quinta-feira, 14 de dezembro de 2017

Vigilância Sanitária interdita Hospital de Iaciara/GO



A Superintendência de Vigilância Sanitária de Goiás interditou o Hospital Municipal de Iaciara, no nordeste goiano, na terça-feira (12), após constatar irregularidades.

O fechamento está decretado até que a unidade cumpra as exigências da fiscalização.

Foram apontados irregularidades e problemas na estrutura do hospital municipal.

O hospital está fechado e os pacientes estão sendo encaminhados para outros municípios.

Médicos do município estão atendendo no postinho de saúde de Iaciara.

Por meio de nota divulgada em sua rede social (Leia a nota), o prefeito Haicer Lima, disse que o hospital municipal funciona desde 2002 nas mesmas condições e nunca ouve uma interdição que prejudicasse todos os habitantes de Iaciara. “Por que somente agora na nossa gestão entenderam por fiscalizar, autuar e interditar nosso hospital?” questionou o prefeito.

“É do conhecimento da atual gestão que a estrutura física do prédio necessita de uma reforma e, não só de pinturas que maquiaram até hoje a sua aparência. Antes deste triste ocorrido já tínhamos feito um levantamento dessa obra com um engenheiro e um arquiteto, pois a estrutura é antiga e necessita de um olhar especial e sério para que possa evitar problemas futuros. Entendemos também para isso é necessário recursos financeiros que infelizmente ainda não temos, esta é a realidade de todos os municípios do Nordeste Goiano, para não dizer de todo país. Nosso hospital conta com equipamentos de última geração que nunca, em 59 anos de vida deste município existiu”, frisou o prefeito.

“Vamos procurar atender todas as rigorosas exigências indicadas pela Superintendência de Vigilância em Saúde, tornando nossa principal prioridade o retorno às atividades normais do nosso hospital. Estamos sempre à disposição de toda população para o que der e vier”, Concluiu o prefeito.

2 comentários:

  1. Se não está em condições de atender a população, tem que fazer isso mesmo. O prefeito ainda reclama do órgão de fiscalização. Essa é boa.

    ResponderExcluir
  2. Minha mãe há um tempo atrás foi atendida neste hospital e tinha uma corrente de cachorro pendurada no teto servindo de apoio para o soro. Devido a situação ser grave nem pensei em tirar uma foto.

    ResponderExcluir