quinta-feira, 30 de abril de 2015

Governador Marconi Perillo abre campanha de vacinação em Posse e Iaciara/GO




O Governador Marconi Perillo esteve na fazenda Ipueiras, no município de Iaciara, no Nordeste goiano, onde lançou a campanha de vacinação contra a febre aftosa e o programa Gleba Legal.

Em coletiva, Marconi explica que programa Gleba Legal, põe fim a uma situação que há décadas tem se revelado um gargalo administrativo.

A legalização das áreas de terras devolutas do Estado de Goiás, além de proporcionar a aceleração do crescimento em regiões menos desenvolvidas do estado.

 "O programa vai facilitar ainda o acesso às linhas de crédito a demais programas sociais, como o fortalecimento de iniciativas vinculadas à Agricultura Familiar", garante o governador.

Em Posse, o governador Marconi Perillo foi saudado pelo fazendeiro José Emílio. "Governador Marconi Perillo, futuro presidente da República, é um honra recebê-lo, aqui", disse o proprietário da Fazenda Ipueiras.

A campanha de vacinação este ano, coordenada pela Agrodefesa, inclui ainda a vacinação do rebanho contra a raiva bovina em 116 municípios em que há presença de morcegos transmissores. Desde o ano passado, a Agrodefesa tem importante instrumento de controle de vacinação, a Nota Fiscal Eletrônica.

O vice-governador e secretário de Desenvolvimento Econômico, Científico e Tecnológico e de Agricultura, Pecuária e Irrigação, José Eliton, e demais autoridades participaram do lançamento.




Fonte: Governo do Estado

Município de Iaciara/GO terá de pagar R$ 45 mil por colisão de automóveis



A prefeitura de Iaciara terá de indenizar, por danos materiais, Edmilson de Sousa Brito na quantia de R$ 45.207,68, por acidente de veículo ocorrido na BR-020, em outubro de 2004.

A decisão monocrática é do desembargador Itamar de Lima, que manteve a sentença proferida pelo juiz Carlos Arthur Ost Alencar.

O acidente, uma colisão frontal, ocorreu por volta da meia-noite de 5 de outubro de 2004. O irmão de Edmilson conduzia um veículo com 15 passageiros, dentro da velocidade permitida e em sua faixa, quando o veículo conduzido por funcionário do Município de Iaciara adentrou a pista e provocou a colisão.

O acidente provocou a morte de duas pessoas. Não foi comprovada ingestão de bebida alcoólica por nenhuma das partes.

O município de Iaciara recorreu da decisão, ajuizada em seu desfavor e da Fundação Nacional de Saúde (Funasa). Ressaltou que a indenização arbitrada é de valor excessivo. Declarou também que Edmilson pleiteava dupla indenização e que a parte autora era obrigada a possuir seguro do veículo, recebendo o valor indenizatório da seguradora, não havendo assim, necessidade de indenização por parte do município.

O laudo da perícia constatou que caso o furgão da Funasa, sob a responsabilidade do município de Iaciara, não tivesse adentrado a pista contrária, o acidente não teria ocorrido. "O argumento do apelante de culpa exclusiva do condutor, irmão do requerente, proprietário do veículo, não merece prosperar uma vez que devidamente comprovado por laudo pericial que a culpa foi do funcionário da prefeitura", afirmou o relator.

Desta forma, o desembargador declarou que a culpa é exclusivamente do condutor do furgão, sendo responsabilidade do município de Iaciara o dever de indenizar. Avaliou também que o valor indenizatório é adequado para pagamento dos danos materiais.

Fonte: TJGO

São Domingos/GO: prefeita cassada, ex-prefeito e ex-secretário denunciados por desvio de verba pública



O Ministério Público de Goiás ofereceu denúncia por crime de responsabilidade contra a prefeita cassada de São Domingos, Etélia Vanja Moreira Gonçalves, o ex-prefeito, Rival Gonçalves da Silva, conhecido como Fiin, e o ex-secretário municipal de Finanças, Aristerdan Claudino Silva, também vereador.

Segundo a denúncia, Etélia Vanja, com a anuência do vereador e do secretário, beneficiou-se com diárias pagas em períodos em que estava afastada do cargo. Pelo mesmo motivo, os três denunciados também foram acionados civilmente pela prática de improbidade administrativa, cujo processo tramita na comarca de São Domingos.

Os promotores de Justiça Douglas Chegury e Paulo de Tharso Brondi, autores da denúncia, requerem a condenação dos agentes públicos pelo crime de responsabilidade dos prefeitos, que prevê pena de 12 anos de reclusão, além da fixação de valor mínimo de reparação, a ser pago de forma individual, no valor calculado com base no valor da sentença do subsídio de prefeito de São Domingos, devidamente atualizado e acrescido de cinco vezes, a título de dano moral/social. Como medida cautelar, o MP requereu o sequestro de bens dos denunciados visando garantir a reparação do prejuízo causado.

O crime

Consta da denúncia que Etélia Vanja utilizou veículo de representação da prefeitura para viagens a Goiânia, com a intenção de obter liminares no Tribunal Regional Eleitoral (TRE) em seu processo de cassação.

Segundo levantamento feita pela Promotoria de São Domingos no site do Tribunal de Contas dos Municípios (TCM), Etélia Vanja recebeu, em 2014, R$ 57.250,00 em diárias. Em consulta também ao site do tribunal é possível constatar que as diárias recebidas pela prefeita correspondem aos valores das diárias pagas a seis prefeitos da região (Divinópolis de Goiás, Campos Belos, Monte Alegre, Cavalcante, Teresina de Goiás e Nova Roma), que, somados, equivalem a R$ 57.345,00.

Cassação

A prefeita teve seu mandato cassado em 2014 por força de duas decisões judiciais proferidas pelo juízo da 47ª Zona Eleitoral. A primeira sentença de cassação foi proferida dia 21 de agosto de 2014, em uma Ação de Investigação Judicial Eleitoral (AIJE) proposta pelo MP. A segunda decisão de cassação foi proferida em 5 de outubro de 2014, em uma Ação de Impugnação de Mandato Eleitoral (AIME).

Nas duas ocasiões, Etélia Vanja obteve no TRE medidas liminares para retornar ao cargo e nele se manter até decisão definitiva do tribunal. Assim, em ambos os períodos de afastamento da prefeita, o presidente da Câmara, Rival Gonçalves, assumiu a chefia do Poder Executivo interinamente. Ele permaneceu como prefeito de 26 de agosto a 3 de setembro e de 9 a 15 de outubro de 2014.

Mesmo sem estar na condição de prefeita, Etélia Vanja viajou para Goiânia em veículo oficial da prefeitura, no dia 26 de agosto, permanecendo na cidade até o dia 28, com diárias custeadas pelo município. A outra viagem feita pela prefeita ocorreu logo após tomar ciência da segunda sentença de cassação. Ela permaneceu em Goiânia de 7 a 10 de outubro.

O Tribunal Regional Eleitoral (TRE) de Goiás confirmou em 23 de fevereiro de 2015 a cassação do mandato da prefeita de São Domingos, Etélia Vanja Moreira Gonçalves, e de seu vice, Ruy de Oliveira Pinto, por compra de votos, abuso do poder econômico, fraude, corrupção e captação ilícita de recursos. A decisão, por unanimidade, acolheu argumentação do promotor de Justiça eleitoral de São Domingos, Douglas Chegury, mantendo a sentença proferida pela juíza Priscila Maria de Sá Torres Brandão, da 47ª Zona Eleitoral, que determinou a perda do mandato da prefeita e do vice-prefeito, Ruy de Oliveira Pinto.

Na mesma sentença, o marido de Etélia Vanja, o ex-prefeito Gervásio Gonçalves da Silva, também foi condenado. Ainda segundo a decisão da juíza da 47ª Zona Eleitoral, confirmada pelo TRE, Etélia Vanja e Gervásio Gonçalves tornaram-se inelegíveis pelo período de oito anos contados a partir da eleição suplementar realizada em julho de 2013.

Fonte: MPGO

Polícia procura sete suspeitos de estuprar menores em Cavalcante/GO



A Polícia Civil montou uma força-tarefa para tentar cumprir sete mandados de prisão contra suspeitos de cometer estupros contra menores em Cavalcante.

 De acordo com o delegado Diogo Luiz Barreira, os crimes ocorrem entre 2008 e 2010. Na cidade, vivem cerca de 8 mil kalungas, que são descendentes de quilombolas. Abusos cometidos contra crianças desta comunidade também são investigados.

"Não sei precisar se há ou não vítimas kalungas nesses casos. São crimes muito antigos. A informação que recebemos, inclusive, é que um dos suspeitos já até morreu", disse Barreira. Segundo o delegado, até a noite de quarta-feira (29), nenhum procurado ainda havia sido preso.

Os grandes número de casos de abuso contra menores kalunga na cidade motivaram a realização de uma audiência pública para discutir os casos.

No último dia 20, membros da Comissão de Direitos Humanos e Minorias da Câmara dos Deputados se reuniram no município para colher informações sobre os crimes.

Além disso, uma decisão da Justiça divulgada na sexta-feira (24) condenou um jovem a 12 anos e 8 meses de prisão em regime fechado pelo estupro de uma criança kalunga de 8 anos, que era sua enteada. Ele também terá que indenizar a vítima em R$ 20 mil. Cabe recurso.

Avanços

Para tentar resolver os casos de abusos, várias entidades estão tomando medidas emergenciais. A Polícia Civil já mandou uma caminhonete traçada para o município para que os agentes cheguem às comunidades mais isoladas. Além disso, uma escrivã e mais um agente irão atuar no local.

O Tribunal de Justiça do Estado de Goiás (TJ-GO) vai encaminhar uma equipe com psicólogos e assistentes sociais que atuarão no auxílio às vítimas. Um juiz corregedor também acompanha o andamento dos processos.

Já o Ministério Público do Estado de Goiás (MP-GO) fez um levantamento de todos os processos para saber o que já foi feito e quais encaminhamentos serão tomados nos processos parados.

Fonte: G1

Lançamento do Gleba Legal acontece no Nordeste goiano



A Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Científico e Tecnológico e de Agricultura, Pecuária e Irrigação (SED) lança nesta quinta-feira, dia 30, na Fazenda Ipueiras, no município de Posse, na Região Nordeste de Goiás, o Programa de Regularização Fundiária do Estado de Goiás – Gleba Legal.

O objetivo é legalizar a situação de áreas devolutas em todo o Estado e acelerar os processos de titulação aos ocupantes. Na mesma solenidade, também será lançada a primeira etapa de 2015 da Campanha de Vacinação Contra a Febre Aftosa.

Gleba Legal

Criado pela Superintendência Executiva de Agricultura, da SED, o Gleba Legal põe fim a uma situação que há décadas tem se revelado um gargalo administrativo: a legalização das áreas de terras devolutas do Estado de Goiás. Além de proporcionar a aceleração do crescimento em regiões menos desenvolvidas do Estado, o programa vai facilitar ainda o acesso às linhas de crédito a demais programas sociais, fortalecendo, por exemplo, a Lavoura Comunitária.

Após o lançamento, o vice-governador e secretário de Desenvolvimento, José Eliton, visita posseiros no município de Nova Roma, dando início ao cadastramento das famílias ocupantes de áreas irregulares. De acordo com ele, o governo vai trabalhar para concluir a regularização fundiária até 2018.

O programa é uma das iniciativas constantes do Plano de Ações de Desenvolvimento Integrado – Adiante da Secretaria de Desenvolvimento Econômico. O processo de titulação de terras devolutas será desenvolvido em quatro etapas: propositura e acompanhamento de ações judiciais e administrativas; cadastramento dos ocupantes das terras a serem regularizadas; georreferenciamento; e titulação individual e definitiva a cada ocupante.

De acordo com o cronograma do Gleba Legal, em 2015, sete cidades goianas serão contempladas: Nova Roma, Água Fria, Bonópolis, Campos Belos, Formoso, Niquelândia e Mimoso. Nessas regiões, o total de terras devolutas soma mais de 300 mil hectares. Somente em Nova Roma, primeiro município a ser beneficiado pelo programa, são mais de 141 mil hectares.

Para 2016, Guarani de Goiás, Iaciara, Posse e Simolândia totalizarão 90 mil hectares. Em 2017, Alto Paraíso, Damianópolis, Flores de Goiás, Monte Alegre de Goiás e São João D’Aliança passarão pelo processo de titulação de terras devolutas, com mais 295 mil hectares.

Por fim, em 2018, outros sete municípios completam o mapa do Gleba Legal: Cavalcante, Colinas do Sul, Teresina De Goiás, Trombas, Anicuns, Formosa e Aragarças. Juntos, esses municípios disponibilizarão mais de 350 mil hectares. Nesse ano, áreas remanescentes de outros municípios integrantes dos períodos anteriores também serão assistidas pelo programa.

Endereço

O lançamento do Gleba Legal ocorre às 10 horas, na Fazenda Ipueiras, do produtor José Emílio França Sabath. A propriedade fica na GO-112, saída para Simolândia, 6 km à direita, Km 43, no município de Posse.

Fonte: Goiás Agora

Peça cai de caminhão e atinge veículo na BR-020, próximo ao Rosário




Na tarde da última quarta-feira (29), por volta das 15:00 horas, aconteceu um grave acidente na BR 020.

 O acidente ocorreu na subida do Rosário, cerca de 1 quilometro da zona urbana, na saída para Brasília.

Envolveram-se no acidente um Gol branco e um caminhão muck.

De acordo com as informações o gol seguia atrás do caminhão, quando uma peça que estava em cima do caminhão se soltou e caiu, atingindo o gol em cheio.

Ainda segundo as informações havia três pessoas no gol, os mesmos foram socorridos para o hospital mais próximo. Uma das vitimas precisou ser transportada de avião para Brasília.

 Não houve vitimas fatais. A polícia registrou o acidente.

Video: GO-447 em péssima condições



Carreta tomba na GO-118, e 30 bois morrem no acidente



Uma carreta carregada de bois tombou, na noite desta terça-feira, na GO-118, próximo à cidade de Monte Alegre de Goiás, no nordeste do estado.

Cerca de trinta animais morreram ou foram sacrificados devido aos graves ferimentos.

De acordo com Gustavo Ribeiro, morador da cidade, o acidente ocorreu por volta das oito horas da noite, na curva que antecede a ponte sobre o Rio Sucuri, na localidade do Riacho dos Cavalos, a cinco quilômetros da sede do município.

Nas fotografias, pode-se ver diversas cabeças dos bovinos, que tiveram as carnes aproveitadas por moradores da comunidade. 

Está mais do que na hora da Agetop (Agência Goiana de Trasnporte e Obras) e o próprio governo do estado, que administra a rodovia GO-118, tomarem providências, no sentido de sinalizar e instalar redutores de velocidade, nesta conhecia e perigosíssima curva.

Inúmeras pessoas já perderam a vida naquele local e se perde as contas da quantidade de acidentes ocorridos na ponte do Rio Sucuri.

Fonte: Dinomar Miranda



quarta-feira, 29 de abril de 2015

Sintego participa da Greve Nacional e discute a Educação pública, nesta quinta-feira (30)



As escolas públicas de todo o Estado não funcionarão amanhã (30). Os trabalhadores em Educação participarão da Greve Nacional, promovida pela CNTE em todo o país, dentro da 16ª Semana Nacional em Defesa e Promoção da Educação Pública.

Às 9h, no Auditório da Faculdade de Educação, o Sintego promoverá Audiência Pública para discutir os caminhos para a melhoria da qualidade do ensino e a valorização profissional. O evento será transmitido pelo canal do Sintego no youtube (www.youtube.com/user/sintegooficial).

A Audiência conta com a participação do Conselho Estadual de Educação, Ministério Público, Secretaria Estadual de Educação, Cultura e Esporte, Fórum Estadual de Educação, Undime, Faculdade de Educação da UFG, PUC, UNE, UBES, UEE, ANPED, ANFOPE, ANPAE, CME e ALEGO.

Estarão em pauta, o cumprimento integral da Lei do Pìso do Magistério, a implementação do Plano Estadual e os municipais de Educação; a terceirização da gestão escolar para as Organizações Sociais (OS); a concessão de Planos de Carreira a todos os trabalhadores das escolas públicas (professores, especialistas e administrativos); e o investimento necessário para a implantação do Custo Aluno Qualidade.

Bia de Lima explica que a Greve Nacional é o dia que os trabalhadores em Educação de todo o país se juntam para denunciar a falta de investimento no ensino público e que, em Goiás, a situação é muito negativa em Goiás, pois não há concurso público para a área, os professores em sua maioria trabalham por meio de contratos temporários e nem recebem o Piso estipulado por lei federal, que é de R$ 1.917,78 para quem faz 40 horas e os servidores administrativos não têm incentivo para a profissionalização, sem contar os achatamentos salariais, com retirada de direitos e parcelamentos da data-base.

Nos interior, a situação e ainda mais delicada, porque apenas 86 dos 236 municípios pagam o Piso respeitando o Plano de Carreira.

“A melhoria da qualidade do ensino público e o investimento na valorização profissional é uma luta nacional, mas aqui em Goiás a situação está insustentável. Todos os anos somos surpreendidos com calote no reajuste do Piso dos professores e parcelamento da data-base dos funcionários das escolas e agora estamos sendo ameaçados com a transferência da gestão escolar para as OS. Tanto a greve, quanto a Audiência Pública é uma forma de denunciar para a sociedade que precisamos lutar pelo ensino público de qualidade para todos”.

Fonte: Sintego

Prefeitos goianos querem Marconi Perillo presidente da República



A postura republicana e municipalista do governador Marconi Perillo dominou os discursos de prefeitos, ex-prefeitos e lideranças políticas da Região Norte de Goiás, onde o tucano inaugurou obras e entregou benefícios na última semana.

 Políticos de vários partidos, inclusive da oposição, ressaltaram a postura respeitosa do governador com os gestores dos municípios.

Marconi cumpriu agenda em Porangatu, Novo Planalto e São Miguel do Araguaia. Nos discursos, um tema recorrente: o desejo de ver o goiano presidente da República.

Presente nas inaugurações, o prefeito Nenzão (PR), de Campinaçu, puxou o coro. Agradeceu as obras do Estado no município que ele comanda e fez uma previsão. “Obrigado pelas obras do Estado em Capinaçu. Agora mesmo estão aplicando R$ 13 milhões na rede de esgoto, que vai ficar 100% universalizado. Obrigado pela transformação da minha cidade, mas, sobretudo, obrigado pela mudança do Norte que você tem feito. Pelo amor, pelo carinho e pelo zelo com que o senhor trata todos nós, governador. Sem sombra de dúvidas, será presidente da República.”

Para o prefeito de Amaralina, Vandeilson Gonçalves Lima (PSDB), o governador é um exemplo de homem público. “O Governo de Goiás continua trabalhando, mesmo com a crise econômica que tem acometido a maioria das administrações pelo país. A eleição passou, mas o senhor continua inaugurando obras. Em tempo de crise é assim: se tem dinheiro, usamos 70% de dinheiro e 30% de trabalho. Se não tem, 70% de trabalho e 30% de dinheiro”, disse.

“Gostaria de agradecer o carinho do governador com São Miguel do Araguaia, Vale do Araguaia e Região Norte. Pelas viaturas do Comando de Divisas, pelo asfalto da GO-244. O trevo de entrada mudou a cara da nossa cidade. Obrigada pelo asfalto urbano, pelas ambulâncias, pelo Bolsa Futuro”, discursou a prefeita Adailza Crepaldi (PSC), de São Miguel do Araguaia. “Temos um governador de quatro mandatos. Oxalá, teremos um goiano presidente da República!”

Trabalho aprovado pela oposição

Em Porangatu, Marconi foi recepcionado pelo prefeito Eronildo Valadares (PMDB), que deixou as questões partidárias de lado e não economizou elogios para falar do governador. Outro peemedebista que também destacou sua admiração e respeito pelo governador tucano foi Elvino Coelho Furtado, prefeito de Mara Rosa.

Fonte: DM

Secretaria de Infraestrutura retoma Operação Tapa Buraco em Posse/GO





A Secretaria de Infraestrutura de Posse retomou nesta terça-feira (28) a operação Tapa Buraco, fazendo o aterro com cascalho e a cobertura com asfalto dos trechos danificados nas ruas da cidade.

A operação só foi retomada, segundo explicou o secretário Idelfonso Pereira dos Santos, porque houve dois dias consecutivos de estiagem, o que possibilitou que o solo secasse e o asfalto tivesse a aderência necessária.
.
A Operação foi retomada pela Avenida JK, cruzamento com a Oriçanga de Abreu. Nesta quarta-feira, caso não chova, os trabalhos serão encerrados na JK e a Operação Tapa Buraco continuará por todo o bairro de Santa Luzia.
.
Idelfonso Pereira informou ainda que a Prefeitura de Posse vem fazendo um trabalho ininterrupto de manutenção da iluminação pública do Município, tanto na Zona Urbana, como na Zona Rural. Estão sendo trocadas lâmpadas, reatores e relês.
.
O secretário avaliou, no entanto, que o principal problema com a iluminação da cidade são as crianças que brincam de atirar pedras nas lâmpadas, além de quebrá-las usando laseres, que são dispositivos luminosos facilmente encontrados em canetas e chaveiros. Os laseres ampliam a emissão de luz até o momento em que as lâmpadas estouram.
.
O secretário de Infraestrutura de Posse faz um apelo aos pais e responsáveis para que não permitam a depredação do patrimônio público. “A iluminação é importante para toda a comunidade. Não adianta trocarmos lâmpadas constantemente se elas são quebradas de forma proposital o que afeta a segurança e o bem estar das famílias de Posse”.
.
A manutenção do sistema de iluminação pública está sendo feita neste momento no Setor Guarani. A Prefeitura de Posse já fez a manutenção no Vale do Amanhecer, Vila São José, Setor dos Funcionários, Setor Buenos Aires, parte do Setor Mãe Bela e nos povoados de Trombas e Boa Vista, que ficam na Zona Rural do município.

Fonte: Prefeitura Municipal de Posse

Hospital de Posse/GO poderá receber recursos para finalizar suas obras



O prefeito de Posse, José Gouveia, recebeu na última terça-feira os representantes da empresa SLC Agrícola, Valdenir Menezes - Gerente da Fazenda Panorama e Sérgio Luiz Werle - Gerente da Fazenda Piratini, que visitaram as principais obras na área da Saúde de Posse, atendendo a um apelo do prefeito, para que a Empresa faça doações para a Associação dos Amigos do Hospital de Posse para a conclusão das obras de reforma do Hospital.

A solicitação de recursos para as reformas foi feita no final de março, quando o secretário municipal de Administração, Armando Ayres de Araujo, no ato representando o prefeito José Gouveia, entregou ao Diretor Presidente da SLC, um Oficio parabenizando o trabalho de equipe da Fazenda Panorama e retratou o que já foi feito e o muito que ainda há de se fazer pela saúde de Posse.

Os recursos, caso sejam doados, serão investidos nas obras que se fazem necessárias nas áreas de internação e maternidade do Hospital Municipal. Participaram da visita os secretários municipais de Administração e de Saúde, Rosana Tonhá. Os gerentes visitaram, além do Hospital, a UPA (Unidade de Pronto Atendimento) em construção no Setor Mãe Bela e o PSF (Posto de Saúde da Família) no Setor Buenos Aires.

Após visitarem as instalações do Hospital, em todas as suas alas, os dois gerentes da SLC Agrícola se disseram impressionados com a qualidade dos equipamentos e o alto padrão das obras já concluídas do Hospital, como o Centro Cirúrgico. Valdenir Menezes informou que é do maior interesse da Empresa SLC investir na saúde de Posse, já que a maioria dos funcionários fixos das suas fazendas mora no município.

“Vou fazer um relatório demonstrando que o trabalho aqui é muitas vezes superior ao de muitas unidades de saúde que eu conheço. A Empresa paga plano de saúde para seus funcionários fixos, mas, nem sempre o atendimento próximo é bom e temos que pagar as despesas de deslocamento para Planaltina e até mesmo Brasília. O investimento no Hospital de Posse será importante também para nós”, disse o gerente da Fazenda Panorama.

Sérgio Werler endossou a opinião de seu colega e afirmou que “vamos fazer um esforço junto à nossa diretoria no sentido de realmente colaborar, porque nós vimos que realmente precisa. Um município com este número de habitantes (32 mil segundo o IBGE), a parte de estrutura (da Saúde) está muito defasada e vimos que a parte que foi feita está numa condição muito boa”.

Fonte: (Conselho de Comunicação Social/ Posse)

terça-feira, 28 de abril de 2015

Ação conjunta da Polícia Civil e do MP apreende madeira em Divinópolis de Goiás



Uma ação conjunta da Polícia Civil e do Ministério Público apreende madeira em Divinópolis de Goiás-GO.

Nessa tarde (28/04/2015) a Polícia Civil e o Ministério Público fizeram a apreensão de madeira extraída ilegalmente, em um total de 51 (cinquenta e uma) peças de Ipê.

 A madeira estava em uma pequena cerraria e em uma casa, ambos no Município de Divinópolis de Goiás.

Os proprietários da madeira não demonstraram a origem lícita da madeira, e responderão processo criminal, por crime contra o meio ambiente.

Fonte: Polícia Civil de São Domingos

Aluga-se o tradicional Bar & Restaurante Tio Edson em Divinópolis de Goiás



Aluga-se o bar e restaurante Tio Edson, conceituado como o melhor da cidade. O local abre a oportunidade para pessoas que querem montar seu próprio negócio.

O Bar e restaurante Tio Edson fica localizado na entrada da cidade. Conhecido regionalmente o estabelecimento carrega no currículo um histórico de bom atendimento e clientes fiéis.

Os interessados em alugar o local devem entrar em contato no telefone (62) 9836-2522.



Divinópolis de Goiás: Internauta registra vazamento de água na Avenida São Sebastião que já dura 10 dias



A falta do conserto de um vazamento de água limpa na Avenida São Sebastião próximo à lanchonete bob Esponja, esta deixando moradores das proximidades indignados.

O vazamento sai lentamente da avenida e desce, jogando toda a água de consumo fora. Um Morador registrou a água jorrando de uma possível tubulação estourada.

De acordo com o morador, a reclamação foi feita para a saneago, que informou que ia resolver o problema, porém, a água vaza pela avenida á mais de dez dias e nenhuma providência foi tomada até agora.

A maior preocupação do morador é o desperdício da água. Que continua descendo, e o pior, sem data para que o problema seja resolvido.



Concurso da escolha da rainha do rodeio do Distrito de Vazante



Aconteceu na noite do último sábado (25), o concurso da escolha da Rainha da Festa do Rodeio do Distrito de Vazante, no município de Divinópolis de Goiás.

O evento reuniu familiares das participantes, autoridades da cidade e a população participaram do grandioso evento.

Após desfile com roupas nos trajes country, o júri composto por moradores e participantes da festa elegeram as vencedoras.

Rainha: Gabryelle
1° Princesa: Vanessa
2° Princesa: Vitória
Garota Rodeio: Tailane

Na categoria mirim, as vencedoras foram:

Rainha: Dominique
1° Princesa: Débora
 2° Princesa: Tatiele

 Maria Eduarda foi eleita à garota rodeio e a jovem Gabryelle foi eleita como a rainha do rodeio 2015.

O tradicional rodeio do Distrito de Vazante acontece nos dias 04,05 e 06 de junho.

A comissão organizadora da Escolha da Rainha do Rodeio 2015 foi de Daisymar, Juceneia, Vanderly, Celuita, Armando, Daniela e Jackeline.



Divinópolis de Goiás: O beco intransitável



Um beco situado nas proximidades da Praça Luiz Pereira Cirineu, em Divinópolis de Goiás, está praticamente intransitável.

Há pelo menos dois anos que o beco esta nesta situação. Não há previsão para que a prefeitura municipal resolva o problema, devido o período chuvoso, o município cancelou a operação tapa buracos.

Tem sido difícil atravessar o beco, principalmente de carro, nos dias de chuva o beco alaga e deixa o local sem condições de acesso.

Não é o buraco que está no beco, é o beco que está dentro do buraco.

Zelar pelo dever de ir e vir do cidadão, é responsabilidade da administração do município.

A foto foi enviada por uma leitora do blog. É a interação do leitor com o blog. Participando, informando e denunciando.

segunda-feira, 27 de abril de 2015

Posse/GO: Prefeitura entrega duas novas salas de aula no Colégio Municipal Castro Alves



A prefeitura de Posse, por meio da Secretaria Municipal de Educação e Cultura, vai entregar nesta quinta​-feira​ (30)​, às 19 horas, à comunidade mais duas novas salas de aula no Colégio Municipal Castro Alves, considerado um dos melhores colégios públicos não só de Goiás, mas de todo o país.

Esta é mais uma das mais de 30 obras que o prefeito José Gouveia realizou para o benefício de Posse.

Com estas novas salas foram abertas mais 150 vagas no Castro Alves, colégio que tem grande procura não só pelos alunos de Posse, mas de toda a região.

A secretária municipal de Educação, Leila Menezes de Araújo explicou que além desta ampliação, foram reformadas todas as salas já existentes no Colégio.

Posse/GO: Prefeitura fará campanha de vacinação contra HPV e gripe em jovens do município



Milhares de meninas e mulheres de Posse poderão ser vacinadas contra o HPV e a gripe, entre os próximos dias dois a 16 de maio, durante campanha a ser promovida pela Prefeitura Municipal de Posse, por meio da Secretaria Municipal de Saúde.

A campanha faz parte da ação “Mulher com mais saúde”, que trará para a cidade a “Carreta da Mulher”, projeto feito em parceria pelo Governo de Goiás e as prefeituras do Estado.

Esta ação beneficiará pela primeira vez às mulheres de Posse e das demais cidades da Região Nordeste do Estado.

O atendimento ocorrerá das 08h00 às 18, de terça-feira a sábado. Além da vacinação serão oferecidas palestras sobre tabagismo e saúde da mulher, Cartão SUS, exames de glicemia, aferição de pressão, tudo por conta da Prefeitura Municipal.

Já a “Carreta” prestará atendimento ginecológico, com a realização de exames de mamografia, ultrassonografia, Papanicolau e colposcopia.

 Os Bombeiros e a equipe do SAMU já foram acionados e darão apoio ao evento também com palestras informativas.

Para que o programa da “Carreta da Mulher” pudesse beneficiar as cidadãs da Região Nordeste de Goiás, a Prefeitura de Posse assumiu a responsabilidade der fornecer e já providenciou: Local apropriado para a instalação da carreta, que já foi definido na área em frente ao Centro da Juventude de Posse; abastecimento de água, rede de esgoto; provimento de energia elétrica para o funcionamento da carreta; coleta de resíduos e segurança 24 por meio dos seguranças do município.

Governo federal e Celg vão ampliar eletrificação rural na região de Cavalcante e Campos Belos/GO



O deputado José Nelto passou a semana passada na região dos Calungas.

 “A escassez de energia elétrica na região, parcialmente inóspita, é um problema grave. Por isso levamos às cidades, como Cavalcante e Campos Belos, o presidente do programa Luz Para Todos, Aurélio Pavão, e o diretor de distribuição da Celg, Francisco de Assis, para verificar, presencialmente, o que ocorre na região. O governo federal liberou 29 milhões de reais e a Celg vai entrar com 4 milhões de reais para colocar eletrificação rural e beneficiar centenas de produtores rurais em três municípios.”

José Nelto afirma que em Cavalcante, “quando acaba a energia elétrica — fica-se sem energia às vezes por dois ou três dias —, também acaba a água e não se tem mais celular. Fica-se isolado do mundo. Por isso, planejamos levar representantes da Anatel e da Vivo à região”.

O deputado frisa que “as pessoas que moram em cidades grandes e de médio porte não têm noção precisa de que há regiões praticamente isoladas, com escassez de comunicação e outros benefícios”.

Fonte: Opção

domingo, 26 de abril de 2015

São Domingos/GO: Dávillas Chaves surge como possível candidato a prefeito. Nome do jovem causou desconforto em grupos políticos da cidade



Quando pensavam que já estava tudo encaminhado, eis que surge um imprevisto: Um novo nome que até então não tinha nenhuma participação política em São Domingos.

 Trata-se de Davillas Chaves, mais conhecido como Dávilas de Nilton.

Neto do ex-prefeito Rosendo Chaves e filho da divinopolina Diva de Ovidío, o nome de Davillas causou desconforto dentro dos dois principais grupos políticos rivais na política dominicana.

De acordo com informações, o nome do professor do Instituto Federal Goiano de Rio Verde aparece com alto índice de excelência no município.

Figura conhecida em São Domingos, Dávillas foi professor na cidade entre 2006 e 2009 e, segundo informações, o seu nome pode dar uma reviravolta na corrida pela Prefeitura de São Domingos por se tratar de um jovem, que pode trazer novas ideias.

Campos Belos/GO: Homem é encontrado morto na praça da rodoviária



Este domingo (26) amanheceu muito triste para a família Santos, em Campos Belos.

Ribamar Leite do Santos, conhecido carinhosamente na família como Babá, de 39 anos, foi encontrado morto na manhã de hoje.

O corpo dele, muito ensanguentado, foi encontrado por transeuntes, por volta das 5h da manhã, na praça da rodoviária.

A polícia foi acionada e a família avisada.  O corpo encaminhado ao IML e depois liberado pelas autoridades.

A primeiras informações dão conta de que ele tenha morrido de traumatismo craniano em virtude de uma queda, possivelmente, numa briga com um desconhecido.

A polícia está em diligências e busca mais informações sobre as circunstâncias da morte de Babá, que era irmão de "Mazinho PM".

Ele também era primo do blogueiro Dinomar Miranda (o pai dele é era irmão do avô de Dinomar), do vereador Juranda, de Osmar Santos, do Novo Foto, e de Valmir da Padaria.

Babá também era primo de Messias da Celg, de Marilde de Dedê e de Zé de Dino do Bar. 

O corpo está sendo velado na residência da mãe dele, localizado na Rua Sete de Setembro, centro da cidade.

Neste momento de intensa dor, gostaria de externar, principalmente aos irmãos dele (Mazinho, Cida, Lidé e Neurir), nossos votos de pesar e profundos sentimentos pelo ocorrido.

"Ter uma pessoa tão querida levada de nós de forma tão brusca e inesperada é algo que nos paralisa, e nos fazer sentirmos impotentes diante daquilo que o destino nos reserva.

Mas cada um de nós tem um missão, e se ainda estamos aqui, é porque a nossa missão ainda não está cumprida. 

Babá cumpriu a sua missão e se a sua missão era trazer alegria, paz, amizade, generosidade e trazer muitos aprendizados para os seus amigos e familiares, então ele cumpriu a sua missão com perfeição. Mas é impossível não lamentar a sua falta!

E a sua luz é tão forte, que ela vai continuar guiando os nossos passos e aquecendo os nossos corações com o seu amor. Que ela esteja em paz ao lado do Senhor", são os nossos votos.

Fonte: Blog Dinomar Miranda

Prezado vereador o blog preza pela imparcialidade



Alguns leitores costumam aparecer aqui para criticar o meu trabalho, seja de forma construtiva ou simplesmente por não gostar do blog. Respeito à opinião de todos. Tem politico falando por ai que o blog é parcial.

Mas como alguns podem realmente confundir as bolas, vou explicar de uma vez por todas, para que não restem dúvidas: não sou jornalista, e sim blogueiro, e isso aqui é um blog de opiniões, artigos e notícias.

Ou seja, os milhares de leitores que visitam a página diariamente vêm em busca de opinião, do que eu penso sobre determinado assunto, ou atrás de noticias da região.

Cada um de nós possui uma visão de mundo, uma bagagem intelectual, uma ideologia. Aqueles que juram total isenção costumam mentir. Colocam-se acima de todas as ideologias, mas sempre deixam transparecer a sua.

Eis o que entendo por imparcialidade: ninguém me paga para ter determinada opinião. Eu escrevo o que penso, defendo o que acredito. Busco noticiar e informar de forma imparcial, sem direitismo ou esquerdismo.

Imparcialidade, em minha opinião, é respeitar os fatos mais do que a própria ideologia, e se mostrar disposto a mudar de opinião se for o caso, se as evidências mostrarem seu equívoco prévio.

Foi justamente a minha imparcialidade nesse sentido, portanto, que noticiei diversos textos sobre inicio de obras, benefícios adquiridos para o município, entre vários outros, sobre a administração municipal de Divinópolis de Goiás.

Foi com a minha imparcialidade que fiz o artigo “Filoneto José dos Santos um predestinado ao sucesso”, foi com essa mesma imparcialidade que elogiei e critiquei a gestão do município.

Os comentários anônimos que estiverem denegrindo, ofendendo, e atingindo diretamente a imagem de alguma pessoa, não será aceito no blog. Quer criticar, então, por favor, coloque o seu nome. Eu estou aqui colocando a minha cara a tapa, então não vou aceitar anônimos sem responsabilidade alguma com o que escrevem. Tenho meus critérios, meu filtro, que serve para preservar a qualidade dos debates no blog.

Então caro vereador, antes de sair por ai dizendo que o blog Antônio Carlos é parcial, procure ler os textos postados por aqui, antes de tomar opinião precipitada e sair falando “asneiras” procure ver o conteúdo. Tenho absoluta certeza que você não acompanha o blog, você afirma o que os “aspones” relatam para você.

Em suma, que fique bem claro que não sou um jornalista, e não faço questão de simular uma neutralidade que não tenho. Sou um blogueiro liberal que toma partido e expõe isso de forma bastante clara nesse blog. Estamos entendidos?

Para finalizar, senhor vereador, segue abaixo vários links como prova da minha independência e imparcialidade. Por favor, leia um a um, e veja se estou agindo com parcialidade.















Empresário leva família para explorar cavernas em São Domingos/GO



O empresário Marcus Vinícius de Lira Todeschini levou a família para fazer uma atividade pouco convencional, a espeleologia, que é a exploração de cavernas.

Marcos contou que tem experiência com a atividade, mas que a família nunca havia encarado a aventura. Ele fez diversas viagens como essa e tem outra programada para a Bolívia, mas dessa vez só com os amigos mais experientes.

Sobre a viagem que fez com a esposa Raquel e os filhos Davi (11) e Laura (10), Marcus destacou trechos do passeio,  hospedagem, e muitas aventuras. “Fiz uma viagem até um parque espeliológico que eu costumava explorar quando era mais jovem, onde existe mais de 300 cavernas mapeadas, formações geológicas únicas encontradas lá. Como sempre fui apaixonado por esse lugar resolvi levar minha família para conhecer o local. A espeleologia é a principal atividade do Parque Terra Ronca, localizado em São Domingos de Goiás, no nordeste do Estado, quase na divisa com a Bahia”, disse.

“Existem roteiros bem tranqüilos onde é possível levar inclusive as crianças e foi o que eu fiz, levei minha esposa e meus filhos, que na época tinham 9 e 10 anos. Eles ficaram encantados com as cavernas, a vegetação do local, que é uma área de transição do cerrado para a caatinga, uma área um pouco árida. Também gostaram muito da paisagem dos espeleotemas, que são formações rochosas, alguns com mais de 40 metros de altura dentro do chão a uma grande profundidade, mas com acesso bastante facilitado”, completou o empresário, que ressaltou o fato de não ser um lugar com requintes, mas que atrai justamente pelo contato com a natureza.

O passeio exige acompanhamento de guias.

“Não é um ambiente muito hospitaleiro, é bastante úmido, mas não é quente, mantém uma temperatura interna estável. O acesso é um pouco complicado, mas os guias acompanham, principalmente quem não tem experiência com essa atividade que envolver certos riscos. Os guitas são pessoas capacitadas, que conhecem bem o local, têm conhecimento de técnicas de resgate, de acesso a resgate. Com todo o preparo e planejamento é acessível para qualquer pessoa”, afirmou.

Marcus explicou as regras que devem ser seguidas dentro de um parque ecológico que não está preparado para sofrer a ação humana de degradação.

“Nesse local especificamente estamos dentro de um Parque Estadual, onde temos o dever de obedecer diversas premissas de conservação e preservação. A conservação existe em locais de acesso controlado e a preservação torna o lugar intangível, ninguém pode chegar lá. O lugar tem características extremamente intrínsecas e muito frágeis, não estão preparados para receber atividades turísticas”, disse.

O empresário explicou que as pessoas que preferem o mínimo de conforto podem abrir mão de montar suas barracas e se hospedar em uma das pousadas.

“É um local rústico, existe uma estrutura dentro do permitido que conta com uma pousada com relativo conforto já que as pessoas que buscam esse tipo de atividade estão preparadas para acampar, ter que fazer sua própria comida. Mas é possível encontrar pousadas até com ar condicionado. A comida é simples e o atrativo lá é a natureza”, afirmou.

“O acesso ao local é feito de carro, a cidade estruturada mais próxima é o município de Posse, entre Brasília e Barreiras, seria uma das últimas cidades no norte de Goiás. De Posse segue-se para Guarani e de lá para São Domingos, nessa estrada o turista passa na Boca de Terra Ronca, que é a entrada da caverna com mais de 120 metros de altura”, disse Marcus, que explicou as características específicas de cada uma das três cavernas exploradas por sua família.

“Visitamos três cavernas, sendo elas São Bernardo, Terra Ronca e São Vicente. Terra Ronca é a caverna de mais fácil acesso, mas nem por isso deixa de ter suas exclusividades. As cavernas são cavidades naturais que no nosso país especificamente são formadas por insurgência e ressurgência de água. É um processo geológico que escava alguns tipos de rochas que são hidrossolúveis. Esse processo erosivo aconteceu há muitos anos e em algumas partes da caverna o teto desaba, formando clareiras e outras cavernas. Mas a entrada da caverna de Terra Ronca é uma das características preponderantes do local”, contou.

“A Lapa de São Bernardo é uma caverna com acesso também facilitado, com entrada bem plana. Algumas cavernas, diferente dessas que visitamos, têm entradas bem complicadas, pequenos buracos pelos quais o turista nem imagina a grandiosidade do que tem lá dentro. A vantagem de São Bernardo é para quem não tem muita experiência e nem condicionamento físico muito desenvolvido para esse tipo de atividade, que exige muitas vezes andar dentro da água, abaixar-se com freqüência.

O outro atrativo de São Bernardo, além do fácil acesso, são as formações tipo cortina, formadas por depósito de calcário, de cor predominantemente esbranquiçada e forma uma espécie de labirinto, e são rochas de timbre metálico”, ressaltou Marcus.

“A Lapa de São Vicente tem alguns espeleotemas logo na entrada, que são as estalactites, que são as formações rochosas que vêm do teto, as estalagmites que vêm do chão. É possível ter acesso a alguns bons exemplares de espeleotemas logo na entrada. Para essa atividade é preciso ter disposição, experiência prévia não é necessária. Hoje em dia existem diversos recursos como GPS e outros de localização possibilitando que a pessoa consiga facilmente chegar lá. Particularmente, recomendo o guia Ramiro, que tem fama internacional como guia de cavernas, tem uma vivência muito grande, acompanhou diversas expedições científicas e vários grupos de pessoas. Ele tem todo o material e equipamento. O turista só precisa ter disposição, um tênis velho e vontade de conhecer coisas fantásticas”, afirmou o empresário, que destacou ainda o fato de ser um passeio acessível.

“É um passeio super acessível, as pousadas têm custo de R$ 40 a R$ 50 por pessoa por dia, com refeição inclusa, café da manhã, almoço ou jantar, dependendo da atividade e do horário que a pessoa voltar para a pousada. Uma família gasta entre R$ 2 mil e R$ 3 mil com a viagem para passar até quatro dias”, disse.

“Tem um ditado que diz que em uma caverna nada se tira a não ser fotos e nada se deixa a não ser pegadas. E essas lembranças permanecem para sempre. Tem que estar disposto a se entregar mesmo para a natureza, a atividade demanda algum tipo de cuidado, mas não é nada tão agressivo quanto parece. Tem que ir preparado para se desligar do mundo, se desconectar das outras coisas e se conectar só com a natureza”, concluiu Marcus Vinícius de Lira Todeschini.



Fonte: O Diário

sábado, 25 de abril de 2015

Vídeo: Rio Negro e Solimões mandam recado para a galera de Campos Belos/GO. Show será em julho



Bora pro rodeio de Campos Belos meu povo! Vizitar minha terrinha, tudo de bom. Vamos Miguel Silva Souza?
Posted by Beth Elizabeth Ferreira Da Silva on Quinta, 23 de abril de 2015

Divinópolis de Goiás: Soltar pipas, um passatempo que atravessa gerações



A brincadeira de soltar pipas é bem divertida para as crianças e também para adultos. Apesar do avanço da tecnologia, com brinquedos eletrônicos e celulares de ultima geração, o espirito de juventude em ter prazer em soltar pipas permanece em Divinópolis de Goiás.

Atravessando gerações, é cada vez mais frequente se deparar com pessoas se divertindo com suas pipas. Com uma linha, os garotos conseguem direcionar e fazer malabarismos no céu.

A atividade rotineira de jovens e adultos que soltam pipas faz com essas pessoas se distanciem de mundos obscuros, como o alcoolismo e drogas.

As pipas São feitas de varetas de madeira e papel, em diversas cores.

O perigo maior do cerol não é para a criança, mas para outras pessoas. No Brasil existem inúmeros registros de mortes, provocadas por cortes provocados pela linha coberta por cola e vidro quebrado. Os soltadores de pipas fazem isso para cortar a linha do outro e pegar sua pipa, algo divertido, mas que já provocou muito choro. São mais de 100 acidentes por ano em todo o País, que resultam em muitas mortes, segundo a Associação Brasileira de Motocicletas.

Além dos motoqueiros, o cerol também põe em risco a vida de animais e de aves como urubus, corujas, pombos e passarinhos. Quando são feridas pelo cerol, dificilmente conseguem sobreviver.

Solte pipas com segurança.




Chá literário em Divinópolis de Goiás





A escola Luiz Pereira Cirineu apresentou na sexta-feira (24), no espaço da feira livre em frente à Primeira Igreja Batista no município de Divinópolis de Goiás, Goiás Belo, tendo a culminância do projeto de literatura denominado “chá literário”.

Com o objetivo de incentivar os alunos e à comunidade a ler, pois a literatura é alimento para a inteligência, quem ler acrescenta conhecimento.

O projeto tem a coordenação das professoras Diva Feitosa, Ana Paula, Ana Maria, Maria José, Joquebede, Gracinha ,Natália e Maria do socorro.

Sob a direção da Professora e Diretora Maria de castro e Welkis, apoio do Goiás e rádio mega fm a rádio comunitária , Goiás Belo, de Divinópolis de Goiás Belo

Destaque no evento, a presença da primeira Dama do Município Rosa Amélia de Souza Santos, que abrilhantou o momento Literário e apoiou o evento dos pequeninos.

Durante a execução do projeto foram realizadas as ações: Leitura livre de poesias, recitações de poesias, ensaios e apresentações com fantoches, ensaios, dramatizações, e encerrou com um chá oferecido aos pais, onde além do alimento físico estes se deliciaram com várias apresentações feitas pelos seus filhos.

Fonte: Redação Goiás Belo






sexta-feira, 24 de abril de 2015

Divinópolis de Goiás: Governo do prefeito Filoneto passa por momento de incertezas



Nada mais antigo do que a busca de grupos encastelados no poder para manter tudo como está, por mais que a situação seja de certa forma provisória, fruto de promessas que os mantêm para a infelicidade e fragilização do povo.

O prefeito Filoneto vive hoje um momento de muita incerteza na prefeitura municipal. O Gestor contava com as obras prometidas pelo governo do estado, para engrenar de vez o seu quarto mandato.

A gestão de Filoneto começou fechando lacunas de outra administração passada. Algum tempo depois o prefeito deu a sua cara ao município, com ruas e praças limpas.

Iniciou algumas obras com o apoio e financiamento do governo. Porém, hoje a maioria delas está paralisadas, é o caso do Ginásio de esportes, que teve seu piso arrancado por operários de uma empresa terceira, desde então a reforma parou.

A rodoviária da cidade também iniciou uma reforma no ano passado, e as obras da reforma se encontram paralisadas. Hoje o embarque e desembarque de passageiros é feito na feira municipal, local que não tem infraestrutura adequada. Os ônibus ficam no meio da rua, e em dias de chuva os passageiros tem que se virar para entrar nos ônibus.

O Vapt Vupt é a reforma mais adiantada do município, falta pouca coisa para conclusão, porém a reforma está paralisada.

Uma única empresa é a responsável pelas obras do Ginásio de esportes, da rodoviária e do Vapt Vupt. A licitação é feita pelo governo.

A mais famosa obra do município é a construção da nova GO-447, que atualmente se encontra quase toda paralisada, somente alguns funcionários preservam as obras de arte. Essa obra seria o ápice para o prefeito Filoneto conquistar a reeleição em 2016.

A construção do parque Fervedouro até agora não saiu do papel. Parece ser mais uma promessa eleitoreira do governo Perillo.

Isso pode ser apenas a ponta do iceberg, existem várias outras obras pelo município que estão paralisadas e sem data para serem reiniciadas.

O passo adiante, urgente, que o prefeito tem que dar é assumir o risco, cobrar dos grandes, evitar resistências e deixar de dar apoio a quem não saldar com seus compromissos.

Não é desejável e nem parece ornar com uso da lábia política, mas pode ser o caminho.

A argumentação do governo do estado, a mesquinhez de seus objetivos e a desonestidade intelectual que caracteriza é a mesma da época dos governos de Marivan e Moaci.

Filoneto está sendo desafiado, e o que ele mais gosta é de desafios. Se ele conseguir entregar todas as obras iniciadas e paralisadas, sua influência e importância serão mantidas em Divinópolis de Goiás. Inclusive nas próximas eleições municipais.