segunda-feira, 6 de janeiro de 2020

Turista negra é discriminada durante parada no Posto Rosário



O slogan do posto é “qualidade que faz a diferença”, o posto que fica ás margens da BR 020, realmente tem uma estrutura invejável, com várias opções de comidas e bebidas, banheiros limpos e amplo estacionamento com grande fluxo de turistas que viajam na rodovia.

Porém, isso não é tudo. A tradicional excursão da Caliandra Turismo que tem como destino Guaibim, com passeios para Morro de São Paulo, Gamboa e Boipeba, que há a treze anos leva brasilienses para passar o Réveillon na Bahia, teve uma grande decepção com o atendimento prestado pelo empreendimento.

Um grupo bem diversificado com funcionários públicos, pessoas aposentadas, crianças e empresários voltavam da viagem no dia 05 de Janeiro por volta das 08 h da manhã quando pararam para tomar café, e presenciaram um fato  que merece repúdio de todos que frequentam o local.

Neide Rafael, uma das passageiras, que é negra, pedagoga e especialista nas relações de educação e arte educadora, ativista nas questões étnico-raciais de gênero, raça e políticas públicas, além de membro da Frente de Mulheres Negras do Distrito Federal e Entorno.

Mesmo  tendo viajado o mundo inteiro e conhecido inúmeros países, culturas e locais, a educadora se surpreendeu ao ser abordada insistentemente pela gerente do posto uma loira dos olhos claros, para que procurasse um outro local, pois onde a mesma se encontrava era um ambiente onde se servia um café da manhã diferenciado e por isso de um valor mais elevado.

Claro que a cliente se indignou, pois a gerente do local foi muito insistente e claramente demonstrava acreditar que a senhora negra, de roupas simples não teria condições de usufruir da área VIP do restaurante. A mesma questionou o  atendimento que lhe foi prestado e queria satisfação sobre o tratamento recebido, simplesmente pela cor de sua pele.

A discriminação foi presenciada por parte dos integrantes da excursão que ao verem o que estava de fato acontecendo, questionaram muito  a gerente do local, demonstrando não aceitar que atos como aquele pudessem acontecer em um local público e de forma tão grosseira como foi.

Francisco proprietário da Caliandra Turismo e responsável pela viagem foi até a gerente do local e também demonstrou a sua indignação com sua passageira, principalmente por conhecer o caráter, índole e humildade da Sra. Neide Rafael a quem conhece há muitos anos e conviveu com a mesma em viagens para diversos países do mundo, e sabe como ninguém que a mesma não merecia passar por esta situação, principalmente no seu país.

Dona Neide como foi chamada na excursão é uma pessoa extremamente atenciosa, uma pessoa que se preocupa com o próximo, cumprimenta a todas as pessoas e sendo uma pessoa “idosa” procura estar presente em todos os momentos da viagem, buscando fazer novas amizades e se confraternizar com o maior número de pessoas possíveis.

Na continuação da viagem, no momento em que foi chamada para receber uma lembrancinha do seu amigo secreto, Neide Rafael se pronunciou junto aos presentes demonstrando a sua indignação pela discriminação que sofreu.

Neide Rafael pediu aos demais integrantes da excursão que levassem para suas casas esse fato lamentável e triste, acontecimento que demonstrou que nós seres humanos não são somos todos iguais, e que uma pessoa negra no Brasil em muitos locais são tratada de maneira diferente.

Neide solicitou que ninguém permitisse que a sua humanidade fosse diminuída em momento algum, e que ela se sente fortalecida com episódios como esse.

Agradeceu a determinação do Francisco da Caliandra Turismo pela sua coragem em defendê-la.

Mesmo com o acontecimento, a Sra. Neide Rafael disse estar bem, e que isso te dá pela força e que todos os negros precisam ter força e precisam ser guerreiros.

Fonte: Voe News


15 comentários:

  1. Me veio à mente um comercial antigo das camisas da marca USTOP (acho que nem existe mais), que terminava com a seguinte frase: "O mundo trata melhor quem se veste bem".

    ResponderExcluir
  2. sabado passado eu estava encostado no balcão fazendo meu pedido ela veio meme disse pra mim me afastar do balcao que estava impatando na hora eu ignorei a atitude desrespeitosa dela aquilo nao vale nada, ninguem gosta dela

    ResponderExcluir
  3. nossa aquela mulher é sem cultura e sem educação, sou morador do rosario cliente do posto mas nao vou com a cara dela.merecia abrir um processo contra ela pra parar no olho da rua

    ResponderExcluir
  4. Não precisava nem ser comigo , se fosse com uma mãe minha , aah eu acabava com essa mulher eu entrava na justiça, ela ia vê oq é respeito já que ela não tem ! Ela iria aprende a respeitaaye um cachorro que encostasse lá naqueke posto.

    ResponderExcluir
  5. Foi solicitado ao senhor Carlos em Questao, que se dirigisse a estufa ao lado,para o mesmo nao ser atrapalhado ao fazer seu pedido. pois onde o mesmo se encontrava tem uma placa com aviso de AREA RESERVADA PARA LIMPEZA, FAVOR DIRIGIR AS ESTUFAS AO LADO. teve pessoas que presenciaram o acontecido e estao dispostos a testemunhar caso seja necessario.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Uma vergonha, passo nesse posto há anos, sempre admirei os atendimentos, todos bem simpáticos, jamais imaginária isso ainda mais de uma Gerente, capaz que não tem conhecimento para está no cargo, discriminação é crime e não podemos jamais virar as costas, tem que ir adiante para evitar novos constrangimentos para clientes que mantém o padrão que o Posto Rosário tem hoje. Lamentável, UMA VERGONHA!

      Excluir
    2. https://www.blogantoniocarlos.com/2020/01/posto-rosario-emite-nota-de.html

      Excluir
    3. https://voenews.com.br/2020/01/07/veja-nota-de-esclarecimento-do-posto-rosario-sobre-suposto-caso-de-racismo/

      Excluir
    4. simples é so olhar na filmagem e ve se eu tva n area de limpeza

      Excluir
  6. Eu trabalho com pessoas o dia todo e até aqui não descrimei ninguém por que acredito que todo mundo e igual independente de roupas e de pele.....

    ResponderExcluir
  7. O posto ainda tem coragem de falar de um caso isolado sobre o senhor Alexandre, porém nada disse sobre a senhora Neide. Que ridículo o papel do grupo Rosário. O mínimo que poderiam fazer era pedir desculpas pública e fazer um treinamento com seus funcionários. Uma gerente com esta postura e inaceitável. Lamentável que ainda existam pessoas como esta gerente.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. https://www.blogantoniocarlos.com/2020/01/posto-rosario-emite-nota-de.html

      Excluir
    2. https://voenews.com.br/2020/01/07/veja-nota-de-esclarecimento-do-posto-rosario-sobre-suposto-caso-de-racismo/

      Excluir
  8. Caramba ! Isso é verdade ? Nao consigo acreditar que em pleno século 21 , aconteça esse tipo de prática em uma empresa tao conceituada como o Posto Rsário. Inacreditável e repudiante😲😲😲

    ResponderExcluir