quarta-feira, 24 de julho de 2019

Chapada dos Veadeiros ganha primeira hospedaria feminista e LGBT



Embora as mulheres lutem pela igualdade de direitos, ainda são muito questionadas e não experimentam uma liberdade completa quando o assunto é viajar sozinha. O mesmo vale para o público LGBT. Os dois estão expostos por questões que envolvem preconceito e discriminação de gênero.

Ao menos na Chapada dos Veadeiros, ambos os grupos poderão se sentir mais seguros. No último fim de semana, a região ganhou a primeira hospedaria exclusivamente feminista e LGBT.

Batizado de A Casa Delas, o empreendimento fica no centro de Alto Paraíso, município de apenas 8 mil habitantes que está entre os programas bate-volta preferidos dos brasilienses.

No comando da hospedaria estão três mulheres: Milka Fonseca, Priscila Marília Martins e Melissa Maurer.

“Pelo momento político, sentimos a necessidade de acolhimento, de nos fortalecermos”, conta Melissa.

Segundo ela, o espaço não é um hostel nem uma pousada. “A intenção é que as pessoas interajam. Não é só sobre contratar um serviço na Chapada, mas sobre troca de experiências”, define.

A casa é pequena, mas acolhedora. Tem dois quartos para casais, um quarto triplo e um quarto “coletiva” – no feminino, propositalmente. Os hóspedes podem compartilhar os dois banheiros, a cozinha, a sala de estar e a área externa, com ducha, churrasqueira e espaço para fogueira. Há também uma lavanderia.

Leia completo aqui

Nenhum comentário:

Postar um comentário