sexta-feira, 2 de março de 2018

“As pessoas não aguentam mais discurso sem ação. Vamos fazer diferente”, Daniel Vilela durante visita a Campos Belos/GO



O pré-candidato ao governo do Estado, deputado federal Daniel Vilela, disse nesta quinta-feira (1), durante visita a Campos Belos, que no plano de governo do MDB só constarão compromissos que serão cumpridos. “Nosso projeto será composto por propostas factíveis.

As pessoas não aguentam mais discurso sem ação, promessa sem realização.” Daniel e o deputado federal Pedro Chaves, este pré-candidato do MDB ao Senado, visitam o Nordeste goiano para colher demandas da população e formatar o projeto de governo do partido.

Os emedebistas estiveram também em Alto Paraíso de Goiás, onde constataram promessas feitas no governo anterior e que até hoje não foram cumpridas.

 “Alto Paraíso espera até hoje a entrega de promessas feitas em 2013, 2014. São promessas que, mesmo recicladas, não são cumpridas.

Uma região importante como essa merece mais atenção do Estado. Como até hoje a cidade não tem um centro de convenções para eventos turísticos?”

O cenário encontrado em Campos Belos não foi diferente. A cidade sofre com risco de desabastecimento de água e a população não entende porque, depois de quase vinte anos de promessas, não concluem a captação de água do Rio Mosquito.

Há outras promessas que se arrastam desde 2014. Uma delas é a instalação de um Vapt Vupt na cidade.

“Queremos fazer diferente. Por isso estamos visitando as cidades, ouvindo as demandas goianos, e ressaltando a necessidade de se cumprir o prometido.”

Pedro Chaves, representante da região na Câmara dos Deputados há cinco mandatos, tem ajudado a suprir as demandas deixadas pelo Estado com direcionamento de emendas parlamentares.

“Ajudamos os municípios da forma como podemos. Mas sabemos que é preciso mais e por isso estamos defendendo um projeto de renovação na pessoa do deputado Daniel Vilela.”

Daniel tem percorrido os municípios goianos ao lado de lideranças do MDB e partidos aliados com o objetivo de conversar com segmentos da sociedade civil organizada, lideranças religiosas e políticas.

“Estamos construindo um novo projeto para Goiás com espírito colaborativo, ouvindo a sociedade para entender melhor suas prioridades e apresentar um plano de governo mais assertivo, sem promessas inócuas ou que nunca sairão do papel”, afirma Daniel.

O presidente do MDB tem defendido a necessidade de uma renovação política para tirar o governo de uma postura de letargia diante dos problemas do Estado. “É um governo paliativo.

As ações, em todas as áreas, são sempre emergenciais, nunca agem preventivamente, de forma planejada e com foco na solução efetiva do problema. Isto tem um custo maior para os goianos e uma eficiência muito reduzida”, explica o pré-candidato.

Fonte: Assessoria

Nenhum comentário:

Postar um comentário