terça-feira, 12 de novembro de 2019

Chapada dos Veadeiros pelo olhar de Bruna Lombardi




Por Bruna Lombardi,

Finalmente conheci a Chapada dos Veadeiros – foi antes dos incêndios que atingiram o Parque Nacional situado no interior de Goiás, em setembro e em outubro. No coração do país, existe uma infinidade de montanhas, trilhas, pedras, saltos, cânions, matas, cachoeiras, rios, quedas d’agua com formações de piscinas naturais de água turquesa cristalina que fazem a beleza do Cerrado.

Patrimônio Mundial pela Unesco, a Chapada é o centro geológico mais antigo da América do Sul, com um armazenamento de uma extraordinária quantidade de cristais. Por essa abundância de quartzo e pela passagem do paralelo 14 S, a região ficou conhecida como um polo de forte concentração de energia e por isso atrai turistas do mundo inteiro.

A ocupação mística começou há várias décadas. Ao longo do tempo, muitos desses visitantes foram morar nas pequenas cidades próximas, como São Jorge e Alto Paraíso. Aos poucos, vieram muitas tribos, missões e seitas espirituais e foram se formando uma cultura e uma identidade local. A região passou a ser uma combinação entre a gente nativa do Cerrado, os goianos que lidam com a terra e fazendas e os que criaram suas raízes no misticismo. No meio da beleza natural de lugares como a Catarata dos Couros, a Cachoeira dos Segredos e o Poço da Esmeralda, existe a busca da espiritualidade em vários centros de meditação, templos e novas doutrinas que acreditam no uso da força cósmica dos cristais.

A convergência energética dessa enorme placa de cristal sob a superfície, o astral esotérico e o mistério natural do lugar, com suas noites escuras num céu repleto de estrelas, criaram todo um folclore. Lendas sobre constantes visitas extraterrestres transformaram o local.

Existem campos de pouso e estacionamentos para espaçonaves, além de oficinas que se dizem especializadas em discos voadores. Entre crenças e humor, foram abertos bares, lojas e pousadas temáticas.

Ali, naquela profundeza, tudo isso parece fazer sentido e a gente acha natural esses cenários surreais serem visitados por ETs.

Nossos extraterrestres escolheram bem. Os lugares têm uma força e uma beleza únicas, e quem andar pelo Vale da Lua – uma grande formação de pedras esculturais entre cachoeiras – vai mesmo ter uma sensação de estar fora do mundo.

Duas pessoas são presas suspeitas de fraudar licitações em Formosa/GO




O Ministério Público de Goiás (MP-GO) deflagrou, na manhã desta terça-feira (12), em Formosa, operação para combater grupo criminoso com atuação no município voltado à prática de crimes de fraude em licitações, falsidade ideológica e uso de documento falso.

Foram cumpridos dois mandados de prisão preventiva e quatro de busca e apreensão, autorizados pelo juiz da 2ª Vara Criminal de Formosa, Fernando Samuel.

As buscas e prisões foram feitas na empresa AP Piscinas Ltda., alcançando seus proprietários, o servidor público Ari de Sena Souza, e sua ex-mulher, Filomena Maria Ataídes.

Investigações desenvolvidas durante seis meses pelo serviço de inteligência do MP-GO constataram que, desde 2010, os empresários se valeram de documentos ideologicamente falsos e fraudaram licitações, cujos valores, somados, atingem R$ 5,3 milhões.

A operação é coordenada pelo promotor de Justiça Douglas Chegury, com apoio das equipes da Polícia Civil, chefiadas pelos delegados José Antônio Machado e Danilo Meneses. Os acusados tiveram seus bens bloqueados e sequestrados no valor estimado das fraudes para assegurar a reparação dos danos.

Conforme explica o promotor de Justiça, Ari de Sena e Filomena Ataídes são réus em processo criminal instaurado com o recebimento da denúncia pelo Judiciário e, caso condenados, estão sujeitos a penas que podem ultrapassar dez anos de prisão.

Fonte: MPGO

segunda-feira, 11 de novembro de 2019

Idoso de 65 anos é preso com skunk na Rodoviária de Brasília. Suspeito disse que pegou a droga em Alto Paraíso de Goiás



Um senhor de 65 anos foi preso na manhã desta segunda-feira (11), com quantidade de skunk (maconha potencializada) na Rodoviária Interestadual de Brasília. Ele escondia a droga em dois tubos de PVC.

Perguntado, o suspeito informou que pegou a droga em Alto Paraíso de Goiás e que iria entregar para outro homem em Florianópolis-SC.

O Batalhão de Policiamento com Cães (BPCães), por meio do cão Drago, atuou na operação. Ele foi o responsável por farejar a droga na mala do suspeito.

A droga e o suspeito foram levados para a 1ª Delegacia de Polícia (Asa Sul). O idoso foi autuado em flagrante pelo crime de tráfico interestadual de drogas.

GoiásFomento oferece crédito para empreendedores do turismo



Trilhas, banhos de cachoeira, espaço para meditação, jardim sensorial com mais de 100 exemplares de plantas medicinais e muitos outros atrativos esperam os turistas no Refúgio Avalon. A chácara agroecológica, a quatro quilômetros de Pirenópolis faz parte do Caminho de Cora e já recebe os amantes do ecoturismo que se aventuram no trajeto, passando por cidades históricas, povoados, inúmeras cachoeiras e parques.

Animado com o movimento, o proprietário da Refúgio Avalon,  José Carlos Ruiz,  quer melhorar a estrutura do lugar para receber os visitantes com maior conforto.

“Vamos em busca de crédito junto à GoiásFomento  para viabilizar o projeto de ampliação. Pretendemos oferecer hospedagem para atender  a demanda crescente”, diz.   O Caminho de Cora, segundo ele, além de trazer  renda direta para os moradores das cidades que fazem parte do trajeto,  proporciona a troca de experiências, novas culturas entre os moradores dos pontos de apoio e os turistas. "O Caminho de Cora gera emprego,  progresso e mantém os nativos onde sempre viveram sem a necessidade de ir para cidades distantes em busca de trabalho.  Toda cadeia produtiva do turismo ganha com esse grandioso projeto do governo de Goiás",garante o empresário. 

Empreendedorismo

José Carlos Ruiz que também é dono de uma pousada em Pirenópolis,  participou da programação da Caravana do Empreendedor na sede da UEG na cidade histórica, onde centenas de pessoas estiveram presentes nas oficinas, cursos e palestras.  A terceira edição da Caravana do Empreendedor  foi realizada entre os dias 04 e 07 deste mês, e passou nas cidades  de Corumbá, Jaraguá, Cocalzinho, Pirenópolis, São Francisco, Itaguari e Cidade de Goiás.  Em todas elas  a GoiásFomento proferiu palestras  sobre as linhas de crédito que possui  mostrando o passo a passo para a aquisição de empréstimos com juros subsidiados,  do programa ‘Goiás Empreendedor’.  

Ao fazer o balanço positivo da terceira Caravana do Empreendedor, o presidente da GoiásFomento, Rivael Aguiar,  garantiu  que com apoio dos parceiros,  o governo de Goiás pretende levar  o programa para todo o Estado, atendendo quem deseja empreender e gerar empregos e renda.  O 'Goiás Empreendedor' é um programa estratégico do plano de Governo e é coordenado pela Secretaria de Indústria, Comércio e Serviços (SIC), para promover o desenvolvimento do empreendedorismo por meio de linhas de financiamento com juros subsidiados e suporte técnico aos empresários.  São parceiros do programa, a exemplo da GoiásFomento, a Goiás Turismo, Fecomércio, Sebrae, Sesi/Senai, Iel, Faeg, Senar e Banco do Brasil, além da Secretaria de Desenvolvimento e Inovação, da Secretaria de Agricultura, Pecuária e Abastecimento.

Gerência de Comunicação GoiásFomento  - 3216 4930
Darmélia Barbosa (62) 99973 3994
Marilia Paiva  (62) 98222 5148

Pequenos municípios têm receita apertada



Entre 20 municípios com pior resultado no Índice Firjan de Gestão Fiscal (IFGF), 13 correm o risco de serem extintos caso seja aprovada como está a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) do Pacto Federativo. Elas se concentram nas primeiras colocações ao refletir dificuldades com a receita própria, além do descontrole das contas públicas.

O prefeito de Santa Rita do Novo Destino, Edimar de Paula e Souza (PSDB), diz que o município precisa gerar emprego para melhorar e isso significa que é preciso ter empresas por lá. Ele fala em atração de mineradora para extrair alumínio.

“Na crise que o País enfrenta, a gente sabe que se fala em enxugar folha e economizar, mas sou contra porque não se pode tirar da boca do trabalhador”, defende. A cidade é a quarta pior em gestão fiscal no Estado conforme levantamento da Firjan.

Para esses e outros casos, o presidente da Associação Goiana de Municípios (AGM), Paulo Sérgio de Rezende, pontua que mesmo assim reduzir o número de municípios não é a saída para o País. “É preciso ouvir a população dos municípios porque há dificuldades de gestões e é preciso que as receitas do governo federal cheguem”, pontua, ao citar também o desenvolvimento econômico. Sobre descentralização de riquezas, a Secretaria de Indústria e Comércio do Estado informou por nota que o atual governo sabe das dificuldades e tem como meta e prioridade levar indústrias e investimentos para todas as regiões do Estado, especialmente Norte, Nordeste e Entorno do Distrito Federal.

Prefeitura de Jataí/GO abre concurso com mais de 900 vagas e salários de até R$ 2,8 mil



A Prefeitura de Jataí, no sudoeste de Goiás, está com inscrições abertas para concurso público que oferece 918 vagas de emprego. As oportunidades atendem a todos os níveis de escolaridade, com salários que podem chegar a R$ 2,8 mil.

São 592 vagas efetivas e 326 para formação de cadastro reserva. As inscrições seguem até o dia 25 de novembro e acontecem exclusivamente por meio do site da banca organizadora, onde também é encontrado todo o edital.

De acordo com o edital, os candidatos serão avaliados em provas objetivas, que devem acontecer no dia 15 de dezembro de 2019.

Também haverá provas discursivas e análise de títulos, dependendo do cargo pelo qual o candidato concorre.

Confira os cargos:

Fundamental Incompleto

Agente de Higiene e Alimentação
Operador de Máquinas Leves
Operador de Máquinas Pesadas


Ensino Médio

Auxiliar de Atividades Educativas
Auxiliar de Saúde Bucal (técnico)
Auxiliar de Secretaria
Instrutor de Informática
Monitor Social
Técnico de Enfermagem (técnico)
Profissional de Apoio

Ensino Superior

Analista Administrativo
Analista Ambiental
Analista de Tecnologia da Informação
Assistente Social
Auditor de Controladoria
Fonoaudiólogo
Instrutor de Braile
Instrutor de Libras
Nutricionista
Professor de Educação Física
Profissional do Magistério (Classe III)
Psicólogo

Veja os valores das taxas de inscrição:

Nível fundamental: R$ 50,00;
Nível médio: R$ 80,00;
Nível técnico: R$ 80,00;
Nível superior: R$ 110,00.

Concurso para 918 vagas de emprego na Prefeitura de Jataí


Candidatos podem se inscrever até 25 de novembro
Prova ocorre no dia 15 de dezembro

Fonte: G1

sábado, 9 de novembro de 2019

Rede Itego abre matrículas para cursos gratuitos em Alvorada do Norte/GO



Alvorada do Norte, no nordeste goiano, é mais uma cidade beneficiada com os cursos gratuitos de qualificação profissional oferecidos pela Secretaria de Desenvolvimento e Inovação (Sedi), por meio da Rede Itego.

Com pouco mais de oito mil habitantes, o município será beneficiado com 105 vagas distribuídas nos cursos de preparação de salgados, designer de sobrancelha, maquiagem e cuidador de idosos.

Os cursos são gratuitos e ministrados na modalidade presencial na Escola Municipal Professor Odília Justa da Silva. A unidade de ensino está localizada na Rua Jurema, s/n, no centro da cidade.

As matrículas podem ser feitas até o dia 15 para o curso de Cuidador de Idoso, habilitado como qualificação profissional. Para os demais cursos oferecidos no município, que são qualificados como sendo de capacitação profissional, o prazo final é o dia 18 de novembro. As inscrições estão sendo realizadas na Secretaria Municipal de Assistência Social, localizada na Rua Rufino Alves, Quadra 37, Lote, 13.

Destas vagas de qualificação profissional que têm como pré-requisito a conclusão do Ensino Fundamental, 65% são destinadas à comunidade em geral e 35% a alunos da 2ª e 3ª séries do Ensino Médio da Rede Pública de Ensino. A determinação faz parte de uma parceria entre a Sedi e Secretaria de Estado da Educação (Seduc).

Para os candidatos que são alunos do Ensino Médio da Rede Pública de Ensino, as matrículas devem ser feitas na sua escola de origem. Todos os cursos exigem a idade mínima de 16 ou 18 anos. Mais informações pelo site do Ibraceds – Organização Social responsável pela unidade de ensino do Itego (www.ibraceds.org.br), ou pelo telefone (62) 3906-6385.

50 celulares são apreendidos no presídio de Formosa/GO



Cinquenta celulares foram apreendidos no Presídio de Formosa na manhã deste sábado (9). Os aparelhos estavam escondidos em pedras de mármore que faziam parte de um material usado na reforma da unidade prisional. 

Além disso, 21 cabos USB também foram detectados pelo aparelho de body scan que inspeciona objetos suspeitos nas cadeias.

A Diretoria-Geral de Administração Penitenciária (DGAP) declarou que está apurando o ocorrido para aplicar as sanções disciplinares a quem iria receber os objetos.

Os dois homens que faziam a entrega do material foram levados para a delegacia.

O presídio de Formosa está em reforma após deterioração por conta de um motim de presos que aconteceu no ano passado.

Aniversário de Divinópolis de Goiás terá atividades para toda população



Na semana de aniversário de 61 anos de emancipação política de Divinópolis de Goiás, a prefeitura intensificou a programação com atividades para toda população.

A programação começa na terça-feira, dia 12 de Novembro e vai ate o dia 17, com inauguração, lançamento, entrega de carro, ônibus e ambulâncias, além de esporte, cultura e festejo para comemorar essa data importante para os Divinopolinos.

 14 de novembro é o dia de exaltarmos a beleza e valor dessa terra que nos escolhemos para viver e criar nossos filhos, a exemplo do que nossos pais fizeram, e tantos outros honrados pais de famílias que habitam esse chão; para nós, sagrado.

Com a emancipação política, o seu nome foi reduzido apenas a Galheiros, nome do rio que corta a cidade e a separa do município de São Domingos (Goiás).

No final da década de 1980, um projeto modificou a sua denominação para Cirinópolis (homenagem a uma tradicional família local - Cirineu). Em 1989, um outro projeto alterou o nome do município para Divinópolis de Goiás.

O município se estende por 831 km² e contava com 5 227 habitantes no último censo. A densidade demográfica é de 6 habitantes por km² no território do município.

 Cronograma:

 Dia 12

9h: Inauguração da cobertura da rampa da creche Joãozinho & Maria

 Dia 13

9h: Entrega de um ÔNIBUS ESCOLAR na Escola Municipal do Assentamento Riacho Seco

19:30h:Culto Ecumênico de Ação de Graça do Aniversário de Divinópolis (Praça São João Batista, ao lado da Fonte Luminisas)- Participações: Igrejas Evangélicas, Pr. Gaspar (Preletor) e Irmão Denner (Cantor)

 Dia 14

8h: Mutirão da Saúde* (Clube Monjolo)

8h: Torneio de Futebol Society (Clube Monjolo)

8h: Torneio de Vôlei (Clube Monjolo)

15h: Cerimônia de corte do bolo (Clube Monjolo)

16h: Entrega de um Veículo Zero KM e equipamentos hospitalares para a Secretaria de Saúde(Clube Monjolo)

16h: Entrega de duas Ambulâncias de grande porte restaurada para a Secretaria de Saúde (Clube Monjolo)

16h: Entrega de um TRATOR e Equipamentos Agrícolas para a Secretaria de Agricultura (Clube Monjolo)

17h: Lançamento do Loteamento Parque Primavera (Setor Parque Anhanguera)

19h: Missa de Ação de Graças na Igreja São João Batista

20h: Forró dos quarentões(Clube Monjolo)

 Dia 15

22h: Festa com a banda Forró A3 (Clube Monjolo)

 Dia 16

15h30: Final do campeonato municipal de futebol no Estádio Roserleide Pimentel

22h: Festa com a banda Na Pegada do Vaqueiro Chique D + (Clube Monjolo)

 Dia 17

8h: Grande Cavalgada dos Amigos

15h: Forrozão no Parque de Vaquejada

Governador Ronaldo Caiado anuncia início de obras de reforma e ampliação em 60 escolas estaduais até dezembro




O Centro de Educação de Jovens e Adultos (CEJA) Arco Íris, na Chácara do Governador, está em festa. O governador Ronaldo Caiado esteve no local neste sábado (9/11) para a assinatura da ordem de serviço que vai viabilizar melhorias na estrutura física da unidade.

Serão construídas uma quadra coberta para atividades físicas e culturais e uma nova cozinha com refeitório. A escola também receberá obras de recuperação das instalações e de acessibilidade. O investimento é de R$ 711 mil, viabilizado com recursos provenientes da nova política implementada pela Secretaria de Educação (Seduc), que no exercício 2019 já conseguiu uma redução de gastos de R$ 89 milhões.

Caiado destacou que os gastos foram reduzidos com o encerramento de contratos abusivos de aluguéis, gastos considerados supérfluos e com uma administração financeira consciente. Até o final de dezembro deste ano serão autorizadas outras 59 obras na rede educacional do Estado, todas mantidas graças às mudanças adotadas pela nova gestão.  “O Estado agora está trabalhando com objetivo de fazer o dinheiro do povo chegar à melhoria da qualidade de vida do cidadão, principalmente na área da educação”, ressaltou.

O governador lembrou que a participação efetiva das famílias e de toda a comunidade escolar no dia a dia é o maior incentivo aos alunos e professores e que essa prática tem sido encorajada pelo governo desde o início do seu mandato. “Não tem nada mais gratificante para mim do que poder trazer qualidade às nossas escolas para atender essas crianças. A escola é o ponto fundamental para sustentarmos nossa juventude e dar a ela condição de competitividade no futuro”, declarou.

A secretária Fátima Gavioli aproveitou a oportunidade para realizar mais uma edição do Seduc Itinerante, ação que leva a Secretaria de Educação para dentro das escolas e promove a aproximação entre o poder público, diretores, professores, pais e alunos. Pela primeira vez, o governador Ronaldo Caiado pode acompanhar de perto o projeto.

Para a secretária a possibilidade de começar a investir na recuperação da estrutura física das escolas demonstra como o governo está superando as dificuldades. “Esta é a primeira escola em que estamos anunciando a boa nova para 2020. Serão entregues benefícios que ela nunca teve, e isso só está sendo possível porque nós temos um governador que permitiu que toda a economia da Educação voltasse para a Educação”, disse.

A diretora do CEJA Arco Íris, Orita Souza Medrado, sublinhou que esta já é a segunda visita da secretária à instituição. “Essa escola nunca teve a presença de um governador nem de um secretário da Educação. Só este ano, esta é a segunda visita da secretária Fátima”, lembrou.

A secretária e o governador puderam conferir a 3ª edição do “Espaço da Comunidade”, evento que oferece palestras e oficinas, ministradas por instituições de Ensino Superior parceiras, exposição de trabalhos e apresentações artísticas. Na ocasião, os três alunos que mais se destacaram no último trimestre receberam das mãos do governador Ronaldo Caiado um certificado de reconhecimento pelo desempenho acadêmico.

Secretaria de Comunicação - Governo de Goiás

Tecnologia agrícola do Oeste da Bahia desperta interesse de outras regiões do país



Com vocação agrícola reconhecida nacional e internacionalmente, o oeste da Bahia tem se destacado na produção de grãos e fibra, tanto em quantidade quanto em qualidade, e possui uma pecuária de alto padrão.

Isso se deve não apenas à aptidão natural da região, mas também aos altos investimentos em pesquisa e tecnologia dentro de campo. Com fazendas cada vez mais tecnificadas, munidas de equipamentos de últimas geração, o oeste baiano tem despertado interesse em de vários órgãos e entidades ligadas ao setor.

Recentemente, uma comitiva da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) e de federações de Agricultura e Pecuária desembarcou na região para visitar algumas propriedades rurais em Barreiras e Luís Eduardo Magalhães, que são referências em inovação tecnológica.

O objetivo foi o de conhecer o aparato tecnológico, que vai desde maquinários até softwares e sistemas inteligentes de irrigação, a fim de implantar em outras regiões os modelos que deram certo no oeste baiano, aumentando a produtividade e a rentabilidade do agricultor e do pecuarista.

A delegação, comandada pelos presidentes da CNA, João Martins, e da Federação da Agricultura e Pecuária do Estado da Bahia (Faeb), Humberto Miranda, conheceu unidades de produção de algodão, grãos e fazendas destinadas à pecuária de corte.

O grupo viu de perto experiências bem-sucedidas que transformaram o cenário social, ambiental e econômico da região, por meio da agropecuária sustentável, que gera empregos, garante a segurança alimentar da população e ainda cuida do meio ambiente.

A primeira parada foi em Barreiras, na Fazenda Ipê, conhecida pela produção sustentável de pecuária de corte, com a criação das raças de gado Nelore e Angus, onde são realizadas todas as etapas, desde a inseminação até a comercialização.

Em Luís Eduardo Magalhães, foram visitadas quatro propriedades rurais: Captar Agrobusiness, que atua no confinamento de animais; Oilema (produção de sementes); Orquídea Schmidt Agrícola (grãos e algodão) e Ubahia (algodão).

O grupo foi recepcionado pelo presidente da Aiba, Celestino Zanella, e pelo vice-presidente, Moisés Schmidt, além de outros representantes da cadeia produtiva do oeste baiano.

Além da visita técnica, o encontro rendeu boas discussões sobre temas relevantes para o setor, que é responsável por 23% da economia do estado. Só no primeiro semestre de 2019, a agricultura contribuiu sozinha com R$ 33 bilhões para o PIB da Bahia.

Aceleradora de startups

A preocupação dos produtores do oeste baiano com a inovação tecnológica levou um grupo de investidores locais e de outras partes do Brasil a instalar em Luís Eduardo Magalhães, neste segundo semestre, a primeira aceleradora de startups região do Matopiba (Maranhão, Tocantins, Piauí e Bahia) voltada exclusivamente para o agronegócio.

É Cyklo Agritech Aceleradora de Projetos e Startups, um investimento de cerca de R$ 5 milhões.

Instalada em uma área de 722 metros quadrados no centro do município, a Cyklo deve iniciar as atividades de aceleração de startups em janeiro. A previsão é que os primeiros projetos sejam concluídos em setembro.

“A aceleração e desenvolvimento de startups são fundamentais para o Brasil alavancar suas áreas econômica e social rumo à inovação científica e tecnológica, especialmente em Luís Eduardo Magalhães, onde o agronegócio já está consolidado”, disse o CEO da Cyklo, Pompeo Scola, dias antes da inauguração do empreendimento, ocorrida em 21 de setembro.

Fonte: AIBA

PM realiza operação e apreende droga em Vila Boa/GO



Por volta das 6h da última sexta-feira (08), equipes da Polícia Militar realizou na cidade Vila Boa, no nordeste goiano, uma operação policial com objetivo de combater o tráfico de drogas. Sob o Comando do Capitão Rodrigues, 17 policiais militares do 16º Batalhão realizaram buscas domiciliares autorizadas pela justiça.

Quatro residências foram alvos de buscas. Em uma delas a Polícia Militar apreendeu sete porções de maconha que estavam embaladas em papel alumínio. Contra a moradora foi lavrado Termo Circunstanciado de Ocorrência.

A substância apreendida será encaminhada para perícia, em outra casa os policiais encontraram trinta pinos vazios, comumente utilizados para armazenagem de cocaína.

A Polícia Militar que tem intensificado as abordagens na Cidade de Vila Boa e povoados vizinhos com intuito de combater o tráfico e uso de drogas, seguirá firme nesse propósito para que as famílias de bem, possam se sentir seguras na região.

Fonte: Polícia Militar

sexta-feira, 8 de novembro de 2019

Venda de 49% das ações da Saneago é aprovada em definitivo pela Assembleia Legislativa



Com a maioria dos votos dos 36 deputados estaduais presentes, a Assembleia Legislativa aprovou nesta quinta-feira, dia 07, em segunda e última votação, o projeto de lei que autoriza a venda de até 49% das ações da Saneago.

Os parlamentares da base do governo argumentaram que a abertura de capital trará novos investimentos para a estatal e que mesmo com a comercialização de parte das ações, o Estado continuará no controle da empresa. Aprovado, agora, o projeto segue para sanção do governador Ronaldo Caiado.

Um dos parlamentares que subiu à tribuna para defender a Oferta Pública Inicial de Ações [IPO] da Saneago foi o deputado Major Araújo. Ele manifestou apoio à medida e ressaltou que outras grandes empresas de saneamento tiveram crescimento com esse mesmo ato. “Li a matéria e entendo as razões do Estado em vender as ações. O sonho de toda Companhia é entrar para o mercado de ações”, sublinhou. Lembrando do déficit do Estado e explicando a falta de recursos para investimento, Major Araújo argumentou que o Governo de Goiás está certo em buscar fontes alternativas para sanar seus problemas.

Vários deputados subiram à tribuna para defender o projeto, entre eles, Álvaro Guimarães, Henrique César, Wagner Neto e Humberto Teófilo. Amauri Ribeiro lembrou que 88% da receita estadual é consumida pela folha de pagamento, o que inviabiliza a capacidade de investimento do Estado. “Não sobra dinheiro para quase nada. Não dá para o Estado crescer e oferecer benefícios à população, principalmente, para quem está lá na zona rural”, assinalou.

Sem privatização

O governador Ronaldo Caiado já reforçou que não haverá privatização da Companhia. “A Saneago continuará tendo o comando, com a preservação de 51% de suas ações. Buscamos dar musculatura à Companhia para não ceder espaço a outras empresas privadas que querem apenas [atuar] nas grandes cidades, deixando de lado mais de 100 municípios goianos que ficariam sem atendimento e água de qualidade”, ressaltou.

Nessa mesma linha, o presidente da Saneago, Ricardo Soavinski, tem explicado que a autorização de venda das ações já estava prevista desde a criação da empresa e que o projeto de lei enviado para a Assembleia apenas moderniza a negociação para os dias atuais. “Não é uma nova lei, não está se autorizando. Isso já está autorizado há mais de 50 anos, quando foi criada a empresa. Está na lei de criação da empresa essa possibilidade”, concluiu.

Secretaria de Comunicação - Governo de Goiás

Cursos gratuitos de qualificação profissional chegam a Simolândia/GO



Mais uma vez a região nordeste do Estado de Goiás é beneficiada com cursos gratuitos de qualificação. Com pouco mais de seis mil habitantes, o município de Simolândia, no nordeste goiano, está com matrículas abertas para 100 vagas em quatro cursos de capacitação profissional.

A ação da Rede Itego, por meio da Secretaria de Estado de Desenvolvimento e Inovação (Sedi), vem ao encontro da proposta do governador Ronaldo Caiado de regionalizar o desenvolvimento do Estado a partir dos municípios mais carentes que apresentam os menores Índices de Desenvolvimento Humano (IDH).

Os cursos serão oferecidos pelo Colégio Tecnológico Vocacional Móvel, mais conhecido por Cotec Móvel, que será instalado no CRAS do município, localizado na Rua 4, no centro da cidade. Maquiagem, Design de Sobrancelha, Manicure e Pedicure e Depilação são os cursos disponíveis. As aulas serão ministradas somente no período noturno.

As matrículas para os cursos de Maquiagem e de Sobrancelha podem ser feitas até o dia 11. Já as matrículas dos cursos de Manicure/Pedicure e Depilação devem ser feitas até o dia 12 de novembro, todas na sede da unidade, das 8h às 11h e das 13h às 17h.

O objetivo dos cursos de qualificação profissional oferecidos pela Rede Itego é capacitar o povo goiano para as oportunidades de trabalho, fomentar o mercado e, assim, contribuir para o desenvolvimento do Estado de Goiás.

As aulas são oferecidas na modalidade presencial e o seu início está previsto para os dias 11 e 12 de novembro. Para se inscrever em qualquer curso, o candidato deve ter idade mínima de 16 ou 18 anos e apresentar, no ato da matrícula, os seguintes documentos: cópia da cédula de identidade ou certidão de nascimento e a cópia do CPF, todos legíveis.

Cachoeiras com águas cristalinas são atrativo de região quilombola na Chapada dos Veadeiros



Fora do circuito tradicional de quem procura a Chapada dos Veadeiros, cachoeiras com águas cristalinas e a oportunidade de conhecer um território quilombola têm atraído turistas ao Engenho II, em Goiás. A comunidade faz parte do Sítio Histórico e Patrimônio Cultural Kalunga, o maior quilombo do país.

A estrela do roteiro é a cachoeira Santa Bárbara. Com uma queda de 28 metros e cor azul turquesa, os turistas chegam a fazer fila para tirar foto no melhor ângulo da cachoeira - ainda que isso os faça perder parte da uma hora autorizada aos visitantes no local.

A cor da água é resultado da formação de calcário do fundo da cachoeira. A hora mais desejada dos turistas no local é entre as 10h e 13h, quando a luz do sol incide na água, revelando todas as cores da cachoeira.

Por ser um local de preservação ambiental, além do tempo de permanência, a cachoeira recebe no máximo 300 turistas por dia.

Em outras cachoeiras, como Candaru e Capivara, não há tempo máximo de permanência, e o limite de visitantes diários sobe para 400.

O Engenho II é uma área do município de Cavalcante, distante quatro horas de carro de Brasília, pela BR-010. Do centro de Cavalcante, o turista percorre mais uma hora para chegar ao Centro de Atendimento ao Turista (CAT) do Engenho II.

Lá, é obrigatório contratar um guia cadastrado para acessar a rota das cachoeiras. Cada guia acompanha grupos de até seis pessoas. Para visitar duas cachoeiras, a diária do profissional sai R$ 100. Para ir em três, R$ 150.

quinta-feira, 7 de novembro de 2019

Prefeito de São Domingos/GO, Cleiton Martins opina sobre a PEC que propõe a extinção de municípios com menos de 5 mil habitantes



O prefeito de São Domingos, no nordeste goiano, Cleiton Martins, falou sobre possibilidade de extinção de municípios com menos de 5 mil habitantes e arrecadação própria menor do que 10% da receita total.

A Proposta de Emenda à Constituição (PEC) do Pacto Federativo, foi entregue pelo governo federal ao Congresso. A previsão é de que 92 cidades no Estado possam deixar de existir, das 246 existentes.

Apesar do município de São Domingos não se enquadrar nos requisitos da proposta do governo, mas se a proposta for aprovada o município irá crescer, ganhando dois distritos e um povoado, além de assentamentos e comunidades rurais.

“Não acho a linha correta, à medida que estende muito o município, tende a faltar acompanhamento, atendimento devido as regiões. Tudo que é muito grande obviamente ser torna mais complexo a questão administrativa, principalmente tratando do ponto de vista público. Se a intenção do governo é reduzir custo, tem que fazer nos primeiros escalões, reduzindo a quantidade de deputados, ministérios e implantando um processo de comissões através de um sistema de concurso com pessoas qualificadas, remuneradas adequadamente, não com megas salários. Cortar fortemente o luxo que ganham os parlamentares, auxílio pra tudo, tem como reduzir bastante, reduzir o número de agentes dos poderes e trabalhar de forma intensiva o potencial que o Brasil tem. Aperfeiçoar a mão de obra, fazer com que grandes políticos se tornem grandes empresários na geração de emprego e renda”, disse Cleiton Martins.

Extinção de municípios assusta prefeitos



A possibilidade de extinção de municípios com menos de 5 mil habitantes e arrecadação própria menor do que 10% da receita total assustou prefeitos de Goiás. Ela consta na Proposta de Emenda à Constituição (PEC) do Pacto Federativo, entregue pelo governo federal na terça-feira (05) ao Congresso. A previsão é de que 92 cidades no Estado possam deixar de existir, 37,4% das 246 existentes hoje.

Com base em dados do Tribunal de Contas dos Municípios (TCM), o número de municípios atingidos seria 66 - o tribunal leva em conta outras arrecadações, como taxas municipais, multas de trânsito, para o cálculo da arrecadação própria. Já a PEC considera apenas os impostos.

No País, 1.254 municípios podem ser extintos e, pela PEC, seriam incorporados pelos vizinhos a partir de 1º de janeiro de 2025. Apesar de ainda precisar ser aprovada, a proposta já mexe com o cotidiano nas pequenas cidades. Em uma caminhada por Aloândia, o prefeito Sinomar José do Carmo (MDB) diz que os prováveis prejuízos já eram comentados ontem pela ruas. Preocupações com os serviços públicos e até com a desvalorização de imóveis.

“Sabemos que o País atravessa dificuldades, mas acho que não é essa a fórmula para solucionar”, defende. Aloândia, se considerado a receita e arrecadação própria de 2018, está entre os municípios que quase escapariam da extinção. Pois a arrecadação própria é de 8,6% da receita total. Assim como outros prefeitos em situação semelhante, Sinomar vai se reunir com vereadores para estudar estratégias para evitar a extinção.

“Vamos ver se damos conta de atingir os 10%, queremos achar uma saída.” A PEC considera para o cálculo apenas receita com Imposto sobre Serviços (ISS), Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) e Imposto de Transmissão de Bens Imóveis (ITBI). A sustentabilidade financeira deverá ser comprovada até o dia 30 de junho de 2023.

De outro lado, há municípios com população próxima aos 5 mil habitantes exigidos. O que também já começa a ser item estudado por prefeitos. Presidente da Federação Goiana de Municípios (FGM), Haroldo Naves (MDB), conta que no caso de Campos Verdes, onde é prefeito, a população vai crescer.

O número de habitantes é de 2.459, segundo estimativa do IBGE. Porém, ele acredita que no censo do ano que vem vai ultrapassar 5 mil, por isso não tem preocupação com o caso da cidade. Para efeito de apuração da população, o texto da PEC afirma que serão considerados exclusivamente os dados do censo populacional do ano de 2020.

Hoje, 95 cidades em Goiás se enquadram no quesito. Somente três escapam da possibilidade de extinção por conta da receita tributária própria (Pilar de Goiás, Professor Jamil e Rio Quente), segundo a Confederação Nacional de Municípios, que considera números do IBGE e do Tesouro Nacional, este último de 2018.

Requisitos

Se há municípios que estudam maneiras de driblar a PEC, caso ela passe, outros não têm saída pela proposta. É o caso de Anhanguera, a de menor população e arrecadação própria do Estado. “Estamos nas mãos dos deputados e do Congresso”, lamenta o prefeito Francisco da Silva (MDB). Para quem comemorou 60 anos de emancipação a possibilidade de voltar para trás chocou e os requisitos, também.

“A nossa receita é muito mal distribuída”, argumenta ao citar pedágios e outras fontes de arrecadação que não beneficiam municípios pequenos, que terminam por ficar dependentes do Fundo de Participação dos Municípios (FPM). O que não é considerado pelo governo federal para as contas, bem como taxas municipais, que são geradas localmente.

“A discussão de receita própria está equivocada. O FPM não é favor, geramos impostos com comércios, indústrias que estão nos municípios. Lutamos para que não passe no Congresso”, diz Haroldo.

Fonte: O Popular

Prefeito de Divinópolis de Goiás, Charley Tolentino, manifesta sobre a PEC que propõe extinção de municípios menores



O prefeito de Divinópolis de Goiás, Charley Tolentino, falou sobre a Proposta de Emenda Constitucional (PEC), com a possibilidade de extinção de municípios com menos de 5 mil habitantes e arrecadação própria menor do que 10% da receita total.

A proposta foi enviada ao Congresso Nacional, se for aprovada o município de Divinópolis de Goiá seria extinto e passaria a ser distrito de São Domingos.

“Agregar os municípios é um retrocesso no desenvolvimento, os municípios já tem dificuldades com as despesas dos serviços básicos de saúde, educação e as demais, terão mais dificuldades ainda se forem agregados a outras dificuldades do município vizinho, que já tem vivido durante os anos.  Aumentaria a extensão territorial, as responsabilidades, com escolas, creches, hospitais, tudo isso demandaria um esforço muito maior do que a divisão administrativa que hoje é mantida. O que é necessário é aumentar as receitas do município, ou seja fazer o dinheiro chegar aos cofres da prefeitura. A extensão territorial ficaria inviável para os novos gestores, como também com a população aumentada dificultaria, as estruturas já estão montadas nesses municípios, pra mim é um retrocesso. Acredito que o caminho é mexer no alto escalão do governo, tirar os privilégios, benefícios, vão economizar muito mais do que mexer nos pequenos, mais simples e mais pobres que são os municípios pequenos”, disse Charley Tolentino.

Polícia prende suspeitos de cometer crimes no Detran-GO entre 2014 e 2015



Sete pessoas foram presas nesta quinta-feira (07/10), durante a Operação Cegueira Deliberada, que investiga crimes de corrupção, desvio de recursos públicos e lavagem de dinheiro no Departamento Estadual de Trânsito de Goiás (Detran).

Também foram cumpridos 55 mandados de busca e apreensão, sendo 32 contra pessoas e 23 contra empresas. Os crimes foram cometidos na gestão anterior, entre 2014 e 2015. A operação é realizada pela Polícia Civil e a Secretaria de Segurança Pública (SSP).

As investigações apontam fraude em processo licitatório realizado pelo Detran em 2014 para no serviço de vistoria veicular. Diversas ilegalidades foram encontradas no procedimento, entre elas, critério indevido de julgamento de propostas, direcionamento na confecção do edital e ausência de audiência pública, bem como irregularidades relacionadas à habilitação de da empresa Sanperes. Conforme apurado, por meio de superfaturamento e reajustes ilegais, foram obtidos – de forma indevida -, mais de R$ 100 milhões entre 2015 a fevereiro de 2019.

Entre os alvos de mandado de busca e apreensão está o ex-presidente do Detran João Furtado Neto. O proprietário da Sanperes, Daniel Ganda dos Santos, foi preso temporariamente. Até o momento, foram apreendidos 16 veículos e uma motocicleta, obras de arte de artistas renomados, como Antônio Poteiro, relógios de luxo e uma grande quantidade de dinheiro que ainda está sendo contabilizada.

Balanço

Mais informações da operação serão apresentadas logo mais, às 15 horas, após a inauguração da sede do Grupo Especial de Combate à Corrupção (GECCOR) da Polícia Civil, na Rua 17, quadra 02, Lote 05, no Setor Aeroviário. Também será lançado o serviço de Disque Combate à Corrupção. Estarão presentes o governador Ronaldo Caiado, o secretário de Segurança Pública Rodney Miranda, o delegado geral da Polícia Civil Odair José, entre outras autoridades.

Criado pela atual gestão, o grupo atua, desde maio de 2019 na repressão às infrações penais que causem prejuízo ao erário e a moralidade administrativa, bem como enriquecimento ilícito. O GECCOR conta com apoio técnico da Superintendência de Combate à Corrupção e ao Crime Organizado da SSP.

Parque Estadual de Terra Ronca: O objetivo do investimento é alavancar a região e internacionalizar o turismo no Estado, além de levar desenvolvimento, emprego e renda para o Nordeste de Goiás



A natureza caprichou e não economizou na beleza na região do Parque Estadual Terra Ronca, localizado nos municípios de São Domingos e Guarani de Goiás, na divisa de Goiás com a Bahia. Com a maior concentração de cavernas da América Latina, tornando uma das principais referências em ecoturismo do Estado, Terra Ronca está localizada no Nordeste Goiano, a 600 quilômetros de Goiânia e 400 quilômetros de Brasília.

Apesar de tamanho potencial, esse tesouro do Cerrado goiano ainda é pouco explorado e conhecido da maior parte da população. Mas essa situação deve mudar. O governador Ronaldo Caiado anunciou a captação de R$ 81 milhões de recursos, por meio de emenda parlamentar, para investir em Terra Ronca.

“Esse dinheiro que vai transformar a realidade, quando chegar a Terra Ronca, Guarani, São Domingos, enfim, à região do Nordeste goiano, que tanto precisa do Turismo para melhorar a qualidade de vida das pessoas que lá estão. Isso é fundamental para alavancarmos essa região, que até então era tão esquecida pelo poder público”, celebrou Caiado.

A meta é alavancar o turismo da região, além de levar desenvolvimento, emprego e renda para o Nordeste de Goiás.

Potencial turístico

Rios, cachoeiras, trilhas e as famosas águas que “roncam” no interior de cavernas – daí o nome Terra Ronca – formam um cenário deslumbrante, que encanta turistas, especialmente os apaixonados em aventura. É um verdadeiro mundo subterrâneo, longe do alcance da luz, com formações que datam mais de 600 milhões de anos. Existem no Estado de Goiás 718 cavernas cadastradas e muitas estão na localidade. Algumas estão entre as maiores da América do Sul, como os conjuntos de São Mateus e Angélica e o Complexo de Terra Ronca.

O governador Ronaldo Caiado destaca que promover o Turismo é umas estratégias mais efetivas para se combater as desigualdades sociais e promover desenvolvimento. “É um fator que imediatamente resgata as condições de vida, levando emprego e renda às pessoas. Todos os lugares do Brasil e do mundo que apostam no Turismo alcançam as melhores rendas e melhores salários”, argumentou o governador.

Na ocasião do anúncio, Caiado direcionou sua gratidão à bancada federal da base pela emenda, exaltando o trabalho que os parlamentares têm feito na Câmara dos Deputados para apoiar as ações do Governo de Goiás.

O presidente da Goiás Turismo, Fabrício Amaral, destacou a importância do investimento no local para a internacionalização do turismo em Goiás. “Estamos buscando conhecimento e consultorias internacionais para fortalecer o nosso turismo. Considerando que Terra Ronca abriga a maior concentração de cavernas da América Latina, vamos trabalhar no sentido de, junto com a Chapada dos Veadeiros, internacionalizar o turismo no Estado de Goiás. Beleza e potencial turístico, nós temos”, frisa.

Governo de Goiás

Polícia Militar recupera caminhonete roubada em fazenda no Oeste da Bahia e localiza gerente que foi levado pelos criminosos



Na madrugada desta quinta-feira (07), a equipe do Comando de Operações de Divisas (COD), recebeu uma chamada de que ladrões fortemente armados estariam roubando defensivos agrícolas em uma propriedade rural na cidade de Jaborandi, no Estado da Bahia, cidade esta vizinha ao município de Posse, no nordeste goiano.

Logo após uma incursão tática em ambiente rural e adentramento na propriedade, teve a notícia dos funcionários de que os indivíduos se evadiram levando de roubo uma caminhonete Mitsubishi/Triton ano 2018 e o gerente da fazenda de refém.

Ciente das informações, o COD intensificou o patrulhamento na região, tendo localizado em um matagal o Sr. Valdir Buuron e, tempos depois, localizado também o veiculo levado de roubo escondido em um matagal. 

Moradores reclamam de rua alagada após chuva, em Iaciara/GO



Moradores da rua Santo Antônio, próximo a garagem da prefeitura no Setor Norte, em Iaciara, no nordeste goiano, reclamam da situação no período chuvoso.

Devido à falta de infraestrutura, quando chove a rua fica toda alagada, além dos buracos que também tem causada transtornos aos moradores.

“Até o momento poucas chuvas caíram na região, imagina quando começar a chover constantemente. Essa rua vai ficar intransitável, colocando em risco a vida dos moradores”, disse um morador.

Um morador da cidade disse que o poder público não toma providências sobre a situação.

O vídeo foi gravado nesta semana por moradores.

quarta-feira, 6 de novembro de 2019

Polícia recupera caminhão e carga de defensivos agrícolas na GO-463, em São Domingos/GO



A Polícia Militar recuperou na madrugada desta quarta-feira (06), um caminhão com uma carga de defensivos agrícolas, na GO-463, no município de São Domingos, no nordeste goiano.

Segundo informações, a polícia foi informada de que um caminhão carregado de defensivos agrícolas que havia sido roubado poderia está na região.

O veículo possuía rastreador, que indicava a localização do veículo. Não foi informado o valor da carga.

O caminhão e o material recuperado foram encaminhados para a Delegacia de Polícia.