domingo, 11 de dezembro de 2016

Quatro jovens que morreram em batida na BR-020 iam passear na Bahia



Os quatro jovens que morreram no acidente na BR-020 em Formosa, no Entorno do Distrito Federal, eram amigos e iam passear na Bahia. Irmão de uma das vítimas, o auxiliar administrativo Walbert Viana Ludovico, de 23 anos, disse que todos eram “irmãos de coração”: “Foi um choque. Era todo mundo próximo”.

O acidente aconteceu na madrugada de sábado (10), no Km 32. O carro em que as vítimas estavam, um VW Gol, bateu de frente contra um ônibus. O motorista e os 16 passageiros do veículo coletivo saíram ilesos. A Polícia Rodoviária Federal não informou a causa da colisão.

Estavam no carro a irmã de Walbert, a estudante Raissa Viana Ludovico, de 17 anos, a cunhada dele, a dona de casa Gleice Cristina Gomes bezerra, de 23, o marido dela, o encarregado de obra Roneide de Oliveira Moreira, de 27, e o irmão de Roneide, Damião Oliveira Moreira, 26 anos.

Os jovens saíram de Valparaíso de Goiás, cidade do Entorno do Distrito Federal onde moravam, em direção a Carinhanha, na Bahia, cidade natal dos dois irmãos. De acordo com Walbert, Raíssa acabou de concluir o ensino médio e foi convidada para viajar com eles.

“Eles estavam indo para a Bahia passear, visitar parentes e convidaram minha irmã. Ela estava empolgada com a viagem, tinha acabado de terminar o ensino médio e queria ser médica”, contou Walbert.

O corpo de Raissa será enterrado em Valparaíso de Goiás. Já o de Gleice, será levado para a cidade natal dela, Axixá, no Maranhão. Os corpos dos irmãos Damião e Roneide devem ser sepultados em Carinhanha, onde eles nasceram. 

Já publicamos: Acidente entre ônibus e carro deixa 4 pessoas mortas na BR-020

Fonte: G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário