sábado, 10 de agosto de 2019

OVG fortalece parcerias e entrega benefícios em Alto Paraíso de Goiás



Conhecer de perto a realidade das famílias mais vulneráveis do Estado para planejar as ações de transformação social dessa população.  Com esse objetivo, equipes da Organização das Voluntárias de Goiás (OVG) e do Gabinete de Políticas Sociais visitaram nesta sexta-feira, dia 9, o município de Alto Paraíso.

A presidente de honra da OVG, Gracinha Caiado, que coordena o Gabinete de Políticas Sociais, a diretora-geral, Adryanna Melo Caiado, e a diretora de Ações Sociais da Organização, Jeane Abdala, começaram a visita pelo Centro de Referência da Assistência Social – CRAS – Novo Horizonte, onde o Programa Meninas de Luz é desenvolvido no município.

No local, cerca de 18 gestantes fazem acompanhamento psicossocial e de saúde com equipe multidisciplinar, que trata de temas relacionados a educação sexual, saúde, cuidados com o bebê, planejamento familiar e direitos do cidadão. “É uma iniciativa que tem transformado a vida dessas meninas. Mas queremos capacitá-las para que possam se tornar empreendedoras e ter uma renda”, destacou a diretora-geral da OVG, Adryana Caiado.

Gracinha Caiado ressaltou que o Gabinete de Políticas Sociais, com o apoio de diversas secretarias do Governo, da OVG e dos municípios, tem buscado mudar a realidade dessa população mais vulnerável. “Estamos desenvolvendo o programa Pé no Chão. Deixamos o gabinete na capital e vamos pessoalmente conhecer as dificuldades desses municípios e, dessa forma, viabilizar soluções. E uma das ações do Governo é a Rede de Oportunidades, envolvendo a Educação. Por meio dela você traz cidadania para o povo, capacita e promove o desenvolvimento dessas famílias”, pontuou.

No município, a equipe da OVG também fez o cadastro da Associação Assistencial Paulo de Tarso, que atende crianças de baixa renda, para que a instituição também receba doações da Organização. Famílias em situação de vulnerabilidade social receberam alimentos, brinquedos, cobertores e outros benefícios.

Nenhum comentário:

Postar um comentário