segunda-feira, 3 de junho de 2019

Feminicídio: Ex-marido é suspeito de matar mulher após vê-la dançando com outro homem em bar, em Formosa/GO



A Polícia Civil investiga a morte de Regina Braz da Costa, de 37 anos, em frente a um bar no setor Jardim Califórnia, em Formosa, no Entorno do Distrito Federal. Testemunhas disseram aos policiais militares que o ex-marido da vítima passou na porta do local várias vezes, a viu dançando com um homem e, na última vez, parou e a matou, fugindo em seguida.

O caso aconteceu na noite de domingo (2). Consta no boletim de ocorrência, também registrado pela PM, que o autor parou o carro na frente do bar, chamou a mulher para conversar e deu uma facada entre o pescoço e o ombro dela, entrando de volta no carro para fugir.

Ainda de acordo com o registro da PM, a vítima ficou com o braço preso na janela do carro e acabou sendo arrastada, por cerca de 20 metros, e depois atropelada. Segundo a Polícia Civil, só com a autópsia da vítima será possível confirmar o que aconteceu com ela. Não havia resultado do exame até as 12h desta segunda-feira (3).

Também de acordo com o texto assinado pelos policiais militares, o Corpo de Bombeiros e o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foram chamados e uma médica da segunda equipe constatou a morte de Regina no local.

A delegada Fernanda Lima é quem deve ficar responsável pela investigação do caso. Por enquanto, a Polícia Civil encontrou "um boletim de ocorrência registrado pela vítima, em junho de 2018, em que ela afirmava sofrer ameaças de morte por parte do ex-marido".

A reportagem tenta contato com o Instituo Médico Legal (IML) da cidade para saber se o corpo da vítima já passou pelos exames e foi liberado ou se ainda passa por algum procedimento.

Fonte: G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário