terça-feira, 24 de janeiro de 2017

Alto Paraíso de Goiás busca status de 1º município sustentável de Goiás



Dois dos 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) que compõem o Programa que tem como meta fazer de Alto Paraíso de Goiás, na Chapada dos Veadeiros, um município referência em economia sustentável e inovação começaram a ser discutidos pela Emater e a Secretaria de Meio Ambiente.

A parceria para o cumprimento dos dois objetivos, Erradicação da Fome e Agricultura Sustentável (ODS #2) e Produção Sustentável (ODS #12) começa a ser definida.

O programa é realizado pelo Governo de Goiás com parceria da Prefeitura de Alto Paraíso e apoio da Associação Awaken Love.

A Agência Goiana de Assistência Técnica, Extensão Rural e Pesquisa Agropecuária (Emater) recebeu nesta terça-feira, dia 24, a visita da Superintendente Executiva de Meio Ambiente e Recursos Hídricos, Jacqueline Vieira da Silva. Para a superintendente, “com a expertise, atuação e os programas que a Emater já executa em todo o Estado, poderíamos fazer com que isso acontecesse no território de Alto Paraíso”.

O presidente da Emater, Pedro Arraes, considerou que é determinante garantir a atuação de técnicos que trabalhem junto aos produtores para a execução do projeto na região. “A atuação do técnico faz com que o produtor preserve o meio ambiente, sem deixar de obter renda por meio da produção rural”, explicou o presidente. Arraes sugeriu que a contratação desses profissionais seja realizada por meio de parcerias com outras instituições.

A superintendente da Secima considerou que a viabilização de parcerias para contratação de técnicos é uma alternativa possível. “Temos um bom projeto que prevê excelentes resultados. Acredito que as parcerias serão possíveis sim”, declarou Jacqueline Vieira.

Supervisão de Comunicação da Emater

Nenhum comentário:

Postar um comentário