segunda-feira, 25 de março de 2019

Caiadistas duvidam que o deputado Iso Moreira vai romper com o governador Ronaldo Caiado



O deputado estadual Iso Moreira é filiado ao DEM, mas não se considera caiadista. Ele está profundamente “magoado” com o governador de Goiás, Ronaldo Caiado, igualmente do DEM. O parlamentar alega para os aliados que, apesar de ter sido um dos baluartes da campanha — chegou a abandonar o PSDB para seguir o postulante do partido Democratas —, quando chegaram ao poder, percebeu que o verbo não será pluralizado. Quer dizer, Ronaldo Caiado chegou ao poder, com seu grupo de técnicos, parte deles importada de outros Estados, e “esqueceu” os aliados. Mas Iso Moreira não chegou ao poder; pelo contrário, ficou chupando o dedo.

Dois deputados que conversam com frequência com Iso Moreira afirmam que o deputado quer ser tratado de maneira respeitosa e, sim, quer indicar aliados para o governo.

Noutras palavras, quer participar do governo, quer ser governo de fato e de direito. “Iso é um homem rico e não quer se envolver em bandalheiras. Mas, de fato, quer indicar aliados para cargos de alguma importância”, diz um parlamentar da base governista. “Iso pode romper com Caiado e sair do DEM”, afirma o outro deputado.

Ronaldo Caiado não comenta o assunto com nenhum de seus aliados, pois estaria mais preocupado em resolver a crise do governo. “Ronaldo tem preocupações mais fortes do que discutir cargos de segundo e terceiro escalão”, afirma um parlamentar, que, embora tenha apreço por Iso Moreira, sugere que o colega “está exagerando”. “Ronaldo tem de pagar o funcionalismo, de melhorar a saúde, a educação e a segurança pública. Por isso não pode ficar recebendo Iso Moreira, quase toda semana, para discutir nomeações”, pontua um caiadista.

Um deputado afirma que, no governo de Marconi Perillo, Iso Moreira mantinha mais de 160 aliados no governo. “No governo de Ronaldo, o toma-lá-dá-cá acabou. Iso poderá nomear alguns aliados, mas não poderá trazer uma multidão de pessoas do Nordeste goiano para empregar no governo. O fisiologismo acabou. Não basta dizer que é moderno — é preciso ser moderno na prática”, critica um caiadista. “E anote: Iso não vai romper. Ninguém, em sã consciência, rompe com um governo que está há apenas três meses no poder. Quem tem mais a perder: Ronaldo ou Iso?”

Fonte: Opção

Um comentário:

  1. Iso Moreira só quer ver o lado dele. Essa velha política tem que acabar.

    ResponderExcluir