sábado, 3 de março de 2018

São Domingos/GO: BURITIS ALTOS, cabeceira da vereda





Na virada do século XVII para o século XVIII ocorreu no Brasil o declínio do ciclo do ouro. Após a descoberta de pedras preciosas em Minas Gerais, muitos exploradores migraram para o cen­tro do Brasil, inebriados pelo mito de uma cidade construída a ouro chamada de Eldorado.

Foi com essa movimentação de pessoas que surgiram os primeiros arraiais e povoa­dos do interior do Brasil.

Podemos afirmar que uma parte relevante da sociedade brasileira nasceu do declínio do ouro, da decepção e da fantasia. Aos pés da Serra Geral, hoje o marco topográfico que divi­de os Estados de Goiás e da Bahia, havia o Arraial Velho. Do povoado só restam vestígios.

Em 1827, os irmãos portugueses Domingos e José Valente, vindos da Bahia em busca de ouro, se estabeleceram nas proximidades do Arraial. Eles traziam consigo uma imagem de São Domingos Gusmão, santo católico nascido em Caleruega, na Castela Velha, em 1170, que deu nome para a cidade, que seria estabelecida naquele local, e para o rio que a circunda.

O fim do Arraial Velho e início da povoação da cidade de São Domingos ocorreram com o fim da corrida do ouro e o surgimen­to das atividades agropecuárias. Em 1835, com a lei provincial nº 14, São Domingos é elevado à categoria de distrito e depois, em 1854, torna-se um município goiano.

Nenhum comentário:

Postar um comentário