quarta-feira, 2 de outubro de 2019

Polícia Civil de Goiás investigará incêndio na Chapada dos Veadeiros



A Delegacia Estadual de Repressão a Crimes Contra o Meio Ambiente (Dema), da Polícia Civil de Goiás, vai apurar as causas dos incêndios que atingiram até domingo (29) o Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros, a cerca de 260 quilômetros de Brasília.

De acordo Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), o fogo atingiu, aproximadamente 3 mil hectares no interior do parque e mais 3,5 mil hectares no entorno da área de proteção ambiental.

O inquérito da Polícia Civil ainda não foi instaurado. “Estamos aguardando o relatório dos Corpo de Bombeiros e do ICMBio”, disse à Agência Brasil o delegado Luziano Severino de Carvalho, responsável pela Dema.

Segundo Carvalho, “90% a 95% dos incêndios [florestais na região] ocorrem por ação humana, não necessariamente dolosa [com intenção].”

Os incêndios começaram há mais de uma semana em área externa ao parque. Depois desse foco, outros ocorreram dentro e fora da unidade de conservação.

O primeiro foco de incêndio extinto foi em uma área conhecida como Sertão Zen, ainda na sexta-feira (27). O outro, na Serra da Boa Vista/Rio dos Couros, fora dos limites da área de proteção e foi debelado no domingo (29).

“Na manhã de domingo, enquanto brigadistas do ICMBio e Prevfogo/Ibama e bombeiros militares de Goiás, com apoio de aeronaves lançando água, finalizavam o incêndio na região da Serra da Boa Vista e de Couros, foi detectada uma nova frente de incêndio, na região da Serra do Segredo.

A tarde, brigadistas chegaram a ser deslocados de helicóptero para a área, porém, as chuvas chegaram e favoreceram a extinção total dos incêndios”, descreve mensagem recebida da Divisão de Comunicação Social do ICMBio.

A operação que combateu o incêndio foi batizada como Alto Paraíso e mobilizou 90 pessoas – entre brigadistas do ICMBio, do Ibama, bombeiros militares e voluntários da Rede Contra o Fogo.

Quatro aviões tanques do ICMBio para lançamento de água, um helicóptero do Corpo de Bombeiros para o deslocamento de tropas e 18 viaturas terrestres foram utilizadas na operação.

Além do Parque Nacional, as chamas chegaram ao território quilombola Kalunga, no município goiano de Cavalcante, mas não atingiram moradias.

A Chapada dos Veadeiros compreende os municípios de Alto Paraíso de Goiás, Cavalcante, Teresina de Goiás, Nova Roma e São João d'Aliança. A área tem 240 mil hectares de Cerrado.

Fonte: Agência Brasil

Nenhum comentário:

Postar um comentário