quarta-feira, 24 de outubro de 2018

Vídeo mostra padre que teria pedido votos para deputado Francisco Jr. durante missa em Posse/GO



Um vídeo gravado durante uma missa da Igreja Católica, realizada na cidade de Posse, no nordeste goiano, mostra um padre possivelmente pedindo votos para o deputado estadual Francisco Jr. (PSD). A gravação foi feita em maio deste ano e é utilizada na investigação do Ministério Público Eleitoral (MP Eleitoral).

“Eu só posso voltar se ele for deputado. Vocês entenderam? Entenderam, mais ou menos o recado do padre? Eu só posso vir se ele for deputado, porque senão não tem jeito de vir, porque fica muito longe. Porque é ele que me traz, entendeu?”, diz o padre, apontado para o deputado, que aparece do lado direito do palco.

Antes de fazer as afirmações, o pároco havia conversado, de longe, com Francisco, sem que a voz fosse captada pelo microfone. Vestido com uma camisa cinza, de óculos, o deputado balança a cabeça e sorri. O padre ainda completa, dizendo: “ai, meu Deus. Depois, se eu tiver complicado a sua vida, aqui, eu não sei como é que é”.

Francisco Jr. foi eleito deputado federal por Goiás com mais de 111 mil votos, o quarto maior número no estado. O parlamentar ainda não se posicionou sobre o conteúdo do vídeo. Segundo a assessoria de imprensa, ele ainda não foi oficialmente notificado sobre a investigação. “Toda a sua campanha foi feita dentro da legalidade, estando à disposição para esclarecimentos futuros quando estiver ciência formal da investigação”, diz, ainda, a nota oficial.

O MP Eleitoral informa que o processo está sob responsabilidade da Procuradoria Regional Eleitoral que, por enquanto, não vai se manifestar com mais detalhes. Segundo notícia publicada no O Globo, o procurador regional eleitoral Alexandre Moreira Tavares abriu investigação para levantar informações sobre o possível uso da estrutura da Igreja Católica em benefício do candidato Francisco Jr. E se houve algum tipo de crime.

Ao final da gravação, o padre que havia pedido votos se dirige àquele que parece ser o padre da igreja onde a missa é celebrada, chamado padre Gabriel. E finaliza, dizendo aos fiéis: “vocês estão entendendo o que o padre está dizendo?”. A plateia responde, dizendo que ‘não’. “Será que eu tenho que ser mais claro ainda?”, finaliza, antes de voltar para o sermão.

A assessoria de imprensa da Arquidiocese de Goiânia informou que não tem um posicionamento e nem vai se manifestar sobre o assunto. A equipe também não soube precisar o nome da igreja na qual o vídeo foi gravado e dos padres que celebraram a missa.


Fonte: Mais Goiás

Nenhum comentário:

Postar um comentário