sexta-feira, 5 de julho de 2019

Chapada dos Veadeiros: Festival Ilumina propõe reconexão humana



O festival Ilumina chega à sua sétima edição com a proposta de reconexão humana. Sexta, sábado e domingo, a Chapada dos Veadeiros receberá uma programação imersiva de música, danças, palestras, aulas de yoga, meditação e gastronomia consciente e vegana.

Os três dias de imersão serão ao lado de uma cachoeira, no coração do cerrado brasileiro.

A produtora cultural Karla Duarte, 48, é correalizadora do evento, e conta que a ideia do festival surgiu quando ela se mudou de Goiânia para a Chapada dos Veadeiros. Ela quis unir o que já fazia em Goiânia, produzindo shows, com a espiritualidade presente no novo lar. “Fiz o encontro de tudo isso: espiritualidade, energia, celebração da arte. A chapada foi o cenário da minha própria transformação”, conta.

A proposta do festival é a promoção do autoconhecimento através de vivências. Karla conta que a escolha das atrações é feita com muito cuidado. “A gente escolheu a programação por afinidade do propósito de promover encontros, autoconhecimento, valorização da arte, da natureza, do que é sagrado”, afirma.

O festival conta com patrocínios de empresas locais de logística, hospedagem, entre outros, que se alinham com a proposta do evento. A coorganizadora diz que a expectativa é que duas mil pessoas participem do Festival Ilumina nesse fim de semana. “Eu espero que os participantes saiam daqui felizes e transformados. Esse é o feedback que sempre temos, e é o que sempre queremos. É um ambiente tranquilo, sem álcool, vegano, que procura a harmonia do corpo e do espírito. A proposta é transformar através do autoconhecimento”, disse.

Nenhum comentário:

Postar um comentário