quarta-feira, 7 de fevereiro de 2018

Defesa Civil e Agehab buscam parceria para prevenção de tragédias urbanas. Em Flores de Goiás, houve queda de pontes que estão prejudicando o acesso de crianças às escolas



Representantes da Defesa Civil estiveram na terça-feira, dia 6, na Agência Goiana de Habitação (Agehab) para buscar o fortalecimento de parcerias para prevenção de tragédias urbanas.

“Queremos sair do processo reativo para uma atitude mais proativa”, ressaltou o comandante de Operações da Defesa Civil, coronel Leonardo Afonseca. Acompanhado do comandante do 2º. BBM, Hélio Gonzaga Júnior, ele foi recebido pelo diretor de Desenvolvimento Institucional da Agehab, Murilo Barra.

O coronel Afonseca disse que o foco no momento são cidades do Norte goiano. Em Flores de Goiás, houve queda de pontes que estão prejudicando o acesso de crianças às escolas. Em Niquelândia, estão sendo monitoradas oito famílias atingidas pela enchente do Rio Maranhão.

De acordo com o diretor Murilo Barra, a Agehab vai receber permanentemente o mapeamento da Defesa Civil para as providências necessárias. De acordo com o coronel Afonseca, a parceria com a Agehab é muito interessante porque trata-se da união do órgão que lida diretamente com a prevenção dos desastres com o órgão do Estado que tem a capacidade de ajudar essas famílias, com os Cheques Mais Moradia, Reforma ou Construção.

A parceria entre Agehab e Defesa Civil já é consolidada. Acionada pela Defesa Civil, a Agência entregou Cheques Reforma para moradores da Vila São José, em Goiânia, atingidos pela enchente provocada pelas chuvas de janeiro de 2016.

Os recursos foram destinados à recuperação de imóveis de moradores enquadrados na política estadual de habitação de interesse social. Famílias de Pirenópolis e Cavalcante vítimas de enchentes também já foram contempladas.

 Assessoria de Imprensa da Agehab

Nenhum comentário:

Postar um comentário