terça-feira, 30 de abril de 2019

Confira o resultado preliminar do processo seletivo da prefeitura de Monte Alegre de Goiás



A prefeitura Municipal de Monte Alegre de Goiás divulgou nesta terça-feira (30), o resultado preliminar do processo seletivo simplificado para contratação de funcionários.

O processo seletivo foi anunciado pela prefeitura no inicio do mês de abril, as inscrições estiveram abertas no período de 17 a 25 de abril.

Foram selecionados profissionais para diversas áreas, como apoio operacional, psicólogo, nutricionista, monitor de creche, eletricista, coveiro, mecânico, operador de maquinas, gari, motorista, vigia e professor.

Outras profissionais foram para o cadastro de reserva.

Aeronave Asas da saúde socorre paciente com problemas respiratórios em Posse/GO




O serviço de transporte de urgência e emergência de longa distância do Corpo de Bombeiros Militar do Estado de Goiás (CBMGO) foi acionado, na manhã desta terça-feira (30), para atender uma ocorrência no município de Posse, localizado acerca de 520 km de Goiânia.

Os socorristas foram encaminhados para realizarem o transporte de um paciente com problemas respiratórios graves. Segundo a corporação, o paciente transportado possui câncer e será transferido para um hospital especializado em Goiânia.

A aeronave decolou às 7h30 de hoje. A previsão é que ela retorne antes do meio dia. O avião já prestou cerca de dez atendimentos, especialmente na semana Santa que se estendeu ao longo dos dias 14 a 20 de abril.

O deputado Paulo Trabalho (PSL) é um dos representantes do município atendido na Assembleia Legislativa de Goiás. Ele já apresentou projetos de Lei e requerimentos no intuito de dar celeridade ao socorro dos moradores do nordeste goiano. O parlamentar acompanhou a decolagem da equipe na manhã de hoje.

“O avião Asas da Saúde é uma parceria dos Bombeiros com o Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência). Quero agradecer ao governador Ronaldo Caiado (Dem), a bancada de deputados federais e também ao vice-governador Lincoln Tejota (Pros). Esse é um compromisso que assumimos e hoje é uma realidade para o Estado de Goiás”. Disse Trabalho em vídeo publicado nas redes sociais.

O serviço de atendimento de longa distância por aeronave foi lançado durante a passagem do ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, por Goiânia no início do mês. O serviço busca socorrer pacientes que precisam de atendimentos em Goiânia e estão localizados em regiões mais distantes do Estado. A intenção é dar celeridade ao transporte que normalmente é realizado via ambulância.

À época, o secretário Estadual de Saúde, Ismael Alexandrino Júnior, disse explicou que inicialmente a equipe contará com um avião e um helicóptero para socorro das vítimas.

As aeronaves disponibilizadas a equipe de socorristas são: um helicóptero modelo A119MKII e um bimotor Seneca 3. Ambos são equipados com monitor paramédico, bombas de infusão, aspiradores elétricos, oxímetro, respirador e outros recursos fundamentais para a prestação de socorro durante o deslocamento.



Fonte: Opção

Monte Alegre de Goiás: cachorro encontra carreamento de crack com mulher na GO-118



No último sábado, equipes do GPT da Polícia Militar e Canil de Campos Belos, realizavam uma operação na rodovia GO-118, na altura de Monte Alegre de Goiás, quando abordou um veículo VW/Gol em atitude suspeita.

Na abordagem, um dos cães farejou e identificou uma passageira e, após busca minuciosa, foi localizado, sob a vestimenta da mulher, 500 gramas de crack e a quantia de R$ 135,00 em dinheiro.

Diante do fato, foi dado voz de prisão aos envolvidos que foram levados para a Delegacia de Polícia local para as providencias legais.

Fonte: Dinomar Miranda

segunda-feira, 29 de abril de 2019

Juíza mantém efeitos de decreto municipal que interrompeu licença por interesse particular e determina retorno ao trabalho de vereador de Divinópolis de Goiás



A juíza Erika Barbosa Gomes da comarca de São Domingos, manteve os efeitos do decreto municipal 106/2018 e determinou que o vereador de Divinópolis de Goiás, Jair Lima, retorne para o cargo de servidor público da prefeitura municipal.

O vereador entrou com o pedido de liminar para que o município concedesse licença por interesse particular, após o atual prefeito ter revogado, por meio de decreto a licença do vereador.

O vereador é funcionário concursado da prefeitura municipal de Divinópolis de Goiás, na função de agente de limpeza urbana.

Na decisão a juíza disse que o vereador gozou de licença por interesse particular pelo prazo de 1 ano em 2017, embora não tenha juntado documentos a respeito, além disso, o vereador pegou licença de 2 anos em 2018, o que é ilegal, uma vez que o prazo máximo para licença é de 1 ano.

A juiza ponderou ainda que não há provas quanto à incompatibilidade de horários entre os cargos a ponto de permitir afastamento do cargo efetivo.

Por fim, a juíza assegurou o afastamento da função de agente de limpeza urbana quando houver reuniões e compromissos oficiais, devendo haver comunicação prévia à administração municipal e apresentação de documentos. 

Jovem dá à luz em banheiro de casa em Formosa/GO



Uma jovem de 23 anos deu à luz dentro do banheiro da casa dela, em Formosa, no Entorno do Distrito Federal, segundo informações do Corpo de Bombeiros. Ela estava na 36ª semana de gestação.

O parto aconteceu por volta das 14h de sábado (27). Os bombeiros foram chamados para socorrer a grávida, mas, quando a equipe chegou, a criança já havia nascido. Segundo a corporação, foi a avó quem cortou o cordão umbilical.

De acordo com os bombeiros, mãe e filha receberam os primeiros atendimentos na residência. Em seguida, foram levadas para o Hospital Municipal de Formosa.

A equipe do Hospital Municipal de Formosa informou que mãe e filha seguem internadas neste domingo (28), mas estão bem. Ambas estão na enfermaria e, inclusive, a recém-nascida amamenta normalmente. A menina nasceu com 2,7 kg e 46 centímetros.

Fonte: G1

Iso Moreira sugere que está “rompido” com Ernesto Roller e não com Ronaldo Caiado



O deputado estadual Iso Moreira garante que não está rompido com o governador de Goiás, Ronaldo Caiado. Os dois pertencem ao DEM.

Ronaldo Caiado teria ficado “chateado” porque Iso Moreira articulou, com outros deputados, a candidatura de Lissauer Vieira para presidente da Assembleia Legislativa. A vitória de Lissauer foi interpretada como uma derrota do governador.

Mas aos poucos os dois se reaproximaram e retomaram o diálogo, embora o parlamentar não esteja conseguindo indicar aliados para trabalhar no governo do Estado.

Nas conversas com deputados estaduais, Iso Moreira afirma que, no momento, seu “problema” não é com Ronaldo Caiado, e sim com o secretário de Governo, Ernesto Roller. Por conta de desavenças políticas envolvendo o Entorno de Brasília e o Nordeste goiano, os dois são rompidos. “Roller faz tudo para prejudicar a imagem de Iso Moreira junto ao governador. Os dois até conversam, mas não se toleram.”

Fonte: Opção

sábado, 27 de abril de 2019

Prêmio destaca empresas que se destacaram em 2018 em Posse/GO



Um bom atendimento e uma ótima prestação de serviço, isso é o que todo consumidor deseja. Um estudo inédito lançado pela NeoAssist e a Social Miner, do Instituto Ibero-Brasileiro de Relacionamento com o Cliente e outras nove companhias do mercado digital, apontou que  68% dos consumidores pagariam mais por um serviço ou produto se tivessem um atendimento melhor.

Embora muitas empresas tenham essa preocupação, outras, no entanto deixam falhar. Partindo disso, parceiros de um site de publicidade criaram um projeto para que as empresas se estimulassem a sempre qualificar seu atendimento para assim serem eleitas e receberem uma premiação pelo mérito.

Eventos de premiação acontecem em grande parte do território brasileiro, porém em sua grande maioria, todos visando lucros, com isso nasceu no interior de Goiás o Prêmio Esplendor, que através de uma enquete pôs em votação 98 categorias de empresas.

No dia 16 de Fevereiro de 2019, aconteceu a realização da primeira edição do Prêmio Esplendor. O evento premiou 55 empresas/profissionais dentre as 98 categorias da enquete realizada em Dezembro de 2018 na cidade de Posse, no nordeste goiano.

As empresas receberam votos através de uma enquete online, que obteve aproximados três mil votos.

O evento contou com aproximadamente 270 pessoas, prestigiando as empresas e profissionais destaques. Glamour não faltou para este momento, um espaço totalmente desenhando para agradar e impactar os participantes, uma noite para celebrar pela grande conquista. Além da premiação, prestigiaram também do show de Thalles e Júnior, banda local que por sua vez também conquistou o prêmio, enriquecendo ainda mais a festividade.

Relatos de muitos que participaram é que nunca tinham visto nenhum evento parecido, isso mostra que o Prêmio Esplendor trouxe um grande diferencial e foi superagradável.

Muito importante lembrar que a maior objetividade do projeto é focar no crescimento e amadurecimento de serviços realizados pelas empresas, assim como o atendimento que é oferecido aos clientes.

Dentre as categorias de votação, foram eleitas:

1.      Espaço Lá Belly
Salão de Beleza

2.       Stylo Próprio
Moda

3.       Querência dos Bichos
Pet Shop

4.       Loja das embalagens
Loja de Embalagem

5.       Flor de Lis
Barzinho

6.       Flor de Lis
Restaurante

7.       Americanos
Celular e Acessórios

8.        A ideal
Loja de Calçados

9.       Motormaq
Retifica

10. JC Serralheria
Serralheria

11.   O Boticário
Loja de Perfumaria

12.   IMACO
Escola e Colégio

13.   Alta Papelaria
Papelaria

14.   Mundo da informática
Loja de Informática

15.   Speed turbo
Provedor de Internet

16.   Talismã
Loja de Eletrodomésticos

17.   S Martins Presentes E Utilidades
Utensílios Domésticos

18.  Italínea
Móveis Planejados

19.   Selma Joias
Joalheria

20.   Lex Moto Peças
Auto Peças de Motos

21.   A&A Advogados Associados
Escritório de Advocacia

22. Dr.  Eduardo Araujo Gouveia
 Advogado

23.   Smart
Supermercado

24.   Fisk
Escola de Idiomas

25.   HM Torneadora
 Torneadora

26.   Adriana Ruggiero
Arquiteta

27.   Bruno Maciel
Farmacêutico

28.   Elisabeth Manieri
Enfermeira

29.   Heide Neves Veiga
Designer de Sobrancelha

30.   Dr. Willian Yassumitsu
Dentista

31.   Auto Port Veículos
 Concessionária de Veículos

32.   Fênix Contabilidade
Escritório de Contabilidade

33.   Clínica Dr. Edgar
 Clínica Médica

34.   Natalia Dantas Pistori
Psicóloga

35.   Império da Barba –
 Barbearia

36.   Carlos Augusto Santana
Fisioterapeuta

37.   Jessica Passos
Nutricionista

38.   Óptica Nova Visão
Ótica

39.   Torneadora Sagrada Família
Torneadora

40.   Max Frios
 Refrigeração

41.   Thalles e Junior
Músicos

42.   Centro Médico – CMO
Clínica Médica

43.   Tríade Formação Profissional
Cursos Profissionalizantes

44.   Vereador Dedé
Vereador

45.   Dr. Euler Antônio de Araujo
Advogado

46.   Sandoval Imóveis
Imobiliária

47.   Casa de Carne do Claudinho
Açougue

48.   Luciano Gobbi
Serviço de Garçons

49.   Dom Manoel Flores e Festas
Decoração e Buffet

50.   Foto.Com
 Loja de Fotografia

51.   Dkalk
 Comunicação Visual

52.   Clínica Odontológica Gouveia
Clínica Odontológica

53.   Dr. José Gouveia de Araújo
Dentista

54. Primeira Impressão
Gráfica

55. Paula Mariana
Enfermeira

Fonte: Revista Exame e Dino divulgador de Notícias

Policia Civil de Alagoas prende foragida da justiça de Alvorada do Norte/GO



Policiais civis da Divisão de Investigação e Capturas (Deic) prenderam na manhã da última sexta-feira (26) uma foragida da Justiça no Conjunto Eustáquio Gomes, no bairro do Tabuleiro, em Maceió.

De acordo com o delegado Fábio Costa, Priscila Santana de Alcântara, 33, foi presa em cumprimento a mandado de prisão preventiva. Ela foi condenada em 2015 a quase cinco anos de prisão pelo crime de tráfico de drogas em Alvorada do Norte, no nordeste goiano.

Priscila foi presa após denúncia anônima. Ela estava em regime semiaberto quando veio para Alagoas e teve a sua prisão preventiva decretada.

De acordo com o delegado Fábio Costa, na época Priscila foi presa em flagrante pelo Polícia Rodoviária Federal (PRF) após sair de Maceió para pegar droga em Goiás. No retorno para Maceió, ela foi presa em Alvorada do Norte. À época, ela estava com 35 kg de maconha.

Ela foi encaminhada ao sistema prisional de Alagoas onde fica à disposição da justiça de Goiás.

Motociclista fica ferido em acidente na GO-453, em Posse/GO

Fotos: Corpo de Bombeiros



Um motociclista ficou ferido em um acidente neste sábado (27), na GO-453, na zona rural de Posse, no nordeste goiano.

O Corpo de Bombeiros informou que ao chegar no local havia uma equipe do samu realizando o atendimento.

Os bombeiros deram apoio na imobilização e retirada da vítima do local.

A vítima foi transportada pelo Samu para o Hospital Municipal de Posse. De acordo com informações, o motociclista não se feriu gravemente.

Não há informações sobre as causas do acidente.

Nasa publica foto de brasileiro mostrando o céu visto da Chapada dos Veadeiros



O fotógrafo brasileiro Carlos Fairbairn, especialista em registrar imagens do céu noturno e de fenômenos astronômicos, teve uma foto selecionada pela Agência Espacial Americana (Nasa).

O registro da noite estrelada da Chapada dos Veadeiros, em Goiás, é a escolha da Astronomy Picture of the Day (imagem astronômica do dia, em tradução livre).

Nas redes sociais, o astrofotógrafo comemorou o feito. Segundo ele, o céu da Chapada é um dos mais escuros que ele já teve a oportunidade de fotografar no Brasil.

“Imagens de cunho científico, de grandes observatórios profissionais, são muitas das publicações da Agência Espacial Americana. Porém, é muito positivo o espaço que dão para imagens como a minha, que não têm viés científico direto, mas que podem ter ressonância com a divulgação científica para o público geral”, disse.

Na descrição da imagem postada pela Nasa, a agência acentuou a vista da Via Láctea do Hemisfério Sul. “Este belo mosaico celestial foi registrado sob o céu noturno brasileiro.”

A imagem é composta por um mosaico de quatro partes. Cada uma delas recebeu 21 fotos, com um tempo total de execução de três horas para que a imagem ficasse pronta.

Fonte: Metrópoles

sexta-feira, 26 de abril de 2019

MP recorre para reformar decisão sobre contratação de advogado pelo município de São Domingos/GO



O Ministério Público de Goiás interpôs recurso de apelação contra sentença do Juízo de São Domingos, a qual julgou improcedente ação de improbidade administrativa contra a ex-prefeita de São Domingos, Etélia Vanja Moreira Gonçalves, e o advogado Frederico de Melo Reis. Na ação, foram apontadas irregularidades na contratação do advogado, pela prefeitura, sem a observância da Lei de Licitações.

Na decisão, o magistrado entendeu que, apesar de comprovada a prestação de serviços advocatícios ao município, não houve contratação formal nem mesmo remuneração a Frederico, excluindo-se, assim, a tipicidade dos fatos definidos nos artigos 9º e 10 da Lei de Improbidade Administrativa.

No entanto, no recurso interposto pelo promotor Frederico Ramos Machado, é apontado que inquérito civil público instaurado pelo MP apurou que o advogado prestou serviços advocatícios ao município de São Domingos sem, para tanto, ser contratado formalmente, e desrespeitando os preceitos legais e os princípios da administração pública, inclusive, deixando de observar a Lei de Licitações. Ele esclarece que foram encaminhados inúmeros ofícios solicitando esclarecimentos sobre a contratação do advogado, os quais não foram atendidos e, portanto, fez-se necessária a instauração de ação de exibição de documento em face da então prefeita.

Contudo, Etélia Vanja descumpriu determinação judicial e deixou de apresentar documentos referentes à contratação de Frederico Reis, alegando que o advogado jamais foi contratado pelo município. Foram exibidos apenas documentos referente à contratação de outros advogados. “De fato, das investigações não se verifica no site e nos arquivos do Tribunal de Contas dos Municípios (TCM) informações e documentos acerca da contratação de Frederico, como advogado ou procurador do município, nem mesmo pagamentos oriundos dos cofres públicos direcionados a ele, afirmou, acrescentando que, por outro lado, houve prestação de serviço real e devidamente caracterizada. “Desta forma, ao contrário do afirmado e ocultado pela então prefeita, houve, sim, celebração de contrato entre o município de São Domingos e Frederico”, reiterou.

O promotor argumentou que consta nos autos peça processual elaborada e protocolizada por Frederico, na condição de advogado contratado pelo município, e dirigida ao procurador-geral de Justiça do Estado de Goiás, bem como, verifica-se a existência de procuração outorgada pela prefeitura ao Frederico Reis, datada em 18 de julho de 2013.

Para o promotor, este documentos revelam que os acionados “não se limitaram a celebrar contrato de mandato, mas que, de fato, o advogado produziu peças jurídicas, cuja existência Etélia não informou a este juízo, deixando, evidenciada, assim, a contratação ilegal do apelado, que nem mesmo o indigitado procedimento de inexigibilidade de licitação, nos termos da Lei nº 8.666, (Lei de Licitações), foi observado, ou seja, claramente o advogado foi contratado na surdina, em flagrante ilegalidade”, asseverou.

Por fim, o promotor destaca que o valor do prejuízo financeiro para os cofres públicos dificilmente será apurado, uma vez que a ex-prefeita se valeu de uma contratação fraudulenta, que não deixou rastros suficientes para ser calculado na documentação oficial, sem formalizar a contratação e sonegando o pagamento efetuado ao advogado. “De duas uma, ou o advogado não foi contratado pelo município (Etélia Vanja), mas exerceu o importante cargo de procurador municipal, cargo público, diga-se de passagem, em um escancarado exercício ilegal da profissão, com usurpação de função pública, inclusive, passível até de responsabilização criminal, ou então foi contratado pelo município de forma absolutamente ilegal, sem que ao menos fosse instaurado o devido processo de dispensa de licitação, conforme exigido pela Lei 8.666/93. Nas duas hipóteses é inegável a prática da improbidade administrativa”, concluiu.

Fonte: MPGO

Ação do MP exige que frigorífico de Formosa/GO regularize funcionamento, que é potencialmente poluidor



O Ministério Público de Goiás propôs ação civil pública ambiental para obrigar o frigorífico Bandeira Branca Prestadora de Serviços e Comércio de Carnes Ltda ME, localizado no município de Formosa, a se abster de dar continuidade às atividades de abate de animais e de frigorífico, pelo prazo mínimo de 180 dias ou até que consiga obter do órgão ambiental as licenças necessárias (prévia, de instalação e de operação). Também em caráter de urgência, é requerida a imposição da obrigação de instalar canaleta de contenção para evitar extravasamento de resíduos para o solo.

Em caso de descumprimento dessas medidas, é pedida a imposição de multa pecuniária diária no patamar mínimo de R$ 10 mil, revertendo-se ao Fundo Municipal do Meio Ambiente ou, na sua falta, ao Fundo Estadual do Meio Ambiente (Fema).

Conforme destacado na ação, proposta pela promotora de Justiça Caroline Ianhez, a empresa vem mantendo o funcionamento de sua atividade, que é potencialmente poluidora, sem o devido licenciamento ambiental pelo órgão competente. No caso, a licença ambiental do empreendimento está vencida desde 5 de dezembro de 2013, data da última licença de funcionamento ambiental concedida em favor da empresa.

Ela pondera que, se forem contados todos os períodos em que a empresa Bandeira Branca operou sem licença ambiental, contabiliza-se quase 10 anos de atividades sendo exercidas de forma irregular, contrariando as normas ambientais e padrões mínimos de funcionamento. Assim, a promotora observa ser imprescindível que a empresa comprove a eficácia dos métodos de controle sobre o monitoramento das emissões atmosféricas, sobre a eficácia do tratamento de efluentes e promova a instalação de canaletas para impedir o extravasamento de resíduos para o solo na área de coleta de resíduos orgânicos, tais como esterco e vísceras.

“Tais problemas podem ser resolvidos, mas apenas se o forem na seara da intervenção judicial, já que a intervenção administrativa realizada pela Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (Semad) no dia 14 de novembro de 2018 não surtiu nenhum efeito”, afirmou. Ela esclarece que a empresa desprezou a ordem de embargo determinada pela secretaria e continua a exercer as atividades de abatedouro de animais, mesmo sem licença ambiental para tanto, agindo, assim, com total desprezo em relação às regras administrativas e ambientais necessárias ao desempenho da atividade poluidora que exerce. Parecer Técnico Pericial Ambiental elaborado por peritos ambientais do MP-GO confirmaram as diversas irregularidades.

Por fim, Caroline Ianhez argumenta que o frigorífico somente procurou formular pedido de renovação de licença ambiental, desta vez junto ao órgão ambiental municipal, tendo em vista a alteração da competência para licenciar, operada pela Resolução do Conselho Estadual do Meio Ambiente (CEMAm) nº 2/2016, somente após ter sido notificado pelo Ministério Público, em de março deste ano.

Para a promotora, é imprescindível a interdição das atividades de frigorífico e de abatedouro de animais, especialmente como meio de reparar os danos ambientais e econômicos do presente e futuro, até que apresente o licenciamento ambiental válido e comprove o cumprimento das determinantes ambientais mínimas exigidas para o funcionamento do frigorífico, como eficácia do tratamento das lagoas de contenção, das emissões atmosféricas e regularização das canaletas.

Fonte: MPGO

quinta-feira, 25 de abril de 2019

IF Goiano inaugura sede do Campus Posse/GO




O Instituto Federal Goiano realizou na segunda-feira, 22, a cerimônia de inauguração da sede do Campus Posse. A cerimônia contou com a participação do Secretário de Educação Profissional e Tecnológica do Ministério da Educação, Ariosto Antunes Culau, da deputada federal Flávia Morais, autoridades estaduais, municipais, lideranças políticas e membros do Colégio de Dirigentes do IF Goiano.

Para a diretora de implantação da unidade, Simone Estrela, a cerimônia marca o encerramento do ciclo de implantação e dá início a uma nova fase na unidade. "Agradecemos a todos que, de alguma forma, colaboraram com a implantação da unidade. Foi preciso contar com a ajuda dos servidores da unidade e dos colegas de IF Goiano para superar as dificuldades que apareceram pelo caminho, mas chegamos a este momento onde entregamos à comunidade a estrutura para desenvolver uma educação pública gratuita e de qualidade", disse.

O reitor do IF Goiano, Vicente de Almeida, lembrou que o IF Goiano foi a primeira Instituição a chegar na região do nordeste goiano com a oferta de cursos técnicos. "Atualmente já estamos com a oferta de cursos superiores também. Uma instituição que oferta uma educação de excelência tem o poder de transformar toda a região por meio da formação de profissionais qualificados para o mundo do trabalho", disse.

Para o Secretário da SETEC/MEC, Ariosto Antunes, o conjunto de esforços do poder público nas esferas municipal, estadual e federal, na consolidação do IF Goiano na região, tem o poder de trazer o desenvolvimento necessário para o nordeste goiano. "Nesse momento, o compromisso do MEC é com a conclusão e entrega das obras em andamento para que a gente possa colocar a Rede Federal para funcionar com todo o seu potencial. A inauguração é um primeiro passo e, agora, com a estrutura física adequada, tenho certeza que a equipe de profissionais desta unidade poderá entregar uma educação gratuita de qualidade para esta comunidade", encerrou.

Histórico - Fruto da segunda etapa do plano de expansão da Rede Federal de Educação Profissional e Tecnológica, o Campus Posse iniciou suas atividades em 2013, com a oferta de cursos de Formação Inicial e Continuada (FIC), e abriu, em 2014, o curso técnico em Informática. Após mapear as demandas de formação profissional e tecnológica da região, em 2015 passou a ofertar dois novos cursos técnicos: Administração e Agropecuária. Em 2016, além destes cursos, oferta também o Técnico em Agropecuária Integrado ao Ensino Médio, reafirmando o compromisso com o desenvolvimento da região, oferecendo formação desde a educação básica.

Em 2018, a unidade lançou seu primeiro curso superior, com a oferta do Bacharelado em Agronomia, e iniciou a oferta do curso de especialização em Sistemas Integrados de Produção Agropecuária. A unidade possui infraestrutura completa de laboratórios, biblioteca, auditório e salas de aula.





Fonte: IF Goiano

Goiás Turismo apresenta Plano de Trabalho aos representantes da Região das Águas e Cavernas do Cerrado. Evento vai reunir integrantes da Região: Damianópolis, Mambaí e São Domingos/GO



A Goiás Turismo, apresenta nesta quinta-feira, dia 25, o Plano de Trabalho voltado ao setor, durante o I Fórum de Turismo Regional e IV Encontro da Região Turística das Águas e Cavernas do Cerrado. O evento, marcado para às 13h30, no auditório da Prefeitura de Formosa, vai reunir os demais integrantes da Região: Damianópolis, Mambaí e São Domingos.

A programação conta com palestras e debates. Na sexta-feira, dia 26, estão previstas visitas técnicas à Lagoa Feia, Parque Municipal do Itiquira e Aeroporto.

O presidente da Goiás Turismo, Fabrício Amaral, vai apresentar o Plano de Ações para 2019, a partir das 14h30 desta quinta-feira. Em seguida, o Coordenador de Estruturação de Destinos Turísticos da Autarquia, Luciano Guimarães, vai explicar os novos critérios para que os municípios façam parte do Mapa do Turismo Brasileiro, que é um importante instrumento para o desenvolvimento de políticas públicas e a destinação prioritária de recursos do Ministério do Turismo.

Segundo a Superintendente de Turismo de Formosa, Amanda Lima, o evento deve reunir cerca de 100 representantes da área nos municípios. “É grande a nossa expectativa para esse encontro, que vai possibilitar o apoio do presidente Goiás Turismo, Fabrício Amaral, à nossa região depois de ouvir nossos representantes sobre nossas deficiências e demandas”, afirmou.

A reunião com integrantes da Região das Águas e Cavernas do Cerrado encerra a série de encontros do presidente da Goiás Turismo com as dez regiões turísticas para ouvir as demandas e apresentar o Plano de Ações deste ano.

Fonte: Governo de Goiás

Ator Patrick Sampaio, de 'Espelho da vida', dá dicas sobre a Chapada dos Veadeiros




Após se dividir entre os personagens Otávio e Felipe na novela "Espelho da vida", da TV Globo, que terminou em 1º de abril, o ator Patrick Sampaio precisou se desconectar. Para relaxar da rotina pesada de gravações, ele escolheu a Chapada dos Veadeiros, em Goiás.

- Há muito ouvia falar da energia do lugar, que dizem estar em cima de uma imensa placa de quartzo, o que favoreceria vibrações poderosas de cura - explicou o ator, que também integrou o time de roteiristas da última temporada do programa "Amor & Sexo".

A chegada

"Desembarcando em Brasília e alugando um carro (não muito baixo, de preferência), em menos de três horas chega-se em Alto Paraíso de Goiás. Lá há pousadas, campings e hospedagens divididas em 'flats' com toda a estrutura onde é possível ficar sem gastar muito e ainda cozinhar a própria comida. Façam suas reservas antes pela internet para economizar. Os preços na hora são sempre um pouco mais salgados. De lá ou de São Jorge, cidade vizinha também bastante acolhedora, desloca-se de carro para a maioria das atrações naturais ao redor. Vale a pena acordar cedo, tomar um café reforçado e sair pra explorar.

Logo que cheguei fui avisado de que a Chapada é imensa, e que seria impossível conhecer e aproveitar tudo que ela tem a oferecer em apenas cinco dias. Escolhi alguns lugares a partir de dicas de amigos pra conhecer."

Vale da Lua

"O Vale da Lua tem uma formação rochosa que se parece com as crateras lunares. No fim do percurso há uma pequena queda, uma piscina natural onde é possível nadar e pedras para pegar sol."

Almécegas 1

"Tenha atenção aos alertas dos guias e população local sobre quando evitar ou sair de algum local. Às vezes as chuvas ainda não chegaram até você mas já estão enchendo os rios em algum ponto mais elevado dos leitos, o que pode fazer com que as chamadas 'cabeças' ou 'trombas' d'água cheguem rápida e violentamente. Na cachoeira Almécegas 1, vimos a queda estando forte como há muito as pessoas locais não a viam, e fomos orientados a não nos demorar."

Segredo

"Na cachoeira do Segredo, próxima às Almécegas, tentei chegar dois dias seguidos. No primeiro nosso carro atolou e quando conseguimos retirá-lo já era tarde pra pegar a trilha. No segundo dia a chuva fez com que o guia local nos recomendasse evitá-la e acabamos ouvindo que foi mesmo melhor não insistir, já que a chuva voltou e tornou a entrada perigosa."

Fonte: O Globo

Estado de Goiás recorre em processo de empresa da deputada federal Magda Mofatto



A Procuradoria-Geral do Estado (PGE) apresentou embargos de declaração no processo em que a 5ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Estado de Goiás (TJ-GO) manteve a condenação para que o Estado pague aproximadamente R$ 140 milhões (fora juros) à Roma Empreendimentos e Turismo Ltda., empresa da deputada federal Magda Mofatto (PR).

A ação movida contra o Estado pede indenização devido a um financiamento obtido pela Roma na década de 1990 junto ao antigo Banco de Desenvolvimento (BD) para a construção do clube.

A empresa alega que teve prejuízos e lucros cessantes devido à redução do valor financiado. Já o Estado alega que a redução se deveu à inadimplência do grupo Roma, que não pagou pelo financiamento público.

Prefeitura de Cavalcante/GO oferta seleção para assistente e agente social



Estão abertas as inscrições do processo seletivo simplificado da Prefeitura de Cavalcante, em Goiás. Estão sendo oferecidas oito vagas, sendo três para contrato imediato e cinco para formação de cadastro reserva.

Os candidatos podem optar entre os cargos de assistente social, agente administrativo e agente social para exercerem jornadas de trabalho de 30 e 40 horas semanais. Os aprovados receberão remunerações variando entre R$ 998 e R$ 2.500.

Para o cargo de assistente social é necessário ter no mínimo 18 anos de idade, diploma de curso de nível superior de graduação em serviço social e inscrição regular na CRESS/GO. Já para os demais cargos, é preciso nível médio completo e conhecimento na área escolhida.

Os interessados podem se inscrever presencialmente na sede da Prefeitura até 24 de maio, das 8h às 12h. É preciso que os candidatos levem formulário de inscrição, identidade, CPF, título de eleitor e comprovante de votação, curriculum vitae e documento que comprove a formação exigida.

seleção será realizada por análise de currículo e entrevistas. Os candidatos não poderão concorrer para mais de um cargo/função, ficando restrita a inscrição de um cargo/função por candidato.

O processo seletivo terá validade de um ano, contados a partir da data de publicação da homologação do resultado final, podendo ser prorrogado uma única vez, por igual período, a depender do órgão.

Atribuições

Assistente social: oferta de informações e realização de encaminhamentos às famílias usuárias do CRAS, realização de atendimento particularizados e visitas domiciliares às famílias, acompanhamento de famílias encaminhadas pelos serviços de convivência e fortalecimento de vínculos ofertados no território

Agente administrativo: apoio ao trabalho dos técnicos de nível superior da equipe de referência do CRAS, participação de reuniões sistemáticas de planejamento de atividades e de avaliação do processo de trabalho com a equipe e participação das atividades de capacitação.

Agente social: recepção e oferta de informações às famílias usuárias do CRAS, mediação dos processos grupais, próprios dos serviços de convivência e fortalecimentos de vínculos, participação de reuniões sistemáticas de planejamento de atividades e de avaliação do processo de trabalho com a equipe.

Fonte: EM

Ônyx Lorenzoni diz que nos próximos dias será criado decreto para estruturar Ride/DF. Alvorada do Norte, Cavalcante, Flores de Goiás e Simolândia fazem parte



O ministro-chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, anunciou que nos próximos dez dias vai criar um decreto para estruturar o conselho administrativo da Rede Integrada de Desenvolvimento do Distrito Federal e Entorno (Ride). O anúncio foi feito na tarde da última terça-feira (23), no Palácio do Planalto.

O conselho será formado pelos governos federal, estaduais de Goiás, Distrito Federal e Minas Gerais, além das Prefeituras das cidades do entorno de Brasília. O ministro destacou que o momento é propício para a estruturação. A Ride foi criada por uma Lei de 1998 para unificar procedimentos dos serviços públicos dos três estados e da União.

“Estamos com um PPA [Plano Plurianual] se abrindo no Congresso e a própria LDO [Lei de Diretrizes Orçamentárias], permitindo que já para o próximo ano, a gente tenha recursos orçamentários para iniciar as primeiras obras de atendimento do Entorno”, disse Lorenzoni. Sobre a origem dos recursos, ele explicou que serão provenientes o orçamento da união e de fundos extraordinários.

Em contrapartida, cada Estado será obrigado a cumprir um cronograma para apresentação do PPA. Os planos estaduais devem convergir com o PPA nacional em relação ao atendimento das regiões mais carentes, especificamente dos municípios que compõem o Entorno.

Goiás

O anúncio do ministro foi feito após reunião com o governador de Goiás, Ronaldo Caiado (DEM), os ministros do Gabinete de Segurança Institucional, general Augusto Heleno, da Secretaria de Governo, general Carlos Alberto dos Santos Cruz, de Minas e Energia, Almirante Neto; e o vice-governador do Distrito Federal, Paco Britto.

O governador Ronaldo Caiado explicou que os três estados devem definir agendas e prazos para apresentar resultados daquilo que for priorizado, em todas as áreas, como transporte, segurança pública, saúde e educação.

“Este ano já poderemos ter acesso à verba dos Ministérios para avançar em algumas prioridades, dentro de um regime em que o Governo Federal assuma as suas responsabilidades com os estados que compõem a Ride”, disse o democrata.

Alguns benefícios federais concedidos aos municípios que compõem a Ride são: fixação de tarifas, fretes e seguros pelo Ministério da Fazenda; e linhas de crédito especiais e isenções e incentivos fiscais, em caráter temporário, de fomento a atividades produtivas em programas de geração de empregos e fixação de mão-de-obra.

Mudança

Em junho do ano passado, o então presidente Michel Temer (MDB) sancionou uma Lei Complementar que ampliava a área de abrangência da Ride. A justificativa é que outros vários municípios da região têm forte ligação socioeconômica com o Distrito Federal e não são membros originais.

Agora, fazem parte da Rede Integrada: os municípios goianos de Abadiânia, Água Fria de Goiás, Águas Lindas, Alexânia, Cabeceiras, Cidade Ocidental, Cocalzinho de Goiás, Corumbá de Goiás, Cristalina, Formosa, Luziânia, Mimoso de Goiás, Novo Gama, Padre Bernardo, Pirenópolis, Planaltina, Santo Antônio do Descoberto, Valparaíso e Vila Boa. Os municípios mineiros de Unaí e Buritis. E, por último, foram incluídos Alto Paraíso, Alvorada do Norte, Barro Alto, Cavalcante, Flores de Goiás, Goianésia, Niquelândia, São João d’Aliança, Simolândia e Vila Propício, de Goiás. Além das cidades mineiras de Arinos e Cabeceira Grande.

Fonte: Governo de Goiás

terça-feira, 23 de abril de 2019

Ronaldo Caiado sanciona lei que regulamenta vaquejada como atividade cultural em Goiás



O governador Ronaldo Caiado (DEM) sancionou nesta terça-feira (23) a lei que regulamenta a vaquejada como atividade desportiva e cultural em Goiás. Conforme o texto, o vaqueiro que, por motivo injustificado, ferir ou maltratar animais deverá ser penalizado, podendo ser expulso da prova e multado.

O projeto de lei é de autoria do deputado estadual Henrique Arantes (PTB) e foi proposto em outubro de 2017. Os parlamentares aprovaram a proposta em 2ª votação em 21 de março deste ano, quando foi enviada para a sanção do governador.

A vaquejada se trata de uma competição na qual um boi é solto em uma pista e dois vaqueiros, montados em cavalos, tentam derrubar o animal, na maioria das vezes, pelo rabo. A disputa pode ser tanto profissional quanto amadora.

O texto prevê que haja medidas para a proteção do público, peões e animais. Segundo a lei, a competição deve ser realizada em espaço físico apropriado, com dimensões e formato que proporcionem segurança. A pista onde ocorre a disputa deve, obrigatoriamente, permanecer isolada por alambrado, não farpado, contendo placas de aviso e sinalização.

A legislação também determina que o transporte, o trato, o manejo e a montaria não prejudiquem a saúde dos cavalos e bois. Inclusive, em vaquejadas profissionais, é obrigatória a presença de uma equipe de paramédicos e de veterinário de plantão durante a prova.

Crítica da OAB

A aprovação da lei é criticada pela presidente da Comissão Especial de Proteção e Defesa Animal da Ordem dos Advogados do Brasil, seção Goiás, Pauliane Rodrigues da Silva.

“O que a gente preza é a vida do animal. Os veterinários dizem que os animais sentem dor na vaquejada, por que essa crueldade? Bate de frente com o que a gente prega. Causar sofrimento sem necessidade é loucura”, disse a advogada.

Pauliane afirmou que vai se reunir com o conselho e verificar quais medidas podem ser tomadas para barrar a lei. Ela ressalta que uma vaquejada no Ceará já foi proibida pelo Supremo Tribunal Federal (STF), em outubro de 2016, por impor sofrimento aos animais, mesmo que seja um evento cultural.

No entanto, em novembro daquele ano, o então presidente Michel Temer (MDB) sancionou uma lei que considera a vaquejada e o rodeio como manifestações da cultura nacional e patrimônio cultural imaterial. Em maio de 2017, o Congresso Nacional também promulgou uma emenda à Constituição que viabiliza a vaquejada, desde que seja uma manifestação cultural.

Fonte: G1

Em 2018, Enel registrou lucro 14 vezes maior; em contrapartida, investimentos caíram



A Enel Distribuição Goiás ampliou o lucro líquido registrado no ano passado no Estado, mas o investimento foi na contramão. Segundo balanço referente a 2018 e divulgado no último dia 17, a companhia fechou o ano passado no azul com as atividades operacionais em R$ 252 milhões mais o resultado positivo de R$ 1,29 bilhão relacionado a créditos fiscais com a Receita Federal.

Um salto contábil significativo se comparado com 2017, quando registrou R$ 110,32 milhões de lucro líquido.

O lucro mais de 14 vezes maior de um ano para outro contrasta, porém, com a queda de mais de R$ 80 milhões nos investimentos, que passaram de R$ 837,11 milhões em 2017 para R$ 756,67 milhões no ano passado. Em resposta, a empresa afirmou que o salto no lucro é justificado especialmente pelo fato “extraordinário e não recorrente” relacionado a créditos fiscais com a Receita Federal.

Conforme a empresa, esse valor se refere a prejuízos que foram acumulados pela distribuidora durante o período em que ainda era estatal e poderão ser compensados futuramente no Imposto de Renda e Contribuição Social que for devido.

Por isso, o valor não teria relação com os resultados operacionais e não possui efeito no caixa. Quando empresas operam em prejuízo pode ocorrer crédito com a Receita a ser compensado no futuro, como foi o caso da antiga Celg Distribuição (Celg D), o que causa diferença entre o balanço contábil e o caixa.

A Enel explica que, antes da privatização da distribuidora, ela apresentou prejuízo durante mais de 20 anos, sem perspectiva de lucro futuro. Assim, não estaria apta a utilizar o mecanismo dos créditos fiscais, previsto na legislação do Imposto de Renda (Lei 8.981/95, art. 42) e que se aplica a qualquer empresa brasileira desde 1995.

“Como voltou a apresentar resultados positivos, a distribuidora passou a recolher novamente os impostos à Receita Federal e, com base nas perspectivas de resultado positivo nos próximos anos, pode utilizar os créditos fiscais acumulados no passado, de forma gradativa, em um período estimado de dez anos, respeitando as normas contábeis e tributárias vigentes”, descreve em nota.

Para a Enel, o reconhecimento desses créditos fiscais seria importante para fortalecer o balanço contábil da companhia e permite que “tenha capacidade de buscar fontes de financiamento mais adequadas para a sua atividade operacional e seus investimentos futuros, tornando-a mais sustentável para atingir os compromissos de melhoria na qualidade dos serviços”.

No ano passado, o maior volume de investimentos, segundo o balanço, foi direcionado a qualidade do sistema elétrico, com maior atenção a adequação de carga do sistema elétrico, tecnologia da informação, segurança e meio ambiente. Questionada sobre a diferença entre lucro e o investimento, a empresa informou à reportagem que “tem investido 3,5 vezes mais no Estado, em relação aos níveis históricos destinados pela companhia quando ainda era estatal”.

Seriam esses investimentos que possibilitaram melhora na duração (DEC) e na frequência (FEC) das interrupções no fornecimento de energia, respectivamente, de 18,9% e 27,2%. “A duração das interrupções atingiu o melhor patamar desde 2011, em função do maior volume de investimentos”, defende. Porém, a Enel Distribuição Goiás foi eleita a pior distribuidora do País pelo resultado de 2018, pois ultrapassa os limites estipulados pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) para DEC e FEC.

Outro ponto que chama atenção no balanço é o número de consumidores estável, com aumento de apenas 0,3% de um ano para outro. Para o presidente da Associação Brasileira de Engenheiros Eletricistas - Seção Goiás, Petersonn Caparrosa, o balanço mostra que a empresa tem foco na gestão de ativos e no reconhecimento do que foi investido, por isso o investimento não é percebido pelo consumidor. Para ele, a intenção parece ser o retorno do investimento na compra da Celg D. E o consumidor que pode busca alternativas.


Fonte: O Popular