sexta-feira, 31 de agosto de 2018

A menina pastora, que morou em Campos Belos/GO, conquista público das mídias sociais e das ruas de São Paulo



A pequena Vitória Santos de Deus, de 10 anos, é um talento precoce. Sua pureza infantil comove e sua voz em formação se destaca pela potência. Demonstrando profunda fé em Deus e devoção religiosa, ela controla seus gestos com total consciência e tem uma fala cheia de dramaticidade. É uma criança realmente cativante e poderosa.

Vitória ganhou fama nos últimos três meses cantando gospel e pregando a palavra do Senhor em vários locais de São Paulo, especialmente no bairro do Brás e na avenida Paulista, onde se apresenta aos domingos, nas proximidades do Masp. Ela tem angariado uma multidão de seguidores no Instagram e no YouTube com sua exortação religiosa, graciosidade e também pela interação com astros e estrelas, como Anitta, com quem fez uma transmissão ao vivo, e Nego do Borel, para quem orou. Sua conta no Instagram foi de zero a 318 mil seguidores de maio para cá e seu canal no YouTube alcançou 26,5 mil seguidores no mesmo período.

“Desde pequena eu tenho esse dom. Eu tinha três anos e já comecei a cantar”, lembra Vitória. “No começo meu pai não queria me levar para as ruas, mas eu nasci para pregar a palavra de Deus”.

Vitória nasceu em Petrolina, Pernambuco, e tem viajado pelo Brasil desde um ano de idade na companhia do pai, o funileiro Cícero Graciliano de Deus, de 51 anos, que também é cantor de gospel e seu grande incentivador. Assim que nasceu, a menina teve graves problemas respiratórios, mas conseguiu sobreviver. Ia se chamar Ester, mas uma missionária da sua cidade natal sugeriu o nome de Vitória e disse que a menina tinha um dom divino.

Aos cinco anos, começou a exibir seus dotes artísticos e seu ardor religioso em apresentações nas ruas. Antes de chegar a São Paulo, no começo do ano, morou nas cidades de Formosa e Campos Belos, em Goiás, e em Brasília, onde gravou seu primeiro CD, então com oito anos.

Diz, porém, que em São Paulo encontrou o que buscava. “Aqui é o meu lugar, eu vim para cá pregar a palavra de Deus porque aqui há um grande fluxo de pessoas e muitos moradores de rua”, afirma. “Eu tenho um sonho de pregar para as multidões e também de montar um centro de recuperação para as pessoas desamparadas”.

Distribuidora de bebidas era usada como fachada para tráfico, em Alto Paraíso de Goiás



Policiais Civis de Alto Paraíso de Goiás prenderam, na quinta-feira (30), o proprietário de uma distribuidora de bebidas do município que usava o estabelecimento como disfarce para tráfico de drogas.

Após receber denúncias e monitorar o local, a equipe da Delegacia de Polícia (DP) de Alto Paraíso de Goiás constatou que uma conhecida distribuidora de bebidas, localizada na região da Praça Canaã, era usada como fachada para realização de comércio ilegal de substâncias entorpecentes ilícitas.

A equipe de investigadores realizou uma abordagem e busca no local, onde foi encontrada grande quantidade de substância suspeita, que pode se tratar de cocaína, uma pistola carregada com sete munições e R$ 2,5 mil, que podem ter sido obtidos por meio de tráfico de drogas.

Durante a abordagem, o dono do local fez menção de oferecer dinheiro para ser liberado pelos policiais. Ele foi preso em flagrante por tráfico de drogas e porte ilegal de arma.

Fonte: O Hoje

Guru espiritual Prem Baba nega acusações de abuso



O guru espiritual Sri Prem Baba nega que tenha abusado da confiança de uma de suas discípulas para manter relações sexuais com ela. Na quinta-feira, a colunista do jornal Folha de S.Paulo Mônica Bergamo divulgou que o guru foi acusado de abuso por ex-maridos de duas de suas seguidoras. As denúncias foram realizadas durante um encontro do líder hinduísta com cerca de trinta discípulos no último domingo.

“Conforme Sri Prem Baba anunciou em conversas com discípulos nos últimos dias, ele ingressou numa fase de recolhimento e evitará novas comunicações. Portanto, não está concedendo entrevistas sobre este tema e sobre seu trabalho. No vídeo mencionado pela reportagem de Mônica Bergamo, nesta quinta-feira, no jornal Folha de S.Paulo, Prem Baba conversou com a comunidade sobre a revelação de relação amorosa ocorrida no passado. Hoje ele tem a consciência dos questionamentos que surgiram, mas expressa, com humildade, a convicção de que o amor continuará a iluminar aqueles que o seguem”, diz nota enviada por sua assessoria de imprensa.

Um dos ex-maridos relatou à colunista da Folha que já fazia parte do grupo do líder com a esposa, quando, em 2008, eles passavam por uma crise conjugal. A mulher, que assessorava a agenda do guru, pediu ajuda para salvar o casamento. Prem Baba deu conselhos e a convidou para exercícios tântricos, antes de manterem relações sexuais ao longo de dois anos.

O casal se separou e a mulher contou o caso para o ex-marido há cerca de três semanas, depois de sofrer de depressão e síndrome do pânico e buscar tratamento psicológico tradicional, em que teria percebido que foi vítima de abuso. O outro caso relatado no evento teria sido semelhante, com a diferença de que o relacionamento com o líder espiritual não teria progredido.

Presos queimam colchões em motim no presídio de Formosa/GO



Detentos do Presídio Estadual de Formosa começaram uma revolta na tarde de quinta-feira (30). Segundo a Diretoria-Geral de Administração Penitenciária (DGAP), eles queimaram colchões durante o motim, que foi contido por agentes da unidade sem deixar mortos ou feridos.

O órgão disse ainda que o incêndio ocorreu “em algumas celas e na área destinada a visitas íntimas”.

Além dos agentes da unidade, o Grupo de Intervenção Tática (GIT), a Polícia Militar e o Corpo de Bombeiros foram ao local para ajudar a manter a ordem.

Prefeito de Miracema/TO é encontrado morto dentro do próprio carro com tiro na cabeça



O prefeito de Miracema do Tocantins, Moisés Costa da Silva (MDB), conhecido como Moisés da Sercon, foi encontrado morto na tarde de quinta-feira (30).

Segundo o irmão dele, Fidel Costa, ele estava em Miranorte e dispensou funcionários que o acompanhavam para fazer uma visita ao prefeito Antônio Carlos Martins (MDB).

As cidades são vizinhas.  Isso aconteceu por volta das 11h.

Os funcionários e a escolta ficaram aguardando Moisés Costa em um posto de combustíveis, mas ele não retornou. Ainda não foi confirmado se ele chegou a falar com o prefeito de Miranorte.

O corpo foi localizado horas mais tarde dentro da caminhonete dele em uma rodovia que liga Miranorte a Rio dos Bois. A Polícia Militar informou que ele estava sentado dentro da caminhonete e que tinha uma marca de tiro na cabeça.

Um revólver 38 também foi encontrado com a vítima. A perícia foi chamada para o local. A Secretaria de Segurança Pública informou que o corpo do prefeito será levado para o Instituto Médico Legal de Palmas.

A investigação ficará sob responsabilidade da delegacia de Miracema, mas equipes de Palmas vão dar suporte ao delegado da cidade.

Em nota, a prefeitura de Miracema disse que o prefeito não tinha inimigos e negou que ele usasse serviço de seguranças, como havia sido informado mais cedo.

Eles disseram ainda que se trata de um homicídio.

Moisés Costa da Silva tinha 44 anos, era casado e trabalhou como empresário e contador em Miracema. Ele se candidatou a um cargo público pela primeira vez em 2016.

Foi eleito prefeito de Miracema com 84% dos votos válidos e estava no primeiro mandato.

Fonte: G1

quinta-feira, 30 de agosto de 2018

Baldy garante R$ 50 milhões em Cartão Reforma para quase 9 mil novas famílias goianas. Município de Posse/GO foi selecionado



Milhares de famílias goianas já podem comemorar o sonho da casa reformada. Responsável pelo comando do Ministério das Cidades e um incansável lutador pelas causas dos goianos e brasileiros, Alexandre Baldy garante R$ 50 milhões em Cartão Reforma para 8,6 mil novas famílias goianas.

A seleção final das propostas foi publicada no Diário Oficial da União (DOU). Os recursos beneficiarão 8,6 mil novas famílias goianas de 51 municípios do estado.

O Programa Cartão Reforma permite a famílias com renda de até R$ 2,8 mil que reformem suas casas e que vivam com mais conforto e dignidade.

“É meu compromisso com os brasileiros e goianos garantir moradia digna a todos, melhorando a qualidade de vida de cada cidadão, de cada pai e de cada mãe de família. Assim como a moradia, o Cartão Reforma é extremamente importante. Porque ele oportuniza as famílias a rebocarem a casa, a construírem um bom banheiro, um novo cômodo ou por uma bela pintura na parede”, afirma o ministro Baldy.

A expectativa é de que, em 40 dias, o Ministério das Cidades assine os contratos com a Caixa Econômica Federal. Em seguida, os recursos serão enviados às Prefeituras, que os repassarão às 8,6 mil famílias beneficiadas.

Neste processo, foram selecionadas propostas dos municípios de Americano do Brasil, Anápolis, Anicuns, Araçu, Buriti de Goiás, Caçu, Caldas Novas, Campos Verdes, Castelândia, Cezarina, Cidade Ocidental, Cidade de Goiás, Cocalzinho, Corumbaíba, Cristalina, Cumari, Doverlândia, Edealina, Gameleira de Goiás, Goianápolis, Goiânia, Gouvelândia, Guaraíta, Heitoraí, Hidrolândia, Itaguari, Itajá, Itapaci, Jataí, Joviânia, Luziânia, Matrinchã, Morro Agudo, Nazário, Orizona, Paranaiguara, Pilar de Goiás, Piracanjuba, Porteirão, Posse, Rianápolis, Sanclerlândia, Santa Bárbara, Santa Fé, Santa Helena, São Francisco, São João D’Aliança, São João da Paraúna, São Luís de Montes Belos, Trindade e Valparaíso.

Fonte: jornal Hora Extra

Conheça São Domingos/GO: o portal do Parque Terra Ronca



São Domingos localiza-se na porção conhecida como Nordeste Goiano, divisa com o estado da Bahia e faz parte da Microrregião do Vão do Paranã. Sua população é estimada em 10.996 habitantes, de acordo com o censo 2010.

A cidade é cercada pela Serra Geral, antes banhada pelo Rio São Domingos e hoje é quase uma ilha cercada também pelo Lago da Represa do rio, devido à barragem da hidroelétrica.

O rio possui mais de uma centena de nascentes de água cristalina, todas provenientes das veredas dos Buritis.



Líder espiritual Prem Baba é acusado de abusar de mulheres casadas. Ele recebe seguidores e simpatizantes em Alto Paraíso de Goiás



O guru espiritual hinduísta Sri Prem Baba, de 52 anos, foi denunciado por abuso sexual contra duas ex-discípulas de sua comunidade em São Paulo. Ele é considerado mestre de celebridades como a atriz Bruna Lombardi e o ator Reynaldo Gianecchini e possui adeptos em todo o mundo. Seu perfil no Instagram atualmente conta com mais de 240 mil seguidores.

De acordo com a jornalista Mônica Bergamo, do jornal Folha de S. Paulo, a acusação partiu dos ex-maridos das mulheres e foi feita no último domingo (26) em um encontro do mestre com dezenas de pessoas para a prestação de esclarecimentos sobre os casos.

Em um vídeo divulgado exclusivamente para seus seguidores na última terça-feira (28), Prem Baba, que havia se declarado celibatário, não nega ter tido relações sexuais com as duas ex-discípulas. Segundo ele, os casos ocorreram entre 2008 e 2010. No entanto, o guru reprime o uso da palavra abuso.

As denúncias

O primeiro caso teve início em 2008. Segundo um dos ex-maridos das ex-discípulas de Prem Baba, o casal enfrentava uma crise e procurou o guru. Os dois já integravam o grupo de seguidores do mestre hinduísta e a mulher até prestava serviços de assessoria em questões de agenda do mestre.

Após uma conversa, a mulher foi convidada para uma conversa onde uma proposta de realização de exercícios tântricos foi feita. Logo depois, a prática evoluiu para relações sexuais. A discípula, de acordo com ex-marido, acreditava que o ato ajudaria o casal a se reaproximar. O relacionamento entre Prem Baba e a mulher, considerado um tratamento, durou dois anos e não surtiu efeito no casamento. O casal acabou se separando, mas ambos seguiram na comunidade do líder hinduísta.

A mulher afirmou que só percebeu ter sido vítima de abuso após buscar auxílio psicológico adicional durante o enfrentamento de um quadro de depressão e síndrome do pânico.

Outra história semelhante veio à tona também há poucas semanas. Porém, neste caso, o relacionamento entre o guru e a discípula não prosseguiu.

O encontro do último domingo foi cercado de tensão. Os ex-maridos chamaram Prem Baba de "o pai do amor que não sabe amar" e "o pai da verdade que mente compulsivamente".

Relações Públicas do movimento liderado pelo líder, Fabio Toreta afirma que Prem Baba é pai de uma adolescente de 15 anos e que nunca negou suas relações amorosas. "A reunião foi uma catarse. Mas é indevido usar a palavra abuso", disse à Folha de S. Paulo.

Retirada

Em vídeo, Prem Baba anunciou que, após a exposição dos casos, antecipará um retiro que faria. "Eu fiquei bem balançado com tudo isso, tomando consciência da decepção que causei em pessoas queridas. Meu coração está devastado por isso e eu vou precisar de um tempo para integrar algo tão intenso".

Com informações Folha de São Paulo

UEG: Já estão abertas as Inscrições para o Festival de Cultura



A Pró-Reitoria de Extensão, Cultura e Assuntos Estudantis (PrE) informa que estão abertas as inscrições para o Festival de Cultura da Universidade Estadual de Goiás (UEG).

Podem se inscrever alunos de graduação e pós-graduação, professores e servidores dos câmpus da UEG.

Os interessados tem até o dia 21 de setembro para realizar a inscrição.

Serão selecionados até 60 trabalhos para se apresentar no Festival de Cultura.

MP denuncia diretor de órgão de proteção à criança de Formosa/GO e mais 3 por organização criminosa



A promotora de Justiça Fernanda Balbinot ofereceu denúncia contra quatro agentes da Divisão de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA) de Formosa, presos preventivamente em operação da Polícia Civil de Goiás. Estão denunciados o diretor da Divisão de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA), Deyvson Batista Queiroz; o agente voluntário de proteção da criança e do adolescente Barzilai de Oliveira Júnior; além de José Sebastião Muniz da Silva, que se passava por agente voluntário, e Alexandre dos Santos Teixeira, que se apresentava como ex-agente voluntário.

Na investigação, presidida pelo delegado José Antônio Machado Sena e acompanhada pela promotora, ficou apurado que o grupo, liderado por Deyvson, integra uma organização criminosa que, mediante emprego de arma e valendo-se da condição de funcionários públicos, destinou-se à prática de crimes de corrupção passiva, deixando de praticar ato de ofício, no caso, a fiscalização da presença de crianças e adolescentes, desacompanhados, em boates, bailes ou promoções dançantes, ou da venda, entrega ou fornecimento a eles de bebida alcoólica, droga ou outros produtos cujos componentes podem causar dependência física ou psíquica.

Na prática, eles cobravam propina mensal de alguns donos de boates em torno de R$ 1,2 mil e valores para a prestação de serviço de “segurança”, bem como valores específicos para determinados eventos. A promotora esclarece, portanto, que o grupo lucrava com a cobrança de somas para que a DPCA não fizesse a fiscalização e pela impositiva contratação dos serviços de segurança por eles prestados, o que resultou no domínio do mercado, em razão do temor imposto aos empresários do ramo de eventos e de segurança.

Desta forma, eles foram denunciados por organização criminosa e corrupção passiva por 29 vezes. Essa denúncia já foi recebida pelo juiz Fernando Oliveira Samuel, sendo também acolhidos os pedidos do MP de afastamento cautelar dos denunciados do cargo, bloqueio de bens deles, no valor de R$ 50 mil, e o compartilhamento de provas. Na mesma decisão, foram negados os pedidos de revogação da prisão preventiva feitos pelos acusados, permanecendo eles, portanto, recolhidos no Centro de Prisão Provisória de Formosa.

A organização criminosa

Consta da denúncia que a organização criminosa, no âmbito da DPCA, atua, pelo menos, desde 2016, com recebimento de valores de donos de boates ou estabelecimento similares, bem como de organizadores de eventos de Formosa, para que ficassem garantidos o acesso e a permanência de crianças e adolescentes desacompanhados, bem como o consumo, por eles, de bebidas alcoólicas, drogas e outros produtos passíveis de dependência física ou psíquica.

Normalmente, para consumar seus crimes, Deyvson entrava em contato com os proprietários ou organizadores, marcando com eles reuniões, onde ele comparecia acompanhado dos demais integrantes do grupo, todos ostensivamente armados. Eles, então, explicavam aos empresários, detalhadamente, as atribuições da DPCA, a extensão das fiscalizações efetivadas, o histórico de multas em altos valores aplicadas e a necessidade de obtenção de alvará judicial para a realização de eventos.

Depois disso, pediam valores para que o órgão não realizasse a devida fiscalização, nem exigisse o alvará, requisitando também a contratação do serviço de segurança por eles prestado, com valores expressivamente mais altos que os de mercado.

Havendo a submissão, Barzilai, conhecido como Zero Dois; José Sebastião, o Tiãozin; e Alexandre, o Bombado; sob o comando de Deyvson, o Zero Um, eram os responsáveis por receber os pagamentos em espécie.

Recebido o dinheiro, Zero Um e Zero Dois providenciavam para que as equipes da DPCA não se dirigissem às boates ou aos eventos ou, então, davam ordem para que elas fizessem vista grossa nos locais em que a segurança fosse do grupo. Eles também, pessoalmente ou mediante a contratação de terceiros, faziam a segurança do evento, permitindo a entrada de crianças e adolescentes e o consumo de bebidas e drogas.

Em caso de recusa do pagamento solicitado pela organização, os estabelecimentos e eventos eram rigorosamente fiscalizados pela DPCA, culminando na aplicação de multas e em sérios ônus administrativos aos empresários.

Na denúncia, a promotora relata detalhadamente diversos casos apurados pela Polícia Civil, como os de algumas festas realizadas em 2017 e 2018, em que os organizadores e proprietários se submeteram ao esquema imposto pelo grupo. Por fim, destaca que, quando foi cumprido o mandado de busca e apreensão contra José Sebastião, os policiais civis encontraram em sua casa duas munições intactas, uma peça de farda e uma camiseta da PM e uma imitação de arma de foto. Verificou-se que essas munições eram do mesmo calibre da arma, de uso restrito, ostentada por eles perante testemunhas.

Fonte: MPGO

quarta-feira, 29 de agosto de 2018

Decisão da Corte do TSE que cassou prefeito e vice de Divinópolis de Goiás foi unânime



Decisão unânime tomada pelos ministros do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) na sessão plenária de terça-feira (28) confirmou a cassação dos mandatos e a multa aplicada a Alex Santa Cruz Oliveira (PPS), eleito prefeito de Divinópolis de Goiás, e seu vice, Jofre Pereira Filho.

Ambos foram acusados pelo Ministério Público Eleitoral (MPE) por compra de votos e abuso de poder econômico na eleição de 2016.

A Corte deliberou que, após publicada a decisão, o Tribunal Regional Eleitoral de Goiás (TRE-GO) seja comunicado para que tome providências para realizar nova eleição no município.

O ministro Admar Gonzaga afirmou que a Corte Regional examinou todas as provas dos autos do processo e determinou a punição do candidato eleito com a cassação do mandato e o pagamento de multa.

Segundo o ministro, para o TSE verificar se houve conhecimento dos candidatos sobre a multiplicidade de fatos ilícitos narrados seria necessário revolver o conjunto dos fatos e provas, o que é incabível em recurso especial.

De acordo com o Ministério Público, o candidato Alex Oliveira promoveu distribuição indiscriminada de combustíveis a eleitores em troca de votos na campanha.

Na Ação de Investigação Judicial Eleitoral (Aije) ajuizada, o MPE afirmou também que houve a entrega de passagens rodoviárias a diversos eleitores também com o objetivo de angariar votos.

Fonte: TSE

Divinópolis de Goiás: Presidente da Câmara assumirá prefeitura interinamente



O vereador Reinaldo Araújo Guimarães (PR), presidente da Câmara Municipal de Divinópolis de Goiás, será oficialmente comunicado pela Justiça e será empossado prefeito do município.

A mudança no Executivo ocorre após decisão do Tribunal Superior eleitoral que cassou os mandatos de prefeito e vice-prefeito.

O TSE deverá informar o TRE-GO que comunicará a câmara de vereadores sobre a decisão da corte.

O TSE determinou a realização de nova eleição para prefeito e vice-prefeito do município.

8° Rodeio Show de Pouso Alto - de 06 a 09 de Setembro



O rodeio show de Pouso Alto Goiás, já vai para a sua 8° edição, prometendo ser a melhor de todos os tempos, durante dias 06, 07, 08 e 09 de Setembro.

A festa terá show pirotécnico, rodeio em touros, praça de alimentação e shows.

Na quinta feira (06) abertura do evento ficará por conta do cantor Adriano Lima.

Na sexta feira (07) feriadão, terá um show especial com a banda os Feras do Baile.

Sábado (08) a banda Pancanejo promete agitar a galera.

Domingo (09) promete ser agitado, logo de manhã terá cavalgada, bingo a tarde e a noite o show fica por conta do cantor Thiago Jhonathan, fazendo aquele piseiro do jeito que a galera gosta .

Com a organização Casa de shows Look Dance, realização Cia de rodeio Javae e locução Pécula de Oliveira.

Os candidatos mais ricos de Goiás. Candidato do Nordeste Goiano declarou possuir bens avaliados em R$ 17 milhões



O Tribunal Superior Eleitoral mostra os candidatos melhor aqui­nhoados e que disputam as eleições deste ano em Goiás. O total dos 16 mais ricos somam R$ 358 milhões em posses. Os valores, no entanto, podem variar porque os candidatos não são obrigados a declarar as quantias atualizadas de seus patrimônios.

De acordo com o TSE, o maior patrimônio declarado é do candidato a deputado estadual pela Rede, Gerly Borges Donato, o Cabo Donato, de R$ 50 milhões. De São Luis de Montes Belos, o policial militar declarou ter apenas um galpão e uma casa, valendo R$ 25 milhões cada.

O segundo colocado é Domingos Sávio (DEM), primeiro suplente na chapa de senador de Wilder Morais (DEM). Sávio declarou bens avaliados em R$ 32,7 milhões. Wilder, por sua vez, é o quinto do ranking, com um patrimônio de R$ 28,1 milhão.

Hermes Traldi (PMN), candidato a deputado federal e que já foi prefeito de Goiatuba, aparece em seguida, com R$ 30,6 milhões. A deputada federal Magda Mofatto (PR), candidata à reeleição, tem bens no valor de R$ 28,2 milhões.

O empresário Vanderlan Cardoso (PP), candidato ao Senado, aparece com patrimônio na ordem de R$ 26,6 milhões.

José Essado (Podemos), ex-deputado estadual e que tenta voltar ao Legislativo, diz ter R$ 22,7 milhões em bens.

Francisco Furtado, o Chicão (Rede), aparece com R$ 22,4 milhões.

Ernani de Paula (PP), ex-prefeito de Anápolis, declarou bens na ordem de R$ 20,7 milhões.

Benjamin Beze Júnior, o empresário e ex-vereador em Anápolis, candidato a primeiro suplente na chapa de Jorge Kajuru (PRP), tem R$ 19,1 milhões em bens.

O médico João Adriano (PSol), de Posse declarou possuir bens avaliados em R$ 17 milhões.

O presidente da Assembleia Legislativa, José Vitti (PSDB), primeiro suplente na chapa da senadora Lúcia Vânia (PSB) aparece dom R$ 14,5 milhões em patrimônio.

A lista dos 16 candidatos mais ricos em Goiás é fechada por Armando Vergílio (SD), candidato a deputado estadual, com R$ 12,5 mi­lhões; Genivaldo Marques (PRB), com R$ 11,7 milhões; Iris Araújo (MDB), candidata a deputada federal, com R$ 11,1 milhões: e Eli Rosa (Podemos), ex-vereador de Anápolis e candidato a deputado estadual, com R$ 10,5 milhões.

Fonte: DM

Permanece desaparecido idoso que saiu de Monte Alegre com destino a Teresina de Goiás



Permanece desaparecido o idoso Alpiniano Francisco de Carvalho, 83 anos, segundo afirma o Corpo de Bombeiros de Goiás.

A família, em Monte Alegre (GO), nordeste do estado, está à procura dele desde o dia 22 de agosto, quando saiu de casa, por volta das 14h, com destino a Teresina de Goias e não foi mais visto.

A família está desesperada.

Se você puder ajudar ou trazer informação de alguma forma e ou ter visto o idoso, repasse as informações aos Bombeiros ou à Polícia Militar pelo 190.

Na oportunidade em que saiu de casa, Alpiniano Francisco trajava uma camisa de manga cumprida amarela e chapéu preto.

Com informações Dinomar Miranda

TSE mantém cassação de prefeito e vice e confirma novas eleições em Divinópolis de Goiás



O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) manteve a cassação do prefeito de Divinópolis de Goiás, Alex Santa Cruz Oliveira, e do vice, Jofre Pereira Cirineu Filho, ambos do PPS. Com isso, eles permanecem inelegíveis por 8 anos e terão que pagar multa de R$ 53,2 mil cada.

Eles são acusados de compra de votos, além de doação de combustíveis e passagens em troca também de votos.

O TSE confirmou a realização de novas eleições, devendo o presidente do Legislativo municipal assumir a chefia do Executivo até lá.

Segundo as investigações, os crimes cometidos pelos políticos ocorreram na véspera das eleições municipais de 2016, da qual Alex e Jofre saíram vencedores.

Nos autos, constam depoimento de uma eleitora que afirma ter recebido R$ 50 para votar na chapa do então candidato. A mulher disse que foi abordada em casa no dia do pleito. A sogra dela, testemunha no caso, confirmou a história.

Além disso, a apuração apontou que um tio de Alex adquiriu, na véspera da eleição, R$ 2,4 mil litros de gasolina em um posto de combustíveis. O montante foi dividido em vales de abastecimento de 60 e 40 litros.

A proprietária do estabelecimento, em depoimento, disse que vários veículos foram abastecer no local nos dias seguintes usando os vales.

Posteriormente, o parente do político teria ido ao posto pedindo à mulher que ela emitisse uma declaração na qual constasse que ele era cliente frequente dela. Segundo o TRE-GO, essa questão demonstra a tentativa do homem em "obstruir o andamento" da investigação.

A terceira e última situação analisada seria o repasse de cerca de 40 passagens de ônibus para eleitores de Goiânia poderem ir até a cidade para votar.

segunda-feira, 27 de agosto de 2018

Pesquisa Serpes: Após dez dias de campanha, Caiado tem 40,3%, Eliton 10,1% e Daniel 9,2%



Nos primeiros dez dias de campanha eleitoral, o senador Ronaldo Caiado (DEM) segue isolado na corrida pelo governo de Goiás, com 40,3% das intenções de voto, aponta a quarta rodada da pesquisa Serpes/O POPULAR realizada de 21 a 25 de agosto. O governador José Eliton (PSDB) e o deputado federal Daniel Vilela (MDB) continuam em empate técnico com 10,1% e 9,2%, respectivamente.

O quadro é praticamente o mesmo da terceira rodada, realizada de 6 a 10 de agosto, após as convenções partidárias. A aposta dos adversários de Caiado é de que o cenário pode ser alterado a partir da propaganda eleitoral no rádio e na televisão, que começa na sexta-feira (31).

No novo levantamento, a professora Kátia Maria, presidente estadual do PT, tem 2,7% e o professor Weslei Garcia (PSOL), 2,1%. Alda Lúcia (PCO) aparece com 1,4%. Na semana passada, após o registro da pesquisa, o PCO anunciou que ela será substituída por Alessandro Aquino na disputa. Marcelo Lira (PCB) é o último colocado, com 1,1%.

Dos 801 entrevistados, 16,9% se disseram indecisos e 16,1% afirmaram que vão anular ou não votarão. Os dados são da pesquisa estimulada, em que uma cartela com os nomes dos sete candidatos é apresentada ao eleitor. A margem máxima de erro da pesquisa é de 3,5 pontos porcentuais para mais ou para menos, o que indica que não houve nenhuma variação acima da margem de erro.

Caiado se manteve estável nas quatro rodadas: em abril tinha 39,7%, em junho oscilou negativamente para 38%, chegou a 39,8% e agora passa pela primeira vez os 40%, alcançando 30,2 pontos porcentuais de vantagem. Eliton teve oscilação positiva na segunda rodada, mas seguiu estacionado depois: tinha 6,7% em abril, variou para 10% em junho, passou a 9,9% e agora tem 10,1%.

Já Daniel apresentou variação positiva de 3 pontos na terceira rodada e volta a ter oscilação positiva: aparecia com 6,2% há quatro meses, oscilou negativamente para 5,6% em junho, chegou a 8,6% no início do mês e agora tem 9,2%.

Democrata cresce 3,6 pontos porcentuais na espontânea

Na pesquisa espontânea, em que o eleitor é questionado sobre a intenção de voto sem que seja apresentada uma cartela com os nomes dos candidatos, Ronaldo Caiado (DEM) subiu para 19,1% - 3,6 pontos porcentuais a mais que a terceira rodada, quando aparecia com 15,5%.

José Eliton (PSDB) é citado por 4,2% dos eleitores e Daniel Vilela (MDB), por 1,9% - uma pequena oscilação para o tucano, que tinha 3,7% e o mesmo porcentual para o emedebista. Kátia Maria (PT) tem 1,1%; Alda Lúcia (PCO) e Weslei Garcia (PSOL), 0,6%, cada um e Marcelo Lira (PCB), 0,2%.

O índice de indecisos caiu, mas segue alto: 60,2% dizem não saber em quem votar. Na rodada anterior, eram 64,9%.

Um total de 12% dos eleitores disseram que vão anular ou não votarão, praticamente o mesmo porcentual da rodada anterior.

O Serpes informou que orientou os pesquisadores a alertarem o eleitor sobre a citação de nomes que não estejam na disputa, por isso a relação inclui apenas os sete candidatos oficiais.

Fonte: O Popular

Minha Biblioteca é a nova ferramenta didática da UEG



A Universidade Estadual de Goiás (UEG) dispõe de uma nova ferramenta que oportuniza a estudantes, professores, técnicos e gestores acesso a mais de oito mil títulos em formato digital, o Minha Biblioteca.

A novidade é um consórcio formado pelas editoras Grupo A, Grupo Gen-Atlas, Manole e Saraiva, que disponibiliza conteúdos de ciências Jurídicas, Sociais Aplicadas, Biológicas, Humanas e Exatas.

Ao custo de R$ 233.900 mil, a plataforma virtual fica disponível para a comunidade acadêmica da UEG pelos próximos 36 meses, com 23 mil acessos simultâneos de computadores, tablets, smartphones e notebooks, o que contribuirá sobremaneira para ampliação dos conteúdos didáticos.

“Não há dúvidas de que a plataforma será um fator importante para a ampliação de estudos e pesquisas, a melhoria do processo ensino e aprendizagem e a ampliação das possibilidades de disseminação e construção do conhecimento de forma participativa”, analisa Ceila Rodrigues, bibliotecária da Pró-reitoria de Graduação.

Entre os recursos da plataforma, estão a possibilidade de audiolivro – uma ferramenta que faz a leitura do conteúdo da obra, e é uma importante forma de inclusão dos estudantes cegos -, marcação e destaque de partes do texto, compartilhamento de conteúdo e alguns títulos permitem a impressão de partes do livro – respeitando-se as regras do Minha Biblioteca.

Abaixo o passo a passo para acessar a plataforma:



Fonte: governo de Goiás

Equipe da TV Globo visita o Parque Estadual de Terra Ronca





A equipe do programa Como Será?, apresentado por Sandra Annenberg, da Rede Globo de Televisão, esteve em Terra Ronca no último fim de semana para visitar as principais cavernas do Parque e gravar entrevistas com personagens locais.

O repórter Alexandre Henderson e sua equipe visitaram as cavernas Terra Ronca I, Angélica e São Bernardo para desvendar as belezas naturais encontradas nas principais grutas da região e assim compor o “Hoje é dia de Caverna”, principal quadro do programa.

A reportagem do Guia Terra Ronca acompanhou as gravações e registrou o trabalho dos profissionais ao longo dos três dias de expedição. Moradores, espeleólogos, guias de turismo e outros personagens conhecidos na região foram entrevistados para contar um pouco sobre um dos maiores complexos de cavernas da América Latina.

A equipe se surpreendeu com a viagem, com os lugares visitados e até com as pessoas de Terra Ronca. Para Sabrina Oliveira, produtora responsável pela matéria, a viagem foi além de uma simples matéria. “A gente viveu uma grande experiência em Terra Ronca. Não foi só uma coisa de ver caverna, mas foi de sentir o lugar e sentir as pessoas”, disse Sabrina.

O programa Como Será é exibido todos os sábado às 7 horas, porém não há ainda data confirmada para a veiculação da matéria sobre as cavernas em Terra Ronca, mas o Guia Terra Ronca se compromete a avisar ao seus seguidores nas redes sociais assim que a data for confirmada.

Fonte: Guia Terra Ronca

Conheça o roteiro preferido dos famosos na Chapada dos Veadeiros




A Chapada dos Veadeiros tem sido a escolha de muitos famosos que querem fugir dos agitos dos grandes centros urbanos e buscam contato com a natureza. Thaila Ayala, Jesus Luz, Mônica Iozzi, Isabella Santoni e Hugo Gloss são alguns dos nomes que já se renderam às belezas do local.

Mas, afinal, o que as celebs gostam de fazer quando viajam para lá? Entre cachoeiras cinematográficas e serviço exclusivo de bar na beira das águas, conheça os passeios mais hypados.

Cachoeira Santa Bárbara

Localizada em Cavalcante (GO), a Cachoeira Santa Bárbara merece atenção especial. Tanto ela quanto a da Capivara são grandes patrimônios do cerrado brasileiro graças a suas águas turquesas. As duas maravilhas são protegidas pelo Quilombo Kalunga, que controla o acesso de pessoas e desenvolve o turismo sustentável.

Para chegar até a Santa Bárbara é preciso percorrer, após Cavalcante, 25 km até a comunidade kalunga Engenho II. Chegando lá é necessário ir ao CAT (Centro de Atendimento ao Turista) para contratar um guia que o levará até as quedas. Da comunidade até a cachoeira são mais 6 km de distância. Você pode seguir mais 1 km de carro e percorrer os outros 5 a pé. Quem não tiver preparo ou ânimo para a caminhada existem duas opções: ir de 4×4 para estacionar bem próximo a cachoeira ou contratar um serviço de transporte oferecido no local.

Vale da Lua

O Vale da Lua é uma região peculiar e cheia de mistérios. O point, um dos mais conhecidos da chapada, abriga formações rochosas esculpidas pelo Rio São Miguel durante milhares de anos, que lembram o solo lunar. Para chegar ao Vale da Lua é necessário fazer uma trilha de fácil acesso, percorrendo apenas 600 metros.

A atração fica próxima à Vila de São Jorge,  apenas 11km pela estrada principal da Chapada (GO-239) até uma pequena estrada de terra contornada por árvores do lado oposto ao Parque Nacional, que dá acesso a recepção. Paga-se um pequena taxa na entrada para manutenção do local.

Almécegas

As cachoeiras Almécegas 1 e 2 estão localizadas entre a cidade de Alto Paraíso (GO) e a Vila de São Jorge. As duas quedas d’água estão entre as principais atrações da região. Situadas dentro da Fazenda São Bento, é necessário pagar uma taxa para conhecê-las de perto. Há também a possibilidade de se hospedar na pousada Inácia, que também dá acesso ao local e não cobra por isso. Aliás, a pousada é reduto de famosos, que querem aventura com conforto.

É preciso pegar uma estrada de aproximadamente 3 km (é possível fazer de carro ou a pé). Depois são mais 1,5km de trilha bem sinalizada com placas até a cachoeira Almécegas 1. A queda d’água despenca em uma altura de 45 metros em forma de véu de noiva em uma piscina de águas verdes. O lugar é perfeito para a prática de rapel.

Cachoeira do Doutor e Gabi

Localizadas próximas de Alto Paraíso, as duas quedas d’água estão dentro da propriedade da pousada Inácia e são praticamente exclusivas, sem acesso do grande público. São cachoeiras com acesso rápido, a apenas 5 minutos dos chalés do hotel boutique, que ainda oferece um serviço exclusivo de atendimento do restaurante L’Alcofa. O local é aberto tanto para hóspedes quanto para clientes do restaurante.

Cataratas dos Couros

As Cataratas dos Couros são formadas por cachoeiras, poços e corredeiras. É destino certo para ecoturistas e amantes de programas outdoor. O local possui uma sequência surpreendente de quedas que forma paisagens para lá de cinematográficas. Saindo de Alto Paraíso, são 16 km de asfalto e depois mais 35 km de terra. Para a aventura, contratar uma agência local ou guia da região é uma boa pedida. A trilha é de nível fácil, mas pode ser perigosa se feita sem atenção e conhecimento da região.

Loquinhas

Localizada a exatos 4 km do centro de Alto Paraíso, o imenso poço de águas transparentes, com tons de azul e verde, é cercado por um paredão rochoso cortado por uma enorme queda d’água, considerada uma das mais belas da região.

Como a maioria das cachoeiras da Chapada dos Veadeiros, a atração fica em uma propriedade privada, sendo necessário pagar uma pequena taxa para visitação. Lá estão o Circuito Loquinhas e o Circuito Violeta. Se você desejar conhecer ambos no mesmo dia, indicamos chegar bem cedo, visto que cada circuito é composto de várias atrações.

Macaquinhos

A Cachoeira do Macaquinho é um circuito ainda não tão conhecido por lá. Para chegar não há muito segredo. Mas o acesso tem algumas dificuldades.

O lugar é lindo. São várias cachoeiras com diferentes atrativos: o visitante pode encontrar poços de água cristalina e de cor verde esmeralda. As quedas vão desde as pequenas, que formam hidromassagens naturais, até as maiores. Há até uma cachoeira exclusiva para a prática do nudismo.

Fonte: Assessoria de Comunicação Chapada

Posse/GO recebeu a última regional dos Jogos Abertos de Goiás



O município de Posse, no Nordeste goiano, recebeu no último final de semana a última regional dos Jogos Abertos de Goiás. Seiscentos atletas amadores de nove municípios participaram das disputas masculinas e femininas de basquete, handebol, futsal, voleibol, além da capoeira.

Participaram desta etapa atletas de Alvorada do Norte, Buritinopolis, Damianópolis, Formosa, Iaciara, Mambaí, Planaltina, Posse, Simolândia. Todos os atletas receberam café da manhã, almoço e jantar gratuitos.

Os jogos de futsal e handebol foram no Ginásio de Esporte Leonidas Augusto Figueredo, os de basquete e voleibol na Quadra Coberta do CPMG – Dom Prudêncio, e a capoeira na Quadra do CEPI Argemiro Antônio de Araújo.

O primeiro colocado em cada modalidade foi campeão da etapa regional, além de conquistar uma vaga para a final dos Jogos Abertos que será realizada de 7 a 9 de setembro, em Itumbiara.

A 16ª edição dos Jogos Abertos de Goiás é uma realização da Superintendência Executiva de Esporte e Lazer, através da Secretaria de Educação, Cultura e Esporte (Seduce) em parceria com os municípios e tem como objetivo promover o intercâmbio esportivo entre as cidades, ampliar o desenvolvimento do desporto em Goiás e incentivar o surgimento de novos campeões.

 Final
Até a quinta e penúltima regional, que foi realizada em Ipameri, de 17 e 18 de agosto, 25 municípios já garantiram vaga para final em Itumbiara, de 7 a 9 de setembro.

Neste ano os Jogos Abertos contaram com a participação de representantes de 150 municípios goianos, reunindo quase cinco mil atletas. As competições da fase microrregional foram realizadas em 19 cidades-sede, já as regionais em seis.

Família e Bombeiros procuram idoso desaparecido após viagem entre Monte Alegre e Teresina de Goiás




O Corpo de Bombeiros de Goiás, em Campos Belos, nordeste do estado, está à procura de um idoso, morador da cidade Monte Alegre de Goiás.

Alpiniano Francisco de Carvalho, 83 anos, saiu de casa no último dia 22 de agosto (quarta), por volta das 14h, com destino a Teresina de Goias e não foi mais visto.

A família está desesperada e à procura do idoso.

Militares do Corpo de Bombeiros do canil de Luziânia (GO) está indo à região também para ajudar nas buscas.

Se você puder ajudar ou trazer informação de alguma forma e ou ter visto o idoso, repasse as informações aos Bombeiros ou à Polícia Militar pelo 190.

Na oportunidade em que saiu de casa, Alpiniano Francisco trajava uma camisa de manga cumprida amarela e chapéu preto.

Fonte: Dinomar Miranda

LEM: vereador Raimundinho “Apoiar o menos favorecido é o dever de todos”

sábado, 25 de agosto de 2018

23 cidades goianas estão sem polícia



Metade dos municípios de Goiás possui até dez policiais militares lotados. Desses, 23 não tem nenhum. Já 58,8% das cidades goianas possuem uma proporção de habitantes por PM acima da média estadual. O número de policiais no Estado não é dividido proporcionalmente ao tamanho das cidades.

A Secretaria de Segurança Pública de Goiás (SSP-GO) defende que outros fatores estratégicos como as estatísticas e as manchas criminais devem ser levados em conta, mas reconhece necessidade de aumento de investimento.

Esses dados foram levantados a partir da relação de distribuição do efetivo da Polícia Militar de Goiás (PM-GO) referente ao mês de junho, repassada pelo Centros de Apoio Operacional (CAO) Criminal do Ministério Público Estadual de Goiás (MP-GO) ao qual O POPULAR teve acesso com exclusividade e de levantamento feito pela equipe de reportagem durante os últimos dois meses.

Todas as cidades sem PM possuem menos de 10 mil habitantes. Em alguns casos, as prefeituras desses locais acabam retirando recursos do próprio caixa para ter policiamento em alguns dias das semanas, através do pagamento de hora extra para batalhões de cidades vizinhas. Caso de Edealina, no Sul do Estado, que só tem uma viatura fixa entre sexta e domingo.

O efetivo ativo de Goiás atualmente é de 13,7 mil. Isso representa um policial para cada 471 habitantes. No entanto, está incluído nesse número a parcela de policiais que não estão nas ruas e trabalham em serviço administrativo. Dos 247 municípios goianos, 58% estão com a proporção de moradores por PM acima dessa média estadual (veja quadro).

Entre as cidades com mais de 100 mil habitantes, Anápolis, a terceira mais populosa de Goiás, é a que mais foge da proporção média. São 1,3 mil pessoas por policial. Já Nerópolis, na região metropolitana de Goiânia, possui mais de 3 mil habitantes por PM, média mais alta entre todos os municípios. Em ambas, as prefeituras possuem convênio para pagar horas extras e melhorar o contingente.

Dos 13 municípios que tiveram furto ou roubo com explosão de caixas eletrônicos neste ano, nove tem mais de 471 habitantes por policial, a média do Estado. Oito deles possuem menos de 100 policiais e menos de 100 mil habitantes. Um deles foi Edealina, a cidade com nenhum policial militar.

A capital possui uma proporção alta de policiais, um para cada 265 habitantes. Outros 17 municípios estão em melhor situação.

Das 49 cidades goianas que compõem a região integrada de desenvolvimento do Distrito Federal, 23 apresentam uma proporção entre policial e habitantes melhor que a média estadual e outras 22, pior. Em um caso, não há nenhum policial lotado. Em 3, a reportagem não conseguiu levantar o número.

Ponto de vista

O coordenador do CAO Criminal do MP-GO, promotor Luciano Miranda, relata que os municípios com poucos policiais ficam sem policiamento em momentos de ocorrência, quando precisam levar algum preso em flagrante para uma delegacia, por exemplo. “Existem casos de dois policiais para tomar conta da cidade inteira. Se esses dois policiais tiverem que levar alguém na delegacia, têm que viajar 100 a 200 km e, enquanto isso, a cidade fica sem nenhum PM”, conta.

A relação da distribuição do efetivo da PM-GO será utilizada para que promotores possam cobrar melhorias do Estado, segundo Miranda. “Esses dados alimentam as promotorias de Justiça para que eles invistam a ações civis públicas que entenderem cabíveis, buscar a preocupação de um termo de ajustamento de conduta”, diz.

O titular da SSP-GO, Irapuan Costa Júnior, aponta dois pontos para a existência de cidades sem PM fixo: o custo de construir unidade física para aquartelar esses policiais e a necessidade de maior efetivo no Estado. Uma nova turma de cerca de 2 mil soldados de terceira classe deve se formar entre novembro e dezembro deste ano. É previsto um novo concurso de 2,5 mil vagas ainda em 2018.

Em maio, representantes da Polícia Civil e Militar questionaram reportagem do POPULAR que mostrava que o efetivo policial de Ipameri era abaixo da média do Estado. A cidade havia sofrido uma noite de vários assaltos com uso de explosivos e reféns. Na época, o superintendente da Polícia Judiciária, André Cortêz, defendeu que a distribuição de efetivo policial não é feita a partir de uma “conta matemática simples” e sim com o cruzamento de informações estatísticas sobre a criminalidade.

Divergências

A ausência de policiais militares em algumas cidades é criticada por especialistas ouvidos pela reportagem, mas há quem defenda que uma cidade sem policial não está necessariamente desprotegida. “Às vezes é inviável colocar uma estrutura policial numa determinada cidade, então a base fica em uma para atender às vizinhas”, disse Bruno Langeani, gerente do Instituto Sou da Paz. Ele frisa que é importante, nestes casos, que a PM faça um trabalho de prevenção nas cidades sem efetivos fixos.

Já para o conselheiro do Fórum Brasileiro de Segurança Pública, Elisandro Lotin, não tem como uma cidade ficar protegida sem policial. “Como faz a prevenção nestas cidades?” Ele diz que estas cidades estão mais propensas a crimes como assaltos a banco.

Fonte: O Popular

TRE-GO multa blog em R$ 45 mil



O Tribunal Regional Eleitoral (TRE-GO) multou o dono do blog Goiás Urgente em R$ 45 mil por não retirar, dentro do prazo estabelecido, informação falsa sobre o candidato ao governo de Goiás pelo Democratas, Ronaldo Caiado.

A decisão foi assinada pelo juiz José Proto de Oliveira.

O proprietário do blog, Luiz Carlos Alves, teve nove dias para retirar a notícia do ar. Nesta sábado (25), o Goiás Urgente está fora do ar.

José Gouveia, ex-prefeito de Posse/GO: “Precisamos do hospital regional, temos que acabar com a medicina de ambulância. Posse, quando não tinha governador, era melhor”



O ex-prefeito de Posse, no nordeste goiano, José Gouveia durante comício de Ronaldo Caiado em Posse, falou sobre o descaso do governo do estado.

“Nosso único objetivo é fazer com que nosso Estado tome rumo. A saúde do Nordeste é uma vergonha. Chega, está na hora da mudança! Posse não aguenta mais descaso. Precisamos do hospital regional, temos que acabar com a medicina de ambulância. Posse, quando não tinha governador, era melhor. São oito anos de atraso, parece que (o atual governo) tem prazer de travar benefícios para cá”, reclamou Gouveia.

O vice-prefeito de Posse e apoiador de Ronaldo Caiado, Minguito assegurou que Posse deposita sua esperança de mudança no senador.

“Sei que o povo de Posse está esperançoso porque Goiás não vai virar o Rio de Janeiro. Em março fui convidado a conhecer Ronaldo Caiado e foi na hora que decidi que ia apoiá-lo para restaurar o estado de Goiás. Ele construiu esse momento. Caiado é o candidato escolhido pelo povo do Estado de Goiás”, afirmou Minguito.

Minguito deu também o testemunho do descaso do atual governo e da prefeitura com Posse. “A saúde aqui está uma pouca vergonha, um desrespeito. A incompetência desse prefeito e desse governador impede que cheguem benefícios. Falta dinheiro para asfaltar a entrada de Iaciara, para uma ponte na comunidade do Extremo”, contou.