terça-feira, 20 de dezembro de 2016

Governo aguarda resposta sobre contraproposta para Chapada dos Veadeiros



O governo de Goiás aguarda um posicionamento do Ministério do Meio Ambiente sobre a contraproposta de ampliação do Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros (PNCV).

O governador de Goiás Marconi Perillo (PSDB) e o titular da Secretaria Estadual das Cidades e Meio Ambiente (Secima), Vilmar Rocha, foram pessoalmente apresentar a contraproposta ao ministro do Meio Ambiente, Sarney Filho. O encontro ocorreu há aproximadamente 15 dias e, segundo a Secima, o documento foi entregue no último dia 6.

Na edição do dia 1º de dezembro, a reportagem mostrou que a contraproposta do governo estadual, que deu aval apenas para parte da ampliação pretendida pelo Ministério do Meio Ambiente (MMA), causou preocupação entre pesquisadores.

Especialistas criticam a proposta que leva em conta apenas as questões fundiárias, em detrimento aos critérios ecológicos.

Sobre o encontro, o secretário Vilmar Rocha diz que Sarney Filho se mostrou receptivo aos argumentos apresentados por ele e por Marconi. “O ministro recebeu bem a nossa proposta e entendeu os nossos argumentos”, afirmou.

Por meio de nota da assessoria de imprensa, o governo de Goiás reafirmou ser favorável à ampliação do parque nacional situado no Nordeste do Estado, entre os municípios de Alto Paraíso de Goiás, Cavalcante e Colinas do Sul, declarado Patrimônio Natural da Humanidade pela Organização das Nações Unidas para a educação, a ciência e a cultura (Unesco) em 2001.

“O Estado tem buscado um entendimento que leve em consideração a necessidade da expansão, da titularização e regularização fundiária e também os interesses dos proprietários que vivem, trabalham e produzem na região”, diz o texto.

A nota diz ainda que, “como mediador das demandas relacionadas à questão fundiária da região, o Governo de Goiás propôs a expansão imediata da área em 90 mil hectares, com a inclusão dos 68.404 restantes após sua efetiva regularização”.

Fonte: O Popular

Nenhum comentário:

Postar um comentário