domingo, 9 de setembro de 2018

Pesquisa Serpes/O Popular: Ronaldo Caiado (DEM) registra 42,3%, contra 10,9% de José Eliton (PSDB) e 8,6% de Daniel Vilela (MDB)



A primeira semana de propaganda eleitoral na televisão e no rádio não representou impacto no cenário da disputa ao governo de Goiás, sendo mantida a liderança isolada do senador Ronaldo Caiado (DEM), segundo a quinta rodada da pesquisa Serpes/O POPULAR.

O democrata tem 42,3% das intenções de voto, contra 10,9% do governador José Eliton (PSDB) e 8,6% do deputado federal Daniel Vilela (MDB).

A pesquisa foi realizada de 3 a 7 de setembro, encerrando-se exatamente um mês antes das eleições. Foram ouvidos 801 eleitores, em 30 municípios goianos, e a margem de erro é de 3,5 pontos porcentuais para mais ou para menos.

Na comparação com a quarta rodada, levantada de 21 a 25 de agosto, todas as variações ocorreram dentro da margem de erro. Caiado oscilou 2 pontos porcentuais para cima - tinha 40,3% na anterior. Eliton e Daniel, que seguem em empate técnico na segunda colocação, registraram 0,8 ponto porcentual para cima e 0,6 ponto porcentual para baixo, respectivamente.

A propaganda eleitoral, que começou no dia 31 de agosto, era aposta dos adversários de Caiado para tentar reverter a ampla vantagem do democrata. O levantamento do Instituto Serpes alcançou efeitos de quatro dias de blocos dos programas, além das pílulas (inserções diárias de 30 segundos) da corrida ao governo estadual. A propaganda na TV e no rádio se encerra no dia 4 de outubro.

No novo levantamento, a professora Kátia Maria, presidente estadual do PT, tem 3,4% e o professor Weslei Garcia (PSOL), 1,1%. A petista apresentou oscilação positiva de 0,7 ponto porcentual e o socialista variou 1 ponto para baixo. Alda Lúcia (PCO) e Marcelo Lira (PCB) aparecem com 0,9%, cada um.

O índice de indecisos na pesquisa estimulada - quando a cartela com os nomes dos sete candidatos é apresentada ao eleitor - é de 20% - uma variação para cima de 3,1 pontos porcentuais na comparação com a rodada anterior. O porcentual de votos nulos ou de eleitores que disseram que não vão votar caiu de 16,1% para 12%.

De acordo com os resultados da quinta rodada, Caiado venceria no primeiro turno, com 62,11% dos votos válidos. Para sair vitorioso já no dia 7 de outubro, o candidato tem de contar com 50% mais 1 dos votos válidos - que excluem nulos e brancos. No cálculo da simulação, são excluídos os indecisos, que seguem em porcentual alto, de um quinto do eleitorado.

O senador se manteve absolutamente estável nas cinco rodadas da pesquisa Serpes: variou de 39,7% a 40,3% e atinge agora seu maior porcentual.

Eliton teve oscilação positiva na segunda rodada, de junho, mas seguiu estacionado depois: tinha 6,7% em abril e desde então se mantém na casa dos 10%.

Daniel também só teve variações dentro da margem de erro. De 6,2% em abril, chegou a 9,2% na quarta rodada, e agora está com 8,6%. Kátia teve 4,6% em junho e oscilou para baixo.

Fonte: O Popular

Nenhum comentário:

Postar um comentário