quinta-feira, 21 de junho de 2018

Motorista é preso em Flores de Goiás suspeito de ter abusado da filha por mais de 2 anos



Um homem de 44 anos, motorista do prefeito de Flores de Goiás, na região norte do Estado, foi preso na manhã desta quinta-feira (21) suspeito de ter abusado sexualmente da própria filha por cerca de 2 anos.

Os crimes foram denunciados pela própria jovem, que, segundo a Polícia Civil, já teria tentando suicídio diversas vezes devido ao trauma causado pelos crimes.

As investigações sobre o caso foram comandadas pelo delegado Jandson Bernardo da Silva, do Distrito Policial de Flores de Goiás. De acordo com ele, a menina foi criada sozinha pelo pai, já que a mãe era alcoólatra e perdeu contato com a família.

“Desde os 13 ou 14 anos ela era abusada com frequência”, disse o delegado. “Apesar de não haver conjunção carnal, ele cometia atos libidinosos, como passar a mão ou tentar a penetração.”

O delegado destaca que a jovem já tentou o suicídio em diversas ocasiões, sendo socorrida pelos vizinhos. Devido a uma dessas tentativas, ela foi levada a um Centro de Atenção Psicossocial (Caps), onde contou sobre os abusos, fazendo com que o caso chegasse ao conhecimento da polícia.

O suspeito foi preso preventivamente, sem prazo para ser colocado em liberdade. O inquérito sobre o caso já foi levado ao Judiciário e o homem está detido no presídio de Flores de Goiás.

De acordo com o delegado, ele nega a prática dos crimes. “No entanto, as provas reunidas e as palavras da vítima com outras provas confirmam a veracidade da denúncia”, ressalta Jandson.

A reportagem tentou contato com a Prefeitura de Flores de Goiás, mas as ligações não foram atendidas.

Fonte: O Popular

Nenhum comentário:

Postar um comentário