domingo, 3 de junho de 2018

Feminicídio brutal: Homem mata esposa e filho, em Campos Belos/GO

Pai, de camisa vermelha, atirou e matou o filho (esquerda) e a esposa dele, ao centro.
A filha de 15 anos sobreviveu 

Mãe e filho foram mortos a tiros

Uma noite terrivelmente trágica abateu a cidade de Campos Belos, no nordeste goiano, neste sábado (2).

Um homem armado no setor Bom Retiro, identificado como Joecilio Pereira da Silva, de 38 anos, um pedreiro atuante em Campos Belos, voltou para a residência e iniciou uma forte discussão com a mulher dele, Catiane da Silva Dias, de 37 anos, uma cabeleireira da cidade.

As primeiras informações dão de conta que a mulher pediu a separação do casal.

Atordoado e sem aceitar a separação, ele teria passado o sábado bebendo em um bar próximo e no início da noite voltou para casa com a intenção de cometer o crime de feminicídio.

Um dos filhos do casal, Diemerson Pereira Dias, um estudante de 18 anos, partiu em defesa da mãe, quando o homem sacou uma arma e atirou duas vezes contra a mulher e depois deu outros dois tiros contra o filho.

Ambas as vítimas foram atingidas e morreram no local.

O segundo filho do casal, uma adolescente de 15 anos, fugiu da cena criminosa, temendo também ser assassinada pelo pai.

Os assassinatos bárbaros e brutais ocorreram por volta das 20h. A casa do casal fica na Avenida Joaquim de Jesus, no Setor Bom Retiro, atrás do Posto de Saúde.

Após receber a chamada, via 190, uma guarnição da Polícia Militar se deslocou ao endereço e  encontrou Catiane Silva caída ao solo, já sem sinais vitais.

O adolescente Diemerson Dias ainda estava com vida, ao solo e agonizando, com ferimentos causados por arma de fogo.

O SAMU foi acionado, compareceu ao local e constatou que Catiane Silva já estava sem vida.

Os socorristas ainda tentaram reanimar o adolescente, mas devido à gravidade dos ferimentos, ele também não resistiu aos tiros e morreu ali mesmo.

Testemunhas informaram que o casal, na parte da tarde deste sábado, entrou em discussão, em virtude da dissolução do casamento requerida por Catiane. 

O homem não aceitou a decisão, pegou algumas roupas e se dirigiu para uma outra casa que possui na cidade, onde se encontrava a filha menor do casal.

Mais tarde, Joecilio Pereira pegou a filha e voltou para a casa de Catiane, no Setor Bom Retiro, e novamente deu-se seguimento a uma nova discussão, oportunidade em que ele perguntou novamente à mulher se realmente ela queria se separar dele.

Ao receber a resposta afirmativa, dizendo que já tinham "conversado sobre isso", o marido sacou a arma e matou a esposa e o filho.

O pai e marido assassino, após praticar os crimes, fugiu em um Fiat Siena, de cor verde, de quatro portas, de placas não divulgadas.

A informação foi repassada a diversas guarnições da PM, que fizeram diligências e patrulhamentos pela cidade na expectativa de deter o autor do duplo homicídio, mas até agora não se sabe o paradeiro do homem.

Rumores em grupo de whatsapp chegaram a informar um suposto suicídio do assassino, mas a informação não foi confirmada e até a manhã deste domingo (3), ele permanecia foragido.

A polícia científica compareceu ao local, tomou as providências das perícias e encaminhou os corpos ao IML de Campos Belos.

Logo após a liberação pelo IML, os corpos de mãe e filho serão velados a partir das 13h deste domingo trágico, na rua 03, quadra 03, lote 10, setor Morada Nova.

Nas redes sociais há comoção e incredulidade.

Fonte: Dinomar Miranda

Nenhum comentário:

Postar um comentário