quarta-feira, 31 de janeiro de 2018

Unidade de Referência Tecnológica é implantada em Posse/GO




A Agência Goiana de Assistência Técnica, Extensão Rural e Pesquisa Agropecuária (Emater) em parceria com Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) e o Instituto Federal Goiano (IF Goiano) concluiu a implantação da Unidade de Referência Tecnológica (URT) do sistema Integração Lavoura-Pecuária-Floresta (ILPF) na Fazenda Aldeinha, na Comunidade das Branquinhas, em Posse, no nordeste goiano.

A URT começou a ser implantada no dia 6 de dezembro último com o plantio de milho e feijão caupi. Em janeiro, o processo foi concluído com as plantações de mudas de eucalipto e de três variedades de capim.

De acordo com o coordenador do projeto no município, Salvador Farina Neto, o objetivo da implantação foi apresentar aos produtores a alternativa de introduzir o ILPF, buscando amenizar as condições climáticas prevalecentes na região. Além disso, “ o projeto buscou mobilizar os produtores locais quanto a importância do sistema, seus benefícios e vantagens em uma iniciativa inédita na região’, completou.

Aumento de produção e de receita

Ainda segundo o servidor, “o sistema permitirá a produção de maior quantidade de alimento por área, e o rebanho poderá ter uma melhor resposta em termos de produção, além de uma receita extra futura com a comercialização da madeira”.

Dorival Ribeiro e Silva, o proprietário da fazenda destacou que está aprovando a implantação do ILPF na propriedade. Com a conclusão da implantação, a Emater e as entidades parceiras irão acompanhar o desenvolvimento da atividade.

ILPF

Unidade busca mostrar eficiência do sistema integrado para a região nordeste do estadoSalvador Farina explicou que a Integração Lavoura-Pecuária-Floresta é um sistema onde o produtor pode atuar em diferentes sistemas, sejam eles, agrícolas, pecuários ou florestais dentro de uma mesma propriedade.

Ainda segundo o servidor, o sistema apresenta diversas vantagens, seja para os animais ou para produtor, dentre elas, a melhoria do bem-estar animal, a diversificação da produção, a manutenção da biodiversidade e sustentabilidade da agropecuária. Outro ponto positivo apresentado pelo coordenador do projeto foi a adaptação flexível do sistema a diferentes realidades produtivas.

No caso da Fazenda, onde são conduzidas as atividades de pecuária de corte e de leite foram introduzidos os quatro componentes do sistema. A lavoura com as culturas de milho e feijão, a pecuária, com o capim, que futuramente, servirá para alimentar o gado e a floresta, com os eucaliptos.

Fonte: Emater

Homem é socorrido após ser picado por jararaca em fazenda de Formosa/GO



Um trabalhador rural de 37 anos foi socorrido, na terça-feira (30), após ser picado por uma jararaca, em Formosa, no Entorno do Distrito Federal. De acordo com o Corpo de Bombeiros, a cobra picou o homem na mão, enquanto ele trabalhava. Ele foi levado de ambulância até o Hospital Municipal.

A reportagem entrou em contato com a unidade às 12h25, por telefone, mas as ligações não foram atendidas até a publicação desta reportagem.

O caso ocorreu na tarde de terça-feira, em uma fazenda às margens de GO-116. Após o homem ser picado, os bombeiros foram acionados e, ao chegar ao local, realizou ações para conter o sangramento, além do monitoramento dos sinais vitais do trabalhador.

Conforme divulgou a assessoria de imprensa da corporação, o homem foi levado ao hospital reclamando de tonturas e dor intensa de cabeça.

De acordo com o Corpo de Bombeiros, a cobra é da espécie jararaca do rabo-de-osso. O veneno do animal, segundo a corporação, causa inchaço, bolhas e necrose, além de provocar distúrbios de coagulação colocando em risco a vida da vítima.

Governador Marconi Perillo estará em São Domingos e Divinópolis de Goiás nesta quinta-feira



O governador Marconi Perillo, juntamente com o vice-governador, José Eliton tem agenda nesta quinta-feira, dia 1º de fevereiro, em São Domingos e Divinópolis, cidades do nordeste goiano.

Às 14 horas, em São Domingos, o governador vistoria obras e entrega benefícios do programa Goiás na Frente, na feira livre.

Às 15h30, já em Divinópolis, no clube Recreativo Monjolo, Marconi vistoria obras e entrega benefícios do Goiás na Frente.

Marconi e José Eliton vão vistoriar as obras de pavimentação asfáltica da GO-447, trecho Divinópolis GO-112/GO-118 Monte Alegre.

Lago Sul: mix de café e atelier valoriza design e produtos da Chapada dos Veadeiros




Foi a vontade de unir paixões – os cafés parisienses, arte, design e a Chapada dos Veadeiros – que levou o artista plástico e gourmet Márcio Rapello a abrir o Atelier Café, no comércio da QI 21, no Lago Sul. Recém-inaugurada, a operação conta com menu recheado de produtos da região, como as cervejas e o mel feitos na fazenda São Bento, cachaças e a castanha de baru, protagonista da carta.

“Me apaixonei pela região [da Chapada] há mais de doze anos e hoje sinto a necessidade de valorizar a produção de lá”, conta o proprietário. “Tudo é criado com técnicas de extrativismo, não prejudiciais ao meio ambiente”, completa o artista, que morou em Paris e frequenta o circuito de design e artes na capital francesa há mais de duas décadas. Não à toa, a casa tem se tornado ponto de encontro de artistas, designers, escritores, produtores e fotógrafos.
Com projeto criado pelas arquitetas Flávia Nasr e Laísa Carpaneda, o espaço abriga ainda uma galeria de arte, chamada Ultravioleta, situada no subsolo.

“Tudo foi pensado para atender ao paladar e cuidar do equilíbrio do corpo. No cardápio há desde uma seleção de vinhos orgânicos até pratos preparados com ingredientes do Cerrado, como flores comestíveis”, explica Márcio. “Gosto de pensar que aqui tudo está em harmonia, os temperos, as cores da paleta do artista, os nutrientes dos alimentos, a estética das obras e os clientes”, diz.

Conexão Saint-Germain-des-Prés e Chapada

A casa oferece café da manhã aos sábados, das 8hs às 14hs. Entre as sugestões, a cesta de pães variados servida com três acompanhamentos como a manteiga de coco aromatizada com baunilha selvagem; a geleia de morango caseira feita pela mãe de Márcio e ovos caipiras mexidos.

Entre os destaques, para abrir o apetite, estão a pamonha salgada servida com requeijão de búfala, brotos e sementes; a burrata italiana e o queijo coalho servido com geleia de cerveja.

As opções de prato principal são variadas e têm preços entre R$ 32 e R$ 58. O Espaguete de Abobrinha com pesto de castanha de caju e tomatinhos é vendido por R$ 44; o Hambúrguer de Baru, trigo germinado, tomilho, broto de alfafa, pasta de berinjela e vatapá de buriti no pão brioche integral, custa R$ 34; enquanto o Ravióli Pink recheado com ragu de rabada light ao molho de pesto de agrião sai por R$ 58.

As sobremesas seguem a mesma linha e têm a baru como queridinha. Experimente o Brigadeiro da castanha, amêndoas, cacau e chia (R$ 19); o sorvete de nata com rapadura servido com calda quente de doce de leite argentino e farofa de castanha de baru (R$ 26); ou a goiabada cascão cremosa quente servida com sorvete de creme de baru (R$ 25).

A carta de cafés conta com doze propostas como o café coado na prensa francesa (R$ 8), o mochaccino (R$ 14) e o cappuccino de Amarula (R$ 18). Para os fãs de coquetelaria, o bartender chileno Diego Guaita assina cinco drinques. Há ainda a possibilidade de harmonizar os pedidos com cachaças e cervejas produzidas na Chapada dos Veadeiros.

Em fevereiro, o chef lançará o Menu Degustação. A opção com entrada, prato principal e sobremesa será vendida por R$180. A sugestão com seis etapas acompanhada de harmonização de vinhos será ofertada por R$ 280. Os rótulos selecionados integram o catálogo da Grand Cru.




Fonte: Metrópoles

Aluno da rede Estadual de Arraias/TO supera o Câncer e conclui Ensino Médio





O jovem Magno Reges, de família humilde que perdeu o pai muito cedo, mas dentro das condições muitas vezes precárias, com muita luta sua mãe Maria Egina Pereira da Conceição, trabalhando em casas de famílias, cria os seus 05 filhos.

A história de superação de Magno Reges, será conhecida por cada leitor e o intuito é que sirva de incentivo aos jovens que diante de qualquer dificuldade, preferem parar a enfrentar os desafios impostos. Esse relato de vida será conhecido a partir de agora:

“No ano de 2015 no mês de junho, comecei sentir dor e mancar da perna direita, então fomos consultar no Hospital Regional de Arraiais, o médico que me atendeu disse que era apenas um hematoma que ele mesmo faria a cirurgia, quando o médico abriu o local viu que tinha uma massa dura, mandou o material para biópsia, logo após o resultado chegar fui encaminhado para o Hospital Geral de Palmas, fiquei lá por 10 dias fazendo exames, quando recebi o resultado da biópsia foi diagnosticado um Osteosarcoma, mas o Ortopedista Dr Ronaldo estava de férias, sendo que todo esse processo foi de Junho de 2015 à Março de 2016.

Durante 09 meses fiquei sem fazer nenhum tratamento, então com a notícia, algumas pessoas sensibilizaram, dentre elas a Professora do Colégio Estadual Professora Joana Batista Cordeiro Kelly Cristina Martins, Tania Araújo Freitas Alves Técnica da DRE e Walkiria Bueno O. B. Sena Assistente Social do Hospital de Arraias que com muita vontade articularam o necessário e conseguiram uma vaga no Hospital do Câncer de Barretos.

Fomos encaminhados para Barretos, quando feito todos os exames, constatou - se o mesmo diagnóstico.  Durante o tratamento, ficamos hospedados na casa Acolhedora Vovô Antônio. Iniciou se o tratamento com a quimioterapia, seriam 6 ciclos quimioterápicos, tomaria 2 ciclos, faria uma cirurgia e posteriormente os 4 restantes, logo na primeira quimioterapia  começaram os enjôos, náuseas,  vômitos, a imunidade começou cair, perca de peso, com isso tive que colocar uma sonda nasogástrica para alimentação. Quando concluído os dois ciclos fez se uma ressonância para saber o que seria decidido, na avaliação do ortopedista foi explicado que o melhor tratamento seria a amputação da minha perna.

A amputação aconteceu no dia 14 de setembro, após receber alta, fiquei mais de um mês de recuperação, quando cicatrizou comecei fazer os últimos ciclos de quimioterapia, contudo agora não sentia mais enjôos como antes, foi retirada a sonda após 05 meses de uso, voltei a comer e ganhei um pouco mais de peso. Encerrado os ciclos das quimioterapias, agora o problema era a imunidade que quase sempre estava baixa, aos poucos venci essa etapa, refiz os exames e estavam todos bem, recebi alta hospitalar no dia 19 de março de 2017.

No momento que recebi alta, houve um misto de sentimentos “alegria e tristeza” tomaram conta de mim. Alegria porque estava vindo para casa e tristeza por causa dos amigos que deixaria para trás ainda em tratamento, das pessoas que conheci dos médicos, enfermeiros, das professoras da classe hospitalar...

Chegamos  em casa no dia 20 de março, voltei viver minha rotina "normal" que nunca mais será a mesma, nos primeiros dias tinha visita de amigos e familiares a toda hora, voltei estudar com meus colegas, revi meus professores do Colégio Estadual Professora Joana Batista Cordeiro e toda comunidade arraiana que torceu e torce por mim.

Hoje estou curado graças a Deus, faço retornos trimestrais a Barretos, onde reencontro os amigos, faço novas amizades... Hoje em dia não tem maior felicidade: entrar no consultório e ouvir a médica dizer que está tudo bem!”

Para a alegria de todos envolvidos na vitória de Magno Reges em dezembro de 2017, ele conseguiu concluir o Ensino Médio na Escola Estadual Brigadeiro Felipe juntamente com a turma regular. Este é um grande exemplo a ser seguido.

Depoimento repassado  pelo aluno  Magno Pereira Reges.

Fonte: Secretaria de Educação do Tocantins

Carro com quatro pessoas da mesma família bate em árvore e parte ao meio na BR-020, próximo ao trevo de acesso a São Domingos/GO; mãe e filhos morrem




Uma mulher de 28 anos, e os dois filhos, de 7 e 11 anos, morreram após o carro em que estavam sair da pista e bater em uma árvore, na BR-020, no município de São Desidério (BA), próximo ao trevo de acesso a São Domingos, município do nordeste goiano. O acidente aconteceu na tarde de terça-feira (30).

Com o impacto da colisão, o veículo partiu ao meio, segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF) de Barreiras. A hipótese inicial é de que o acidente tenha sido provocado por excesso de velocidade.

De acordo com a polícia, o motorista que dirigia o carro, de 52 anos, é pai dos dois meninos e marido da vítima de 28 anos. Ele ficou preso às ferragens e foi socorrido para um hospital de Goiás. A PRF informou que o estado de saúde dele é estável.

Ainda de acordo com a PRF, a família voltava do litoral da Bahia para a cidade de Planaltina, no Distrito Federal.

Não há mais informações sobre as circunstâncias do acidente e nem sobre a identidade das vítimas.






Fonte: G1

terça-feira, 30 de janeiro de 2018

Designados juízes de paz para Divinópolis de Goiás



A Presidência do Tribunal de Justiça do Estado de Goiás (TJGO) procedeu a nomeação de juízes de paz, 1º e 2º suplentes do distrito judiciário de Divinópolis, integrante da comarca de São Domingos, cidades do nordeste goiano.

Em Divinópolis, vão atuar Aline de Sousa Quintanilha, Ana Paula da Silva Moreira e Aurisete Ataídes de Oliveira.

De acordo com os atos publicados nesta terça-feira (30), no Diário da Justiça Eletrônico, eles permanecerão na função pelo período de três anos.

Idoso foragido por matar filha é preso durante fiscalização da PRF em Alvorada do Norte/GO



Um idoso de 61 anos que era foragido da Justiça foi preso durante uma fiscalização da Polícia Rodoviária Federal (PRF) em Alvorada do Norte, no noroeste de Goiás. Segundo a corporação, havia um mandado de prisão contra ele por ter matado a própria filha, de 19 anos. Motorista negou envolvimento no homicídio.

“Paramos ele durante uma abordagem de rotina. E no nosso trabalho, além de fiscalizar problemas nos veículos, checamos se a pessoa tem alguma pendência com a Justiça. E nesse caso havia essa condenação”, contou o inspetor Newton Moraes.

O crime aconteceu em 1999, mas a condenação só saiu em 2011. De acordo com a PRF, no mandando judicial não consta detalhes do crime e nem onde ele foi cometido.

“A informação que temos é que depois do assassinato, esse homem fugiu do local do crime e se escondeu na região onde foi preso. Ele morava lá pensando que haveria menos fiscalização”, disse o assessor de imprensa da PRF.

Segundo a corporação, o homem estava sozinho no carro no momento da abordagem. Ele disse que sabia da existência do mandado de prisão contra ele, mas negou que tenha qualquer envolvimento no crime. O idoso foi levado para o presídio de Simolândia.

Fonte: G1

Audiência pública realizada com apoio do MP debate sistema prisional em Formosa/GO



Os promotores de Justiça Douglas Chegury e Fernanda Balbinot participaram, na última semana, de audiência pública realizada para debater a situação do cadeião local, a superlotação da unidade e a inauguração do novo presídio, em debate que resultou na elaboração da Carta de Formosa sobre o tema.

O documento contou com a contribuição também de todos os vereadores da cidade, o prefeito Ernesto Roller; o comandante da PM, major Elifas da Silva; a representante do Judiciário, juíza Christiana Saad; o presidente da OAB local, Carlos Ribeiro; o diretor da Câmara de Diretores Lojistas, Fábio Emerson, além de membros da comunidade.

Por meio do manifesto, autoridades e população destacaram uma série de medidas a serem adotadas e que serão encaminhadas ao governo do Estado, em especial para a Secretaria de Segurança Pública, e para os chefes do Tribunal de Justiça e Procuradoria-Geral de Justiça e também para setores de defesa dos direitos humanos.

Na carta, é exigida a imediata interdição do cadeião local, não apenas por ausência de condições adequadas e dignas, mas, sobretudo, por se localizar no Centro da cidade. Os signatários também repudiam quaisquer tentativas de transferência de presos de alta periculosidade para o presídio de Formosa sem que antes sejam preenchidas as vagas existentes para os internos de Formosa e na região Nordeste e afirmam que não irão tolerar, em hipótese alguma, ocupação excedente no presídio que será inaugurado.

Eles também insistem na obrigatoriedade de observância do devido processo legal de execução penal, com a participação do juiz e do promotor natural da execução, para que apenas desta forma ocorra qualquer movimentação de presos para a comarca. Por fim, é cobrado o reforço para as Polícias Civil e Militar, uma vez que a população carcerária irá aumentar e o atual efetivo é insuficiente para esta demanda.

A reestruturação do sistema penitenciário é o tema prioritário de atuação do Ministério Público de Goiás para 2018-2019.

Fonte: MPGO

segunda-feira, 29 de janeiro de 2018

Carna Posse 2018 – de 10 a 13 de fevereiro


Opinião: Prefeituras do Nordeste Goiano são carentes de projetos de desenvolvimento



Fazendo uma análise por algumas cidades do nordeste goiano pude perceber o quanto as prefeituras são carentes de projetos de desenvolvimento.

Poucos prefeitos têm como meta melhorar as condições de vida da população através de projetos que possam mudar uma realidade.

Sabemos que não é fácil para o administrador equacionar investimentos com política até porque os próprios moradores não se interessam muito por programas e/ou projetos que demandem tempo e exijam esforço conjunto para que venha a se concretizar, principalmente na área de emprego e renda.

Além disso, é visível a falta de planejamento como também a ausência de comprometimento dos servidores para que se faça uma administração de resultados. E o pior! Quanto menor a cidade mais evidente fica essa lacuna.

Tudo isso aliado aos recursos financeiros insuficientes torna a administração pública mais complexa e difícil de obter resultados satisfatórios. A saída é formular bons projetos e direcionar para aquelas áreas e pontos que mais necessitam. Uma das áreas mais carentes nos pequenos municípios é a de geração de emprego e renda para os jovens e uma das formas de amenizar esse problema é criar programas de qualificação e depois encontrar mecanismos como parcerias para encaminhá-lo ao primeiro emprego.

Por que não se têm bons projetos? Fácil! Porque as pessoas não se preocupam muito com a coletividade, procurando resolver seus problemas imediatos, aí o individualismo prevalece mesmo sabendo que a solução é momentânea. Isso dificulta uma administração voltada para o coletivo e conseqüentemente baseada em um planejamento de futuro.

domingo, 28 de janeiro de 2018

Divinópolis de Goiás: Ambulância bate em animal na GO-447

Imagem Ilustrativa

Uma ambulância da Prefeitura Municipal de Divinópolis de Goiás que voltava de uma ocorrência no assentamento, envolveu-se em um acidente na noite de sábado (27).

O acidente aconteceu por volta das 21h30, no trevo de acesso a uma empresa de minério, na GO-447, próximo à cidade de Divinópolis.

O veículo bateu em uma égua, segundo testemunhas, o animal transitava pela via. O animal morreu no local.

Com o impacto, a ambulância ficou com a frente danificada.

No local do acidente havia mais animais. Ainda não foi identificado o dono dos animais

Por sorte, nenhum dos ocupantes do veículo tiveram ferimentos.

A luta pela implantação do Campus da UFG em Posse/GO continua



A luta em busca da implantação de um Campus da Universidade Federal de Goiás (UFG) tem ganhada a cada dia mais apoio da população do nordeste goiano e de políticos.

Vereadores e prefeitos de toda região apoiam o projeto, e assinaram um manifesto favorável a implantação da universidade em Posse.

A mobilização já ocorreu nas cidades de Posse, Iaciara, Guarani, Alvorada, Simolândia, Nova Roma e Divinópolis de Goiás.

No último dia 18 de janeiro, Marcio Passos, um dos idealizadores do projeto, esteve reunido com o senador Ronaldo Caiado.

O Senador assumiu o compromisso de marcar uma audiência com o ministro da educação, para pedir apoio e empenho político no sentido de concretizar o projeto, ele também irá solicitar audiência com o professor Edward Madureira, reitor da UFG.

A criação da UFG em Posse é um sonho da população da região. O objetivo agora é que o projeto seja enviado a Câmara dos Deputados.





Criação de universidades federais no interior de Goiás entra na pauta do Senado



A criação de duas universidades federais no interior de Goiás entrou na pauta do Senado em 2018. A proposta é para que a Universidade Federal de Goiás (UFG) ceda duas das regionais de ensino em Catalão e Jataí. Criada em 1960, a UFG é a única federal do estado e tem aproximadamente 25 mil alunos de graduação e pós-graduação distribuídos nas atuais quatro regionais.

No final do ano passado, a Câmara dos deputados já havia aprovado o projeto de lei para desmembramento da UFG. Agora, a proposta chegou ao Senado para votação neste ano.

A transferência de campi universitários para a constituição de cinco novas universidades federais foi assinada em 2016 pela ex-presidente Dilma Rousseff. O objetivo exposto pelo governo foi o de interiorizar o ensino superior e democratizar o acesso à universidade pública. Além de Goiás, o Senado também analisa a criação de mais universidades federais em Mato Grosso, Piauí, Pará e Maranhão.

Em entrevista no dia 7 de janeiro deste ano, o novo reitor da Universidade Federal de Goiás (UFG), Edward Madureira, que assumiu a reitoria pela terceira vez, disse que a criação das novas universidades é um sonho das duas comunidades, as maiores fora de Goiânia.

“Jataí tem mais de 25 cursos de graduação, curso de Medicina em funcionamento, mestrado, doutorado; e Catalão, com expectativa de abrir Medicina este ano, e com mais de 20 cursos de graduação, quatro mil estudantes, muitos doutores. Foi um trabalho desenvolvido desde minha primeira passagem pela reitoria, fortalecido com o atual reitor, Orlando Amaral, e estamos na antessala da criação”, lembrou.

“O projeto de lei enviado ao congresso nacional ainda pela presidente Dilma Rousseff nos últimos dias do seu governo, já passou por unanimidade pela Câmara dos Deputados no final do ano e, agora, segue para o Senado e depois, para a sanção presidencial”, complementou.

Logística

As propostas encaminhadas pelo Poder Executivo também preveem a transferência automática dos cursos de todos os níveis e dos alunos regularmente matriculados, assim como os cargos ocupados e vagos do quadro de pessoal das regionais que serão desmembradas e todo o patrimônio de cada campus.

Também está prevista a criação de novos cargos administrativos e de diretoria. Por transformação, serão estabelecidos os cargos de reitor e vice-reitor, nomeados pelo ministro da Educação até que a universidade seja organizada na forma de seu estatuto.

Como entidades federais, as universidades que serão instituídas pelos projetos de lei serão vinculadas ao Ministério da Educação. As novas universidades federais se juntarão às outras 63 existentes no Brasil.

Fonte: O Popular

Após ano de ajustes, gestão de Wilton em Posse/GO deslancha, diz jornal



Depois de um ano marcado por dificuldades financeiras e pela superação da herança deixada pela gestão anterior, a administração do prefeito de Posse, Wilton Barbosa (PSDB), começa a deslanchar.

A prefeitura do município, que fica na região Nordeste do Estado, iniciou um grande programas de obras – notadamente nas áreas da Saúde e da Educação. Wilton afirma que o investimento é possível não só graças ao saneamento das contas públicas, mas pelas parcerias que conseguiu firmar com o governo Marconi Perillo (PSDB).

O carro-chefe deste programa é a ampliação do hospital municipal, que deve ser concluída em até 180 dias. Custou R$ 862,2 mil e está sendo executada com recursos do estado (via Goiás Mais Competitivo) e do município. A previsão era de que esta obra fosse custar R$ 1 milhão, mas a prefeitura conseguiu economizar. Hoje, o hospital conta com 52 leitos. Depois da obra, serão, 72. A capacidade de atendimento vai aumentar em 30%.

Além do investimento na estrutura física, o expediente de funcionamento do Hospital Municipal também será informatizado. Em equipamentos novos, o investimento foi de pouco mais de R$ 1 milhão (parte disso em função emendas do deputado federal Giuseppe Vecci e da senadora Lúcia Vânia). Outros R$ 154 foram destinados ao aparcelamento do laboratório.

Também com recursos do município está sendo construída na quadra poliesportiva do setor Santa Luzia – cujo projeto foi lançado pelo prefeito anterior, mas nunca executado – e a operação de tapa buracos, fundamental no período de chuvas, que aplicará pelo menos 400 toneladas de massa asfáltica nos próximos 30 dias.

O último importante alicerce deste programa de obras é a recuperação dos Centros Municipais de Ensino Infantil (CMEIs). O pontapé inicial foi dado com as unidades Casinha Feliz e Gotinha Mágica. O dinheiro para as reformas saiu do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação, graças a articulações do prefeito Wilton com o governo federal.

Fonte: Jornal Opção

Sete pessoas morrem e 20 ficam feridas após ônibus capotar, próximo a Dianópolis/TO




Sete pessoas morreram e 20 ficaram feridas, após um ônibus capotar em uma curva na TO-040, no trevo de Novo Jardim, próximo à Dianópolis. O acidente aconteceu na madrugada deste domingo (28), por volta da 1h.

O ônibus é da empresa Real Maia e fazia a linha Barreiras (BA)-Palmas. De acordo com a Polícia Militar, o motorista disse que os freios do veículo falharam.

Ambulâncias da região fizeram o transporte dos feridos, que a princípio foram levados para o Hospital Regional de Dianópolis. Em seguida, 9 deles foram transferidos para o Hospital Geral de Palmas. Uma mulher que está em estado grave foi transportada de helicóptero. Os demais foram liberados.

O Governo do Estado está pendido doações de sangue para as vítimas. O estoque já estava baixa por causa do período de férias. Os doadores podem ir ao Hospital Geral de Palmas ou ao Hemocentro.

Entre as pessoas que morreram está a servidora Dilma Raimundo de Sousa, que trabalhava no Banco do Empreendedor do Tocantins. Em nota, a instituição lamentou a perda. "Tivemos o privilégio de ter grande parte de sua vida compartilhada conosco, nestes cerca de 20 anos de convivência. Anos estes, marcados pela alegria e um sorriso sempre presente."

Dilma deixa marido e um filho de 13 anos. O corpo será velado e enterrado na Bahia, de onde vinha quando sofreu o acidente e onde tem família.

Fonte: G1

sábado, 27 de janeiro de 2018

TJ-GO declara inconstitucional lei que criou 800 cargos comissionados em Goiás



Tribunal de Justiça de Goiás (TJ-GO) considerou inconstitucional a lei que recriou 800 cargos comissionados no Governo de Goiás. Segundo o desembargador Carlos Alberto França, relator do processo, as funções exigem a contratação por meio de concurso público. A lei foi aprovada em maio do ano passado, e a maioria dos contratados atuavam nas unidades do Vapt Vupt.

“A lei atacada, por não discriminar as atribuições dos cargos em comissão criados, afronta à ordem constitucional expressa nos artigos 37 da Constituição Federal e 92 da Constituição do Estado de Goiás, padecendo, portanto, de vício de inconstitucionalidade”, afirma o relator na decisão.

A Assessoria de comunicação da Casa Civil informou à TV Anhanguera que o governo ainda não foi notificado da decisão, mas que assim que o documento chegar à administração vai ser analisado pela Procuradoria Geral do Estado, pois, segundo o órgão, a lei foi avaliada pela Comissão de Constituição e Justiça da Assembleia Legislativa de Goiás.

A decisão foi expedida na quarta-feira (24), e divulgada na sexta-feira (26) pelo TJ-GO. De acordo com o documento, os profissionais que já foram contratados não terão que devolver os valores recebidos referentes ao serviço prestado no período de vigência da lei.

“A lei teve vigência, mas, logicamente, sendo a lei criadora dos referidos cargos declarada inconstitucional os mencionados cargos deixam agora de existir validamente”, destaca o desembargador.

Aprovação polêmica
O projeto de lei que recriou os 800 cargos comissionados foi aprovado pela Assembleia Legislativa do Estado de Goiás (Alego), no dia 30 de maio do ano passado, e foi sancionado pelo governador Marconi Perillo em junho. A medida dividiu opiniões por ter sido criada após o governo cortar 1.335 postos com intuito de diminuir gastos.

O texto aprovado foi enviado à Alego após a Justiça suspender a nomeação dos cargos criados por emenda proposta pelo deputado Francisco Oliveira (PSDB). A proposta previa que os servidores fossem designados à Secretaria de Estado de Gestão e Planejamento (Segplan) para atuar no Vapt Vupt e no Departamento Estadual de Trânsito em Goiás (Detran-GO). Os salários dos comissionados variam entre R$ 1,7 mil e R$ 6 mil.

A proposta, de número 1557/17, foi enviada ao legislativo após decisões judiciais suspenderem nomeação de cargos criados pela emenda de Francisco Oliveira, feita à Lei 19.611, que tratava da inclusão da Fundação de Previdência Complementar do Estado de Goiás como órgão jurisdicionado à Secretaria da Fazenda (Sefaz).

A suspensão foi feita pela juíza da 2ª Vara da Fazenda Pública Estadual, Suelenita Soares Correia, que avaliou a manobra como inconstitucional. O desembargador Carlos Alberto França corroborou a posição da juíza em nova decisão dada em maio de 2017.

Serviços

Em meados de fevereiro, o G1 e a TV Anhanguera denunciaram a falta de informação dos servidores, a pequena quantidade de funcionários e a consequente demora no atendimento em unidades do Vapt Vupt. Na época, a superintendência informou que estava tomando medidas necessárias para retomar a normalidade do serviço, como o ajuste na escala de trabalho e movimentação de servidores de unidades de menor demanda para as maiores.

As medidas anunciadas para melhorar o serviço sem recriar cargos foram tomadas, segundo o Gabinete de Imprensa do Governador. Porém, não foram suficientes para normalizar a situação. De acordo com o governo, os próprios funcionários consideraram, “a carga horária de oito horas excessiva porque eles têm uma jornada muito estressante”.

A assessoria do governo alegou, na época, que a recriação de 60% dos cargos visava melhorar serviços públicos que ficaram prejudicados com os cortes. Justificou ainda que a redução de gastos deve ser feita sem prejudicar os cidadãos. Por isso, apesar do aumento da folha salarial, a prioridade é não prejudicar os serviços essenciais.

Cortes

No dia 2 de janeiro de 2017, o governo exonerou 5,5 mil servidores comissionados e cortou 1.335 cargos em várias áreas. A medida integrava parte do pacote de corte de gastos do estado, que foi aprovado pela Alego.

Na época em que foram anunciados os cortes, segundo a assessoria do governo, haveria a redução em 20% o número de cargos comissionados. As funções que haviam sofrido corte foram as de assistente de gabinete, assessor especial e supervisor.

Além dessa medida, o governo também reduziu o número de Subsecretarias de Educação. Por fim, reduziu os servidores temporários, horas extras e gastos complementares em vários órgãos.

Fonte: G1

Divinópolis de Goiás e São Domingos/GO: Municípios estão com contratos de concessão com a Saneago vencidos desde 2010



Os municípios de Divinópolis de Goiás e São Domingos estão com os contratos de concessão para prestação de serviços de água e esgoto por parte da Saneago vencidos desde 2010. No total, 225 das 246 cidades goianas têm contrato com a estatal.

Os municípios que tem contrato com a Saneago, a estatal tem compromissos desde o fornecimento de água a cronograma de avanços com infraestrutura.

Segundo informações do jornal O Popular, o presidente da Saneago, Jalles Fontura, admite que como no contrato se tem as previsões de investimentos, sem o documento isso inexiste. No entanto, de acordo com ele, ainda assim a estatal observa as demandas dos municípios e realiza investimentos. “Isso fica mais claro no contrato, mas não deixamos de fazer”, disse.

Procurado pela reportagem do O Popular, o prefeito de São Domingos, Cleiton Martins, pede uma série de melhorias para assinatura do contrato, em especial uma obra de infraestrutura na área de captação de água no manancial de abastecimento publico e um atendimento mais rápido em casos de falha no abastecimento.

O município de São Domingos deverá assinar o contrato de concessão com a Saneago ainda no primeiro semestre de 2018.

Já o município de Divinópolis ainda não há previsão de quando o contrato de concessão será renovado.

Desde 2007, uma lei federal obriga as cidades a elaborarem um plano de saneamento básico antes de assinar um contrato que tenha como objetivo a prestação de serviços públicos de saneamento básico.

Em ação rápida policiais do 24º Batalhão prende autores de vandalismo em Posse/GO



Acionados na sexta-feira (26), pelo Copom (190) para deslocar ate a Praça do Jatobá centro histórico da cidade de Posse, a equipe da viatura 9104 composta pelo Sargento Neres e o Soldado Ataídes, com apoio da viatura 9179 composta pelo Sargento Vanderlan e o Soldado Soyer.

Chegando ao local, alguns indivíduos que ali se encontravam, no momento em que visualizaram as viaturas empreenderam fuga, sendo abordados logo em seguida.

Testemunhas informaram às equipes que os mesmos estariam na praça fazendo uso de bebidas alcoólicas e que em determinado momento entraram em discussão e em seguida, os mesmos, sem motivo algum, começaram apedrejar e golpear com uma barra de ferro um caminhão que estava estacionado no local.

Diante dos fatos as equipes conduziram os envolvidos para Delegacia de Polícia, ficando a disposição do delegado para aplicar as medidas seguintes.

Fonte: 24º Batalhão da PM

sexta-feira, 26 de janeiro de 2018

IML de Campos Belos/GO não tem médico legista no expediente noturno



De acordo com o Sindiperícia, pelo menos, oito cidades goianas estão sem atendimento de médicos legistas no IML, em período noturno.

Segundo o vice-presidente do Sindiperícia, Paulo Afonso, o governo do Estado criou vários núcleos da Superintendência de Polícia Técnico-Científica no interior do Estado sem nenhum tipo de estudo de impacto, necessidade e de forma indiscriminada.

Fato que tem deixado os municípios de Itumbiara, Rio Verde, Catalão, Goiás, Campos Belos, Caldas Novas e Goianésia sem atendimento na área de medicina legal no período noturno por falta de médicos legistas. “Cada um desses núcleos atendem os municípios vizinhos que por falta de planejamento, estão sendo fechados à noite. Alguns mantém o serviço de perícia, mas o essencial que é a medicina legal fica descoberto por falta de profissionais”, denuncia

A superintendente reconhece a ausência de médicos legistas em algumas unidades, mas rebate dizendo que o desfalque está sendo provocado pelos profissionais que, por determinação legal devem trabalhar 40 horas, não estão cumprindo a escala definida pela PGE.

“Ouvi dizer que alguns colegas não estão trabalhando o período determinado na escala. Ou seja, estão faltando ao trabalho. Estamos levantando estas informações e, começaremos a cortar o ponto dos faltosos”, afirma Rejane ao ponderar que “medicina legal é segurança pública, não é saúde pública”, e que sua gestão na SPTC é orientada pela PGE e que todas as decisões são tomadas de acordo com a orientação de cumprimento de decisão judicial.

“A exemplo disso, foi a rebelião no semiaberto de Aparecida (no primeiro dia do ano), quando os 9 corpos deveriam ser encaminhados para o IML de Aparecida, onde trabalho, mas isso não foi possível, porque não temos efetivo para a demanda. Em Aparecida tem apenas um médico de plantão e não fecha escala todos os dias, porque está faltando médico. O que forçou a superintendência prisional a encaminhá-los ao IML de Goiânia”, relata uma médica legista que não quis se identificar.

Fonte: Diário do Estado

Prefeito de Arenópolis/GO morre aos 29 anos



O prefeito de Arenópolis, Flávio Júnior Vilela (MDB), de 29 anos, morreu por volta das 4h da manhã desta sexta-feira (26), no Hospital do Coração Anis Rassi, no Setor Oeste, em Goiânia.

De acordo com o assessor Adair Fonseca de Sousa, Vilela estava com pancreatite aguda, ficou internado no hospital entre novembro e dezembro de 2017, perdeu 30 kg e voltou ao trabalho no final do ano passado. "Quinta a noite (25), ele passou por uma cirurgia no pâncreas, mas teve um infarto fulminante nessa madrugada e não resistiu", afirmou o assessor.

O velório do prefeito teve inicio por volta das 12h no salão paroquial São Pedro, no centro da cidade, e o sepultamento está programado para a manhã deste sábado (27).

A assessoria de comunicação do MDB Goiás divulgou uma nota lamentando a morte do prefeito.

"Flávio Júnior Vilela e representava um dos exemplos da renovação nos quadros do partido. Neste momento de consternação, o presidente estadual do MDB, deputado federal Daniel Vilela, em nome de todo o partido se solidariza não apenas com os familiares de Flávio Júnior Vilela, mas também com a população do município em função de uma perda tão precoce", afirmou a nota do partido.

Perfil

Flávio Júnior Vilela nasceu em Arenópolis, era casado com Daiany Donato Castro Vilela, de 30 anos, e tinha duas filhas, de 9 e 6 anos. Vilela era fazendeiro e foi presidente do Sindicato Rural de Arenópolis antes de assumir como prefeito, em 1º de janeiro de 2017.

Fonte: O Popular

quinta-feira, 25 de janeiro de 2018

Justiça acolhe novo pedido do MP e prefeita de Nova Roma/GO tem bloqueio de mais R$ 450 mil



Acolhendo um novo pedido feito em ação civil pública proposta pelo promotor de Justiça Douglas Chegury, o juiz Yvan Santana Ferreira, da comarca de Iaciara, decretou a indisponibilidade de bens da prefeita de Nova Roma, Miriam Leite São José Sampaio, pela prática de atos de improbidade administrativa.

Segundo detalhado pelo promotor, foram instaurados diversos inquéritos civis públicos com objetivo de apurar a conduta da prefeita, que realizou supostas contratações ilegais, fraudulentas e imorais de pessoas para ocuparem cargos comissionados no Poder Executivo.

De acordo com promotor, assim que assumiu a chefia da prefeitura, nas eleições de 2012, Miriam nomeou para cargos comissionados, por meio de decretos, 150 servidores, os quais preenchiam cargos e funções de atribuições meramente técnicas, sem caráter de assessoramento, chefia ou direção.

A investigação revelou que a prefeita pretendia, com a nomeação de tantos cargos e funções comissionados, fraudar o dever de realizar concurso e atender a pedidos de emprego de apoiadores políticos, violando os princípios constitucionais da obrigatoriedade do concurso público e da estabilidade.

A nova decisão determina, a indisponibilidade dos bens móveis e imóveis da prefeita, no valor de R$ 450 mil, referentes aos salários pagos ilegalmente a dez servidores, somando ao dano moral coletivo e multa civil, no valor de R$ 50 mil, cada. Em uma primeira decisão dada pelo juiz em novembro de 2017, foi decretado a indisponibilidade dos bens no valor de R$ 350 mil. Com a nova decisão, o valor total chega agora a R$ 800 mil.

Fonte: MPGO

Encontro com tatu-galinha emociona designer em Alto Paraíso de Goiás




Com apenas 8 mil habitantes, a cidade de Alto Paraíso de Goiás guarda incontáveis belezas naturais. Entre paredes rochosas e cachoeiras de águas cristalinas está também a entrada do Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros.

O cerrado é o domínio natural predominante na região, por isso, algumas espécies como gralha-do-cerrado, tamanduá-bandeira e algumas espécies de tatu são encontradas somente no local.

Juliana Guimarães, de 30 anos, tem o privilégio de morar em uma região tão rica. No quintal há vegetação nativa e, por isso, a moradora recebe visitas inusitadas vez por outra.

Em meio à natureza, o latido da cadelinha funciona como uma campainha. “Ela sempre faz isso para avisar sobre algo ou alguém” conta. Foi um desses alertas que proporcionou um encontro e um resgate emocionante para a designer.

Dessa vez, o visitante era um tatu-galinha, espécie típica do Cerrado e da Caatinga. Durante a fase adulta, o animal mede de 60 a 100 centímetros de comprimento, com peso que varia de três a dez quilos. Em geral, constrói a toca perto de árvores e arbustos, espertamente com várias entradas.

Juliana conta que ele parecia assustado e em busca de abrigo, mas não conseguia encontrar um bom lugar por isso precisou movê-lo. Para isso tomou os cuidados necessários. “Coloquei uma luva para garantir firmeza e para não machucar nem a ele, nem a mim.”

Apesar de já ter se encontrado com a espécie, conta que dessa vez foi especial “Quando o peguei, o coraçãozinho dele estava acelerado. Esse contato me deixou emocionada; senti uma conexão especial naquele momento. Fiz a foto e logo soltei no meio do cerrado nativo”, conta.

Fonte: G1

Polícia apreende armas de fogo, munições e droga em Posse/GO




O GPT realizou a apreensão de duas armas de fogo e uma porção de substancia análoga a maconha na zona rural do município de Posse, no nordeste goiano.

Na tarde da última quarta-feira (24), a equipe do GPT – Grupo de Patrulhamento Tático do 24°BPM foi acionada para deslocar nas proximidades de um antigo posto de combustíveis situado as margens da BR-020, onde havia um homem portando arma de fogo.

De posse das informações a equipe deslocou ao local, onde terceiros informaram que o indivíduo havia evadido. Após varredura e levantamento de informações a equipe localizou a residência do referido homem e com autorização de sua esposa, realizaram uma busca minuciosa no local onde foi possível localizar 02 armas de fogo (calibre .38), 05 munições intactas e uma porção de substância aparentando ser maconha.

Diante dos fatos as armas, munições, a droga e a esposa do possível autor foram encaminhadas para Delegacia de Polícia Civil, ficando a disposição do delegado para aplicar as medidas seguintes.

Fonte: 24º Batalhão da PM

quarta-feira, 24 de janeiro de 2018

Foragido da justiça é recapturado em Flores de Goiás



Equipes Comando de Operações de Divisas (COD) em abordagem a um veículo Gol de placas PQO-2511, em atitude suspeita, que se encontrava trafegando na GO-114, no KM 05, em Santa Maria, no município de Flores de Goiás.

Foi efetuado à busca pessoal, nada de ilícito foi encontrado em poder do homem revistado, porém ao ser consultado em sistema foi constatado que contra ele havia um mandado de prisão expedido pela comarca de Cristalina Goiás.

O homem responde pelo crime de receptação.

Diante da situação, o homem foi conduzido até a Central de Flagrantes para serem tomadas as medidas cabíveis.

Com informações: COD

Suspeito de matar homem se entrega a polícia em Cavalcante/GO



Na tarde da última segunda-feira (22), Eric Antônio da Silva Gomes, conhecido como “Eric Besourão”, se entregou à Delegacia de Polícia de Cavalcante, no nordeste goiano, comandada pelo Dr. George Aguiar Muniz, titular da referida unidade policial.

Eric é acusado de ter matado Adão Vieira da Silva, o “Adãozinho”, um antigo desafeto, utilizando-se de uma faca de açougueiro, por volta das 17 horas, em plena via pública, no Setor Cavalcantinho, em Cavalcante, no dia 27. 12. 2017.

No dia 29.12.2017, a Autoridade Policial representou pela prisão preventiva de Eric, tendo o Poder Judiciário local expedido o respectivo mandado de prisão, cumprido na segunda-feira.

Com a prisão de Eric, a Polícia Civil finalizou as investigações referentes a mais um crime violento (art. 121, caput, do Código Penal) em Cavalcante.

Fonte: Polícia Civil de Cavalcante

terça-feira, 23 de janeiro de 2018

População faz doações para policiais civis que dormem em delegacias. Em Iaciara/GO comunidade está fornecendo alimentação aos policiais



Policiais civis que estão dormindo em delegacias, alegando que o salário é muito baixo para conseguir pagar aluguel, estão ganhando doações da população de acordo com o promotor do Ministério Público, Douglas Chegury.

Agentes e escrivães recebem R$ 1,5 mil. O governo anunciou que eles receberão um auxílio para melhorar as condições.

Alguns profissionais contam que foram designados para cidades muito longe de suas casas. Com o salário insuficiente, adaptaram quartos em cômodos das delegacias. Assim que o expediente termina, às 18h, eles fecham as portas e ficam trancados no interior da unidade.

Porém, várias vezes eles têm de atender a moradores. "A gente não tem privacidade, segurança, a gente apreende armas e drogas, se algum bandido quiser roubar, é um local perigoso", avalia um escrivão que não quis ser identificado.

De acordo com o promotor do MP, os profissionais estão recebendo apoio da população em algumas cidades. “Em Iaciara, o conselho da comunidade, como uma forma de estimular esses policiais civis para que eles continuem na região, desempenhando o excelente trabalho na segurança, tem fornecido não apenas alimentação, mas inclusive aparelhos de ar condicionados, porque as temperaturas são muito elevadas, para serem instalados em cômodos da delegacia onde eles estão vivendo”, afirmou.

Chegury afirma ainda que essa situação não é a adequada. “Legalmente falando não é o ideal. O correto seria que esses policiais que entraram agora no serviço público recebessem um salário com um pouco mais de dignidade, mas essa foi a alternativa encontrada para auxiliar esses policiais”, completou.

O governador de Goiás, Marconi Perillo (PSDB), anunciou que a categoria vai ser uma das que vai ser beneficiada com um auxílio. “Todos os que fizeram concurso sabiam que os três primeiros anos seriam assim. Além de um reajuste, eles vão receber um auxílio de R$ 500 para alimentação. Todo mundo que ganha menos de R$ 5 mil no estado vai ter, a partir desse ano, um auxílio de R$ 500”, afirmou.

Fonte: G1