domingo, 15 de abril de 2018

Se opor é legítimo onde impera a democracia, não sei se ainda é o caso em São Domingos/GO



A oposição é essencial em qualquer democracia saudável, não dever ser diferente em lugar algum do país.

Ao analisar um caso recente em meu município natal, onde uma denuncia foi proferida por um vereador de oposição, que denunciava uma situação de estradas municipais que estão intrafegáveis e em decorrência disso, crianças estão sem condições de ir à aula. Ora meus amigos, a denuncia é legitima, ainda mais porque foi feita por um representante eleito de uma parcela significativa da população dominicana, teria de ser apurada pelo executivo municipal e a falha corrigida – ao menos de modo emergencial – por parte das autoridades municipais competentes.

Ao invés disso, o prefeito preferiu se rebaixar, enviando uma nota ao blog, com um ar de autoritarismo, um extremo de arrogância e uma dose de narcisismo. E como sempre citou de gestões passadas, falou de fenômenos naturais, mas não falou em uma solução rápida para a resolução do problema apresentado.

O prefeito, não cria um discurso lógico em suas falas, cita que o grupo que hoje se opõe a sua gestão ficou a frente do município durante oito anos e dar a entender que não houve nenhuma interrupção nesse período, sendo dessa forma omisso quanto à realidade dos fatos, pois sabemos que nos últimos 4 anos tiveram 12 trocas de gestões e em algumas das vezes o grupo da situação assumiu o comando do município, salvo engano comandaram São Domingos de 2015 a 2016.

Outro fato que o prefeito insiste em citar incansavelmente é a disponibilização de água doce no povoado Piteiras, ora, isto foi feito, mas a água não passa por nenhum procedimento prévio de tratamento, antes de ser disponibilizado à população daquele distrito, sendo um risco a saúde daquele sofrido povo. A regularidade fiscal do município é uma obrigação básica, não é um mérito.

A realização de licitações para compras municipais é uma determinação constitucional desde 1988 e não é um diferencial desta gestão. A ausência da Agenfa estadual, já era conhecida por boa parte dos munícipes e sabíamos que não se tratava de uma falha dos gestores municipais daquele momento, mas sim, de um empecilho imposto pelo governo estadual aos prefeitos que eram de oposição na época.

Então, vejo que melhorias são sim sempre bem vindas, a estabilidade da gestão municipal é primordial para o desenvolvimento do município, mas isto não é um salvo conduto para as falhas da atual gestão, ou seja, os erros, os mal feitos e o que estiver em discordância com os interesses do município serão sim denunciados pela oposição e por cidadão. Sua excelência precisa entender que não foi só sua gestão que enfrentou e enfrenta dificuldades e cometeu e comete acertos, precisamos dar mérito aos demais gestores eleitos que contribuíram para o crescimento do município em suas respectivas gestões então diminui-los é uma atitude rasteira de mais para merecer o nosso respeito, afinal de contas muitas das conquista da gestão do Dimá, estão sendo colhidas pela atual gestão, cito a nova creche municipal, cito a rede de esgoto e demais recursos obtidos junto ao governo federal da época.

Com todo respeito, peço a sua excelência que trabalhe um pouco mais de racionalidade e responsabilidade em prol dos interesses municipais e deixe o discurso eleitoral em redes sociais um pouco mais de lado, pois a campanha eleitoral acabou em 02 de outubro de 2016.

Por Odair José (Vereador de São Domingos-Goiás)

Nenhum comentário:

Postar um comentário