sexta-feira, 30 de agosto de 2019

Deputado Estadual Paulo Trabalho esclarece filiação ao PT em 2011



Após ter a ficha de filiação ao PT exposta nas redes sociais, o Deputado Estadual Paulo Trabalho (PSL) falou sobre o caso e disse que na época não era politico e nem candidato e, se filiou para ajudar um amigo. O deputado havia se filiado ao PT em 2011.

“Na época um amigo me pediu apoio para sair candidato, eu não tinha envolvimento com a política, simplesmente participava votando e apoiando aqueles candidatos que a gente achava que poderia fazer o melhor para cidade, principalmente candidato a prefeito”, disse Paulo Trabalho.

Paulo Trabalho disse que um amigo queria sair candidato na época, e como estava trabalhando na fazenda não tinha tempo para se envolver em questões politicas e o amigo que fez todos os tramites da filiação.

“Um amigo me pediu apoio, que precisava de um número X de filiados para poder sair candidato, embora não fosse o partido que eu fosse adepto, mas disse que era só provisoriamente, depois que saísse candidato mudaria de partido. E eu quis ajudar o amigo, assinei alguns papeis, alguns em branco para ele fazer toda a tramitação, eu ficava muito na fazenda então deixei ele resolver isso na cidade pra mim”, esclarece o deputado.

“Ele então fez a minha filiação nesse partido a qual eu sempre trabalhei contra, mas por interesse em ajuda-lo, deixei de lado essa questão partidária, ai o tempo passou e esqueci desta filiação. Ele acabou não saindo candidato, não deu certo e  acabei esquecendo”, pontou o deputado.

Paulo Trabalho afirmou que quando resolveu entrar para a política, a convite do Deputado Federal delegado Waldir e do PSL, é que foi ver a questão da filiação.

“Eu sempre fui contra o PT, sou oposição ao PT, já fiz diversas manifestações contra o governo Lula, governo Dilma. Isso foi um equívoco, quis ajudar o amigo, ai ficou essa história de ter sido filiado ao PT, mas não foi nada partidário”, finaliza o Deputado Paulo Trabalho.

Um comentário:

  1. O que ele está falando assino em baixo e é a mais pura verdade. Eu fui quem pediu ele para filiar, inclusive ele me disse a época que o partido não tinha nada haver com o alinhamento ideológico dele. Parabéns por falar a verdade.

    ResponderExcluir