terça-feira, 31 de maio de 2016

Juiz Lucas Siqueira responde por Iaciara e Posse/GO



O juiz Lucas Siqueira, titular da 1ª Vara (Cível e da Infância e da Juventude) da comarca de Formosa, foi designado pelo Decreto Judiciário nº 877/2016, para, de 30 de maio a 28 de junho, responder por Iaciara e Posse.

Também o juiz Jonas Nunes Rezende, da 2ª Vara (Cível, Criminal, das Fazendas Públicas e de Registros Públicos) de Ceres, foi designado, para, neste mesmo período, responder pela 1ª Vara (Cível, Criminal e da Infância e da Juventude) e pelo Juizado Especial Cível e Criminal de Porangatu, e substituir ainda, nesta comarca, o juiz Felipe Alcântara Peixoto, titular da 2ª Vara (Cível, Criminal, das Fazendas Públicas e de Registros Públicos).

Fonte: TJGO

“Novo Cangaço”: Em São Domingos/GO a Polícia desarticulou a quinta organização criminosa de roubo a bancos nos últimos meses



Para inibir a ação dos criminosos de roubo a caixas eletrônicos em Goiás, denominado como “novo cangaço”, as forças policiais goianas têm atuado em conjunto.

Em São Domingos, no nordeste goiano aconteceu a desarticulação da quinta organização criminosa de roubo a bancos nos últimos meses.

A Polícia Militar desarticulou mais um trio responsável por tentar roubar banco em Goiás, na atividade criminosa conhecida como “novo cangaço”. A ação ocorreu em Divinópolis de Goiás.

Durante confronto com a polícia em São Domingos Goiás, um suspeito foi preso e dois foram mortos.

Ao todo, 30 policiais militares estavam trabalhando desde sábado (28) para prender seis detentos que foram resgatados por um criminoso na Unidade Prisional da cidade de Posse.

Com o objetivo de pegar suspeitos, a PM-GO montou uma barreira policial, que não foi respeitada por um veículo e houve troca de tiros. Em seguida, os suspeitos abandonaram o veículo e fugiram pela mata.

Durante as buscas, Douglas Antônio Maciel e Tharly Oliveira Silva foram baleados e levados para o Hospital Municipal de São Domingos. Os suspeitos não resistiram aos ferimentos e morreram. O terceiro suspeito foi preso por outra equipe.

Segundo o coordenador da ação, aspirante Dieison Candido Ribeiro, os suspeitos encontrados não eram os fugitivos procurados, mas os responsáveis pela tentativa de roubo a uma agência do Banco do Brasil em Divinópolis de Goiás na última terça-feira (24).

O carro utilizado é roubado e todos os suspeitos têm passagens pela polícia, assim como mandados de prisão em aberto. Os homens também são suspeitos de homicídio em Posse.

Fonte: Diário de Goiás e DM

Deu no O Popular: São Domingos/GO caminha para eleger o 6º prefeito desde 2012



Com a decisão do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), que confirmou a cassação da prefeita Etélia Vanja Moreira (PTN), afastada desde o início do ano passado, a cidade de São Domingos deve chegar à marca de seis prefeitos e quatro eleições desde 2012.

Ao analisar o caso que movimenta a cidade nos últimos anos na noite de terça, a Corte confirmou a prática de caixa dois na última disputa eleitoral, em 2013, e decidiu pela realização de eleições indiretas.

O pleito, a ser decidido pelos nove vereadores da Câmara de São Domingos e do qual qualquer cidadão pode participar, será o terceiro desde 2012. A data será definida pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE), que deve ser comunicado oficialmente nos próximos dias.

Além disso, assim como em todos os outros 5.569 municípios brasileiros, São Domingos terá eleições regulares em outubro, encerrando um ciclo de quatro anos marcado por um intenso troca-troca de prefeitos.

Agora cassada pelo TSE, Etélia, que é mulher do ex-prefeito Gervásio Gonçalves da Silva, chegou ao poder em julho 2013, durante eleições suplementares. Ela está afastada desde o início de 2015 por conta do mesmo processo, que envolve denúncias de compra de votos e prática de caixa dois. A primeira acusação foi rejeitada pelo TSE, mas a segunda foi mantida.

O caso foi descoberto pelo Ministério Público por meio de interceptações telefônicas autorizadas pela Justiça, que envolvem o ex-governador do Distrito Federal (DF) Joaquim Roriz. Na conversa com Gervásio, Roriz trata de supostas doações ilegais à campanha de Etélia.

A prefeita cassada nega irregularidades e diz que o processo é baseado em interceptações telefônicas ilegais de terceiros. “Não sou parte do processo”, diz. Ela afirma que levará o caso ao STF.

Fonte: O Popular

IV Feira do Empreendedor e Arraial da UEG| Câmpus Campos Belos/GO acontece de 6 a 9 de junho




O curso de Tecnologia em Agronegócio da Universidade Estadual de Goiás Câmpus Campos Belos promove, do dia 06 a 09 de junho a IV Feira do Empreendedor com o tema Soberania Alimentar e conta no fechamento com o Arraial da UEG.

O evento é coordenado pela professora Francielle Rego Oliveira Braz que o organiza juntamente com a turma do 3° ano de Agronegócio, contara com as palestras da Profª. Ms. Terezinha Dias, Dr. Marcelo Rodrigues Mendonça e com o  especialista José Rafael Medeiros Filho.

Durante o evento serão distribuídas pelos acadêmicos de agronegócio mudas de árvores frutíferas, outro destaque é o Professor Rafael que possuí vasta experiência na área de consultoria organizacional, permitindo que suas palestras, além de descontraídas sejam extremamente práticas, ele Já ministrou palestras motivacionais em 23 Estados do Brasil

No dia 09 de junho no centro olímpico Padre Magalhães, agregado a IV feira do empreendedor teremos o “Arraial da UEG”. Contaremos com quadrilha, danças tradicionais, shows de Darley Junior e Januele Flores, barracas dos produtores, comerciantes da região e acadêmicos do câmpus para promover a venda de alimentos, pequenas manufaturas e artesanatos, além de barracas de jogos e brincadeiras tradicionais do arraial.

Também no dia 09 de junho será sorteado uma novilha, quem desejar adquirir uma rifa ela custa R$ 5,00 reais, a inscrição na IV Feira do empreendedor custa apenas R$ 10,00 reais e quem se interessar podem procurar os acadêmicos de agronegócio no câmpus da UEG, os empreendedores que tiverem interessem em participar da feira, basta entrar em contato com a coordenação do evento no contato: 62-98362522.

Prefeitura de Posse/GO leva água para Comunidade Sucupira. Inauguração será na tarde desta terça-feira




Depois de anos de espera os moradores da comunidade de Sucupira teve a felicidade nesta segunda-feira, no final da tarde, de ver a água potável jorrando pelo encanamento implantado pela Prefeitura Municipal de Posse.

Ontem foi apenas o teste. A inauguração do sistema de água local acontecerá hoje, às 16 horas, na Caixa D’água de Sucupira e o prefeito José Gouveia convida a todos a participarem deste momento especial.

Ontem, além de acompanhar o término das obras de encanamento da água em Sucupira, Gouveia, acompanhado do secretário de Agricultura Vando e do vereador Choca, também supervisionou a ligação da rede elétrica na área externa da residência do Sr. Marcino Cardoso dos Santos (Nino), até a bomba, instalada às margens do Córrego Extrema.

As 17h55min min, o prefeito José Gouveia acionou o botão da referida bomba, a cerca de 1.800 metros da caixa d’água, fazendo com que um grande jato de água jorrasse naquele deposito as 18h05min, motivo de grande alegria e emoção para a comunidade, por este grande feito. Já que a referida caixa, desde sua instalação pelo Governo do Estado, há cerca de 10 anos, estava desativada pela falta de água no poço. Com esta ação, serão beneficiadas cerca de 100 famílias das comunidades Sucupira

Além de convidar a todos para participarem da grande inauguração de hoje, Gouveia também avisa que amanhã, quarta-feira, primeiro de junho, serão inaugurados os sistemas que abastecerão de água as comunidades do Sítio e Raizama, em horário ainda a ser confirmado.






CCS/Posse

segunda-feira, 30 de maio de 2016

De novo: Blog Antônio Carlos bate recorde e atinge mais de 18 mil acessos em um único dia

Amplie a imagem e veja os números

O blog Antônio Carlos bateu ontem (Domingo, 29) o recorde de visitas num único dia, chegando a 18.978 mil acessos. Números que chegam a ser superiores a portais de notícias conhecidos no estado.

Para não me alongar nesta postagem, faço questão de reiterar o meu compromisso de trazer noticias da região, sempre que necessária, de opinião, afinal de informação é perceptível o desejo da população de uma liberdade de expressão opinativa.

O crescimento do blog mostra a confiança alcançada em pouco mais de dois anos no ar.

Só temos a agradecer aos nossos leitores, e convidá-los à continuarem acessando diariamente um dos principais canais de notícias da região.

Mais uma vez muito obrigado pela companhia e interatividade diária.

De Campos Belos/GO: Higor Leite é emprestado pelo Fluminense ao Goiás



O Fluminense acertou o empréstimo do meia Higor Leite ao Goiás. A negociação foi finalizada neste final de semana entre as direções, e o jogador se prepara para viajar a Goiânia.

Higor Leite sequer treinou na tarde desta segunda-feira nas Laranjeiras. O acordo é até dezembro de 2016.

A atual temporada foi de poucas chances a Higor Leite no Flu. Atuou apenas 28 minutos sob o comando de Levir Culpi, com quem perdeu espaço.

Muitas vezes, foi improvisado como lateral por Eduardo Baptista e Enderson Moreira, com quem irá se reencontrar no Esmeraldino na Série B do Brasileirão.

Higor Leite, por exemplo, sequer foi relacionado aos últimos jogos, com Santa Cruz, Palmeiras e Botafogo. Tem dois jogos no ano, e 22 em toda a passagem pelo Fluminense.

No Goiás, tende a ganhar mais espaço. O Esmeraldino busca uma equipe mais encorpada.

Neste primeiro semestre, ganhou o estadual, mas caiu para o River-PI na Copa do Brasil e largou mal na Série B - é apenas o 12°, com cinco pontos em quatro rodadas. Na última sexta-feira, empatou em casa, por 1 a 1, com o Brasil de Pelotas. Esteve sem alguns de seus principais jogadores, casos de Daniel Carvalho e Léo Lima, lesionados.

Fonte: Globoesporte.com

Situação define Filoneto Santos como pré-candidato a prefeito em Divinópolis de Goiás



Em reunião realizada na tarde da última sexta-feira (27), foi definido que o prefeito Filoneto José dos Santos é o pré-candidato a prefeito da base governista em Divinópolis de Goiás.

Filoneto buscará a reeleição e o seu quinto mandato a frente do município.

A reunião aconteceu na casa do prefeito, e contou com a presença de lideranças dos partidos que compõe a base do governo municipal.

Filoneto agradeceu o apoio da base e falou da crise que afeta todos os municípios do Brasil, e que tem feito o possível para manter as contas em dia, inclusive a folha de pagamento do município.

Participaram da reunião o ex-prefeito Marivan Batista (PP), o vereador Mariano Torres (PP), vereador Dinei Serrano (Prós), Eudóxio Oliveira (PTB), Alexandre Oliveira (PR), Ananias (PP), o prefeito Filoneto (PSDB) e a primeira dama Rosa Amélia.

Infraestrutura intensifica obras no Cemitério de Posse/GO



A pedido do prefeito municipal de Posse, José Gouveia, a Secretaria de Infraestrutura intensificou os trabalhos de limpeza, ampliação e obras de construção do Cemitério de Posse.

A nova estrutura contará com duas capelas para que os corpos possam ser velados, além de uma sala de descanso para os familiares daqueles que serão sepultados.

A nova área é anexa ao Cemitério Santana e comportará a demanda por novos enterros pelos próximos 10 anos.




CCS/Posse

Morre o cantor Renan Ribeiro, ex-participante do The Voice Brasil



Aos 26 anos, o cantor sertanejo Renan Ribeiro, ex-participante da última edição do The Voice Brasil, morreu em um acidente de carro na noite deste domingo (29) quando voltava de um show realizado em Leme, no interior paulista.

Renan seguia sozinho no carro quando bateu de frente com um caminhão na rodovia SP-147, próximo a Conchal (SP).

Antes de pegar a estrada, o cantor agradeceu a presença dos fãs em sua última apresentação. Veja aqui



Fonte: O Popular

Dois homens mortos e um preso durante ação da polícia em São Domingos/GO são suspeitos de envolvimento na tentativa de roubo ao Banco do Brasil de Divinópolis de Goiás



Noticiamos aqui nos últimos dias a ousada ação de bandidos ao resgatar presos no presídio de Posse, no nordeste goiano.

A ação da polícia na região da serra geral, no município de São Domingos, também no nordeste goiano, tinha como objetivo prender homens ligados à fuga do presidio de Posse.

Porém, para a surpresa, os três homens, na qual dois foram mortos após troca de tiros com a polícia e um outro foi preso, não tinham ligação com a fuga dos presos em Posse, e sim com a tentativa de roubo ao Banco do Brasil de Divinópolis de Goiás.

A polícia começou a perseguir esses indivíduos após os mesmo furarem um bloqueio montado pela polícia. Os suspeitos estavam em um Fiat Strada de cor verde, o mesmo carro usado no roubo ao Banco do Brasil em Divinópolis.

As guarnições fizeram o acompanhamento, porém em determinado ponto os meliantes abandonaram o veículo e adentraram a mata, na região da serra geral em São Domingos.

Ao localizar os indivíduos, a polícia foi recebida com disparos de arma de fogo.

A guarnição da polícia revidou os disparos que atingiu os dois suspeitos, que foram socorridos pela polícia e encaminhados para o hospital, porém já chegaram ao hospital sem vida.

Os indivíduos mortos foram identificados como Tharly de Oliveira Silva e Douglas Antônio Maciel.

domingo, 29 de maio de 2016

Dois homens que ajudaram presos a fugir do presídio de Posse/GO são mortos após troca de tiros com a polícia em São Domingos/GO

Imagem Ilustrativa

Dois homens que ajudaram seis presos a fugir do presidio de Posse, no nordeste goiano, foram mortos na tarde deste domingo (29), após troca de tiros com a polícia.

Desde ontem a polícia realizava buscas na região próximo a serra geral, no município de São Domingos, no nordeste goiano, com o intuito de capturar bandidos que ajudaram presos a fugir do presidio de Posse Goiás.

Ao localizar dois dos indivíduos, a polícia foi recebida com disparos de arma de fogo.

A guarnição da polícia revidou os disparos que atingiu os dois suspeitos, que foram socorridos pela polícia e encaminhados para o hospital, porém já chegaram ao hospital sem vida.

Os indivíduos foram identificados como Tharly de Oliveira Silva e Douglas Antônio Maciel.

Com os suspeitos foram apreendidos dois revolveres calibre 38 e cerca de 5 munições intactas.

Os dois suspeitos são acusados de terem cometido alguns homicídios em Posse, e havia mandados de prisão contra os dois.

Um dos veículos utilizados pelos suspeitos, uma Fiat Strada de cor verde, é o mesmo que foi usada para roubar o Banco do Brasil de Divinópolis de Goiás.

O trabalho da polícia foi fundamental nesta ação, policiais do GPT de Posse e a polícia de São Domingos trabalharam desde ontem de forma interrupta com o objetivo de capturar os fugitivos.

Avião de pequeno porte cai às margens da GO-139



Um avião de pequeno porte caiu neste domingo (29) às margens da GO-139, em Corumbaíba, no sul de Goiás.

Segundo informações do Corpo de Bombeiros, quatro pessoas morreram no acidente.

A Polícia Rodoviária Estadual informou que a aeronave caiu no km 23, a 200 metros da rodovia e próximo a uma pista de pouso da região. Com o impacto, um incêndio carbonizou o avião e também os corpos dos ocupantes.

Após a queda, a polícia isolou o local e o Corpo de Bombeiros foi acionado para apagar o incêndio e retirar os corpos dos destroços.

"Está confirmado que era um piloto e três passageiros. Testemunhas disseram que ele fazia voos panorâmicos na região e, durante um desses passeios, aconteceu o acidente", explicou o subtenente da corporação, Fábio Mesquita.

Por telefone, a assessoria da Força Aérea Brasileira (FAB) informou que uma equipe do Cenipa já foi avisada e vai se deslocar para o local do acidente ainda neste domingo para começar as investigações.




Fonte: G1

Mais um jovem é assassinado em Posse/GO

Imagem Ilustrativa

Um jovem de 23 anos foi assassinado na última sexta-feira (27), em Posse, no nordeste goiano.

O crime ocorreu na Rua das Araras, no Setor Buenos Aires.

A viatura da polícia foi ao local, e já encontrou o corpo do jovem caído ao chão. O corpo foi encaminhado para o IML.

Foi feito rastreamento, mas ninguém foi preso. O caso está sendo investigado pela polícia civil.

Existe a mesma possibilidade apontada como motivação para a morte de outras pessoas recentemente na cidade. 

Números de celulares ganham nono dígito a partir deste domingo em Goiás



A partir deste domingo (29), todos os números de celulares de Goiás e outros seis estados mais o Distrito Federal passam a ter um 9º dígito.

A medida, que já vale em outros 17 estados, foi tomada pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) para otimizar os serviços de telefonia móvel.

De acordo com Anatel, o acréscimo tem por objetivo aumentar a disponibilidade de linhas da telefonia celular.

Segundo a agência, até o último mês de março, Goiás tinha mais de 8,5 milhões de linhas telefônicas de celular ativas, número que deve aumentar ainda mais nos próximos anos.

Com a alteração, os usuários devem adicionar o dígito 9 à esquerda dos atuais números móveis, por exemplo: 9xxxx-xxxx. A Anatel alerta que os telefones fixos continuam compostos por oito dígitos.

Segundo a agência, até o próximo dia 7 de junho, quem discar o número do telefone celular sem o nono dígito terá a chamada completada.

Do próximo dia 8 até o dia 5 de setembro deste ano, o usuário ouvirá mensagens com orientações sobre a nova forma de discagem. Depois deste prazo, as chamadas com oito dígitos não serão mais completadas.


Embora a mudança inclua apenas a telefonia móvel, todos os usuários precisam discar o nono dígito para efetuar as ligações para celulares. Nas chamadas para outros estados, o 9 também deve ser incluído, por exemplo: 0 + código da operadora + código de área + 9xxxx-xxxx.

A agência informa que o nono dígito já foi implementado nos estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Espírito Santo, Amapá, Roraima, Amazonas, Pará, Maranhão, Piauí, Ceará, Rio Grande do Norte, Paraíba, Pernambuco, Alagoas, Sergipe, Bahia e Minas Gerais.

Fonte: G1

sábado, 28 de maio de 2016

Presos fugiram do presidio de Posse/GO e podem estar em mata próximo a serra geral em São Domingos/GO. Polícia faz buscas pelo local

Polícia do Cerrado em São Domingos/ Foto: Clezio Oliveira
Polícia do Cerrado em São Domingos/ Foto: Clezio Oliveira

Cerca de seis presos fugiram do presidio de Posse, no nordeste goiano neste sábado (28).

O agente do presidio foi abordado por um homem que se dizia advogado, quando o agente se aproximou o mesmo foi rendido por criminosos.

Três presos fugiram em direção ao município de São Domingos, também no nordeste goiano.

A polícia militar e a polícia civil de São Domingos foram acionadas. A GPT de Posse e a Polícia do Cerrado da Bahia também se dirigiram até o local.

Próximo a serra geral, já no município de São Domingos, os criminosos que estavam em um carro, abandonaram o veiculo e fugiram pela mata.

O carro que estavam com os bandidos chegou a ser alvejada.

Neste momento a polícia faz buscas pela região.

Em breve mais informações

Trio Parada Dura faz show neste sábado em Posse/GO



Neste sábado o Trio Parada Dura faz um show histórico na cidade de Posse, no nordeste goiano.

O trio Parada Dura hoje é formado por Leone, Leonito e Mangabinha.

O evento intitulado de “Encontro de Gerações” terá ainda shows com Rudinho biase, Thales e Júnior, Kleo Dibah e Rafael.

Está previsto que o Trio Parada Dura suba ao palco por volta de meia noite.

O evento acontece na Praça da Liberdade e os ingressos custam entre R$ 60,00 e R$ 95,00 reais.

Divinópolis de Goiás: Termina hoje o 8º Rodeio Show do Distrito de Vazante




O 8º Rodeio Show do Distrito de Vazante, no município de Divinópolis de Goiás, que começou na última quinta-feira (26), termina neste sábado (28).

Com show pirotécnico, rodeio em touros, mesa da amargura e shows todas as noites. O rodeio está sendo um sucesso.

Neste sábado, Forró Mullekes do Baile e Gingado dos Mulekes fazem os shows de encerramento do rodeio show.

O rodeio show da Vazante vem se tornando um tradicional evento da localidade, e reuni todos os anos centenas de pessoas.

A política que destrói amizades e famílias

O grito, de Edvard Munch

Por Thiago Linhares,

Sabe aquela rivalidade boba de futebol, aquele lance de fazer piadinha com o colega por causa do time favorito? É um ódio brando e relevável na maioria dos casos. O ódio entre as pessoas ganhou um novo nível durante a crise política que assola nosso país.

Costumo ter amizade com os mais diferentes tipos de pessoas. Não que eu busque segregar e classificar o ser humano, mas vamos considerar aqui uma “diversidade de pensamentos”. Gosto de discutir assuntos variados, principalmente para reforçar ou mudar minha opinião. Com o avanço da Operação Lava Jato, percebi (não quero dizer que começou em tal momento) uma bipolarização e ausência de opinião própria por parte das pessoas, que utilizam argumentos genéricos e repetitivos.

Argumentação foi trocada por adjetivação. “Golpista”, “fascista”, “petralha”, “corrupto”, “bolsominion” e “pixulequeiro” são exemplos do nível de discussão sugerido pelas pessoas nos últimos meses. Poucos são os textos fundamentados e sensatos. O interesse é ofender e cobrir suas ofensas com o “manto da democracia”. Se esta mesma democracia pudesse ser personificada, certamente teria grande vergonha de todos nós.

Certamente que algumas discussões do tipo surgiram em seu grupo familiar. Todos temos um parente extremista, que acredita fielmente em políticos ou partidos, defendendo-os ao custo da harmonia familiar. Imaginem quantas famílias se encontram fragmentadas por apoiar o jogo político de um ou de outro lado. Não estamos diante de uma guerra civil, mas diante de uma guerra de ignorância, pois vencerá aquele que fizer a maior bizarrice para chamar a atenção, ou elevar mais o tom de voz.

Quantos amigos você, caro leitor, perdeu desde o início da crise política e, também, econômica? Resolvi contar usando um aplicativo do Facebook, que mostra a contagem de amigos. Cerca de 310 pessoas me excluíram. “Devo ser um cara muito chato”, desabafei com uma amiga que tem uma posição política contrária. Minha amiga relatou que isso também aconteceu com ela, e acredito que está acontecendo diariamente.

Possivelmente, isso se deveu a uma brincadeira que comecei com meus amigos do Facebook, nas últimas semanas. Resolvi “defender” Eduardo Cunha com os mesmos argumentos utilizados pelos apoiadores do governo Dilma Rousseff — isto é, disse que ele foi eleito democraticamente e que não havia crime de responsabilidade. Os mais sensatos logo perceberam a ironia, porém, os mais esquentadinhos começaram o show de ofensas gratuitas, comentários de apenas duas ou três palavras, que demonstram falta de análise crítica do caso concreto.

Piadinhas no trabalho, na escola, na faculdade, uma “indústria” da ofensa foi criada. Quem a criou ninguém sabe, mas é fato que quem a alimenta são os próprios políticos, pessoas que deveriam resgatar os bons costumes e a moralidade da sociedade. Para ser sincero, não confio em nenhum político. Você conhece algum que prega a paz entre as pessoas de opiniões contrárias? Se eu encontrar, serei seu maior seguidor.

Tenho a ousadia de chamar de “energumenismo” o movimento constante de incitar o ódio por meio de adjetivação e argumentação barata. É ridículo ver como as pessoas reduziram sua capacidade intelectual, sendo meros repetidores do mesmo discurso, que produz um eco sem fim.

Se a crise política terá um fim, não sei. Apenas posso afirmar que nenhum político deixará de ter a boa vida que tem para resolver problemas pessoais de seus apoiadores. Aos que não têm capacidade de dialogar sobre política sem atacar pessoalmente o interlocutor — “conteúdo” geralmente acompanhado com uma desnecessária e espartana elevação do tom de voz — recomendo silêncio sobre o assunto, para que possam preservar a integridade da mente, da família e da comunidade. É hora de mostrar um mínimo de maturidade, urbanidade e densidade argumentativa, o que muitos políticos e não políticos demonstram não ter.

Fonte: Opção

Adolescente envenena pai após ser proibida de ir a uma festa



Uma adolescente de 15 anos foi apreendida neste sábado (28) suspeita de envenenar o pai, um vigilante de 37 anos, após ser proibida de ir a uma festa em Goiânia.

De acordo com a Guarda Civil Metropolitana (GCM), a menina colocou chumbinho, um veneno usado para matar ratos, na sopa do homem. Após ingerir o alimento, ele passou mal e foi levado para um posto de saúde. Depois de constatado o envenenamento, ele foi transferido em estado grave para o Hospital Santa Bárbara.

O guarda civil metropolitano Ernani Benício de Carvalho disse ao G1 que uma médica do Centro de Atendimento Integral à Saúde (Cais) do Bairro Goiá chamou a Guarda Civil depois que suspeitou que pudesse ser um crime. A esposa, a filha e uma testemunha foram levados à Central de Flagrantes da Polícia Civil onde a adolescente confessou o crime e foi encaminhada à Delegacia de Apuração de Atos Infracionais (Depai).

“Assim que ela [médica] constatou que o homem tinha sido envenenado, nossa equipe foi acionada. Chegando lá, conversamos com a família e uma testemunha e os convencemos a ir até a Central de Flagrantes para que fosse registrada a ocorrência. Chegando lá a menina confessou que colocou veneno na comida do pai porque ele não deixou ela ir em uma festa”, disse.

O homem passou mal no início desta manhã após chegar de um plantão da empresa da qual é vigilante. De acordo com a Guarda Civil Metropolitana, a menina premeditou o crime comprando o veneno, colocando na sopa do pai e o convidando para comer assim que ele chegou do trabalho. Segundo Carvalho, a adolescente deu detalhes à polícia sobre as motivações e como ela executou o crime.

“Ela disse ao delegado que queria matá-lo porque ele estava podando a liberdade dela, levando e buscando ela na escola, não estava a deixando ir às festas dos amigos. A partir disto ela planejou o envenenamento, comprou o chumbinho e, assim que o pai entrou em casa, o chamou para comer o alimento que já havia sido envenenado por ela”, contou o guarda civil.

De acordo com informações da Polícia Civil, a adolescente deve permanecer apreendida até que o Ministério Público e Juizado da Infância e Juventude tomem as providências legais.

Fonte: G1

São Domingos/GO terá sexto prefeito em menos de quatro anos



O município de São Domingos, no nordeste goiano terá um novo prefeito antes das eleições municipais de outubro.

Por decisão do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), o novo chefe do executivo, que será eleito por escolha dos vereadores da Câmara Municipal em eleições indiretas, terminará o mandato até dezembro de 2016. Desde as eleições municipais de 2012, a cidade já teve cinco prefeitos, três deles afastados por corrupção.

O acórdão do TSE, que deve ser protocolado na próxima segunda-feira (30/5), decidiu por unanimidade que a prefeita Etélia Vanja Gonçalves (PDT) e o vice-prefeito, Ruy de Oliveira Pinto perderam seus mandatos e estão inelegíveis por oito anos.

Conforme demonstrado em investigação realizada pelo Ministério Público de Goiás (MP-GO), Etélia Vanja e Ruy de Oliveira, diretamente apoiados pelo marido de Etélia Vanja, o ex-prefeito Gervásio Gonçalves, praticaram inúmeros ilícitos eleitorais, como, por exemplo, compra de votos, corrupção eleitoral, abuso do poder econômico, captação e emprego ilícitos de recursos.

Etélia e Ruy assumiram a prefeitura através de eleições suplementares, ocorridas em julho de 2013, depois que o então prefeito e o vice-prefeito eleitos em 2012, Oldemar de Almeida Pinto Filho, conhecido como Dimá (PMDB), e o vice Domingos Jacinto Oliveira Neto (PT), foram cassados em decorrência de abuso de poder econômico e político.

Entre o afastamento do prefeito Dimá e as eleições suplementares que elegeram Etélia, a prefeitura de São Domingos tinha ficado a cargo do então presidente da Câmara de Vereadores, Rival Gonçalves da Silva (PRP)

Além de Etélia Vanja e do vice Ruy de Oliveira, o marido de Etélia, o ex-prefeito Gervásio Gonçalves, também foi declarado inelegível por oito anos, uma vez que ficou comprovado seu envolvimento direto em todas as ilegalidades praticadas.

Gervásio e outras seis pessoas são réus em ação penal que tramita em São Domingos pela prática de diversos crimes eleitorais, como corrupção, falsificação de documento, compra de voto e transporte ilegal de eleitores.

Etélia e Ruy estão afastados do cargo desde fevereiro do ano passado. Em maio de 2015, o TSE havia determinado a realização de eleições diretas, ou seja, através do voto popular, mas suspendeu a decisão até que o processo fosse julgado em definitivo, o que aconteceu agora.

Atualmente, ocupa o cargo de prefeito o vice-presidente da Câmara de São Domingos, Herculanito Lima, já que a presidente da Casa, Jovita Ribeiro da Silva (PMDB), tão logo assumiu a chefia do Poder Executivo, no início de 2015, também foi afastada por ordem judicial.

Conforme apurado pelo MP-GO em uma ação de improbidade administrativa, ela corrompeu testemunhas e destruiu provas e está respondendo por estes fatos juntamente com o vereador João de Lú Gomes da Silva.

Jovita também é investigada por suspeita de ter recebido indevidamente o benefício do Bolsa Família, do governo federal, em todo o ano de 2013 e de janeiro a agosto de 2014 — enquanto exercia o cargo de vereadora.

(Com assessoria MP-GO)

sexta-feira, 27 de maio de 2016

Posse/GO: Gouveia determina construção de rotatória na Avenida JK



O Prefeito Municipal de Posse, José Gouveia, preocupado com o grau de periculosidade do trânsito e o numero de acidentes ocorridos no Cruzamento da Avenida JK com a Rua Oriçanga de Abreu, determinou à Secretaria de Infraestrutura a Construção de uma Rotatória em caráter de urgência.

A obra teve seu inicio nesta semana sob  a supervisão do Secretário de Infraestrutura – Ildefonso Pereira, do Departamento de Engenharia, arquiteto Ricardo Palha e do diretor do Departamento Municipal de Trânsito,  Roberval Ferreira Costa (Beva).

Segundo Fonso, o projeto da obra da rotatória segue as normas do CIRETRAN  e da continuidade ao cronograma de mudança do trânsito com objetivo de proporcionar segurança e fluidez nos horários de picos.

A rotatória terá em seu entorno a instalação da sinalização horizontal e vertical com pintura no solo e a instalação de placas.

Na ocasião, também se fazia presente o Vereador  Abilio de Oliveira que afirmou estar grato pela confiança e pelo cumprimento dos compromissos do Chefe do Executivo Municipal para com ele, em tê-lo atendido mais uma.

E disse: “ Obrigado prefeito José Gouveia pela realização de melhorias em todos os setores da cidade  e no meio rural atendendo às reivindicações dos moradores por meio dos seus representantes na Câmara Municipal de Vereadores”.  

CCS/Posse

Formosa/GO: Pai e madrasta de adolescente vítima de tortura têm prisão mantida

Adolescente de 17 anos foi resgatada tem mais de 100 marcas de tortura

O pai e a madrasta de uma adolescente de 17 anos, encontrada com mais de 100 marcas de agressão, tiveram a prisão preventiva decretada pela Justiça, em Formosa, cidade goiana do Entorno do Distrito Federal.

Suspeito do crime, o casal já estava detido em decorrência do flagrante. Resgatada em casa, a vítima afirmou em depoimento que apanhava de pau e facão e era impedida de sair de casa até mesmo para ir à escola.

O pedido de prisão foi feito pelo delegado Antônio Humberto, responsável pelas investigações. Ele explica que agora os suspeitos ficarão detidos por tempo indeterminado. "Quando o juiz decreta a prisão preventiva, é uma medida cautelar para que o processo não seja prejudicado. Isso evita a destruição de provas, a coerção de testemunhas e que o autor volte a cometer crimes", disse o delegado.

A adolescente foi resgatada em casa na última sexta-feira (26). Após uma denúncia feita ao Conselho Tutelar. Na ocasião, o delegado afirmou que só havia visto situação semelhante "na época da escravidão".

A apuração apontou ainda que a garota era mantida em cárcere privado e era proibida até mesmo de ir à escola. "Quem viu as fotos percebe que, se ela tivesse contato com o mundo externo, alguém veria e acabaria denunciando. É a típica situação em que uma imagem vale mais que mil palavras", destaca Humberto.

O pai tentou eximir a companheira do crime, mas, baseado no depoimento da adolescente, o delegado também resolveu autuá-la. Ambos irão responder pelo crime de tortura - o qual engloba atos como cárcere privado e restrição de alimentos. A pena, em caso de condenação, é de 2 a 8 anos de prisão.

Abrigo

A adolescente está em um abrigo da cidade aos cuidados do Conselho Tutelar. De acordo com a conselheira Valéria José Pereira, ela morava há cerca de um ano com o pai e madrasta. A mãe dela, que mora em São João D'Aliança, na região norte de Goiás, mandou a filha para viver com o pai porque estava em dificuldades financeiras.

"Na época, ela não tinha condições de criar e pediu para que o pai ficasse com ela até se reestabelecer financeiramente. O pai e a madrasta não deixavam nem a menina ir à escola, pois se ela tivesse convívio com outras pessoas, as agressões poderiam ser descobertas", conta.

Fonte: G1

InterUFG: Polícia investiga ranking que pontua alunos por tipo de mulher que 'pegar'

Lista dá pontos para aluno de acordo com o tipo de mulher que 'pegar'

A Polícia Civil abriu inquérito para investigar a criação e a divulgação da lista que atribui pontos para cada tipo de mulher que os alunos "pegarem" durante os Jogos Internos da Universidade Federal de Goiás (InterUFG).

Uma ocorrência foi registrada na Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher (Deam).

De acordo com a delegada Laura de Castro Teixeira, que realizou o procedimento, inicialmente, será apurado o crime de racismo, previsto no Artigo 20 da Lei 7716/89, uma vez que na lista há citações como "mulher pretinha" e "preta feia". A pena, em caso de condenação, é de 1 a 3 anos de prisão.

"No crime de racismo não há uma vítima predeterminada. Nesse caso, ofende-se a toda população afrodescendente. O crime de injúria é diferente, de foro íntimo. Para que haja uma investigação, a pessoa que se sentir ofendida precisa fazer a denúncia", disse.
Chamado “Regulamento InterUFG 2016",  o ranking que circula nas redes sociais dá a maior pontuação para quem tiver relações sexuais. Se a mulher for casada, o homem acumula 10 pontos. Se ela for “gostosa e gata”, ganha 8 pontos. Se a mulher for “pretinha bonitinha”, recebe 2 pontos. O estudante perde um ponto se beijar uma “mulher gorda” ou “preta e feia”.

Ele ainda perde 0,5 ponto a cada meia hora que ficar com a mesma pessoa, o que chamam de ficar “casado” na festa. Se beijar travesti é “eliminado da competição".
A delegada afirma que a intenção é localizar quem confeccionou a lista bem como quem a divulgou de forma deliberada na web. "É fácil saber quem agiu com dolo nesse sentido, quem tinha a real distribuição de liberar a lista. Aqueles que atuaram sem saber realmente o conteúdo do material ficam excluídos da apuração", explica.

O InterUFG começou na quarta-feira e segue até o próximo domingo (29), em Goiânia. Durante as tardes, são realizados os jogos esportivos e, à noite, festas open bar.

Repúdio

Internautas repudiaram o regulamento. Eles discutiram sobre o assunto na web.

Em uma nota publicada nas redes sociais, a organização do evento declarou que não apoia e repudia “todo e qualquer esquema de pontuação de conotação sexual divulgado em redes sociais”. A mensagem ainda diz que 10ª Edição do Inter UFG “prezará pelo bem estar, segurança, diversão e, acima de tudo, o respeito”.

A assessoria de imprensa da UFG destaca que o evento não é organizado pela instituição, mas por estudantes da universidade. A instituição ainda informa que “não compactua com qualquer manifestação de preconceito e violência de gênero”.

“A UFG atua em prol da garantia dos direitos que promovam a pluralidade de ideias e o fortalecimento de uma política universitária comprometida com o respeito às diferenças e para a superação de quaisquer manifestações que ferem os direitos humanos”, diz a nota.

Organização do InterUFG divulga nota de repúdio nas redes sociais

Fonte: G1

quinta-feira, 26 de maio de 2016

Kalunga: Da resistência às conquistas




A mais de 500 quilômetros de Goiânia, em meio à exuberância da Chapada dos Veadeiros, reside um povo marcado pela luta em torno do reconhecimento de seus direitos como cidadãos. As comunidades Kalunga distribuídas pelos territórios goianos de Cavalcanti, Monte Alegre e Teresina somam juntas o maior território brasileiro a reunir os descendentes da luta negra contra a escravidão. Juntos, são mais de sete mil pessoas apegadas à terra, suas origens e tradições.

Mesmo com as dificuldades enfrentadas devido ao isolamento das comunidades, sendo a mais perto delas distante mais de 20 quilômetros da cidade mais próxima, o anseio dos quilombolas é o de permanecer na terra que tanto trabalho tiveram para conquistar, ampliar o acesso a serviços básicos como água tratada, rede de esgoto e energia elétrica, e poder transmitir aos seus descendentes as tradições que fazem parte de sua cultura.

Conforme relata o vice-prefeito de Monte Alegre e coordenador executivo da Coordenação Nacional de Quilombo no Brasil, Manoel Edeltrudes Moreira, de 54 anos, a conquista da posse da terra teve início em 1985, quando 200 famílias tiveram suas propriedades regularizadas pelo governo. “O Governo do Estado contribuiu muito para a regularização fundiária dos quilombos. A discriminatória da terra foi custeada pelo Governo do Estado, para que o governo federal desse andamento na regularização da terra”, explicou. Segundo Manoel, os três municípios juntos têm hoje 273 mil hectares de terras destinadas aos kalunga. “Uma conquista importante e fundamental para a nossa permanência na terra”, analisa.

Manoel, conhecido por Tico do Kalunga, é pertencente à comunidade quilombola de Monte Alegre, dividida em 13 núcleos. O primeiro e mais próximo deles está a 50 quilômetros da cidade. “Estamos há quase 300 anos nessas terras e mesmo com as dificuldades impostas pelo acesso, temos orgulho em manter preservadas nossas tradições, nossas rezas e nosso meio de sustento advindo da terra”, declara. Recentemente, Tico buscou estabelecer uma parceria com a Universidade Federal de Goiás (UFG) para contribuir com o desenvolvimento do turismo local. “Recebemos a visita de um profissional da UFG que percorreu a região. Fizemos um mapeamento de nove cachoeiras possíveis de serem exploradas pelo turismo. Além disso, ainda temos grutas dentro da nossa propriedade com grande potencial para o turismo sustentável”, evidenciou.

Acesso à educação

O isolamento das comunidades também atrapalha no acesso dos jovens ao estudo. Uma das maiores reivindicações dos quilombolas é pela presença de escolas dentro das comunidades. Aos poucos, elas vão sendo instaladas pelo Governo do Estado e por convênios com as prefeituras, que buscam suprir a lacuna do ensino fundamental. Na comunidade do Engenho 2, em Cavalcante de Goiás, a pedagoga Eriene dos Santos Rosa, 30 anos, foi uma das moradoras a dar voz à reivindicação do ensino dentro da comunidade.

“Em 2007 fundamos uma associação que nos auxiliou em todas as nossas solicitações diante do poder público. Isso fortaleceu muito a nossa causa. Hoje temos aqui no Engenho o ensino fundamental oferecido pela Prefeitura e o ensino médio pelo governo estadual. Nossos jovens saem apenas para fazer a faculdade. Mas essa realidade é diferente em comunidades mais afastadas como a do Vão do Moleque e Vão das Almas”, relata.

Eriene é filha de morador do Engenho. Na época do seu nascimento, a família morava em Cavalcante por conta do estudo dos filhos. “Mesmo tendo nascido na cidade, sempre tive um grande apego com a comunidade. Passávamos nossos finais de semana, feriados e férias junto aos kalunga”, recorda. Aos 20 anos, Eriene escolheu a comunidade para estabelecer moradia. “Sentia a necessidade de transmitir meus conhecimentos a essas crianças. Foi assim que comecei a dar aulas dentro da comunidade”, relata. Sua luta frente a associação resultou na implantação da escola quilombola dentro do Engenho 2, que hoje abriga 120 estudantes.

O sustento que vem da terra

O vínculo dos quilombola com a terra é algo que vai além do anseio de estabelecer raízes. É dela que eles retiram seu sustento e conseguem preservar as tradições focadas na forma do cultivo e manejo sustentável. A jovem Cristiane do Nascimento Borges da Costa, 24 anos, moradora da comunidade Ema, em Teresina de Goiás, explica que os plantios são todos feitos com sementes crioulas, ou seja, preservadas de outros plantios e que não levam uso de agrotóxico. “Trabalhamos a agricultura orgânica, sem uso de sementes transgênicas e respeitando as fases da lua. Um tipo de cultivo que é passado e preservado ao longo das gerações”, evidenciou.

Fora a soja e o trigo, os quilombos produzem todo tipo de cultivo necessário para a subsistência da comunidade, sendo o excedente comercializado. Para Cristiane, mãe de dois filhos, é preciso que as políticas públicas cheguem mais facilmente às comunidades quilombolas, para que as futuras gerações não tenham necessidade de buscar melhorias fora delas. “Minha intenção é que meus filhos permaneçam na comunidade e reproduzam nossos ensinamentos”, almeja.

Luta contra o isolamento

O presidente da Associação Quilombola Kalunga, Vilmar Souza Costa, natural da comunidade Vão do Moleque, situada a 80 quilômetros de Cavalcanti, relata que uma das maiores dificuldades enfrentadas pelos kalunga está em vencer o isolamento das comunidades. Portanto, destaca que é necessário fazer investimento em pontes, melhoria nas estradas de terra e demais serviços como energia elétrica aos moradores mais remotos. “Hoje, somos cerca de 600 famílias, sendo que quase 200 ainda vivem sem energia elétrica”, pontua.

Uma das grandes conquistas recentes foi a implantação pelo Governo de Goiás do patrulhamento comunitário e da patrulha Maria da Penha. Recentes denúncias evidenciaram abusos sexuais sofridos por crianças quilombolas. “Precisamos da presença mais forte do Estado em nossa comunidade. E o patrulhamento mais presente contribui para a nossa segurança”, reflete.

Olhar mais aproximado Durante a realização do programa Ação Cidadã na comunidade Engenho 2, em Cavalcante, o governador Marconi Perillo, junto à secretária Cidadã, Leda Borges, levaram uma série de benefícios aos quilombolas, como a distribuição de 184 Cheques Mais Moradia Reforma, beneficiando prioritariamente famílias que ainda vivem em casas de adobe. Na ocasião, Marconi declarou que a cada três meses, uma das comunidades quilombola vai receber o programa Ação Cidadã, permitindo assim que os serviços básicos do governo sejam oferecidos de forma mais efetiva aos seus integrantes.







Fonte: Governo de Goiás