terça-feira, 11 de junho de 2019

MP cobra obras emergenciais de recapeamento na GO-463, em São Domingos/GO



O Ministério Público de Goiás (MP-GO) ajuizou, nesta terça-feira (11/6), ação civil pública contra a Agência Goiana de Infraestrutura e Transportes (Goinfra) e o Estado de Goiás pela omissão dos acionados na manutenção preventiva e corretiva da rodovia GO-463.

O trecho compreendido entre a BR-020 e a GO-110 município de Divinópolis da rodovia, que corta o município de São Domingos, está esburacado e degradado, aponta o MP.

De acordo com o promotor de Justiça Bernardo Monteiro Frayha, autor da ação, a má conservação da via tem aumentado os riscos de acidente e causado prejuízos financeiros: “Os proprietários de veículos, não tão raramente, têm pneus e amortecedores danificados pelos constantes impactos causados pelos inúmeros buracos espalhados ao longo da estrada”, sustenta a ação.

“Merece destaque, também, o perigo gerado aos usuários pelos buracos, na medida em que os motoristas de automóveis, ao tentarem desviar dos impactos, podem vir a atropelar pessoas ou mesmo atingir outros veículos”, argumentou o promotor na ação.

Pedidos

Liminarmente, o MP requereu que a Goinfra seja obrigada a promover as obras emergenciais de recapeamento da rodovia GO-463, sob pena de multa diária de R$ 30 mil.

No mérito, o promotor pediu que a Goinfra seja condenada a realizar as obras necessárias para a trafegabilidade da via e que o Estado seja condenado na condição de responsável solidário. Além disso, o MP requereu o bloqueio de recursos públicos na hipótese de os requeridos não realizarem as obras determinadas liminarmente.

Fonte: MPGO

Nenhum comentário:

Postar um comentário