quinta-feira, 23 de agosto de 2018

Líder de associação quilombola é preso suspeito de cobrar por benefícios sociais, em Niquelândia/GO



Joarez Dias Ferreiro, presidente de uma associação de quilombolas, foi preso nesta quinta-feira (23) durante uma operação da Polícia Civil PC e do Ministério Público do Estado de Goiás (MPGO) em Niquelândia. Ele é suspeito de cobrar valores indevidos para entregar benefícios sociais.

Segundo informações obtidas pela TV Anhanguera, Joarez, de 52 anos, cobrava R$ 100 por associado para fazer cadastros habitacionais na Agência Goiana de Habitação (Agehab).

Ele também é investigado por um suposto contrato em que uma empresa em seu nome receberia R$ 6 milhões para fazer o acabamento de trezentas casas que seriam construídas para integrantes da associação.

Joarez foi afastado das funções de presidente da associação até o término das investigações e deve responder pelos crimes de estelionato, apropriação indébita e associação criminosa. Também foram cumpridos dois mandados de busca e apreensão na sede da associação e em um ponto na rodovia que ele utilizava para atender os associados.

Fonte: O Popular

Nenhum comentário:

Postar um comentário