segunda-feira, 16 de setembro de 2019

Caiado quer incluir todos os municípios do Nordeste Goiano em agenda do Projeto Rondon



O governador Ronaldo Caiado (DEM) anunciou que trabalha para incluir 27 municípios do Nordeste Goiano em uma das agendas do Projeto Rondon previstas para o biênio 2020/2021.

A iniciativa, coordenada pelo Ministério da Defesa, visa o desenvolvimento regional de comunidades carentes por meio de intervenções dos universitários brasileiros e das Forças Armadas, que promovem oficinas de capacitação nos locais onde as operações são desenvolvidas.

Dois coordenadores do projeto, o vice-almirante Barros Coutinho e o coronel Marcelo Martins, além do ministro da Cidadania, Osmar Terra, estiveram em Cavalcante neste final de semana para o lançamento do programa “Município Mais Cidadão”, que visa beneficiar as regiões mais carentes do País.

Em parceria com as prefeituras e Sistema S, a meta do “Município Mais Cidadão” é gerar impacto nessas comunidades, com a promoção de festivais de música, dança, olimpíadas municipais, inclusão das pessoas com deficiência, além de outras iniciativas que gerem renda. No entanto, Caiado quer ampliar os investimentos e proteção social na região, sendo o Projeto Rondon, uma das iniciativas buscadas pelo governo estadual.

Projeto Rondon

O Projeto Rondon é coordenado pelo Ministério da Defesa e conduzido em estreita parceria com o Ministério da Educação, o Ministério do Desenvolvimento Social e Agrário, o Ministério da Saúde, o Ministério do Meio Ambiente, o Ministério da Integração Nacional, o Ministério do Esporte e a Secretaria de Governo da Presidência da República.

A ação interministerial, segundo o governo federal, é realizada em parceria com os governos estadual e municipal e busca, ainda, consolidar no universitário brasileiro o sentido de responsabilidade social, coletiva, em prol da cidadania, do desenvolvimento e da defesa dos interesses nacionais, contribuindo na sua formação acadêmica e proporcionando-lhe o conhecimento da realidade brasileira.

Nenhum comentário:

Postar um comentário