quarta-feira, 12 de setembro de 2018

Bispo de Formosa/GO renuncia em carta enviada e aceita pelo Papa Francisco



O Papa Francisco acolheu, nesta quarta-feira (12), o pedido de renúncia de Dom José Ronaldo, acusado de desviar, junto com outros cinco padres, R$ 2 milhões em dízimos da Diocese de Formosa, no Entorno do Distrito Federal.

O anúncio foi publicado pelo Vaticano e divulgado pela Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) na semana em que ocorreu a primeira audiência de instrução do julgamento dos religiosos.

“O Santo Padre Francisco aceitou a renúncia do governo pastoral da diocese de Formosa (Brasil) apresentada por S.E. Dom José Ronaldo Ribeiro e nomeia administrador apostólico de Formosa S.E. Dom Paulo Mendes Peixoto, Arcebispo Metropolitano de Uberaba”, informa o comunicado.

A reportagem tentou contato por telefone com a defesa de Dom José Ronaldo, às 8h30 desta quarta-feira, mas as ligações não foram atendidas até a publicação desta reportagem.

O anúncio foi publicado na madrugada desta quarta-feira, no Bollettino Sala Stampa Della Santa Sede, uma espécie de “diário oficial” do Vaticano.

O comunicado nomeia como bispo responsável pela Diocese de Formosa Dom Paulo Mendes Peixoto, arcebispo Metropolitano de Uberaba, que já havia sido nomeado interventor, depois que o bispo foi preso no último dia 19 de março, durante a Operação Caifás, deflagrada pelo Ministério Público Estadual de Goiás (MP-GO).

Fonte: G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário