sábado, 11 de agosto de 2018

Teresina de Goiás: Polícia Civil prende homem suspeito de estuprar e engravidar a própria irmã de 11 anos



A Delegacia de Polícia de Cavalcante, no nordeste goiano, cumpriu, na manhã deste sábado (11), no município de Teresina de Goiás, o mandado de prisão preventiva em desfavor de RMS, em desdobramento da Operação Lolita – Parte IV, destinada à repressão de crimes sexuais nos municípios de Cavalcante e Teresina de Goiás.

RMS é acusado de estuprar a sua própria irmã, então com onze anos de idade, por três vezes, resultando em gravidez na criança, quando moravam na zona rural do município de Teresina de Goiás.

Em sede de inquérito policial, RMS foi indiciado pela prática do crime de estupro de vulnerável (art. 217-A do Código Penal), praticado em continuidade delitiva (art. 71 do Código Penal), com a incidência das majorantes previstas no arts. 226, II, e 234-A, III, todos do Código Penal Brasileiro – por ter sido praticado contra parente próximo e por ter resultado gravidez na vítima.

Além do Delegado Titular da Comarca de Cavalcante, Dr. George Aguiar Muniz, participaram da operação os Policiais Civis Hélio Oliveira de Araújo Neto e Marden da Silva Oliveira e contou com a colaboração do Presidente do Conselho Tutelar de Teresina de Goiás, Claudimar Fernandes dos Santos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário