sexta-feira, 31 de agosto de 2018

A menina pastora, que morou em Campos Belos/GO, conquista público das mídias sociais e das ruas de São Paulo



A pequena Vitória Santos de Deus, de 10 anos, é um talento precoce. Sua pureza infantil comove e sua voz em formação se destaca pela potência. Demonstrando profunda fé em Deus e devoção religiosa, ela controla seus gestos com total consciência e tem uma fala cheia de dramaticidade. É uma criança realmente cativante e poderosa.

Vitória ganhou fama nos últimos três meses cantando gospel e pregando a palavra do Senhor em vários locais de São Paulo, especialmente no bairro do Brás e na avenida Paulista, onde se apresenta aos domingos, nas proximidades do Masp. Ela tem angariado uma multidão de seguidores no Instagram e no YouTube com sua exortação religiosa, graciosidade e também pela interação com astros e estrelas, como Anitta, com quem fez uma transmissão ao vivo, e Nego do Borel, para quem orou. Sua conta no Instagram foi de zero a 318 mil seguidores de maio para cá e seu canal no YouTube alcançou 26,5 mil seguidores no mesmo período.

“Desde pequena eu tenho esse dom. Eu tinha três anos e já comecei a cantar”, lembra Vitória. “No começo meu pai não queria me levar para as ruas, mas eu nasci para pregar a palavra de Deus”.

Vitória nasceu em Petrolina, Pernambuco, e tem viajado pelo Brasil desde um ano de idade na companhia do pai, o funileiro Cícero Graciliano de Deus, de 51 anos, que também é cantor de gospel e seu grande incentivador. Assim que nasceu, a menina teve graves problemas respiratórios, mas conseguiu sobreviver. Ia se chamar Ester, mas uma missionária da sua cidade natal sugeriu o nome de Vitória e disse que a menina tinha um dom divino.

Aos cinco anos, começou a exibir seus dotes artísticos e seu ardor religioso em apresentações nas ruas. Antes de chegar a São Paulo, no começo do ano, morou nas cidades de Formosa e Campos Belos, em Goiás, e em Brasília, onde gravou seu primeiro CD, então com oito anos.

Diz, porém, que em São Paulo encontrou o que buscava. “Aqui é o meu lugar, eu vim para cá pregar a palavra de Deus porque aqui há um grande fluxo de pessoas e muitos moradores de rua”, afirma. “Eu tenho um sonho de pregar para as multidões e também de montar um centro de recuperação para as pessoas desamparadas”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário