segunda-feira, 9 de dezembro de 2019

Seu Waldomiro, ícone da Chapada dos Veadeiros, morre aos 77 anos



As duas da manhã desta segunda-feira (09), o coração de Seu Waldomiro, como era chamado, parou. Aos 77 anos, com a saúde já debilitada, ele morreu em casa. Na residência, localizada em Alto Paraíso (GO), moram os familiares do fundador do Rancho do Waldomiro.

O corpo de Seu Waldomiro foi encontrado por parentes e será enterrado às 10h desta terça-feira (10/12/2019), no cemitério de Alto Paraíso. Ele é conhecido por moradores da região e milhares de turistas que há décadas visitam a Chapada dos Veadeiros.

O Rancho do Waldomiro é um dos restaurantes mais famosos da região, na estrada que leva à Vila de São Jorge, próximo ao Morro da Baleia. Com chão batido, telhado de palha e estrutura de madeira, Seu Waldomiro fundou o que pode-se chamar de parada obrigatória na Chapada.

No aconchegante local é servida a famosa matula, uma espécie de feijoada do cerrado, com vários tipos de carne, linguiça, miúdos, temperados com cúrcuma. Tem no cardápio ainda a paçoca de carne e a famosa carne de lata, quando o alimento é conservado na banha de porco.

Waldomiro teve cinco filhos. Hoje, quatro deles comandam o estabelecimento. Eles mantêm a tradição do pai, nascido e criado em Alto Paraíso.

Admiradores do trabalho de Seu Waldomiro e família lamentaram a perda nas redes sociais.

Fonte: Metrópoles

Nenhum comentário:

Postar um comentário