quarta-feira, 10 de outubro de 2018

Divinópolis de Goiás: TRE indefere registro de candidatura do Doutor Welisson Oliveira, para concorrer ao cargo de prefeito



O Tribunal Regional Eleitoral de Goiás (TRE-GO) indeferiu o pedido de registro de candidatura a prefeito de Divinópolis de Goiás do Doutor Welisson Oliveira (PPS).

A decisão foi do juiz eleitoral Fernando Marney Oliveira de Carvalho, da 105ª Zona Eleitoral, a qual Divinópolis é distrito eleitoral.

O Ministério Público Eleitoral propôs ação de impugnação de registro de candidatura do doutor Welisson Oliveira, candidato ao cargo de prefeito pela Coligação "Renovar Sempre".

Segundo os autos, o Doutor Welisson não está filiado a partido político e, portanto não pode concorrer ao cargo de prefeito nesta eleição suplementar.

Em sua defesa, doutor Welisson afirmou que se filiou ao Partido Popular Socialista - PPS desde 16/09/2017, mas que não houve inclusão de seu nome na lista oficial junto ao TRE-GO por desleixo do partido que, em duas oportunidades deixou de enviar a lista para o TRE.

A defesa apresentou ainda, comprovante de submissão de relação de filiados, supostamente indicando que sua filiação teria sido realizada em 10 de abril de 2018, porém, o registro foi gravado apenas em 10 de setembro de 2018.

Em virtude da ausência de comprovação da filiação partidária, o juiz eleitoral acolheu a manifestação e indeferiu a candidatura a prefeito do Doutor Welisson Oliveira Carvalho.

A candidata à vice-prefeita na chapa, Maurailma Fernandes (DEM), está apta e pode concorrer ao cargo.

O juiz eleitoral ainda deu prazo para a substituição do candidato a prefeito até o dia 15 de outubro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário