quarta-feira, 16 de novembro de 2016

PM prende no DF suposto chefe de grupo que explodiu carro-forte em Goiás



Policiais militares do Distrito Federal e de Goiás prenderam três pessoas suspeitas de envolvimento na explosão de um carro-forte na região norte de Goiás, na última quinta (10). Segundo a PM do DF, o grupo detido inclui o suposto chefe da quadrilha e a mulher de um dos suspeitos.

A prisão ocorreu na segunda-feira (14), mas só foi divulgada na tarde desta terça (15).

Até as 17h, a identidade dos suspeitos e a ficha criminal ainda não tinham sido divulgadas pela corporação.

De acordo com o capitão do Batalhão de Choque da PM José César, o esconderijo na QR 414 de Samambaia foi descoberto por equipes da inteligência, que passaram a monitorar a região.

Segundo a PM, mais de R$ 100 mil em espécie foram encontrados na casa, além de armas e munição. Os suspeitos foram encaminhados a Goiás, onde o crime é investigado.

"Quando a gente chegou ao local, eles começaram a pular os muros da residência, a tentar fugir pelo telhado. Fizemos um cerco e conseguimos capturar os três", diz César. Segundo ele, não houve registro de troca de tiros no local. Em redes sociais, moradores da região relataram "intenso tiroteio" entre policiais e suspeitos.

Fonte: G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário