domingo, 27 de agosto de 2017

O voo solo de Josie Pessôa na Chapada dos Veadeiros



Ao subir no pé de pequi, o fruto típico do Cerrado, dentro do sítio histórico Kalunga, no povoado de Engenho, em Cavalcante, o maior quilombo do País, Josie Pessôa (29) voltou a ser criança. Ou melhor, soltou o seu lado moleca.

“A criança dentro de mim não vai morrer nunca. Gosto de me jogar em todos os lu - gares que conheço. Aqui, em Caval cante, fiz a primeira trilha da minha vida e já comecei bem, com uma paisagem de tirar o fôlego”, conta a atriz, durante sua viagem ao Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros, criado em 1961 e tombado como Patrimônio Natural da Humanidade pela Unesco, em 2001.

Solteira há cerca de um ano, ela revela nunca ter viajado sozinha, mas garante que a beleza da região, distante cerca de 220km de Brasília, a capital federal do País, a fizeram mudar de opinião. “Comecei a namorar cedo e, ao todo, foram 12 anos emendando namoros. Por isso, sempre viajei acompanhada. Estar solteira pela primeira vez tem sido uma grande descoberta. Com certeza, eu vou voltar para a Chapada para reviver essas lembranças”, afirma a atriz, que já está escalada para a próxima novela de Aguinaldo Silva (74), O Sétimo Guardião, prevista para 2018. O folhetim será um belo presente de 30 anos para a niteroiense, que voltará a contracenar com Lília Cabral (60), e será a grande vilã da trama.

“Sempre quis fazer uma vilã do Aguinaldo e estou chegando lá. Lília e eu seremos tipo as personagens do filme O Diabo Veste Prada e prometemos muitas risadas”, adianta.

Durante a viagem, cujo destino estará na Mostra Viajar, de 1 a 3 de setembro, na Bienal do Ibirapuera, em SP, Josie aproveitou para agradecer as graças recebidas na capela de São Jorge, no povoado homônimo, na cidade de Alto Paraíso de Goiás.

“Nasci no dia de São Jorge e sou devota fervorosa. Quando vi que tinha essa igreja aqui, corri para agradecer. No meu aniversário, faço questão de estar ao lado do meu santo, ele me protege tanto. Sou guerreira de nascença”, diz.

A chegada da fase balzaquiana não a assusta. No entanto, a atriz repensou a alimentação e suas idas à academia. Os 30 anos serão muito comemorados e ela acredita estar chegando na fase mais gostosa de sua vida.

“Não sinto um peso, pois eu me jogo, sou brincalhona e sei a hora de ser responsável e viver no mundo dos adultos”, admite Josie, que não tem planos para voltar a namorar tão cedo. “Nesta viagem, fiquei pensando sobre o quanto me descobri sendo solteira. É mágico desfrutar da liberdade, fazer o que eu quiser na hora que quiser. Estou de bem comigo mesma e pretendo esperar para encontrar um companheiro, para ser mãe e constituir minha família. Por enquanto, quero curtir tudo sozinha e descobrir a felicidade de ser livre”, conclui.

Fonte: Caras

Nenhum comentário:

Postar um comentário