domingo, 17 de novembro de 2019

Desafio de bicicleta de Brasília a Divinópolis de Goiás teve muito sofrimento, muita dor, muito martírio, muitas adversidades e muita superação





Dez amigos ciclistas encaram um Desafio de viajar 450km pedalando uma bicicleta. Aos olhos da grande maioria das pessoas isso soa como "loucura, besteira, falta do que fazer", mas são essas loucuras que impulsionam o universo na direção certa.

Entrar numa dessas é aprender que você não é o centro das atenções, é aprender que sem o companheirismo do amigo ao lado você não chegaria ao objetivo final, é aprender que seu corpo tem um limite, mas que seu psicológico pode trabalhar e fazê-lo entender que você pode ir muito além, é aprender que, sobretudo, temos um Deus que nos protege e nos dar forças para prosseguir.

Entrar numa dessas não é querer que muitos te admirarem por ter feito essa "proeza", mas é acreditar que através dessa "proeza" você possa inspirar os jovens e adultos à prática de um esporte formidável.

Entrar numa dessas é você acreditar que por intermédio disso as autoridades possam ver e investir muito mais no esporte.

O Desafio DVG 2019 teve muito sofrimento, muita dor, muito martírio, muitas adversidades, muita superação, algumas "brigas", mas eu garanto que teve muito mais alegria, muito mais diversão, muito mais entusiasmo, e acima de tudo, muito mais amizade.

Agradeço aos Guerreiros que encararam esse Desafio comigo: Rone, Jaimilton, Tikinha, Carlão, André, Wendell Bocão, Renê, Wan e Wendell Bolacha.

Que venha o próximo.

Por Generino Júnior

Um comentário: