A1

quinta-feira, 16 de janeiro de 2020

Segurança suspeito de atirar e matar ex de advogada em Formosa/GO presta depoimento



O segurança suspeito de atirar e matar o ex-companheiro de uma advogada em Formosa, no Entorno do Distrito Federal (DF), já foi identificado e prestou depoimento. Ele estava fora da cidade, mas assim que o depoimento foi agendado ele se apresentou. Responsável pela investigação, o titular Grupo de Investigação de Homicídios (GIH) do município, Danilo Meneses, contou que a versão apresentada pelo homem corrobora com o depoimento da ex. O caso aconteceu na manhã do último sábado (11) na casa da mulher.

De acordo com o investigador, o segurança também informou mais detalhes sobre o fato. “Ele confirmou que a relação foi episódica e ele provavelmente receberia algo, embora não tenha cobrado. Foi a primeira vez que a viu.”

Danilo explicou que agora pretende ouvir outras pessoas, realizar mais algumas diligências e analisar as imagens do crime. Ele também aguarda a chegada de laudos, que serão utilizados na investigação. O delegado explicou ainda que o inquérito pode ser concluído nas próximas semanas e o segurança pode vir a ser indiciado por homicídio qualificado pelo uso do meio que impossibilitou a defesa da vítima.

Caso

Na manhã do último sábado (11), um homem contratado por uma advogada atirou e matou o ex dela dentro de uma casa em Formosa, no Entorno do Distrito Federal (DF). Após o crime, o segurança fugiu no carro da vítima e a mulher foi encaminhada para a delegacia e apresentou sua versão.

Segundo o depoimento dela, ela e o ex tinham uma relação conturbada e após o término o homem passou a ameaçá-la. Ela então contratou o segurança na rua por indicação de uma terceira pessoa e ele teria passado a noite na casa dela.

Pela manhã, o ex chegou e em determinado momento entrou na residência e iniciou uma discussão com a advogada. O segurança entrou na briga e disparou para o alto. Após o tiro o ex caminhou em direção ao portão, que estava entreaberto, e chegou a atravessá-lo, mas retornou para residência e iniciou um novo desentendimento, mas desta vez, somente com o segurança.

Durante a discussão, ainda de acordo com a versão da mulher, o ex foi caminhando em direção ao segurança e no momento em que ele se aproximou o homem atirou. O disparo atingiu a região do tórax e não resistiu aos ferimentos. Após o disparo, o segurança pegou a chave do carro no bolso da vítima e fugiu. O veículo foi encontrado abandonado.

Fonte: O Popular

Nenhum comentário:

Postar um comentário