domingo, 15 de maio de 2016

Diretório do PMDB é alvo de ataques durante ato em Goiânia, diz partido



Manifestantes fizeram um protesto na porta do prédio onde funcionam os diretórios Metropolitano e Estadual do Partido do Movimento Democrático Brasileiro (PMDB) na sexta-feira (13), afirmou o presidente da sigla em Goiânia.

De acordo com o partido, dez pessoas estavam reunidas dentro da sede quando ouviram estouros, gritos e sentiram cheiro de fumaça. Cartazes com frases de repúdio ao processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff foram deixados na calçada.

O presidente metropolitano do partido, o deputado estadual Bruno Peixoto, disse por telefone que no momento do ataque estava acontecendo uma reunião para discutir as eleições municipais. Segundo ele, cerca de 20 pessoas se aproximaram do diretório gritando palavras de ordem.

“As dez pessoas que estavam lá dentro começaram a ouvir bomba estourando, foguetes e um cheiro muito forte de gasolina. Quando saíram perceberam que estavam ateando fogo no diretório e jogando bombas dentro da garagem”, contou o deputado.

O caso aconteceu por volta das 21h de sexta-feira, no Setor Aeroporto. Segundo Peixoto, o grupo que protestava jogou tinta e rojões no interior do diretório. O deputado afirmou ainda que os manifestantes jogaram tinta e gasolina na parte interna da garagem do prédio. O presidente metropolitano disse ainda que vai registrar um boletim de ocorrência para que o caso seja apurado.

“Todos ficaram assustados, porque se o prédio pegasse fogo não tinha como sair, só temos a entrada da frente. Rapidamente combateram uma chama que eles fizeram na porta e lavaram a garagem”, considerou.

A Polícia Civil informou que só deve começar a investigar o caso depois que o caso for registrado pelo diretório.

Fonte: G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário