sexta-feira, 1 de novembro de 2019

Governador Ronaldo Caiado reafirma compromisso de não privatizar a Saneago



Em evento na Saneago, o governador Ronaldo Caiado (DEM) reafirmou nesta sexta-feira (1º) o compromisso de não privatizar a estatal. O projeto de lei que permite a venda de 49% das ações da empresa gerou protestos ontem na Assembleia Legislativa e teve a votação adiada para terça-feira.

"As pessoas conhecem Ronaldo Caiado e sabem que quando Ronaldo Caiado fala é aquilo que realmente vai acontecer. A Saneago não será privatizada", afirmou. "O que estamos fazendo é capitalizar a Saneago para que ela possa atender a toda demanda que existe de centenas de municípios. Estamos modernizando a legislação, mas mantendo a estrutura no Estado de Goiás", completou o governador em entrevista coletiva, depois de também abordar o assunto em discurso.

Sobre a arrecadação com a venda, o governador não citou números, mas afirmou esperar "que chegue ao maior preço possível para que possamos investir nas demandas da população".

Caiado voltou a fazer críticas à gestão passada, acusando de ter usado politicamente a estatal. "O problema maior da Saneago foi a maneira como ela foi espoliada, foi vilipendiada, feita de comitê eleitoral de um governo ou de um partido político. Estamos é limpando o Estado de Goiás."

Ao final da entrevista, ele disse que os funcionários da empresa devem ficar "tranquilos". "A Saneago continuará estatal, sob o comando do governo de Goiás, com a preservação de 51% das ações. Queremos dar musculatura e garantir a sobrevivência da empresa."

Fonte: O Popular

Nenhum comentário:

Postar um comentário