segunda-feira, 9 de abril de 2018

Pesquisa para o Governo de Goiás: Ronaldo Caiado tem 39,7%; José Eliton, 6,7%, e Daniel Vilela, 6,2%



A presidente do diretório estadual do PT em Goiás, Kátia Maria, aparece em quarto lugar, com 3% das intenções de voto da pesquisa estimulada.

Em seguida, estão os dois pré-candidatos do PSOL: o policial rodoviário Federal Fabrício Rosa, com 1%, e o professor Weslei Garcia, com 0,9%.

Outros 20,3% afirmaram que votarão nulo ou não vão votar, e 22,1% disseram ainda não ter decidido.

A pesquisa ouviu 801 eleitores entre os dias 30 de março e 5 de abril de 2018. A margem de erro é de 3,5 pontos percentuais para mais ou para menos.

Ronaldo Caiado (DEM)- 39,7%
José Eliton (PSDB) – 6,7%
Daniel Vilela (MDB) – 6,2%
Kátia Maria (PT) – 3%
Fabrício Rosa (PSOL) – 1%
Weslei Garcia (PSOL) – 0,9%
Nulo/ abstenção – 20,3%
Indecisos – 22,1%

Espontânea

Já na pesquisa espontânea, onde não é fornecido os nomes dos candidatos, o número de indecisos triplica e chega a 77,3%.

Caiado continua na liderança com 8,7%, José Eliton permanece em segundo lugar com 1,5% e Daniel Vilela em terceiro, com 1% das intenções de voto. Outros 10,1% afirmaram que vão anular o voto ou não vão votar.

Rejeição

Quando o quesito é rejeição, os três principais pré-candidatos ao governo de Goiás estão empatados tecnicamente.

A pesquisa apontou que 25,2% de eleitores afirmam que não votariam em Ronaldo Caiado (DEM) de jeito nenhum, enquanto 24,3% não escoheriam José Eliton(PSDB) e Daniel Vilela (MDB).

A esquerda goiana aparece com índices menores de rejeição. O professor Weslei Garcia (PSOL) tem 18,6%, o policial Fabrício Rosa (PSOL)e a presidente do diretório estadual do PT, Kátia Maria, aparecem com 17,7%.

Entre os seis pré-candidatos,um total de 44,7% dos eleitores disseram não rejeitar ninguém e 6,7% não decidiram.

Metodologia

A pesquisa foi realizada pelo instituto Serpes Pesquisas de Opinião e Mercado Ltda, contratada pelo grupo Jaime Câmara e Irmãos e publicada no Jornal O Popular na edição desta segunda-feira, 9 de abril.

O levantamento foi feito entre os dias 30 de março e 5 de abril, foi registrado no Tribunal Superior Eleitoral sob o protocolo número BR-07829/2018 e no Tribunal Regional Eleitoral sob o protocolo número GO-05562/2018 no dia 29 de março de 2018.

801 eleitores foram ouvidos nas regiões de Goiânia, Inhumas, Nerópolis, Anápolis, Goianápolis, Guapó, Senador Canedo, Aparecida de Goianésia, Porangatu, Uruana, Ceres, Abadiânia, Luziânia, Novo Gama, Formosa, Simolândia, Águas Lindas, Piracanjuba, Ipameri, Catalão, Morrinhos, Itumbiara, Santa Helena, Rio Verde, Jataí, Caçu, São Luís de Montes Belos, Iporá, Vila Boa de Goiás e Faina.

A margem de erro é de 3,5% percentuais para mais ou para menos.

Com informações do jornal O Popular

Nenhum comentário:

Postar um comentário