segunda-feira, 28 de outubro de 2019

Aos 104 anos, morre Dona Messias Dias de Carvalho, uma das pioneiras de Divinópolis de Goiás



Morreu na manhã desta segunda-feira (28), Dona Messias Dias de Carvalho, aos 104 anos, uma das pioneiras de Divinópolis de Goiás. Ela nasceu em 8 de março de 1915.

Filha de Isidoro Dias de Carvalho e Maria Alves dos Reis, nasceu na fazenda malhada, município de Galheiros, hoje Divinópolis de Goiás.

Aos 5 anos de idade mudou-se para a cidade juntamente com seus irmãos: Maria, Sivirina, Raimunda, Ana e André. Ainda muito pequena, perdeu sua mãe, sendo criada pela irmã mais velha, Maria.

Aos 18 anos casou-se com Raimundo Dias de Carvalho (o baiano), seu primo, em 24/06/1933. Teve 03 filhos, Olívia Dias de Carvalho (falecida), Ciro Dias de Carvalho (falecido) e Olinto Dias de Carvalho. Em 17/03/42, seu esposo veio a falecer, vítima de um raio, quando trabalhava na roça.

Com muita luta criou seus 3 filhos. Plantava roça, fazia farinha e rapadura, e ainda trabalhava de doméstica.

Com quase 10 anos de viuvez, casou-se novamente com o Sr. Luís Pereira Cirineu, no dia 24/06/51, com quem teve um filho, Aloísio Cirineu de Carvalho que faleceu com 7 dias de vida.

Dona Messias sempre foi uma mulher lutadora, muito católica, costumava hospedar padres e religiosos da época em sua humilde casa.

O padre Geraldo, figura conhecida em Divinópolis e São Domingos, era seu hóspede fiel, sempre levando na bagagem de volta, compotas de doces e quitandas feitas por ela.

Dona Messias deixa 1 filho, 15 netos, 28 bisnetos e 10 tataranetos.

Neste momento me solidarizo com toda a família enlutada e rogo a Deus que lhes dê conforto para superar esse momento de dor e sofrimento pela perda.

Um comentário: