regulamentado no referido Decreto.

Assessoria Jurídica do Município de Posse

A carreira de Emival Ramos Caiado Filho, Presidente do Grupo Rialma



Emival Ramos Caiado Filho nasceu no dia 02 de maio de 1954, em Goiânia, filho do falecido Senador Emival Ramos Caiado, autor da Lei que marcou a data da mudança da Capital para Brasília. Ele seria a 5ª geração consecutiva e direta de senadores por Goiás, porém optou por uma carreira empresarial, ”o processo democrático brasileiro sofreu uma deturpação”, cita com frequência.

Graduado em engenharia civil pela Universidade de Brasília – UNB, em 1977, empresário desde 1980 e piloto de avião desde 1982.

Negócios

Inicialmente trabalhou como empresário na construção de prédios em Brasília, por 5 anos. Após esse período, devido à recessão que o Brasil atravessou nos anos 80, utilizando uma fazenda de 500 ha que seu pai lhe doou, iniciou a atividade empresarial em agricultura e 3 anos após em pecuária.

Ao longo de 10 anos, sempre desenvolvendo jornada de trabalho de 14 horas diárias e normalmente 7 dias por semana, reinvestindo lucros, adquiriu diversas fazendas e implantou cerca de 60 projetos de lavoura, pecuária, reflorestamento e, sobretudo de irrigação, tendo implantado pastagens em cerca de 50.000 ha. Produz hoje carne bovina suficiente para alimentar cerca de 150.000 pessoas.

Nos anos 90 tendo atingido sua meta na atividade agropecuária, criou a Rialma S.A, empresa com forte viés de preocupação ambiental. Essa empresa sempre atuou com energia limpa e renovável, construiu 5 PCH`s em Goiás que geram hoje energia elétrica suficiente para atender o consumo de 300.000 pessoas. A Rialma sempre é a projetista, epcista e a executora de seus projetos, e dessa forma consegue minimizar os custos, sempre conseguindo os menores prazos.

Em 2011 com a demora em obter licenciamento ambiental para PCH`s em Goiás, encerrou as atividades de construção de PCH`s e fechou 2.000 postos de trabalho no Estado, postos esses que estão sendo reabertos no Nordeste do Brasil.

Sempre atento aos compromissos de geração de energia limpa, renovável e ambientalmente corretas, iniciou no Nordeste a prospecção pelos melhores sites para geração de energia eólica. Assim foram arrendadas 450 fazendas, elaborado projetos e obtidas licenças para cerca de 2000MW de geração de energia eólica. Energia essa suficiente para atender, por exemplo, uma vez e meia todo o consumo do Estado do Rio Grande do Norte.

Em 2017, a fim de viabilizar esses parques eólicos, venceu 3 leilões de linhas de transmissão. Essas linhas são projetos estratégicos para o escoamento de energia eólica do Nordeste, ao todo são 500 km de linha de transmissão com a capacidade de abastecer 30 milhões de residências. Em 2019, já concluiu a implantação do primeiro lote e está construindo o segundo, com finalização prevista para dezembro de 2019.

Em 2019, também está concluindo a implantação de um projeto de mineração da rocha fosfática orgânica natural, em Taipas no Tocantins. O produto é destinado ao uso de fertilizantes agrícolas, favorecendo a produção de grãos e forragens alinhada aos novos conceitos de lavoura sustentável e ecologicamente correta. A indústria irá produzir insumos para uso anual de 200.000 hectares de lavoura de milho, soja, sorgo e algodão, culturas comuns na região de atuação da empresa e de alto potencial fotossintético. 

Condecorações:

         Tribunal Regional do Trabalho 18ª Região – Goiás
A mais alta comenda, Ordem Anhanguera do Mérito Judiciário do Trabalho no grau Grande Cruz, por ser a empresa de construção pesada com menor índice de ações trabalhistas.

         Medalha Emival Ramos Caiado – Câmara Municipal de Goiânia/Goiás
Condecoração de sua cidade natal, Goiânia, a medalha com o nome do seu pai do Mérito Anticorrupção Senador Emival Ramos Caiado, alusiva à transparência e anticorrupção, conferida a pessoas que têm lutado com veemência pelo combate a corrupção.   

Incêndio assusta moradores do Distrito de Estiva, em São Domingos/GO




Um incêndio que ocorre nesta quinta-feira (19), em vegetação no Distrito de Estiva, no município de São Domingos, no nordeste goiano, assustou os moradores da comunidade.

As chamas de mais de 2 metros atingiram a vegetação próximo as casas, deixando os moradores apreensivos.

Além das chamas, o forte calor e a fumaça causa transtorno aos moradores.

As chamas estavam muito altas e, por isso, difíceis de controlar. Não se sabe a origem do fogo que se espalhou rapidamente.

Um vídeo mostra as chamas próximo ao posto de saúde.

Moradores da comunidade estão neste momento unidos para tentar controlar o fogo. O Corpo de Bombeiros foi acionado.





Jornal O Popular repercute notícia de decreto de prefeito que proíbe promotor de justiça de realizar investigações na prefeitura de Posse/GO



O Jornal O Popular repercutiu nesta quinta-feira (19), notícia do decreto municipal do prefeito Wilton Barbosa de Posse, no nordeste goiano, que proibiu o promotor de Justiça Douglas Chegury de realizar investigações na sede da prefeitura da cidade.

O documento é de janeiro de 2018, mas ainda está em vigor e Douglas só teve conhecimento da situação nesta quarta-feira (18), quando recebeu o decreto pelo whatsapp. O promotor entrou com uma representação do caso na procuradoria de crimes praticados por prefeitos e a situação será analisada.

Na reportagem o promotor explica que ficou por quase um ano na Procuradoria de Posse. Durante este período, ele foi, por algumas vezes à sede da prefeitura solicitar documentos e contratos, principalmente referentes a licitações. “O Ministério Público tem uma forma de atuação que inclui fiscalização e eu, como muitos colegas, vou à sede da prefeitura e peço documentos. O prefeito se sentiu incomodado e fez esse decreto para impedir minha atuação. Como saí do município, não tive conhecimento”, explica.

O promotor explica que, a legislação, tanto estadual quanto federal, prevê que qualquer cidadão tem esse direito. “A decisão foi bizarra porque negar vigência a uma legislação estadual ou federal é inclusive, crime. A lei do Ministério Público é clara sobre a possibilidade de acessar estas informações e agora ele também poderá responder por improbidade administrativa. Ele quis impedir investigações, impedir a ação do MP”, completa Douglas Chegury. Como o promotor está em Formosa, atualmente, não sabia da restrição.

No documento, o prefeito alega que o trabalho do promotor impede os funcionários públicos de realizaram serviços de rotina, para procurarem documentos. Entre as determinações previstas está a de que a prefeitura só fica obrigada a fornecer esses documentos em um prazo de 10 dias, após a chegada de um ofício do Ministério Público Estadual (MP).

A reportagem do Jornal O Popular, procurou o prefeito por telefone particular e também da sede da prefeitura, mas não atendeu às ligações nem respondeu as mensagens de whatsapp até o fechamento da matéria.

Carro bate em boi e pega fogo na GO-118, em Campos Belos/GO




Um grave acidente quase acaba em tragédia, nesta semana, na rodovia GO-118, entre Monte Alegre de Goiás e Campos Belos, no nordeste do estado.

O jovem morador de Campos Belos, Edelson Gomes, viajava para a cidade vizinha, quando por volta das 23h bateu seu carro, um gol G3, contra um boi, que estava parada na pista.

Com a batida, o animal caiu morto no chão e o motorista perdeu o controle do carro, que saiu da pista, capotou e pegou fogo logo em seguida.

Por um milagre, Edelson Gomes está vivo para contra a história. Ele conta que saiu do carro meio variado e acabou desacordado e ferido logo após o acidente.

A sorte foi que integrantes de um outro veículo passou pela rodovia logo depois, prestou-lhe os primeiros socorros e salvou a sua vida.

"Quase morri, meu amigo. Foi Deus e a sorte grande", desabafou.

Fonte: Dinomar Miranda

PTB expulsa o deputado estadual Henrique Arantes



O PTB de Goiás expulsou o deputado estadual Henrique Arantes. Oficialmente, a expulsão se deu por seu posicionamento de oposição ao governo de Ronaldo Caiado (DEM), mas só foi concretizada pela ausência de defesa por parte do deputado, que está a caminho do MDB e, com a expulsão, pode trocar de partido sem risco de perder o mandato.

A Executiva do PTB abriu procedimento contra Henrique no Conselho de Ética ainda no semestre passado, mas a decisão foi tomada apenas na semana passada. Henrique e seu pai, Jovair Arantes, que é o presidente do partido no Estado, estão a caminho do MDB devido a possível intervenção do PTB nacional, via articulação de auxiliares de Caiado, que visam levar o partido para sua base.

Inclusive, Henrique e Jovair estiveram ontem em Brasília para tratar do assunto com o líder do MDB na Câmara dos Deputados, Baleia Rossi - possivelmente o próximo presidente nacional da legenda - e com o governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha.

O presidente do MDB de Goiás, Daniel Vilela, e o prefeito de Águas Lindas, Hildo do Candango, principal aliado dos Arantes no Entorno de Brasília, também participaram. No encontro, foi acertado o apoio administrativo e político de Ibaneis a Águas Lindas e à região do Entorno.

Segundo Henrique, com as últimas conversas, as "portas estão abertas" no MDB, faltando apenas conversar com seu grupo político no Estado. "Agora vamos conversar com nosso grupo. Faremos reunião para tratar disso na segunda-feira (23). Convocamos lideranças de mais de 60 cidades para participar."

Fonte: O Popular

Homem considerado o maior estuprador em série de Goiás é preso suspeito de 47 abusos



Um homem de 52 anos foi preso suspeito de abusar sexualmente de 47 mulheres, em Goiás. Segundo a Polícia Civil, ele é considerado o maior estuprador em série do estado. A corporação informou que testes de DNA já atribuíram a Wellington Ribeiro da Silva a autoria de 22 casos.

Ele foi apresentado à imprensa na manhã desta quinta-feira (19), na sede da Secretaria de Segurança Pública (SSP). Segundo a polícia, ele começou a praticar os crimes em 2008 e confessou ter praticado seis abusos. Uma força-tarefa foi montada para apuras os casos.

“Esse homem cabisbaixo, abatido, que os senhores viram hoje é um dos maiores estupradores em série do país. Em Goiás, não há nenhum caso parecido com esse”, disse a delegada Ana Paula Machado, que integra a força-tarefa, logo após a apresentação.

Entre os casos, está um ocorrido em 2011, quando ele teria estuprado uma mulher e a filha dela, de cinco meses. Ele chegou a ser preso na época e transferido para o Mato Grosso. Porém, meses depois, conseguiu fugir e voltou para Goiás. Foi detido novamente no último dia 12 de setembro, em Aparecida de Goiânia.

“Ele é originário do Mato Grosso. Aos 22 anos ele chefiava uma organização que cometia assaltos e homicídios. Em uma chacina, ele matou a ex-mulher e dois filhos dela. Ele despreza a mulher, a considera um ser inferior. Ele filmava as vítimas após o estupro para que elas não denunciassem, abusou por duas vezes de mães e filhas”, disse o delegado Carlos Leveger.

DNA
A força-tarefa que resultou na operação, batizada de Impius, durou 45 dias e envolveu mais de 40 pessoas. Ela teve início após a Polícia Técnico-Científica encontrar o perfil genético de Wellington em várias vítimas de estupros.

“Em 2015, foram coletados vestígios de uma vítima de estupro e inserido no banco genético. Em 2017, foi coletado novo vestígio de outra vítima e coincidiu com a amostra anterior. No mesmo ano apareceram outras quatro vítimas compatíveis. No final de 2018 já somavam nove mulheres e isso nos chamou a atenção. Com isso, avisamos a Polícia Civil”, disse o superintendente da Polícia Técnico-Científica, Marcos de Melo.

Estupros

Os crimes eram cometidos principalmente em Aparecida de Goiânia. No entanto, também há registros de estupro em Bela Vista de Goiás, Abadia de Goiás e Hidrolândia.

Wellington abordava as mulheres usando uma arma, pegava os celulares das vítimas, as colocava na moto e as estuprava em um local afastado. Para dificultar a identificação, ele jamais tirava o capacete e os crimes eram cometidos todos durante a noite ou madrugada, quando se está escuro.

600 anos de prisão

O secretário de Segurança Pública, Rodney Miranda, destacou um caso específico para justificar a necessidade de que Wellington permaneça preso. Trata-se do estupro de uma adolescente, de 12 anos, quando ela voltava da igreja, no dia 31 de outubro de 2018.
“Um caso desse nos mostra que temos que debater a impunidade no nosso país. Um sujeito desse, se for para as ruas, alguém duvida que ele vá cometer outros crimes? Enquanto eu for secretário, eu vou acompanhar o cumprimento dessa pena para que ele não tenha a mínima chance de botar o nariz para fora do presídio”, disse o secretário de Segurança Pública.

Segundo a polícia, o suspeito estava com uma moto roubada e identidade falsa ao ser abordado. Além de responder por receptação e uso de documento falso, ele também vai responder por roubo e estupro. Devido à quantidade de crimes, a pena, somada, pode chegar a 600 anos de prisão.

Fonte: G1

quarta-feira, 18 de setembro de 2019

Polícia recupera em Alvorada do Norte/GO veículo roubado que seria levado para Bahia em transporte clandestino




Na madrugada da última terça-feira (17), a equipe do Comando de Operações de Divisas-COD, em Operações pela região Nordeste do Estado, abordou uma Van que fazia o transporte clandestino de passageiros e cargas vindos de Goiânia em direção ao estado da Bahia.

A abordagem foi realizada no município de Alvorada do Norte, no nordeste goiano.

No veículo existia um reboque e nele, duas motocicletas, sendo que uma delas era produto de roubo, possuindo seus sinais identificadores adulterados, trazendo características de outra motocicleta que teria sido arrematada em um leilão como sucata tendo, os indivíduos, apresentado uma Nota Fiscal forjada.

Diante disto, os policiais conduziram todos os veículos, bem como todos os passageiros até a Delegacia de Polícia de Posse, onde a van e a motocicleta foram apreendidas e os responsáveis autuados pelos crimes de receptação e adulteração de sinais veiculares, além das sanções administrativas quanto ao transporte clandestino.

Decreto de prefeito proíbe Promotor de Justiça de realizar diligências na Prefeitura de Posse/GO



O prefeito de Posse, no nordeste goiano, através do decreto 154 de 03 de janeiro de 2018, proibiu o promotor de Justiça Douglas Chegury de realizar diligências na prefeitura da cidade.

No documento, o prefeito, na época, diz que o promotor estava adentrando os órgãos da administração e obrigando os servidores a paralisarem momentaneamente suas tarefas e obrigações para ficarem à sua disposição lhe entregando documentos e procedimentos administrativos para sua analise e manuseio, interferindo na dinâmica desses órgãos, o que pode afetar na prestação de serviços finais a sociedade.

No decreto, o prefeito diz ainda que o fornecimento de documentos por parte do porte executivo, somente será realizado, mediante a ofício pelo Ministério Público, e serão encaminhados no prazo de 10 dias úteis.

Procurado, o Promotor disse que o decreto é ‘uma bizarrice’ e que o prefeito será representado criminalmente e poderá responder por improbidade administrativa. 

Apesar do decreto ser de 2018, o promotor Douglas Chegury só tomou conhecimento do mesmo nesta semana.

O Ministério Público tem autonomia e independência na fiscalização dos atos da administração pública.



Radialista Naldo Lima é pré-candidato a vereador em Buritinópolis/GO



Sonaldo Alves de Lima, o Naldo Lima radialista desde o ano de 2002, locutor e diretor da radio Alvorada FM e pré-candidato a vereador pelo município de Buritinópolis, no nordeste goiano, nas eleições de 2020.

Filiado ao partido do PC do B desde 2014, Naldo Lima vê a necessidade de se candidatar a vereador vendo a carência que o legislativo municipal daquele município sempre teve.

Naldo Lima disse que vem para resgatar a necessidade de o município e ser um verdadeiro representante da população. Preocupado com o bem estar da população, Naldo Lima afirma que chegou a hora da população Buritinópolis ter um verdadeiro representante, um verdadeiro fiscal do patrimônio publico e um verdadeiro defensor da população.

terça-feira, 17 de setembro de 2019

Promotores fazem palestra sobre empoderamento e gênero no Creas de Monte Alegre de Goiás




As Promotorias de Justiça de Cavalcante e Campos Belos participaram de uma formação do Centro de Referência e Assistência Social (Creas) de Monte Alegre de Goiás com o tema “Empoderamento e Conscientização de Gêneros: Masculino e Feminino”.

A promotora Úrsula Catarina Fernandes da Silva Pinto (Cavalcante) e Bernardo Monteiro Frayha (Campos Belos) abordaram o tema, na tarde de ontem (16/9).

Eles falaram a uma plateia de mais de 130 pessoas, que ouviram atentamente os dois promotores e também a doutora em Políticas Pública em Saúde, Fátima Gonçalves Messias Takahashi. Durante o evento foi apresentado ainda um cordel sobre o tema, assim como houve um momento para que a comunidade pudesse tirar dúvidas. Ao final, foi servido um lanche aos participantes.

Entre as autoridades presentes esteve o prefeito de Monte Alegre de Goiás, Juvenal Fernandes de Almeida; o vice-prefeito, José de Ribamar Alves Pereira Neto; a secretaria de Saúde, Karina Pereira Ramos da Cunha; além de representantes do Conselho Tutelar e da Câmara Municipal. Todas as palestras foram gravadas e serão transmitidas pela rádio local.



Fonte: MPGO

Qualidade da água é tema de audiência especial realizada pelo MP-GO em Flores de Goiás



O Ministério Público de Goiás (MP-GO), em conjunto com o Poder Judiciário, realizou, no Tribunal do Júri de Flores de Goiás, audiência especial sobre a qualidade da água fornecida para o abastecimento público no município. Após amplo debate sobre o tema, ficou deliberado que a Saneamento de Goiás S.A. (Saneago) terá 45 dias para apresentar relatório técnico detalhado sobre o sistema de abastecimento de água do município, devendo constar os procedimentos de coleta e tratamento, bem como as implementações de melhorias indicadas pelo representante da empresa.

A providência deverá contemplar especialmente a descrição do procedimento de complexação, ou seja, a análise volumétrica que visa à formação de um complexo de coloração, com indicação dos prazos de execução das melhorias esperadas, assim como na queda da concentração de metais na água.

Além disso, o estudo deverá indicar os procedimentos usados para a limpeza de incrustações (depósitos de elementos formados na composição química da água), com a adoção de substância ácida, demonstrando o que foi feito e futuras intervenções, bem como manifestação sobre a avaliação de risco de contaminação do lençol freático, em razão da proximidade do poço de coleta ao cemitério e analise comparativa de sistemas de fornecimento de água, entre soluções de poços e coletas em curso d’água, com análise de alternativas e possibilidade de adoção de outros poços.

A empresa também deverá analisar a possibilidade de instalação de um gerador elétrico para normalização no fornecimento de água, em razão de constantes interrupções no fornecimento de energia elétrica, uma vez que acarreta impactos na entrega da água. A audiência foi uma realização da Promotoria de Flores de Goiás, por responsabilidade do promotor de Justiça Samuel Sales Fonteles

Histórico

A condição do produto, principalmente o elevado grau de turbidez, é alvo de questionamento pelo MP-GO desde 2014, quando o promotor de Justiça Wagner de Magalhães acionou a Saneago cobrando a adoção de medidas necessárias para adequar a qualidade da água às exigências mínimas de aceitabilidade previstas nas normas ambientais, em processo ainda em tramitação.

Naquela época, foi requisitada à Unidade Técnico-Pericial Ambiental da Coordenação de Apoio Técnico Pericial (Catep) do MP-GO a análise de exames laboratoriais encaminhados pela Saneago. Segundo avaliação dos peritos, os parâmetros de qualidade da água fornecida pela empresa não atendem aos padrões de potabilidade definidos pela Portaria n° 2.914/2011, do Ministério da Saúde, no que se refere à cor aparente, à concentração de manganês e ao nível de turbidez.

O MP-GO obteve, em 2014, liminar favorável que nunca foi cumprida, cuja execução, inclusive, chegou a executar seu cumprimento em 2017. A empresa recorreu da decisão e o processo até hoje está em tramitação. No âmbito do processo, portanto, foi determinada a realização da audiência especial, que ocorreu na semana passada.

Em Flores de Goiás, a água que serve ao abastecimento público é subterrânea e, por ser retirada diretamente do lençol freático, apresenta complexidade no tratamento, com reflexos na qualidade.

Audiência especial

Da propositura da ação até os dias de hoje, como apontado pelos moradores da cidade, a qualidade da água não melhorou. Estiveram presentes à audiência, membros da comunidade e autoridades, como o presidente da Câmara, Walter de Jesus Santos; o juiz Marco Antônio Jacob de Araújo; as secretárias de Saúde e de Educação Divina Pereira dos Santos e Seilly Kim Alves da Silva, além de diretoras de escolas instaladas no município. A Saneago foi representada no evento pelo biólogo Carlos Roberto Alves dos Santos, que prestou informações e esclareceu dúvidas dos participantes.

A audiência possibilitou à população reivindicar seus direitos de consumidores, fazer desabafos e demonstrar sua insatisfação. Entre os que manifestaram sua indignação, estavam donas de casa, estudantes e trabalhadores. “Você já percebeu que aqui ninguém está usando branco? Nós gostaríamos de usar branco, mas, às vezes, a cor da água não permite lavar uma roupa branca”, assegurou um morador.

Para Samuel Fonteles, essa afirmação demonstra que a questão ambiental afeta até a estética de uma comunidade. “Nunca tinha pensado nisso, daí a importância da audiência especial, pois muitas coisas a gente só fica sabendo quando ouve o povo e a voz das pessoas é muito importante”, concluiu o promotor. Entre os resultados alcançados na audiência, além da apresentação do estudo detalhado da qualidade da água ofertada para a comunidade de Flores de Goiás, estão ações pontuais, cujos prazos deverão ser cumpridos pela Saneago.

Fonte: MPGO

Teto do Vapt Vupt inaugurado há menos de um ano desaba em Campos Belos/GO




Por sorte, nenhuma pessoa morreu ou ficou ferida num grave "acidente" ocorrido nesta segunda-feira (16), em Campos Belos, no nordeste goiano, quando parte do telhado do prédio do vapt-vupt desabou.

O prédio, que fica em frente ao Banco Bradesco, é muito antigo.

É conjugado com o da prefeitura do município, onde por muitos anos abrigou o Fórum da cidade e cartórios.

Também abrigou a Câmara de Vereadores e, posteriormente, uma biblioteca municipal. 

Segundo testemunhas, quando o telhado desabou, havia poucos funcionários no local e ninguém saiu ferido.

"Eles saíram às pressas e alguns deles até caíram, mas felizmente ninguém se machucou com gravidade, ficou mesmo no susto", disse a fonte.

Funcionários da Prefeitura passaram o dia inteiro no local trabalhando no desmonte do que permaneceu de pé.

Informações preliminares dão conta de que o Detran vai ficar tempo indeterminado sem atendimento aguardando o fim das obras.

Durante todo o dia houve imensa procura pelos serviços, inclusive pessoas de outros municípios que lá estiveram por não saberem do ocorrido.

Uma das fontes informou que uma das causas aparentes e mais prováveis é a de que as paredes do centro do salão foram removidas e elas eram a escora das tesouras de madeiras.

Com a remoção das paredes, ficou um grande vão sustentado apenas pelas paredes laterais.

"Uma irresponsabilidade, diziam alguns curiosos. As paredes deveriam ter construído colunas de sustentações em seus lugares para sustentação da madeira.

Qualquer leigo sabe que o vão tem de ser planejado, tem que se medir os riscos e não derrubar paredes sem nenhum projeto de engenharia", desabafou a fonte.

Funcionários disseram que existem outros vãos na reforma e agora estão apreensivos com o local de trabalho.

Muitos recordaram o acidente do ABCD, um postinho de saúde, que também sofreu com o mesmo problema de desabamento do telhado.

No ABCD, por pouco não ocorreu uma grande tragédia, vitimando de dezenas de usuários. 

Na oportunidade, as pessoas foram salvas por questão de horas, já que estava previsto a ocupação a partir às 8h da manhã e o desmoronamento ocorreu por volta das 6h.

Com esse novo desabamento, uma pergunta não quer calar:

Como estão telhados de creches, escolas e de outras repartições públicas municipais?

Caiu menos de um ano da inauguração

Há que se investigar as causas desse novo desabamento e é chegada a hora de a prefeitura também fazer uma inspeção geral, inclusive com a ajuda do corpo de Bombeiros de Goiás.

A unidade do Vapt Vupt de Campos Belos, que recebeu o nome de unidade Fernando Júlio Terra, ex-prefeito da cidade, morto neste ano, foi inaugurada na no dia 27 de dezembro de 2018.

Na oportunidade, diversas autoridades foram convidadas e participaram do evento, entre eles todos o secretariado e diretores municipais, autoridades locais, o Secretário de Estado de Gestão e Planejamento, Joaquim Mesquita, representando o Governo Estadual, Márcio Maia, Coordenador de Unidades Vapt Vupt, prefeito de Divinópolis de Goiás, Charley , o prefeito de Monte Alegre, Juvenal, e o deputado estadual eleito Tião Caroço.

Fonte: Dinomar Miranda




Fumaça de queimadas encobre céu da cidade de Posse/GO




Uma nuvem de fumaça encobriu alguns bairros na cidade de Posse, no nordeste goiano, na tarde da última segunda-feira (16).

A fumaça é proveniente de queimadas que castigam a região. Moradores da cidade relataram um escurecimento anormal do céu em um tom amarelado bastante incomum.

O Corpo de Bombeiros informou que focos de incêndios foram registrados nos últimos dias na região de Posse. Os Bombeiros trabalham para conter as chamas.

O fogo destruiu parte da vegetação. Não há precisão de quantos hectares foram atingidos pelo fogo.

Essa fumaça reduz ainda mais a umidade do ar e aumenta o número de partículas poluentes que prejudica ainda mais o ar.

“Na hora eu pensei que fosse um sinal de chuva, mas aí fui ver e era fumaça. fiquei bastante assustado e preocupado”, disse um morador da cidade.

Casal que viaja a América do Sul de Kombi pede ajuda para consertar o veículo, que estragou em Alto Paraíso de Goiás




Além de ser uma letra de música, a frase "o que se leva dessa vida é a vida que se leva” tornou-se o lema de um casal de namorados que viaja a América do Sul em uma Kombi, há mais de um ano. No entanto, a “Madalena”, nome carinhosamente dado ao veículo, estragou o motor ao chegar na Chapada dos Veadeiros, em Alto Paraíso de Goiás, no Entorno do Distrito Federal. Agora, o casal está fazendo uma rifa para pagar o conserto.

Vanessa Cristina Kapper, de 28 anos, e Lorenzo Rousselet Marques, de 33, embarcaram nesta aventura há exatos 555 dias e já rodaram mais de 48 mil km, passando por oito países, 24 estados e mais de 400 cidades. Além da Madalena, junto com eles vai o Galeto, um cão da raça Golden.

Depois que a Kombi estragou, o casal está hospedado na casa de amigos em Goiânia. Eles estão fazendo uma rifa de R$ 48 para juntar o valor necessário para trocar o motor e seguir viagem. Um dos prêmios para quem ganhar a rifa é um celular. Vanessa fez orçamentos e o custo para a troca do motor é de, pelo menos, R$ 5 mil.

“Desde que começamos a viagem, a Madalena já estragou várias vezes. Já tivemos muitos problemas com ela, desde que pegamos a estrada. Então, percebemos que o ideal é trocar o motor. Resolvemos fazer uma rifa para juntar o dinheiro e o prêmio, que será um celular, também compraremos com dinheiro da rifa”, conta Vanessa.

Em Goiás, eles já conheceram cidades como Alto Paraíso, São Jorge, Cavalcante, cidade de Goiás, Aragarças, além da capital.

“Aqui é um povo muito acolhedor. Calor humano tem de sobra. Comida boa. Muitas belezas naturais. Amamos a chapada e o pessoal é realmente muito solícito”, conta Vanessa.

Antes de pegar a estrada, Vanessa tinha uma loja de bijuterias e Lorenzo era servidor público. Apaixonados por viagens, os dois fizeram as malas e decidiram sair do Rio Grande do Sul, onde moravam, para pegar a estrada.

Os viajantes dormem dentro da Kombi, que também tem espaço onde eles cozinham. Os custos financeiros com gasolina, comida e outros, são pagos com venda de produtos em um site onde eles compartilham um “diário de bordo”. Eles vendem objetos como copos, canecas, camisetas, adesivos e postais relacionados à viagem deles de Kombi. Nas redes sociais, eles têm 128 mil seguidores.

“A intenção era ficar seis meses viajando, mas aconteceram mil coisas, a nossa Kombi fundiu o motor logo na primeira viagem e o orçamento foi embora bem antes do previsto, mas tivemos que decidir. Ou voltávamos para casa e para o trabalho, ou tínhamos que arrumar uma forma de conseguir dinheiro para continuar viajando. Daí decidimos fazer a nossa marca, que também vendemos na Kombi”, conta.

Fonte: G1

Tribunal instala Cejusc na comarca de Alto Paraíso de Goiás




A comarca de Alto Paraíso de Goiás instalou, na sexta-feira (13), o Centro Judiciário de Solução de Conflitos e Cidadania da Saúde (Cejusc). A unidade, no fórum de Alto Paraíso, atenderá demandas nas áreas cível, de família e tributária.

A solenidade de inauguração do Cejusc foi prestigiada pelo coordenador do Núcleo Permanente de Métodos Consensuais de Solução de Conflitos (Nupemec), juiz Romério do Carmo Cordeiro; diretor do Foro da comarca de Alto Paraíso, juiz Pedro Piazzalunga Cesário Pereira; promotor de Justiça da Márcio Vieira Villas Boas Teixeira de Carvalho, prefeito de Alto Paraíso, Martinho Mendes da Silva; delegado da Ordem dos Advogados do Brasil em Alto Paraíso, Vito Simon de Moraes; do presidente da Câmara de Vereadores de Alto Paraíso, Carlos José Pereira dos Santos e do presidente da Câmara Municipal de São João d'Aliança, José Gomes de Brito.

O juiz Romério do Carmo Cordeiro, coordenador do Nupemec, fez questão de destacar que o Cejusc é uma ferramenta que o Judiciário dispõe para alcançar a pacificação social. “A conciliação é, muitas vezes, a forma mais adequada para resolver os conflitos. Nem sempre a sentença é a melhor solução”, enfatizou o Romério do Carmo Cordeiro.

Pedro Piazzalunga salientou que a comarca abrange cerca de sete mil habitantes e possui, atualmente, um processo para cada cidadão. O quantitativo de novas ações distribuídas mensalmente é de 80, em média. “A instalação do Cejusc trará inegáveis benefícios aos jurisdicionados dessa comarca, diminuindo consideravelmente o número de ações propostas, dando uma resolução mais adequada para os conflitos, garantindo uma prestação jurisdicional mais eficiente e colaborando assim para a cultura da paz”, destacou o diretor do Foro de Alto Paraíso.

O Cejusc de Alto Paraíso terá uma parceria com a prefeitura do município, que disponibilizará servidores e conciliadores para atuarem no centro e, ainda, capacitação para a formação de conciliadores. O prefeito da cidade, que é conciliador formado, parabenizou a iniciativa do Tribunal de Justiça do Estado de Goiás (TJGO), afirmando que “o Cejusc irá contribuir para resolver as demandas da sociedade alto-paraisense e em um tempo mais satisfatório”.

Fonte: TJGO

segunda-feira, 16 de setembro de 2019

Homem é assassinado a tiros em Buritinópolis/GO



Um homem identificado como Joaquim dos Santos, foi morto a tiros em uma praça na cidade de Buritinópolis, no nordeste goiano. O caso aconteceu no último sábado (14).

Segundo informações, o autor do crime Rafael Andrade, que é natural de Alvorada do Norte, tinha uma rixa antiga com a vítima. O autor do crime havia ameaçado a vítima durante uma desavença há cerca de 2 anos.

De passagem pela cidade, o autor avistou a vítima na praça central da cidade, momento em que aconteceu a execução. Um outro homem é suspeito de ter participado do crime.

Após o crime, os acusados tentaram fugir do local, mas, em uma ação rápida da Polícia Militar os dois foram presos em flagrante.

A vítima era conhecida na cidade como Joaquim Ganchinho e trabalhava como amansador de cavalos.

O caso será investigado pela Polícia Civil.

Caiado quer incluir todos os municípios do Nordeste Goiano em agenda do Projeto Rondon



O governador Ronaldo Caiado (DEM) anunciou que trabalha para incluir 27 municípios do Nordeste Goiano em uma das agendas do Projeto Rondon previstas para o biênio 2020/2021.

A iniciativa, coordenada pelo Ministério da Defesa, visa o desenvolvimento regional de comunidades carentes por meio de intervenções dos universitários brasileiros e das Forças Armadas, que promovem oficinas de capacitação nos locais onde as operações são desenvolvidas.

Dois coordenadores do projeto, o vice-almirante Barros Coutinho e o coronel Marcelo Martins, além do ministro da Cidadania, Osmar Terra, estiveram em Cavalcante neste final de semana para o lançamento do programa “Município Mais Cidadão”, que visa beneficiar as regiões mais carentes do País.

Em parceria com as prefeituras e Sistema S, a meta do “Município Mais Cidadão” é gerar impacto nessas comunidades, com a promoção de festivais de música, dança, olimpíadas municipais, inclusão das pessoas com deficiência, além de outras iniciativas que gerem renda. No entanto, Caiado quer ampliar os investimentos e proteção social na região, sendo o Projeto Rondon, uma das iniciativas buscadas pelo governo estadual.

Projeto Rondon

O Projeto Rondon é coordenado pelo Ministério da Defesa e conduzido em estreita parceria com o Ministério da Educação, o Ministério do Desenvolvimento Social e Agrário, o Ministério da Saúde, o Ministério do Meio Ambiente, o Ministério da Integração Nacional, o Ministério do Esporte e a Secretaria de Governo da Presidência da República.

A ação interministerial, segundo o governo federal, é realizada em parceria com os governos estadual e municipal e busca, ainda, consolidar no universitário brasileiro o sentido de responsabilidade social, coletiva, em prol da cidadania, do desenvolvimento e da defesa dos interesses nacionais, contribuindo na sua formação acadêmica e proporcionando-lhe o conhecimento da realidade brasileira.

Veículo pega fogo na BR-020; há confirmação de um óbito



Segundo informações preliminares, um veículo que não pode ser identificado, foi completamente destruído por um incêndio, que ocorreu por volta das 6h do último sábado (14), na BR-020, km 96, próximo a cidade de Vila Boa (GO).

Há confirmação de um óbito no local, este por sua vez, só deverá ser identificado após exame de DNA ou por identificação de algum objeto por parte da família, pois o corpo encontra-se carbonizado.

Não houve testemunhas, existe a suspeita, de que o condutor teria perdido o controle do veículo, vindo a colidir contra uma árvore, o que teria ocasionado o incêndio que carbonizou o veículo e o condutor.

O Corpo de Bombeiros foi acionado, no entanto, ao chegar as chamas já haviam sido extintas.

Fonte: Portal Foca Lá

Cavalcante/GO: Ex-vereador foi absolvido de processo de estupro



Em 2015, casos de abuso sexual que já havia sido registrados em Cavalcante foram denunciados pelo imprensa, e em seguida pela imprensa nacional. As histórias envolviam autoridades da cidade, sendo uma delas uma denúncia contra o ex-vereador Jorge Elias Ferreira Cheim, marido da então vice-prefeita da cidade, Maria Celeste Alves. Na época, uma adolescente, que estava vivendo com o casal na zona urbana, denunciou ao Conselho Tutelar que havia sido abusada pelo homem.

Cheim foi absolvido pela 5ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Estado de Goiás (TJ-GO) em abril do ano passado. A Câmara entendeu que não existia prova suficiente para a condenação.

A reportagem questionou ao Ministério Público porque não houve recurso da decisão em segunda instância, ao que o órgão afirmou que tanto o recurso no Supremo Tribunal Federal (STF) quanto no Superior Tribunal de Justiça (STJ) “não podem ser utilizados para rediscutir os fatos, analisar as provas do processo, ou seja, rever a questão de mérito do caso”. Jorge já havia sido absolvido em 1ª instância, mas o MP recorreu, em janeiro de 2018. O processo agora está em fase de arquivamento.

A jovem que denunciou o abuso na época conta ter medo ainda hoje. Ela parou de estudar há alguns anos, mas diz sonhar em se formar e se tornar professora de Matemática. A adolescente ainda não completou a maioridade, mas é casada há mais de três anos e possui duas filhas. Sua irmã, de 15 anos, foi abusada sexualmente pelo padrasto, e a menina já havia sido abusada por um tio. Hoje ela conta ter medo que algo assim aconteça por suas filhas.

A adolescente, que ainda vive em uma comunidade quilombola, reclama que na região não há infraestrutura básica, assim como emprego para mulher. “Só tem para homem. A gente tem que ficar em casa”, disse.

À reportagem, Cheim garante que nunca houve abuso, assim como foi entendido pelo Judiciário. O ex-vereador afirma que tudo não passou de uma armação política, envolvendo o ex-vereador Ronan Lopes da Luz e um outro ex-político da cidade, tudo com a intenção de prejudicá-lo politicamente. Os seus adversários teriam pagado para que a menina fizesse a denúncia.

Cheim afirma que o casal cuidou da menina em razão de um problema envolvendo os pais, e um abuso cometido pelo tio. “A sorte que eu tive é que o juiz percebeu que havia uma questão política nisso. Mas houve todo um constrangimento”, disse. Segundo ele, a menina se contradisse em vários depoimentos - hora afirmando que havia sido ele, hora dizendo que não sabia. A reportagem não conseguiu acesso aos autos com o Judiciário, tampouco com o advogado de Cheim, por se tratar de um processo de estupro, o que o torna sigiloso.

A reportagem não irá apontar o nome do outro político citado por Cheim por não ter conseguido contato com ele, para que o mesmo desse sua versão. Já em relação ao ex-vereador Ronan Lopes, ele afirma que jamais pagou alguém para denunciar por estupro um adversário político. “Se eu soubesse de alguma coisa, eu mesmo denunciava”, disse.

Fonte: O Popular