segunda-feira, 1 de outubro de 2018

Polícia prende mais um homem envolvido com crimes sexuais em Cavalcante/GO



A Delegacia de Polícia de Cavalcante (GO), nordeste de Goiás, cumpriu, na manhã desta segunda-feira (1), mandado de prisão preventiva contra um homem, morador da cidade, em desdobramento da Operação Lolita – Parte V, destinada à repressão de crimes sexuais nos municípios de Cavalcante e Teresina de Goiás.

O homem é acusado de estuprar a enteada dele, então com 13 anos de idade, por duas vezes, resultando na gravidez da adolescente.

Segundo a Polícia, em sede de inquérito policial, o acusado foi indiciado pela prática do crime de estupro de vulnerável, praticado em continuidade delitiva, com a agravante do resultado gravidez.
Ele já está preso à disposição justiça criminal de Goiás.

Em Cavalcante existem duas comunidades negras que, no século 19, fugiram da escravidão.

Só que 200 anos depois, a situação é praticamente a mesma: casas com paredes de barro e telhado de capim, sem água e energia elétrica, mas nada é tão grave quanto o trabalho forçado e o abuso sexual de crianças e adolescentes.

Em 2015 estourou um escândalo sexual envolvendo homens ricos da cidade e meninas pobres dessas comunidades.

Com informações: Dinomar Miranda

Nenhum comentário:

Postar um comentário