sábado, 30 de junho de 2018

Entre as 10 cidades mais desenvolvidas do estado, nenhuma é do Nordeste Goiano



Chapadão do Céu, Itumbiara, Ceres, Quirinópolis, Caldas Novas, Corumbaíba, Cristalina, Edéia, Nova América e Ouvidor.

Essas são as cidades de Goiás que ficaram entre as 10 mais desenvolvidas do Estado, segundo um estudo da Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro (Firjan), divulgado na quinta-feira (28), que avaliou o Índice de Desenvolvimento Municipal das cidades brasileiras.

O estudo avaliou as áreas de Emprego e Renda, Saúde e Educação, com base em dados ofi­ciais de 2016, últimos disponíveis.

Chapadão do Céu, que é a primeira de Goiás, teve um índice de 0,8516 ocupando 72º lugar no ranking nacional. Já o município de Goiânia conquistou o índice de 0.8170, ficando em 11º das cidades goianas, mas em 8º entre as capitais do País.

Na outra ponta da lista estão as 10 cidades menos desenvol­vidas de Goiás. São elas: Goianápolis, Divinópolis de Goiás, Cavalcante, São Domingos, Padre Bernardo, Baliza, Teresina de Goiás, Mambaí, Montividiu do Norte e Monte Alegre de Goiás. O município com pior avaliação é Monte Alegre de Goiás, com o índice de 0.5383.

Nenhum comentário:

Postar um comentário