sábado, 25 de agosto de 2018

Operação conjunta da PM e da Polícia Civil de Campos Belos prende homem que matou vítima a tiros em Divinópolis de Goiás



Uma operação em conjunto e exitosa das polícias militar e civil, em Campos Belos (GO), prendeu um homem, autor de um homicídio em Divinópolis de Goiás, crime ocorrido nesta semana.

Segundo as informações, o assassinato ocorreu no centro de Divinópolis de Goiás, quando foi morto a tiros uma rapaz identificado como Jurivê Pereira Machado.

Após ouvidas testemunhas, as polícias civil e militar reuniram-se em ação conjunta para poder capturar o suspeito de ser o autor dos disparos e do homicídio, que fugiu logo após o crime para destino incerto, no último dia 22 de agosto.

Durante dois dias de perseguição, foi possível rastrear, com a inteligência da Polícia Civil, o sinal do aparelho de celular do suspeito, que estaria dando localização na cidade de Campos Belos.

Após a constatação, procedeu-se uma organização entre o Delegado de Campos Belos e o Major Leandro Ferreira Carvalho, comandante da 42° CIPM, para poder estipular a melhor estratégia para chegar ao local onde estaria escondido o rapaz.

Após isso, os agentes do Estado se deslocaram até a uma chácara do município, onde o autor estaria escondido. Ao chegar no local, o homem foi encontrado e preso em flagrante.

Depois, guarnições de policiais militares ainda saíram em busca da arma utilizada no homicídio, obtido sucesso em achá-la na posse do irmão dele que mora em Campos Belos.

O irmão também foi conduzido à delegacia pelo crime de posse irregular de arma de fogo.

O delegado de Campos Belos formalizou os dois procedimentos, encaminhando o autor do homicídio para agência prisional e arbitrado fiança de três salários para o irmão.

O autor do homicídio, após os procedimentos, foi encaminhado para a agência Prisional de Campos Belos, ficando à disposição do Poder Judiciário.

Participaram da operação os Policiais Militares: Major Carvalho, Sargentos Rogeldes, Borges, Abreu, Cabos Cipriano e Madureira, além dos alunos Soldado Wolfgang, Batista, Pereira e Magalhães.

Por parte da polícia civil, participaram da operação o Delegado Carlos Eduardo; os agentes Tuyla, Davson, Carloeme e Margareth e os escrivães Caroline e Fabrício.

Com informações e fonte: Dinomar Miranda

Nenhum comentário:

Postar um comentário