terça-feira, 8 de maio de 2018

Prefeito de Formosa/GO é condenado a pagar R$ 100 mil por xingar o ex-governador Marconi Perillo durante comício em Goiás



O prefeito de Formosa, Ernesto Roller (MDB), foi condenado a pagar R$ 100 mil de indenização por danos morais ao ex-governador de Goiás Marconi Perillo (PSDB). Segundo a ação, o réu chamou o autor do processo de “ladrão, safado, cachorro” durante um comício em 2014.

A assessoria de Ernesto Roller informou, por telefone, que recorrerá da decisão.

A sentença foi assinada pelo juiz Ricardo Teixeira Lemos, na última quarta-feira (2). Na decisão, o magistrado considera que Roller "não se limitou a tecer críticas ao governo do estado, à gestão pública, atacando a honra e imagem do cidadão Marconi Perillo”.

Na ação, a defesa de Perillo anexou um vídeo ao processo que, segundo o magistrado, registra o momento das ofensas, em 20 de abril de 2014. O governador alegou que a declaração “denegriu a imagem e a honra” dele perante a sociedade, “proferindo termos caluniosos, difamatórios e injuriosos”.

Roller alegou, durante a instrução do processo, que o conteúdo “foi adulterado com o propósito de prejudica-lo”. No entanto, o juiz pondera que o prefeito não comprovou a fraude do material.

O magistrado afirmou que a declaração do prefeito de Formosa ganhou “repercussão nas redes sociais, evidenciando o prejuízo moral amargado pelo autor”. Ao definir o valor da indenização, o juiz considerou que no dia do fato, Perillo era, mais uma vez, candidato a governador: “Eis aí a dimensão da ofensa e as partes envolvidas".

Após a sentença, o advogado de Perillo se posicionou sobre o caso: "A decisão do juiz Ricardo Teixeira Lemos contribui decisivamente para a compreensão de que o parlamentar não pode se escudar no mandato para fazer ataques pessoais e achincalhar outros políticos. Também nesse sentido a sentença é muito importante".

Fonte: G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário