terça-feira, 5 de novembro de 2019

Nota da prefeitura de São Domingos/GO sobre matéria publicada neste blog



A Prefeitura Municipal de São Domingos (GO), por seu Gestor Municipal, vem por este meio de comunicação, em correspondência à matéria veiculada neste mesmo blog, na presente data, ou seja, 05 de novembro de 2019.

Temos a intenção de abranger a todos os leitores, quantos aos fatos que rodeiam a matéria “A inovação que não agrega e nós não queremos”. Precisa esclarecer quem de fato caracteriza o “nós não queremos”.

Emitimos uma nota de esclarecimento neste canal, apresentando a real situação pela qual nosso município momentaneamente vem passando, principalmente nos meses de outubro e novembro/2019, em função de retenção do F. P. M., para pagamentos de diversos precatórios, cujos objetos foram gerados em gestões anteriores, que inclusive o vereador autor da matéria em contestação, é membro integrante.

Repudiamos o inteiro ter da citada matéria, pelas inverdades narradas pelo vereador.

Houve sim a suspensão contratual das microempreendedoras, num total de quatro, por descumprimentos de cláusulas contratuais, mesmo porque, na semana anterior, foi realizada uma reunião com as mesmas no gabinete do Prefeito, onde foi feito um acordo diante da situação financeira catastrófica no momento e, após o aceite das mesmas e, os nossos compromissos honrados como tal, inclusive superando os valores combinados, fomos surpreendidos com a ausência das prestadoras dos serviços aos nossos usuários, exatamente no dia de atendimentos médicos, para o qual tantos usuários estavam ali para receber esses atendimentos. Imediatamente o Secretario de Saúde buscou diálogos com as mesmas para o restabelecimento dos serviços, não conseguindo sequer ter as suas ligações atendidas. De imediato, o Secretário Municipal de Saúde, buscou alternativas e, o atendimento aos moradores atendidos pela Unidade de Saúde Básica (UBS do Jardim Primavera), restabeleceu na sua naturalidade. Fato lamentável e isolado, que fez com a Gestão Municipal, promovesse a suspensão das mesmas.

O Vereador Odair José, poderia ser um pouco mais cauteloso, pois quando solicitou a publicação da matéria, os valores devidos já estavam nas contas das respectivas interessadas.

Portanto, as pendências já estavam equacionadas. A sua falta de atenção, aliás, é uma constante na sua lida na vereança, pois nos deparamos com algo inusitado, quando após tanto tempo de legislatura, inclusive em mandatos distintos, o mesmo deixa de votar na Lei Orçamentária Anual (L. O. A) e Lei de Diretrizes Orçamentárias (L. D. O), alegando falta de conhecimento de matéria, mesmo após 40 dias de tramitação dos mesmos na Casa Legislativa. Não tem como não perguntar, é desconhecimento, é incompetência ou é vontade de atrapalhar o processo administrativo municipal? Sempre que o Executivo Municipal propõe um projeto, o referido Vereador se opõe com justificativas infundadas.

Esta Gestão está sempre disposta e aberta ao diálogo a todo e qualquer cidadão, sendo ele de qualquer segmento da sociedade, pois o nosso objetivo é buscar sempre a interatividade nessa incansável busca de dias melhores ao povo dominicano.

Prefeitura Municipal de São Domingos, “um novo rumo, uma nova história”

2 comentários:

  1. Vereador, ajude o executivo a melhorar nosso município. A casa legislativa é parceria do executivo.perece ser só pra reclamar ou torcer pra que nada dá certo.

    ResponderExcluir
  2. Baseado nao só no que está escrito, e sim o quanto melhorou nosso municipio nossa cidade,a robusto etendimento a saude, pena que algumas pessoas se deixa elevar por sentimentos políticos querendo aatrapalhar um novo rumo uma nova historis.

    ResponderExcluir