sábado, 7 de janeiro de 2017

Formosa/GO: Bombeiros buscam homem que teria caído da cachoeira Véu de noiva



Um homem de 27 anos, segundo relato de testemunhas, caiu da cachoeira Véu de noiva, no município de Formosa, localizado na região norte do Estado, a 280 quilômetros de Goiânia.

De acordo com informações relatadas ao Corpo de Bombeiros local, o acidente ocorreu na tarde deste sábado (7), enquanto o rapaz fazia amarrações para a prática de rapel. Sites de turismo estimam a altura da queda d'água em 30 m.

Oito bombeiros foram deslocados para o local de difícil acesso às 13h40 e a ocorrência ainda está em andamento. A equipe de buscas terrestres encerrou os trabalhos, restritos, agora, à água. Quem acionou a corporação contou que o homem imergiu depois da queda. O capacete da vítima também teria sido encontrado destruído.

O Corpo de Bombeiros de Formosa ressaltou que as informações repassadas ainda são preliminares. Na cachoeira e imediações o sinal de celular é ruim, portanto a atualização do caso só deve ocorrer quando os membros da equipe retornarem à base.

A cachoeira Véu de noiva faz parte do complexo do Parque Ecológico Indaiá. A prática de rapel no local é corriqueira. A reserva abriga ainda o Saldo de Itiquira, a maior queda d'água da região Centro Oeste, com 168m.

Há 12 dias, o corpo do professor de física Carlos Brasileiro Pita, de 31 anos, foi encontrado no Parque. Conhecido como Kaká, o funcionário da Secretaria de Educação do Distrito Federal teria ido sozinho à cachoeira do Indaiá no dia 23 de dezembro. As causas da morte ainda são investigadas pela Polícia Civil do Distrito Federal, onde o caso foi registrado.

Fonte: O Popular

Nenhum comentário:

Postar um comentário