quinta-feira, 1 de agosto de 2019

Operação Deslinde investiga sonegação fiscal praticada por rede de supermercados em Posse/GO




Os policiais civis da Delegacia Estadual de Repressão a Crimes Contra a Ordem Tributária (DOT) deflagraram, na manhã da última quarta-feira (31), a Operação Deslinde. A operação integrada teve a participação do fisco estadual e apoio da 13ª Delegacia Regional de Polícia (DRP).

A operação tem como alvo um grupo empresarial do ramo de supermercado atacadista. Foram cumpridos um mandado de prisão e quatro mandados de busca e apreensão nas sedes da empresa no município de Posse, nordeste goiano.

As investigações indicam que a empresa é constituída em nome de “laranjas” e utilizava software visando à não emissão de notas fiscais válidas, o causou enorme prejuízo ao fisco estadual. A prática configura concorrência desleal.

Os policiais apreenderam, durante a operação, documentos extraídos de bancos de dados dos servidores da empresa, além de armas de fogo na residência do proprietário. Foram apreendidas uma pistola Glock .380, uma pistola Ruger calibre .380 ACP, uma Carabina CBC calibre 22, além de um total de 176 munições de calibres diversos.

O trabalho de auditoria fiscal realizado pela Secretaria da Economia vai indicar o valor total dos tributos sonegados.

Os responsáveis responderão pelos crimes de falsidade ideológica, sonegação fiscal e associação criminosa.


Nenhum comentário:

Postar um comentário